Egídio Serpa

Busca


Diário de um safenado (1)

Publicado em 16/12/2007 - 16:19 por | 54 Comentários

Categorias: Saúde

  • Enviar para o Kindle

São 15h45min deste domingo. Dói meu tórax, cujo osso externo foi serrado, na manhã do domingo anterior, para permitir que se implantasse no meu coração duas pontes de mamária e uma de safena. Enfrento uma anemia, causada pela perda de sangue durante a cirurgia, que durou cerca de cinco horas. Minha dieta está liberada para alimentos que me permitam, sem nova transfusão de sangue, recuperar alguns traços vermelhos do rosto, hoje amarelados, literalmente. Ontem, eu estava certo de que, apartir de hoje, estaria de novo 100% apto a retomar minha atividade profissional. Entusiasmo em excesso. Ontem mesmo, sem motivo aparente, fiquei afônico. E minha voz, que já não era tão firme, está fraca e pouco audível. Fiz planos para gravar hoje os boletins informativos que, cinco vezes ao dia, transmito para a Rádio Verdes Mares, o primeiro e o segundo dos quais dentro do programa Paulo Oliveira, às 5h45min eàs 6h25min. Talvez na teça-feira isso possa acontecer. Ouço falar muito sobre as consequências dessa cirurgia. Quero, com estes depoimentos que darei diariamente, contar minha própria experiência. Para começar, asseguro que ela mexe com o emocional. Choro ao ver cada familiar e cada amigo que me vem visitar. Penso no meu pai, José Oriá Serpa, que, no dia 28 de setembro de 1988, morreu aos 67 anos de idade de um enfarte fulminante – ele lia a Bíblia quando seu coração parou de bater; penso no segundo (eu sou o primeiro) dos meus 13 irmãos, o Erivan, de 57 anos, que, fumante compulsivo, caiu ao chão atingido por um enfarte. Para o dr. Waldemiro, que me operou há uma semana, minha família está,  hereditariamente, incluída entre as que têm ou terão problemas cardíacos, que serão mais graves ou não dependendo de como cada um cuidará do seu coração. Para terminar: driblei o enfarte porque, portador de Plano de Saúde, pude ser atendido, em tempo, por médicos competentes, que me internaram em um hospital de ponta, cujos profissionais cuidaram de mim com todo zelo. Penso na multidão de brasileiros que, clientes do SUS, morrem porque o Governo não lhes dá uma atenção assim.

Comentários

Daniel Praciano

em 16 de dezembro de 2007

Força meu caro Egídio. Você vai ficar muito tempo ainda conosco e fará de seu blog um instrumento de comunicação ainda mais forte e vibrante. Aguardamos seu retorno ao batente. Boa sorte.

Daniel Praciano

em 16 de dezembro de 2007

Força meu caro Egídio. Você vai ficar muito tempo ainda conosco e fará de seu blog um instrumento de comunicação ainda mais forte e vibrante. Aguardamos seu retorno ao batente. Boa sorte.

Marcos Marçal

em 16 de dezembro de 2007

Egídioo, vai cuidar da tua saúde, homme. Tu não nasceste para Máertir da Imprensa. Isso que você está fazendo não contribui para sua biografia.

Marcos Marçal

em 16 de dezembro de 2007

Egídioo, vai cuidar da tua saúde, homme. Tu não nasceste para Máertir da Imprensa. Isso que você está fazendo não contribui para sua biografia.

José Estênio Gomes Negreiros

em 16 de dezembro de 2007

Prezado Jornalista Egídio Serpa,

Mesmo sem lhe conhecer pessoalmente, você figura entre aquelas pessoas a quem admiro pelo trabalho sério na profissão que exerce, por isso, lamento profundamente a provação pela qual passa neste instante. Todavia, como Deus põe sobre os nossos ombros somente a carga que podemos suportar, você vencerá este obstáculo com sua coragem, com a sua fé e com esperança, amparado pelo Mestre de Nazaré. Também orarei por sua breve recuperação.

Um fraternal abraço.

José Estênio Gomes Negreiros

em 16 de dezembro de 2007

Prezado Jornalista Egídio Serpa,

Mesmo sem lhe conhecer pessoalmente, você figura entre aquelas pessoas a quem admiro pelo trabalho sério na profissão que exerce, por isso, lamento profundamente a provação pela qual passa neste instante. Todavia, como Deus põe sobre os nossos ombros somente a carga que podemos suportar, você vencerá este obstáculo com sua coragem, com a sua fé e com esperança, amparado pelo Mestre de Nazaré. Também orarei por sua breve recuperação.

Um fraternal abraço.

Luís Paulo

em 17 de dezembro de 2007

Egidio,
Foi com surpresa que tomei conhecimento da sua cirurgia, contudo, com muita alegria atesto seu retorno com a mesma lucidez e precisão na informação. Que deus o abençoe você e sua família.

Luís Paulo

em 17 de dezembro de 2007

Egidio,
Foi com surpresa que tomei conhecimento da sua cirurgia, contudo, com muita alegria atesto seu retorno com a mesma lucidez e precisão na informação. Que deus o abençoe você e sua família.

lucia maia

em 17 de dezembro de 2007

Aproveite essa oportunidade que Deus lhe deu….de hoje em diante valorize menos o que é importante financeiramente..profissionalmente……e aproveiute para admirar um por do sol……… o verde das plantas a beleza de uma rosa, o sorriso de uma criança, o andar cançado de um idoso que carrega consigo lembranças quem não tem pra quem contar…. desprese tudo que lhe machuca………aborrece….ou deprime…assim vencí um cancer há 12 anos e estou a espera de uma biopsia ( tireoide) mas nem isso me tira o animo de viver cada dia e amanhacer agradecendo a Deus por poder dizer : “BOM DIA”.um abraço virtual e fica com Deus!

lucia maia

em 17 de dezembro de 2007

Aproveite essa oportunidade que Deus lhe deu….de hoje em diante valorize menos o que é importante financeiramente..profissionalmente……e aproveiute para admirar um por do sol……… o verde das plantas a beleza de uma rosa, o sorriso de uma criança, o andar cançado de um idoso que carrega consigo lembranças quem não tem pra quem contar…. desprese tudo que lhe machuca………aborrece….ou deprime…assim vencí um cancer há 12 anos e estou a espera de uma biopsia ( tireoide) mas nem isso me tira o animo de viver cada dia e amanhacer agradecendo a Deus por poder dizer : “BOM DIA”.um abraço virtual e fica com Deus!

Paulo Karam

em 17 de dezembro de 2007

Caro amigo Egídio,
ao tomar conhecimento da sua recuperação e retorno às atividades, postei em meu blog de ontem, o seguinte comentário:

”Após uma manhã de visita (como faço duas vezes ao ano) a São Francisco de Assis, em Canindé, no meu dia maior e com meu filho Sandro, a alegria foi redobrada ao chegar no jornal quando acessei os sites dos blogueiros, e me deparei com a volta do amigo (desde à época da Tribuna do Ceará), Egídio Serpa, fazendo o que ele mais gosta.

O que mais temo na vida, é cirurgia e principalmente do coração. Esse medo não é exclusivo meu, tenho certeza. Sinto-me um Egídio Serpa, com sua dor, sua tensão e pensando nos seus entes queridos. Ah, como dói! Mas deixa prá lá. Egídio está entre nós e bola pra frente. Deus continua ao seu lado. Boas-vindas, meu brother.

Paulo Karam

em 17 de dezembro de 2007

Caro amigo Egídio,
ao tomar conhecimento da sua recuperação e retorno às atividades, postei em meu blog de ontem, o seguinte comentário:

”Após uma manhã de visita (como faço duas vezes ao ano) a São Francisco de Assis, em Canindé, no meu dia maior e com meu filho Sandro, a alegria foi redobrada ao chegar no jornal quando acessei os sites dos blogueiros, e me deparei com a volta do amigo (desde à época da Tribuna do Ceará), Egídio Serpa, fazendo o que ele mais gosta.

O que mais temo na vida, é cirurgia e principalmente do coração. Esse medo não é exclusivo meu, tenho certeza. Sinto-me um Egídio Serpa, com sua dor, sua tensão e pensando nos seus entes queridos. Ah, como dói! Mas deixa prá lá. Egídio está entre nós e bola pra frente. Deus continua ao seu lado. Boas-vindas, meu brother.

maria alice

em 21 de dezembro de 2007

sr. Egídio, não sei lidar com computador(+ ou -) mas sentei aqui agora na esperança de encontrar alguma coisa para passar para meu marido.fez cirurgia dia 13/11 depois de ter tido um enfarto dia 20/07/2006. ficamos 1 ano e meio indo e vindo do HC de Ribeirão Preto (sem plano de saúde) era greve de funcionários, greve de médicos até que meus filhos fizeram um plano e conseguimos fazer a cirurgia aqui na nossa cidade. fomos atendidos por uma equipe nota dez em dedicação, calor humano e profissionais, mas meu marido com 62 anos , colocou como o senhor 2 pontes, precisou de sangue 2 dias apos a cirurgia, dessidratou( por conta de diuréticos) teve arritimia(10 dias após e voltou a uti) e agora anda um pouco desanimado, foi isto que me levou a pesquisar. já do inicio gostei da sua narrativa, vou imprimir e levar para meu marido ( o computador é na casa da minha filha). obrigado pela sua ajuda. fique com Deus!

maria alice

em 21 de dezembro de 2007

sr. Egídio, não sei lidar com computador(+ ou -) mas sentei aqui agora na esperança de encontrar alguma coisa para passar para meu marido.fez cirurgia dia 13/11 depois de ter tido um enfarto dia 20/07/2006. ficamos 1 ano e meio indo e vindo do HC de Ribeirão Preto (sem plano de saúde) era greve de funcionários, greve de médicos até que meus filhos fizeram um plano e conseguimos fazer a cirurgia aqui na nossa cidade. fomos atendidos por uma equipe nota dez em dedicação, calor humano e profissionais, mas meu marido com 62 anos , colocou como o senhor 2 pontes, precisou de sangue 2 dias apos a cirurgia, dessidratou( por conta de diuréticos) teve arritimia(10 dias após e voltou a uti) e agora anda um pouco desanimado, foi isto que me levou a pesquisar. já do inicio gostei da sua narrativa, vou imprimir e levar para meu marido ( o computador é na casa da minha filha). obrigado pela sua ajuda. fique com Deus!

Henrique Nunes

em 23 de dezembro de 2007

Egídio,
Faço votos de um Feliz Natal pra você e seus familiares.
Especialmente nesse momento por que você está passando, continua aqui nossa torcida (de todos os seus colegas e admiradores, tenho certeza) para que sua recuperação se dê da melhor forma e para que, dessa maneira, logo possamos compartilhar novamente de todo o seu companheirismo e competência que tanto nos engrandecem, em nosso convívio diário. Um grande abraço.

Henrique Nunes

em 23 de dezembro de 2007

Egídio,
Faço votos de um Feliz Natal pra você e seus familiares.
Especialmente nesse momento por que você está passando, continua aqui nossa torcida (de todos os seus colegas e admiradores, tenho certeza) para que sua recuperação se dê da melhor forma e para que, dessa maneira, logo possamos compartilhar novamente de todo o seu companheirismo e competência que tanto nos engrandecem, em nosso convívio diário. Um grande abraço.

Denise Roig

em 23 de dezembro de 2007

Caro Amigo,

Fiquei muito triste qdo comecei a ler este diário, mas ao mesmo tempo, me peguei feliz ao entender que vc foi operado e que já está bem, inclusive trabalhando.
Sei que Jesus está ao seu lado e que vc está tirando de letra este problema. Porém, peço a vc que dê prioridade a saúde, só qdo a perdemos, como aconteceu comigo, é que damos o devido valor a saúde.
Um abraço fraterno.

Denise Roig

em 23 de dezembro de 2007

Caro Amigo,

Fiquei muito triste qdo comecei a ler este diário, mas ao mesmo tempo, me peguei feliz ao entender que vc foi operado e que já está bem, inclusive trabalhando.
Sei que Jesus está ao seu lado e que vc está tirando de letra este problema. Porém, peço a vc que dê prioridade a saúde, só qdo a perdemos, como aconteceu comigo, é que damos o devido valor a saúde.
Um abraço fraterno.

Beatriz Fleury Gerber

em 22 de março de 2008

Olá,

Meu pai esta no hospital esperando ser operado, tem 87 anos, carioca alegre mas que começa a se preocupar com o que virá pela frente. Entrei na internet para ter boas noticias mas vejo que o caminho é longo… espero que o senhor fique bem assim como espero que o meu pai seja valente….

Obrigada por sua coragem em nos ajudar

Atenciosamente

bia gerber

Beatriz Fleury Gerber

em 22 de março de 2008

Olá,

Meu pai esta no hospital esperando ser operado, tem 87 anos, carioca alegre mas que começa a se preocupar com o que virá pela frente. Entrei na internet para ter boas noticias mas vejo que o caminho é longo… espero que o senhor fique bem assim como espero que o meu pai seja valente….

Obrigada por sua coragem em nos ajudar

Atenciosamente

bia gerber

Alexandre

em 30 de dezembro de 2008

Caro Egídio,
Fiz revascularização no dis 20/12 passado, e hoje (30/12/2008) estou bem melhor, mais ainda com muitas dores no tórax. O pior é que só dormia de rede e, segundo meu médico, terei que ficar 3 meses dormindo na cama “de barriga para cima”. Depois de todos esses meses, como vc está? como foi sua recuperação?
Abraços,
Alexandre

Alexandre

em 30 de dezembro de 2008

Caro Egídio,
Fiz revascularização no dis 20/12 passado, e hoje (30/12/2008) estou bem melhor, mais ainda com muitas dores no tórax. O pior é que só dormia de rede e, segundo meu médico, terei que ficar 3 meses dormindo na cama “de barriga para cima”. Depois de todos esses meses, como vc está? como foi sua recuperação?
Abraços,
Alexandre

Egídio Serpa

em 30 de dezembro de 2008

Alexandre:
Eu tive muita sorte, graças a Deus. Não tive enfarte. Estava na minha caminhada diária, quando sentí uma dor forte no peito. Parei de caminhar. Liguei para meu médico, Dr. João David^. Em pouco tempo estava na esteira ergométrica, interrompida dois minutos depois. Resumo: em 24 horas eu havia feito o cataterismo e estava operado: uma ponte de safena e duas mamárias. Minha recuperação foi sensaiconal.Não senti dor nem antes, nem durante nem depois da cirurgia. No sexto dia, eu estava em casa escrevendo aqui no computador para este blog. No 25º dia, voltei ao trabalho normal no jornal. Fiz tudo o que os médicos mandaram. E hoje não como nada que tenha gfordura (leite, queijo, bolos, pudins etc) nem churrasco. Só como peixe. Quando há camarão e lagosta, eu como também, pois ambos têm bom colesterol. Aliás, fiz agora agora um check-up e tudo deu perfeito. E voltei a caminhar diariamente e faço ginástica e musculação.
Um abraço
Egídio

Egídio Serpa

em 30 de dezembro de 2008

Alexandre:
Eu tive muita sorte, graças a Deus. Não tive enfarte. Estava na minha caminhada diária, quando sentí uma dor forte no peito. Parei de caminhar. Liguei para meu médico, Dr. João David^. Em pouco tempo estava na esteira ergométrica, interrompida dois minutos depois. Resumo: em 24 horas eu havia feito o cataterismo e estava operado: uma ponte de safena e duas mamárias. Minha recuperação foi sensaiconal.Não senti dor nem antes, nem durante nem depois da cirurgia. No sexto dia, eu estava em casa escrevendo aqui no computador para este blog. No 25º dia, voltei ao trabalho normal no jornal. Fiz tudo o que os médicos mandaram. E hoje não como nada que tenha gfordura (leite, queijo, bolos, pudins etc) nem churrasco. Só como peixe. Quando há camarão e lagosta, eu como também, pois ambos têm bom colesterol. Aliás, fiz agora agora um check-up e tudo deu perfeito. E voltei a caminhar diariamente e faço ginástica e musculação.
Um abraço
Egídio

roque

em 3 de janeiro de 2009

CARO EGÍDIO,BOA SORTE
Fiz resvacularização,após cateterismo
onde insurgiu riscos devido ser tabagista por 40 anos.Fiz 01 ponte
safena e 03 mamarias.Tudo deu certo, não tive dores,febre, e nada
que comprometesse meu bom estar.O problema é que tenho de mudar de hábitos alimentares e isso está trazendo conflito.
ESTOU COM 45 DIAS DE OPERADO e não me convenci de não poder comer massas,doces, e outras delicias.

FIQUE COM DEUS ROQUE

roque

em 3 de janeiro de 2009

CARO EGÍDIO,BOA SORTE
Fiz resvacularização,após cateterismo
onde insurgiu riscos devido ser tabagista por 40 anos.Fiz 01 ponte
safena e 03 mamarias.Tudo deu certo, não tive dores,febre, e nada
que comprometesse meu bom estar.O problema é que tenho de mudar de hábitos alimentares e isso está trazendo conflito.
ESTOU COM 45 DIAS DE OPERADO e não me convenci de não poder comer massas,doces, e outras delicias.

FIQUE COM DEUS ROQUE

Mario W.Piccolo

em 5 de abril de 2009

Prezado Roque

Você está se preocupando a toa quanto a sua alimentação. O que você com certeza terá que parar é de fumar. Quanto a alimentação, evidentemente nenhum medico deve estar lhe falando que pode comer de tudo meu caro. Você foi operado recentemente e preciza de acompanhamento. Fara exames de sangue períodicamente e dentre outras coisas o Médico verificará seu colesterol e fara outras recomendações. Claro que se você comia demais vai ter reduzir ou eliminar muitas coisas. Não se precipite seu´Médico deverá orienta- lo. Fiz cirurgia a 7 anos e meio e não me privei de alimentação tanto assim. Dê tempo ao tempo e fique com Deus.

Mario

Mario W.Piccolo

em 5 de abril de 2009

Prezado Roque

Você está se preocupando a toa quanto a sua alimentação. O que você com certeza terá que parar é de fumar. Quanto a alimentação, evidentemente nenhum medico deve estar lhe falando que pode comer de tudo meu caro. Você foi operado recentemente e preciza de acompanhamento. Fara exames de sangue períodicamente e dentre outras coisas o Médico verificará seu colesterol e fara outras recomendações. Claro que se você comia demais vai ter reduzir ou eliminar muitas coisas. Não se precipite seu´Médico deverá orienta- lo. Fiz cirurgia a 7 anos e meio e não me privei de alimentação tanto assim. Dê tempo ao tempo e fique com Deus.

Mario

Mario W.Piccolo

em 5 de abril de 2009

Já digitei, mas não assinalei que quero ser notificado de novos comentarios neste artigo

Mario W.Piccolo

em 5 de abril de 2009

Já digitei, mas não assinalei que quero ser notificado de novos comentarios neste artigo

ALBERTO CID G LOPES

em 1 de junho de 2009

Bom dia, Egídio Serpa,

Tenho 57 anos e vou fazer cirurgia de ponte de safena (3 ou 4), dia 04/06/2009, quinta-feira com o Dr. Waldemiro, no São Matheus, gostaria de saber sofre a cirurgia e o pós-operatório.
Sempre fui muito sadio, mas fumava muito. Um grande abraço.

ALBERTO CID G LOPES

em 1 de junho de 2009

Bom dia, Egídio Serpa,

Tenho 57 anos e vou fazer cirurgia de ponte de safena (3 ou 4), dia 04/06/2009, quinta-feira com o Dr. Waldemiro, no São Matheus, gostaria de saber sofre a cirurgia e o pós-operatório.
Sempre fui muito sadio, mas fumava muito. Um grande abraço.

Mario W. Piccolo

em 11 de junho de 2009

Ao Alberto Cid G Lopes

Eu também fumava muito e a 8 anos fiz uma cirurgia colocando 2 safenas. Pela sua informaçao creio já ter sido operado. Espero esteja tudo bem com você.

Mario W. Piccolo

em 11 de junho de 2009

Ao Alberto Cid G Lopes

Eu também fumava muito e a 8 anos fiz uma cirurgia colocando 2 safenas. Pela sua informaçao creio já ter sido operado. Espero esteja tudo bem com você.

ferreiraneto

em 19 de junho de 2009

Caro Egídio; Eu tenho a mesma profissão que vc, logo após o processo eleitoral de 2008, fui submetido a uma cirugia do coraçao com 04 pontes: 01 mamaria e 03 safenas., voltei ao trabalho logo após 30 dias, tenho apenas 08 meses de cirugia, ja peguei 2 brigas de rua. dirigo a muito tempo. o unico problema e a comida sou muito guloso ou melhor mundiçado. sim tenho 50 anos., vc mim ouve todos os dias de segunda a sexta-feira pela http://www.redefarolsat.com.br

ferreiraneto

em 19 de junho de 2009

Caro Egídio; Eu tenho a mesma profissão que vc, logo após o processo eleitoral de 2008, fui submetido a uma cirugia do coraçao com 04 pontes: 01 mamaria e 03 safenas., voltei ao trabalho logo após 30 dias, tenho apenas 08 meses de cirugia, ja peguei 2 brigas de rua. dirigo a muito tempo. o unico problema e a comida sou muito guloso ou melhor mundiçado. sim tenho 50 anos., vc mim ouve todos os dias de segunda a sexta-feira pela http://www.redefarolsat.com.br

Jesus

em 23 de novembro de 2009

Muito bom o Diário de um Safenado. Cirurgia de grande porte e muito comum hoje em dia, tá igual parto cesariana, mas sempre dá aquele medão de não sair vivo. Meu marido fez agora 01 safena e 01 mamária. Era para ser três, mas a 3ª não deu de fazer a veia não tinha mais como aproveitar, então os médicos fizeram outro procedimento: isolaram a dita-cuja. Disseram que ela se reconstitui com a dieta. Isso não ficou claro pra mim. Tem mais de 20 dias, ele passa bem. Os comentários aki de pessoas que fizeram revascularização servem pra gente saber que não estamos sós nessa e encoraja os que estão na fila pra fazer. Vale muito a pena. Obrigada!

Jesus

em 23 de novembro de 2009

Muito bom o Diário de um Safenado. Cirurgia de grande porte e muito comum hoje em dia, tá igual parto cesariana, mas sempre dá aquele medão de não sair vivo. Meu marido fez agora 01 safena e 01 mamária. Era para ser três, mas a 3ª não deu de fazer a veia não tinha mais como aproveitar, então os médicos fizeram outro procedimento: isolaram a dita-cuja. Disseram que ela se reconstitui com a dieta. Isso não ficou claro pra mim. Tem mais de 20 dias, ele passa bem. Os comentários aki de pessoas que fizeram revascularização servem pra gente saber que não estamos sós nessa e encoraja os que estão na fila pra fazer. Vale muito a pena. Obrigada!

nessa

em 6 de fevereiro de 2010

oi gostaria de saber como é o pós operatório? Se sente muita dor? Me pai fazer a cirurgia semana que vem são 3 pontes de safena.

