Busca

Reforma da Previdência: o governo esforça-se pela aprovação

10:20 · 05.12.2017 / atualizado às 10:21 · 05.12.2017 por

Animam-se os agentes econômicos e financeiros diante do esforço que estão fazendo o presidente Michel Temer e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, no sentido de reunir toda a base de apoio do governo para tornar possível, ainda neste mês, a votação e aprovação da proposta de Reforma da Previdência Social.

Essa reforma já foi muito desidratada, mas mesmo assim, para o mercado, significará um bom sinal para o ajuste das contas públicas, que estão deterioradas.

Só o rombo da Previdência será, neste ano, de R$ 188 bilhões, e com viés de alta.

Aprovar a reforma da Previdência agora será um bom sinal para as agências de risco, que podem melhorar a nota do Brasil, que por enquanto está distante do grau de investimento.

Mas não será fácil, porque as corporações dos servidores públicos, que são os mais privilegiados do atual modelo previdenciário, e as centrais sindicais já se levantaram contra essa reforma.

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *