Egídio Serpa

Busca


Evangelho de hoje (Mateus 12,46-50)

Publicado em 16/07/2012 - 4:44 por | 5 Comentários

Categorias: Fé em Deus

  • Enviar para o Kindle

Naquele tempo, enquanto Jesus estava falando às multidões, sua mãe e seus irmãos ficaram do lado de fora, procurando falar com ele. Alguém disse a Jesus: “Olha! Tua mãe e teus irmãos estão aí fora, e querem falar contigo”.
Jesus perguntou àquele que tinha falado: “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?” E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse: “Eis minha mãe e meus irmãos. Pois todo aquele que faz a vontade do meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.

Tags:

Comentários

Helena

em 16 de julho de 2012

“fazer a vontade de Deus é o a condição”

Não devemos nos admirar da expressão que Jesus usou quando se referiu à Sua Mãe e aos Seus irmãos: “Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?” A Mãe de Jesus, em tudo fez a vontade do Pai, desde a encarnação até a Sua morte e ressurreição porque soube confiar no plano de Deus e, por isso, é chamada de co-Redentora, pois contribuiu para que tudo se realizasse. Por isso, Jesus nos conscientiza de que todos nós somos chamados (as) a fazer parte da Sua família, a exemplo da sua Mãe. Fazer a vontade de Deus é, portanto, a condição que Jesus nos apresenta para que sejamos considerados membros da Sua família. Podemos afirmar que somos escolhidos (as) por Jesus Cristo para participar da Sua família, quando buscamos fazer em tudo a vontade do Pai que está no céu. Ele mesmo o diz e aponta para nós, como fez quando distinguiu os Seus discípulos: “eis minha mãe e meus irmãos. Pois todo aquele que faz a vontade do meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”. E a vontade do Pai é que todos nós, pela Fé em Jesus Cristo, alcancemos a salvação e a vida eterna sem fim. Assim como estendeu a mão para os Seus discípulos e os considerou na mesma qualidade de mãe e de irmãos seus, Jesus nos aponta a Sua mão e nos acolhe como membros da sua família, se, estivermos dispostos (as) a fazer a vontade de Deus expressada na Sua Palavra. Somos participantes da graça de filhos, de irmãos e irmãs, se, como a Mãe de Jesus, estivermos abertos a fazer tudo conforme Deus nos manda realizar. Portanto, hoje Jesus nos distingue como pessoas especiais, discípulos e discípulas dignos de ser chamados filhos de Deus Pai, tendo Maria como Mãe, irmãos Seus e motivados pelo poder do Espírito Santo, a fazer a vontade do Pai. Reflita – Você também se considera da família de Jesus Cristo? – O que você entende por fazer a vontade de Deus? – Você é discípulo (a) de Jesus? – O que falta para que você faça a vontade do Pai aqui na terra do jeito que ela acontece no céu? – Jesus aponta para você também quando pronuncia essas palavras?

Acesse o site http://www.umnovocaminho.com e leia os comentários das demais leituras da liturgia de hoje.

Geraldo Costa

em 16 de julho de 2012

A “Fariseusada” estava doida com Jesus, que falava a Verdade sem ter o rabo preso com qualquer sistema religioso ou econômico, anunciava a Justiça do Reino e denunciava a Injustiça dos Homens. Era preciso fazer aquele homem calar a boca e então foram procurar sua Mãe e seus irmãos, isso é, seus primos e demais parentes, e dá até para imaginar o “jeitinho” com que falaram com eles “Olha, nos queremos o bem daquele seu parente chamado Jesus de Nazaré, mas ele deve estar louco porque está falando contra a Lei de Moisés e é perigoso algo de ruim acontecer com ele, vão lá agora, e tragam-no embora para casa, pois os Chefes já estão “Por aqui” com ele….

Mas quem disse que Jesus iria cair em uma armadilha daquela, ou que iria se intimidar diante dos Fariseus?

Ao contrário, aproveitou a ocasião para dizer a todos o que é mais importante nessa vida, Fazer a Vontade do Pai que está nos céus,que está acima de qualquer lei ou norma, mesmo religiosa. Uma observação muito importante, não sabemos se essa MÃE a que o texto se refere, era realmente Maria, ou se tratava da Matriarca da Família, uma mulher mais idosa, que passava por MÃE de todos.

De qualquer modo, Jesus estabelece com a comunidade, laços mais fortes que os de Família, onde, quem ouvir a sua palavra e se fazer seguidor dela, lhe será tão íntimo como a Mãe e os irmãos. Uma relação de amor é a base de toda Vontade de Deus.

Os parentes de Jesus tiveram de voltar para casa sem ele, quanto aos Fariseus, devem ter sentido o ódio e a rejeição por ele, crescer ainda mais.

Fazer a Vontade de Deus não é coisa fácil, mas o Cristão discípulo de Jesus, não terá outra escolha, se quiser fazer parte dos seguidores de Jesus, ou então, que bata em retirada e volte para casa sem a companhia de Jesus, como fizeram aqueles seus parentes…..

Rosane Pereira

em 6 de fevereiro de 2013

O que mais me assusta é a forma como se divulga algo que só tem na cabeça das pessoas , sem qualquer base escrituristica, .POde por favor me dizer quallivro ,capítulo e verso da Biblia Sagrada onde esta escrito a palavra co-redentora ,se referindo a Maria? Onde se encontra na santas escrituras a palavra nossa senhora? onde se encontra na santa Bíblia que MARIA ESTA NO CÉU? o descaso com a Biblia so gera ignorancia, O próprio Cristo disse, Eu sou o caminho ,a verdade ea vida, ninguém vem ao pai senao por mim,S.João 14 ;6, e Atos 4;12, e s João 16 ;3
Acorda povo , até qdo vcs vão se deixar enganar e iludir? Jesus ja falava sobre isso, s.joão 4 39
exminai as escrituras pois é nelas q vcs acharao a vida eterna!!!!!

Frederico José Lourenço

em 25 de outubro de 2014

Gostaria de ser ajudado em termos mais práticos, quais são os aspectos ligados em fazer a vontade de Deus, ou por outra o que é mesmo fazer a vontade de Deus?
Obrigdado

Frederico José Lourenço

em 25 de outubro de 2014

Boa tarde ou bom dia. Falo de Angola, gostaria de saber o que é de concreto fazer a vontade de Deus?
Att. Frederico José Lourenço


Autores

Páginas

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999

teste