Mario Wanderley Piccolo

em 22 de fevereiro de 2010

Creio que cada caso é um caso. Fiz 2 safenas há oito anos. Após a cirurgia senti um pouco de desconforto no peito e fiquei na UTI quase imobilizado com a barriga para cima. Depois fui me recuperando, fui para o quarto. Em resumo a um certo desconforto no primeiro mês para fazer os movimentos, dormir etc. Depois tudo vai passando. No meu caso após saida do hospital não tomei remedio para dor. Espero que tudo corra bem com seu pai e ter sido útil para você.

dani

em 21 de julho de 2010

ola
meu pai vai fazer uma cirugia tambem
ele e novo sera q e mesmo necessario fazer
nao tem tratamento com remedios
obriga do

Rose

em 25 de julho de 2010

Sr. Egidio meu pai acabou de fazer esta cirurgia e esta tendo complicações, pois tiveram que reabri-lo em menos de 24 hrs, e ele esta tendo algumas alucinações gostaria de saber como foi a sua pós cirurgia, pois estamos muito apreensivos com a sua recuperação, no momento ele se encontra em como induzido para que estabilize suas funçoes.

fran

em 1 de agosto de 2010

meu pai vai fazer uma ponte de safena está semana estou com muito medo q aconteça algum com ele.tenho medo q ocorra algum errado pelo o q as pessoas dissem + só em lê depoimentos de quem já fez a ponte de safena já mim deixa menos nervosa.
eu pesso a todos q rezem por ele pois ele é a coisa + preciosa q eu tenha na minha vida.
obrigados a todos.

Mario W. Piccolo

em 3 de agosto de 2010

Dani – se você tem dúvidas pergunte ao seu médico sobre outras alternativas e faça comparação entre as alternativas propostas.
Rose – Fiz esta cirurgia e não tive estes problemas. Pergunte ao médico sôbre os problemas apresentados.
Fran – Na maioria dos casos não ocorrem problemas graves, mas é uma cirurgia de grande porte e depende de muitas coisas. Espero que tudo corra bem com seu pai.

Lourival Gonçalves Soares

em 18 de agosto de 2010

De um amigo desconhecido, porém, lendo as manifestações de seus inúmeros amigos, em seu blog a cerca de seus problemas cardíacos digo lhe que também fui vítima do mesmo problema ou seja Parada cardiovascular,isso há 60 dias, pergunto lhe em que sua vida mudou no que diz alimentação Tenho 66 anos de idade, Felicidaddes sucesso sempre

maria

em 28 de setembro de 2010

dia 19 de agosto fiz duas ponte agraças a Deus deu tudo certo mais fiquei com muito medo sempre acho que vou fica ruim de novo sou uma mulher de 54 anos muito inpaciente estou sempre preocupada nervosa e não tenho pasiencia de ver o seviso e não fazer o medico me deu trez messes pra eu voltar as minhas atividades normais so zeladora e tenho medo de voltar a trabalhar meu pisicologico também ficou muito abalado tenho muito medo de ter que voltar a fazer outra cirugia gostei muito dos depoimentos que li um forte abraço e que Deus proteja todos nós que fizemos cirugia do coração

Elaine gouvea gonçalves

em 5 de maio de 2011

Então, estou também com muito medo, tive um

infarto e tenho que fazer tres pontes de

safena, tudo tão complicado, estou na fila de

espera do INCOR, e gostaria de saber como vc

conseguiu fazer pelo convênio e que convênio

é esse … pois estou com muito medo dessa

espera … Obrigado e tudo de bom para vc

Elaine gouvea gonçalves

em 9 de maio de 2011

Estou aguardando sua resposta por email, quanto ao convenio que vc fez para fazer

sua cirurgia pois estou muito preocupa

e novas noticias sobre seu estado de saúde

Marcos Pinheiro.:

em 6 de outubro de 2012

coloquei um stent no dia 06 /01/2012 e no dia 11 /07/2012, fui submetido a uma cirurgia para colocar duas pontes safenas e uma mamaria ,quando poderei trabalhar e dirigir

João Fernando

em 16 de janeiro de 2013

Enfartei em 29/01/2010 e fiz cirurgia de revascularização do miocardio em 17/03/2010. Tudo foi perfeito – 2 safena e 1 mamaria. Fiz com o coração batendo e sem fazer circulação sanguinea extra corporea. Minha recuperação foi excelente. De uns meses para ca meu musculo romboide cedeu e isso me causa dores terriveis, vivo na fisioterapia e na hidroginatica, mas volta e meia o musculo cede.Também tive depressão profunda, precisei atendimento epsecializado, e sou pirado em qualquer dor proxima a a região da cirurgia pois ja acho que ja é outro infarto.Isso esta acabando com a minha vida .Ando bem desanimado. E as dores tem aumentado bastante – o que incomoda muito – e me tira do serio. Sinceramente, em ponto de explodir .Alias, nunca mais dormi virado para o lado esquerdo……tenho a sensação de que estou fazendo algo errado se dormir deste lado….como voces dormem ??

Aqui, com dor….a nao sei mais que pomada usar, que gel usar, enfim, cansado mesmo !

Podem me ajudar?

luiz aurelio alves machado

em 22 de novembro de 2013

JOÃO FIZ TRÉS PONTE SAFENA COM O CORAÇÃO PARADO COM 7 HORAS DE CIRURGIA. TO COM 75 DIAS DE OPERADO JA DIRIGIA COM 30 DIAS E TAVA EM TODOS OS CHURRASCO DA FAMÍLIA.TO TRABALHANDO NORMAL E SO MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO INDUSTRIAL COM TEMPERATURA DE -5 A -30 GRAUS DURMO DE QUALQUER LADO .ENTRA EM CONTATO COMIGO PELO EMAIL OU TEL.21-789167779.OK VAMOS TROCAR UMAS IDEIA,OPEREI EM HOSPITAL DO SUS ENFARTEI NO PRONTO SOCORRO ENFARTE DE MIOCÁRDIO ACUDO

maria clara pinto camargo

em 2 de dezembro de 2013

Como vai Luiz Aurélio?

Há uma semana, um amigo fez uma cirurgia para colocar cinco pontes de safena. Provavelmente, terá alta na quarta-feira. Por favor, tu poderias me dizer como foi tua recuperação em casa nos primeiros meses? Por exemplo, como fazias para te movimentar com maior segurança, precisaste de auxílio de enfermeiros por muito tempo.

Creio que vais poder ajudar meu amigo, pelo que li na tua postagem, tua ciurugia foi mais delicada que a dele.

Desde já te agradeço.

Abraços,

Maria Clara

Egídio Serpa

em 2 de dezembro de 2013

Maria Clara:
Minha cirurgia foi no dia 9 de dezembro de 2007. Meu pós-operatório foi ótimo, mas eu perdi a voz, que foi recuperada em três dias por meio de exercícios com uma fonoaudióloga. Com 25 dias, eu estava de novo trabalhando. Não senti dor nem antes, nem durante e nem depois da cirurgia. Desde a cirurgia, mudei tudo: só como peixe e verdura (alface, tomate etc). Não como carne. De vez em quando, um peito de frango grelhado. Não como nada que vem da vaca – da carne ao queijo e seus derivados. O leite é um veneno. Pudim e bolo, nem pensar. Mas caminho 30 minutos por dia, sendo que os últimos 5 minutos eu corro devagar, trotando. Faço meia hora de musculação, na academia, todos os dias. Tenho 70 anos, três meses e dois dias, peso 70 quilos, como há 30 anos. Quando caminho, oro a Deus, agradecendo por tudo. É isso aí. Um grande abraço
Egídio Serpa

sonia maria

em 14 de outubro de 2014

oi gente , tem 8 meses que estou operada, infartei no 04/11/20013 operei 19/02/20014, os primeiro meses é terrivel, muito incomodo, hoje estou bem, sigo a dieta, tenho até medo de comer,hoje apesar de quase 8 meses de cirurgia, tenho muita dormencia no peito, tem horas que parece que o coração esta dormente, repuxando, o medico fala que é normal…..


Autores

Páginas

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999