Busca

Diário de um safenado (1)

16:19 · 16.12.2007 / atualizado às 16:19 · 16.12.2007 por

São 15h45min deste domingo. Dói meu tórax, cujo osso externo foi serrado, na manhã do domingo anterior, para permitir que se implantasse no meu coração duas pontes de mamária e uma de safena. Enfrento uma anemia, causada pela perda de sangue durante a cirurgia, que durou cerca de cinco horas. Minha dieta está liberada para alimentos que me permitam, sem nova transfusão de sangue, recuperar alguns traços vermelhos do rosto, hoje amarelados, literalmente. Ontem, eu estava certo de que, apartir de hoje, estaria de novo 100% apto a retomar minha atividade profissional. Entusiasmo em excesso. Ontem mesmo, sem motivo aparente, fiquei afônico. E minha voz, que já não era tão firme, está fraca e pouco audível. Fiz planos para gravar hoje os boletins informativos que, cinco vezes ao dia, transmito para a Rádio Verdes Mares, o primeiro e o segundo dos quais dentro do programa Paulo Oliveira, às 5h45min eàs 6h25min. Talvez na teça-feira isso possa acontecer. Ouço falar muito sobre as consequências dessa cirurgia. Quero, com estes depoimentos que darei diariamente, contar minha própria experiência. Para começar, asseguro que ela mexe com o emocional. Choro ao ver cada familiar e cada amigo que me vem visitar. Penso no meu pai, José Oriá Serpa, que, no dia 28 de setembro de 1988, morreu aos 67 anos de idade de um enfarte fulminante – ele lia a Bíblia quando seu coração parou de bater; penso no segundo (eu sou o primeiro) dos meus 13 irmãos, o Erivan, de 57 anos, que, fumante compulsivo, caiu ao chão atingido por um enfarte. Para o dr. Waldemiro, que me operou há uma semana, minha família está,  hereditariamente, incluída entre as que têm ou terão problemas cardíacos, que serão mais graves ou não dependendo de como cada um cuidará do seu coração. Para terminar: driblei o enfarte porque, portador de Plano de Saúde, pude ser atendido, em tempo, por médicos competentes, que me internaram em um hospital de ponta, cujos profissionais cuidaram de mim com todo zelo. Penso na multidão de brasileiros que, clientes do SUS, morrem porque o Governo não lhes dá uma atenção assim.

Comentários 107

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GERALDO FLAUZINO FILHO

09/02/2017 as 14:1119

ola meu nome e GERALDO ,gostaria de dizer algumas palavras aos amigos safenados ,que espero poderá tranquilizar alguém ai ,eu tenho 67 anos e a três anos e dez meses fiz três safenas e uma mamaria ,a cirurgia foi da sete horas da manhã as dezessete horas ,fiquei entre internação para exames e recuperação e três dias de uti deu um total de onze dias ,hoje graças a Deus não sinto nada ,corro dez kms as segundas feiras ,dez na quarta e dez na sexta ,aos domingos tomo duas hora de sauna,terça ,quinta faço uma hora de musculação,o mais importante e guardar o repouso pós operatório,conforme prescrição do médico,pelo amor de Deus não faça estravagança nos primeiros 90 dias ,princimpalmente pegar peso ,não tenho nenhuma restrição médica ,a não ser evitar ,gordura e fritura o máximo que puder, quanto as dores ,elas demoram mesmo uns meses para ter fim inclusive a falta de ar nas primeiras caminhadas ,felicidade a todos os safenados como eu Deus esta no comando um forte abraço

Paulo Cesar Silva

26/09/2017 as 21:1019

Após três safenas e uma mamarea, sinto que o músculo do peito lado esquerdo trepa um no outro e queima, arde, se esfrego-o por sobre a costela também arde e isto foi após um esforço que fiz ao utilizar uma enxada. Como resolver. O local dos dois lados ardia após a cirurgia, mas já havia cessado e já tinha mais de oito meses de cirurgia.

Silveira

22/07/2017 as 19:0919

Boa noite gostaria de saber se é normal sentir dores no peito esquerdo pois cirurgia mamária é safena, pois hoje completa exatamente um mês de cirurgiado, sinto bastante dores diariamente, fui para consulta com cardiologista o mesmo falou que é normal pois além de serrar o tórax do paciente o coração também é bastante mexido, falou para continuar tomando os remédios e dá tempo ao tempo,o mesmo não indicou caminhada o outro tipo de exercício só falou que depois do dia 19/12 à dra. Qual istou com Consulta marcada dirá o que devo fazer.

Andrea

21/11/2017 as 23:0919

Oii boa noite tenho 33 anos fiz uma reconstituição da válvula mitral e tiram uma membrana da sub hortica gostaria de saber de vcs se alguém aqui já fez essa cirurgia

Alexandre Amorim

19/10/2017 as 22:0919

Hoje se faz 37 dias de operado coloquei. 3 pontes mamárias, ainda sinto dor no tórax e incomodo para algumas atividades meu sono não é ainda um dos melhores fiquei muito emotivo ainda sinto como se o osso do externo estivesse solto mas cada dia é um dia e a melhora é realmente com o tempo um dia de cada vez.

Vivian

18/10/2017 as 22:0919

Minha mãe fez hj, fiquei tao assustada, ela tem 67 anos e fez as 07:00 da manhã e terminou as 10:00, mas as 15 00 da tarde fui vê la, fiquei triste de ver ela tão inchada, é normal?

Eulália ferraz

18/10/2017 as 22:0919

Meu nome é Eulália tenho 53 anos dia 17de maio 2017 passei por uma safena e uma mamária e uma vertical tive uma complicação aí teve que operar De novo dia 7 de julho agora estou melhor só que cinto um peso muito grande no tórax gostaria de saber se é normal