Busca

Reforma da Previdência: o desafio de Michel Temer

04:22 · 30.11.2017 / atualizado às 04:23 · 30.11.2017 por

A próxima semana será decisiva para o futuro próximo da economia brasileira.

A Câmara dos Deputados deverá votar – ou não – a proposta de Reforma da Previdência.

Para aprova-la, o governo do presidente Michel Temer terá de assegurar, pelo menos, 308 votos a favor.

Mas, até agora, não tem sequer 280 votos.

Os analistas afirmam que, se a proposta não for, pelo menos em primeiro turno, aprovada neste 2017, o próximo ano de 2018 será muito complicado para a economia brasileira, que tenta sair da crise em que está mergulhado há três anos.

Por enquanto, infelizmente, não deram resultado as reuniões que, quase todos os dias, Michel Temer promove com deputados e senadores de sua base política, que está cobrando cada vez mais caro pelo seu voto a favor da reforma previdenciária.

Os políticos brasileiros precisam ser trocados na eleição do próximo ano.

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *