Busca

Pressão política ameaça bom conceito do Ceará no BID

04:34 · 23.01.2018 / atualizado às 04:36 · 23.01.2018 por

O Governo do Estado do Ceará tem muito bom conceito junto ao Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID).

Mas esse conceito está agora ameaçado.

E ameaçado por deputados estaduais e prefeitos, que querem – neste ano eleitoral – incluir, no programa rodoviário que o BID financia desde os anos 1980, projetos sem qualquer viabilidade econômica ou social.

No atual contrato do Governo cearense com o BID há um saldo de R$ 600 milhões que estão sendo utilizados na duplicação de algumas estradas, no contorno de algumas cidades e na melhoria do pavimento de várias rodovias.

Pois bem: prefeitos e deputados pressionam o governador Camilo Santana no sentido de que autorize a construção de estradas ligando distritos, algo que tem exclusivamente objetivo eleitoreiro, o que desvirtuará o objetivo do contrato com o BID.

O governador tem resistido à pressão, que, porém, está crescendo.

Mas o BID está de olho e qualquer tentativa de mudar os critérios técnicos e econômicos das obras poderá custar caro ao Governo do Estado.

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *