Busca

14:14 · 11.09.2018 / atualizado às 14:16 · 11.09.2018 por

Uma informação que chega ao blog transmitida pela Assessoria de Imprensa do Banco do Nordeste (BNB):

O Banco do Nordeste possui linha de crédito específica para fomentar a exportação da produção industrial e agroindustrial e atividades comerciais das empresas de todos os portes sediadas nos nove Estados da Região, norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. A instituição financia até 100% do valor das necessidades de crédito, limitadas a R$ 100 milhões, de acordo com a localização e o faturamento anual dos empreendimentos.

O programa Nordeste Exportação – Fomento às Exportações Regionais (NExport) utiliza recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), que tem taxas de juros diferenciadas, sem vinculação a variação da taxa de câmbio. A linha financia aquisição de matérias-primas e insumos utilizados no processo produtivo, mercadorias, máquinas, veículos utilitários, aeronaves, embarcações e equipamentos para revenda no mercado externo.

O Banco do Nordeste também financia gastos gerais para o funcionamento de empreendimentos com atividades voltadas ao comércio exterior, como folha de pagamento, contas de água e energia, combustíveis, lubrificantes, material de expediente e limpeza, despesas com manutenção de veículos, máquinas e equipamentos, postagem, frete, aluguel e condomínio. Os prazos para pagamento são de até 12 meses.

Somente em 2018, as empresas da Região já obtiveram R$ 105 milhões para exportação pelo NExport.

14:05 · 11.09.2018 / atualizado às 14:05 · 11.09.2018 por

O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, anunciou na manhã desta terça-feira (11), que ingressará com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a medida provisória do governo que retirou R$ 200 milhões do orçamento da instituição para a criação da Agência Brasileira de Museus (Abram). O corte de recursos afetará o atendimento de mais de 608 mil pequenos negócios ao ano, o que corresponderia a toda região Norte do país, por exemplo. O Sebrae também estuda entrar com Ação Direta de Inconstitucionalidade no STF contra a MP.

“Os recursos do Sebrae são oriundos de uma contribuição de domínio econômico, cuja finalidade de aplicação está no artigo 170 da Constituição Federal”, afirmou o presidente do Sebrae. “A exploração de museus está fora desta finalidade e não podemos pagar a conta sozinho”, acrescentou Afif, explicando que foi surpreendido com a informação de que a verba seria retirada do Sebrae. A instituição chegou a sugerir como alternativa o investimento de R$ 100 milhões no setor, por meio de projetos de economia criativa com a finalidade de atender as micro e pequenas empresas e de melhoria da gestão em museus, acordo semelhante ao feito, recentemente, com o Ministério do Turismo.

Segundo a diretora técnica do Sebrae, Heloisa Menezes, os recursos retirados do Sebrae podem causar grave prejuízo à instituição e aos pequenos negócios. “Representa a diminuição de 608,6 mil atendimentos no Sebrae. Seria como excluir o Norte da atuação da instituição. É como se toda a região ficasse sem atendimento de uma hora para outra”, afirmou a diretora, ressaltando que são os pequenos negócios que seguram o emprego no Brasil. “Eles responderam por 93% dos empregos com carteira assinada no primeiro semestre”, ressaltou. “A MP gera uma insegurança institucional e nos preocupa, pois temos acordos e metas a cumprir. O déficit público nunca vai caber no orçamento do Sebrae”, acrescentou o diretor de Administração e Finanças, Vinicius Lages.

Guilherme Afif ressaltou, durante entrevista coletiva, que a recuperação dos museus é uma causa importante, devido à situação atual de alguns deles, mas que os recursos do Sebrae não são para essa finalidade. “Todos são solidários com o que aconteceu, mas só quem deu o dinheiro foram os pequenos negócios, únicos a terem a verba cortada”, disse o presidente do Sebrae.

11:47 · 11.09.2018 / atualizado às 11:48 · 11.09.2018 por

Naqueles dias, Jesus foi à montanha para rezar. E passou a noite toda em oração a Deus. Ao amanhecer, chamou seus discípulos e escolheu doze dentre eles, aos quais deu o nome de apóstolos: Simão, a quem impôs o nome de Pedro, e seu irmão André; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu; Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado Zelota; Judas, filho de Tiago, e Judas Iscariotes, aquele que se tornou traidor. Jesus desceu da montanha com eles e parou num lugar plano. Ali estavam muitos dos seus discípulos e grande multidão de gente de toda a Judéia e de Jerusalém, do litoral de Tiro e Sidônia. Vieram para ouvir Jesus e ser curados de suas doenças. E aqueles que estavam atormentados por espíritos maus também foram curados. A multidão toda procurava tocar em Jesus, porque uma força saía dele, e curava a todos.

16:59 · 10.09.2018 / atualizado às 17:27 · 10.09.2018 por

Uma informação que chega ao blog enviada pela Assessoria de Imprensa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado do Ceará:

O Ceará está participando, nesta e na próxima semana (12 a 18 de setembro) de missão do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) no Japão e Coreia do Sul.

O foco do Governo cearense, de acordo com o titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, (SDE), Cesar Ribeiro, que está na missão, é a atração de investimentos para a Zona de Processamento de Exportação (ZPE-CE), no Pecém, que será apresentada como caso bem sucedido do regime brasileiro de Zonas de Processamento de Exportações nos seminários “Invest in Brazil”, realizado em parceria com Apex-Brasil e Ministério das Relações Exteriores (MRE), em Tóquio e Seul.

A missão é liderada pelo pelo ministro da pasta, com participação das secretarias executivas do MDIC.

No Japão, as agendas serão em Tóquio e Nagoia e estão previstas visitas às fábricas da Nissan, Toyota, além de encontros com a direção da Japan External Trade Organization( JETRO). Para o seminário “Invest in Brazil”, segundo o MDIC, confirmaram presença 189 representantes de empresas japonesas.

Já na Coreia do Sul, em Seul, a agenda contempla visitas às fábricas da Hyundai Motors, Samsung e  à região de Pangyo, esta última conhecida como o“Vale do Silício Coreano”, além do seminário “Invest in Brazil” e encontro com o governo coreano.

Na semana passada, uma equipe da SDE e da Assessoria de Assuntos Internacionais do Estado, participou, junto com a Prefeitura de Fortaleza, de uma missão à China, na qual tiveram reuniões com fundos de investimentos, empresas de energia solar e tecnologia em saúde.

Já foram anunciados mais de US$ 7 bilhões em investimentos com capital de origem japonesa no Brasil desde janeiro de 2013, segundo a base de dados da Renai (Rede Nacional de Informações sobre o Investimentos), do MDIC, e mais de US$ 4 bilhões em investimentos com capital de origem sul coreana.

De acordo com o Banco Central, o estoque de investimentos da Coreia do Sul no Brasil em 2016 (última atualização) foi de aproximadamente US$ 5 bilhões. O país ficou na 23ª posição no ranking de principais investidores no Brasil

Nos seminários, será apresentado o regime brasileiro de Zonas de Processamento de Exportações e o caso bem-sucedido do Pecém. A equipe da secretaria-executiva do Conselho Nacional das ZPEs terá agenda de trabalho à parte focada na atração de investimento para as zonas brasileiras.

10:13 · 10.09.2018 / atualizado às 10:13 · 10.09.2018 por

 

Resultado de imagem para Aí havia um homem cuja mão direita era seca. Aconteceu num dia de sábado que, Jesus entrou na sinagoga, e começou a ensinar. Aí havia um homem cuja mão direita era seca. Os mestres da Lei e os fariseus o observavam, para verem se Jesus iria curá-lo em dia de sábado, e assim encontrarem motivo para acusá-lo. Jesus, porém, conhecendo seus pensamentos, disse ao homem da mão seca: ‘Levanta-te, e fica aqui no meio.’ Ele se levantou, e ficou de pé. Disse-lhes Jesus: ‘Eu vos pergunto: O que é permitido fazer no sábado: o bem ou o mal, salvar uma vida ou deixar que se perca?’ Então Jesus olhou para todos os que estavam ao seu redor, e disse ao homem: ‘Estende a tua mão.’ O homem assim o fez e sua mão ficou curada. Eles ficaram com muita raiva, e começaram a discutir entre si sobre o que poderiam fazer contra Jesus.

