Busca

Evangelho de hoje (Mt 9,9-13)

11:13 · 21.09.2017 / atualizado às 11:13 · 21.09.2017 por

Resultado de imagem para Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos,Naquele tempo, Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: “Segue-me!” Ele se levantou e seguiu a Jesus.

Enquanto Jesus estava à mesa, na casa de Mateus, vieram muitos cobradores de impostos e pecadores e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos. Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos discípulos: “Por que vosso mestre come com os cobradores de impostos e pecadores?”

Jesus ouviu a pergunta e respondeu: “Aqueles que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes. Aprendei, pois, o que significa: ‘Quero misericórdia e não sacrifício’. De fato, eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores”.

 

Reflexão – “Jesus veio para salvar os pecadores”.

Jesus sabia que chamar os pecadores fazia parte da Sua missão aqui na terra, por isso, não se recusava a se misturar com os infratores da Lei. Deste modo, quando viu Mateus sentado na banca da coletoria de impostos Jesus o chamou, sem importar-se com a sua situação de vida, nem do que o acusavam.  Ele tinha consciência de que estava chamando um “pecador público”, que explorava os pobres e vivia também no meio dos pecadores, no entanto, a Sua vinda aqui na terra tinha o objetivo de salvar os pecadores e atraí-los para que tivessem uma experiência com o Amor do Pai.  Os fariseus, no entanto, porque se consideravam melhores do que os outros, admiravam-se das atitudes de Jesus e O condenavam. Hoje, Jesus ainda continua peregrinando em busca dos homens e mulheres que vivem acomodados na sua vidinha mediana, à mercê das ondas do mar da vida, em situações de pecado e de completo desconhecimento da misericórdia do Pai. Ele também quer visitar a casa dos pecadores, daqueles que tendo tudo, não têm nada, a fim faze-los experimentar a graça da reconciliação com o Pai. Jesus veio para todos nós, pois somos doentes pelo pecado, erramos e caímos, às vezes, muito mais do que os pecadores  públicos.  No entanto, da mesma forma como aconteceu ontem, hoje também, algumas vezes, agimos igual aos fariseus quando discriminamos alguém e tentamos impedi-lo de aproximar-se de Jesus, de recebê-Lo em sua casa e nos julgamos melhores e mais virtuosos que ele.  Jesus também nos chama e nos atrai para segui-Lo, pois deseja ser convidado para entrar na nossa casa e levar a salvação para a nossa família e para os nossos amigos, não importando como esteja a nossa situação de vida, de que estamos sendo acusados e a quem estamos explorando.      – Como está a sua família em relação ao seguimento de Jesus?  – O que você tem feito por eles? Apresente  a Jesus aquele que é + difícil. – Como você tem julgado aqueles a quem considera pecadores públicos: alguns políticos, pessoas que a mídia aponta os seus erros, os fora da lei?  – Você sente-se também julgado (a) por alguém quando erra?  – Jesus veio também para você? – Você se considera pecador?

 

Helena Colares Serpa – Comunidade Católica Missionária UM NOVO CAMINHO

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *