Busca

Evangelho de hoje (Mateus 12,46-50)

04:32 · 21.11.2012 / atualizado às 08:54 · 21.11.2012 por

Naquele tempo, enquanto Jesus estava falando às multidões, sua mãe e seus irmãos ficaram do lado de fora, procurando falar com ele. Alguém disse a Jesus: “Olha! Tua mãe e teus irmãos estão aí fora, e querem falar contigo”. Jesus perguntou àquele que tinha falado: “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?” E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse: “Eis minha mãe e meus irmãos. Pois todo aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.

Comentários 1

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Helena

21/08/2012 as 08:1119

“chamados a fazer parte da família de Jesus”

O exemplo de Maria foi dado por Jesus às multidões naquele tempo, e hoje é dado para nós, com a finalidade de nos clarear a mente e o coração para que percebamos que todos nós somos chamados (as) a fazer parte da família de Jesus. Podemos dizer que fomos também escolhidos (as) por Jesus Cristo para participar da Sua família, quando fazemos a vontade do Pai que está no céu. Somos participantes da graça de filhos, de irmãos e irmãs, se, como a Mãe de Jesus, estivermos abertos a fazer tudo conforme Deus nos manda realizar. Assim como estendeu a mão para os Seus discípulos e os considerou na mesma qualidade de mãe e de irmãos seus, Jesus nos aponta a Sua mão e nos acolhe como membros da sua família, se, estivermos dispostos (as) a fazer a vontade de Deus expressada na Sua Palavra. E a vontade do Pai é que todos nós, pela Fé em Jesus Cristo, alcancemos a salvação e a vida eterna sem fim. Não devemos nos admirar da expressão que Jesus usou quando se referiu à Sua Mãe e aos Seus irmãos: “Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?” Ele aproveitou a oportunidade para também nos enquadrar como pessoas especiais, discípulos e discípulas dignos de ser chamados filhos de Deus Pai, tendo Maria como Mãe, irmãos de Jesus Cristo e motivados pelo poder do Espírito Santo, a fazer a vontade de Deus. Reflita – Você também se considera da família de Jesus Cristo? – O que você entende por fazer a vontade de Deus? – Você é discípulo (a) de Jesus?- O que falta para que você faça a vontade do Pai aqui na terra do jeito que ela acontece no céu?

Acesse o site http://www.umnovocaminho.com e leia os comentários das demais leituras da liturgia de hoje.