Reflexão – “Jesus veio para curar a nossa ‘mão seca’”

 

Jesus não conseguia fazer entender que o ser humano é muito mais importante para Deus do que todos os regulamentos por mais que manifestasse, no meio do povo, prodígios e milagres.  Os mestres da lei e os fariseus apreciavam a Lei de Deus apenas no que se relacionava com as regras de comportamento, de organização e disciplina do povo, mas não a tinham no coração, como um princípio de vida e libertação do ser humano.  Ao contrário do que eles pregavam, Jesus fazia questão de anunciar que viera para os pecadores mostrando que o pecado nos deforma e nos afasta do convívio com Deus e, também, com as pessoas. Por isso, Ele fazia questão de acolher a todos que estavam “marcados” pelo estigma do erro, da culpa e que de alguma forma se sentiam excluídos do convívio com aqueles que se consideravam “puros e bons”. Hoje, também, o propósito de Jesus é restaurar a vida de todos os que se encontram em situação de exclusão, por isso, a qualquer hora, em qualquer momento, mesmo quando todos nos apontam e acusam Jesus está pronto para nos colocar no centro, nos tirando do meio da multidão.  Ele nos olha com um olhar especial e percebe a nossa chaga! Ele sabe o que está nos deformando e quer que tenhamos consciência da nossa dificuldade, por isso, nos manda estender a mão a fim de expor o nosso pecado para reconhecer que precisamos de  perdão e de acolhimento. O olhar carinhoso de Jesus nos revigora e a     Sua Palavra é para nós como uma promessa que se cumpre: “Levanta-te e fica aqui no meio”! “Estende a tua mão”!  Na medida em que obedecemos à Sua Palavra, também vão caindo por terra os nossos complexos de inferioridade, o medo de revelar quem nós somos, os nossos defeitos, a nossa “mão seca”. Tudo então se torna muito natural e simples e perdemos a inibição e cheios de firmeza enfrentamos todos os olhares ardilosos, pois eles estão ocultos pelo olhar misericordioso de Deus. Ninguém, jamais, em momento algum pode perder a chance de atender à ordem de Jesus, porque Ele veio para curar a nossa “mão seca” nem que seja em dia de sábado.   –   Quando comete um pecado grave você se sente isolado (a)? – Você costuma reconhecer e confessar os seus pecados? – Você tem coragem de expor os seus defeitos diante das pessoas pondo-se sob o olhar da misericórdia divina? Para você o que pode significar “em dia de sábado?

 

Helena Colares Serpa – Comunidade Católica Missionária UM NOVO CAMINHO

07:46 · 10.09.2018 / atualizado às 11:23 · 10.09.2018 por

Resultado da mais nova pesquisa FSB-BTG/Pactual, divulgada na manhã desta segunda-feira, 10/9:

Jair Bolsonaro, do PSL, continua em primeiro lugar, tendo saltado de 26%, na pesquisa anterior, para 30%.

Ciro Gomes, do PDT, manteve os mesmos 12% da pesquisa anterior, mas foi favorecido pela queda de Marina Silva, da Rede, que desceu de 11% para 8%.

Geraldo Alckmin, do PSDB, manteve os mesmos 8% da pesquisa anterior, empatando agora Marina Silva.

Fernando Haddad, do PT, passou de 6% para 8%, o que o coloca em terceiro lugar juntamente com Alckmin e Marina.

João Amoedo, do Partido Novo, desceu de 4% para 3%.

Hoje, à noite, deverá ser divulgada a nova pesquisa do Datafolha, que está sendo realizada ao longo desta segunda-feira.

 

12:05 · 07.09.2018 / atualizado às 12:05 · 07.09.2018 por

Resultado de imagem para Ninguém tira retalho de roupa nova para fazer remendo em roupa velhaNaquele tempo: Os fariseus e os mestres da Lei disseram a Jesus: ‘Os discípulos de João, e também os discípulos dos fariseus, jejuam com frequência e fazem orações. Mas os teus discípulos comem e bebem.’  Jesus, porém, lhes disse: ‘Os convidados de um casamento podem fazer jejum enquanto o noivo está com eles?  Mas dias virão em que o noivo será tirado do meio deles. Então, naqueles dias, eles jejuarão.’  Jesus contou-lhes ainda uma parábola: ‘Ninguém tira retalho de roupa nova para fazer remendo em roupa velha; senão vai rasgar a roupa nova, e o retalho novo não combinará com a roupa velha.
Ninguém coloca vinho novo em odres velhos; porque, senão, o vinho novo arrebenta os odres velhos e se derrama; e os odres se perdem. Vinho novo deve ser colocado em odres novos. E ninguém, depois de beber vinho velho, deseja vinho novo; porque diz: o velho é melhor.’

 

Reflexão – “O Evangelho é a Boa Nova”

 

O reino de Deus que Jesus Cristo veio instaurar requer de nós uma nova roupagem no pensar, no falar e no agir. Para isso, durante o tempo em que passou aqui na terra Jesus revolucionou os costumes e os critérios que vigoravam naquela época e escandalizou àqueles que viviam bitolados e presos às suas próprias ideias.  O Evangelho é a Boa Nova que deve ser vivida por inteiro e não apenas em parte, por isso, todas as nossas boas ações só terão validade diante de Deus se houver assentimento completo de todo o nosso ser. Com efeito, nessa passagem Jesus nos ensina que não nos adianta tapar buracos nem colocar emendas no nosso modo de pensar e de agir usando apenas alguns preceitos do Seu Evangelho. O homem completo é corpo e alma, por essa razão, as nossas ações precisam estar em consonância com o nosso ser total.   Diante de Deus todos os nossos atos terão o valor proporcional ao que o nosso coração lhes confere. O ato de fazer apenas por fazer não nos edificará nem nos ajudará na caminhada para Deus.  Jesus nos propõe o fazer de coração, uma sugestão coerente com a essência do nosso ser. O odre e a roupa significam a nossa mentalidade e a maneira como acolhemos as observâncias que Deus nos propõe por meio da sua Palavra e dos Seus mandamentos.  A maneira como encaramos os fatos da nossa vida e a mentalidade com a qual acolhemos as propostas de Deus nos dão a garantia para que as nossas ações diante do Senhor tenham validade.   O que é novo não cabe na mentalidade antiga. Precisamos de um espírito aberto, para acolher as novidades do Evangelho e viver segundo os mandamentos de Deus. Do contrário, não daremos frutos. Portanto, o jejum e o sacrifício que fizermos não têm nenhum valor absoluto. O que realmente tem valor são o motivo e a finalidade pelo qual nos sacrificamos. Quando o noivo está perto, nós estamos alegres e precisamos extravasar a nossa felicidade, portanto, não há razão para sacrifício. Jejuar por jejuar não nos levará a lugar algum.   – Você é uma pessoa apegada ao seu modo de pensar? – Você é capaz de mudar de opinião diante das novidades do Evangelho? –  Com que espírito você jejua ou faz sacrifício?

 

Helena Colares Serpa – Comunidade Católica Missionária UM NOVO CAMINHO

16:50 · 06.09.2018 / atualizado às 16:54 · 06.09.2018 por

Esfaquearam a democracia brasileira!

O atentado de que foi vítima na tarde desta quinta-feira o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, vitimou também o processo eleitoral, que já havia sofrido ataques anteriores, quando um dos ônibus da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi atingido por tiros no interior do Paraná.

As primeiras imagens e informações que procedem da cidade mineira de Juiz de Fora, onde o atentado contra Bolsonaro  aconteceu, indicam que o autor do atentado, preso imediatamente e já identificado, aproximou-se até muito perto do candidato, que estava nos ombros de um dos centenas de apoiadores que participavam de uma caminhada pelas ruas daquela idade mineira.

O fato é muito grave e põe em risco a democracia, cujo ápice é exatamente a eleição.

 

 

11:22 · 06.09.2018 / atualizado às 11:24 · 06.09.2018 por

Fortaleza receberá amanha, sexta-feira, 7 – feriado em comemoração à Independência do Brasil – a exposição itinerante A Energia da Língua Portuguesa.

A iniciativa da EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico brasileiro, traz atividades interativas relacionadas ao nosso idioma para o público de todas as idades. A mostra, que já atraiu mais 20 mil pessoas pelas cidades onde passou, estará aberta para visitação no Aterro da Praia de Iracema (na esquina das Avenidas Rui Barbosa e Beira Mar), entre os dias 7 e 9 de setembro, com entrada gratuita, de 10 às 19 horas.

Serão 300 metros quadrados de espaço, dentro e fora, com uma estrutura que possibilitará aos visitantes o contato direto com informações, dados e curiosidades sobre os países que falam o português. Ali, os participantes poderão aprender de forma divertida as peculiaridades da língua, principalmente no Brasil e em Portugal, além de curiosidades sobre expressões comuns do idioma, considerado o sexto mais falado do mundo e o mais utilizado no Hemisfério Sul.

Do lado de fora, a exposição trará uma espaçosa área que convidráa os visitantes à leitura e à convivência, com puffs espalhados e estantes recheadas de livros. Contará também com  um painel de LED, que se transformará em uma tela de cinema, na qual serão exibidos filmes sobre poesia e cultura dos países que falam o português.

No domingo, às 15 horas, a área externa da estrutura receberá o show do rapper Vinícius Terra.

11:12 · 06.09.2018 / atualizado às 11:12 · 06.09.2018 por

A partir da próxima segunda-feira, 10, técnicos da Coordenadoria de Saneamento da Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce) fiscalizarão os sistemas de abastecimento de água de seis cidades cearenses. A ação, que se estenderá até o dia 28 deste mês, tem o propósito de analisar os serviços ofertados pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), visando a qualidade do fornecimento de água e verificando pontos referentes ao esgotamento sanitário, incluindo a adequação às leis ambientais.

Neste setembro, passarão pelo crivo dos analistas da Arce os serviços das sedes municipais de Quiterianópolis, Senador Sá, Novo Oriente e Uruoca (e localidades de Mel Barra do Mel e Torrões). Em Novo Oriente e Uruoca, também serão vistoriados os sistemas de esgotamento sanitário dos seus distritos.

O calendário de visitas obedecerá à seguinte ordem: de 10 a 14 de setembro, as vistorias acontecerão em Quiterianópolis e Novo Oriente. Já na semana que vai do dia 24 ao dia 28, os técnicos da Arce fiscalizarão as sedes municipais de Senador Sá e Uruoca e dois dos seus distritos. Depois de finalizada a fiscalização, a Agência Reguladora expedirá relatório sobre a qualidade dos serviços prestados à população, inclusive nos âmbitos comercial e de atendimento, tudo em conformidade com as prescrições constantes nas leis, normas e regulamentos específicos do setor.

Ainda sobre as cidades de Quiterianópolis e Novo Oriente, além de fiscalizar a qualidade da água, a coordenadoria de saneamento da Arce também verificará o cumprimento dos Planos Municipais de Saneamento Básico (PMSB). Para tanto, os técnicos, que se reunirão com representantes das respectivas prefeituras e integrantes da Cagece, analisarão ações de curto, médio e longo prazo, que dependerão do estágio em que cada plano se encontra.