Busca

Tag: Aeroporto Pinto Martins


04:32 · 23.02.2018 / atualizado às 04:32 · 23.02.2018 por

A partir do próximo dia 3 de maio, começará a operar o já famoso Hub da Air France-KLM-Gol, que ligará o Aeroporto de Fortaleza aos de Paris, na França, e de Amsterdam, na Holanda.

Serão dois voos semanais para Paris e três para Amsterdam, todos feitos com aviões novinhos, como promete a Air France.

Para tornar esse Hub possível, a brasileira Gol começará a operar, também em maio, novos voos ligando aeroportos do Norte e do Nordeste ao aeroporto de Fortaleza.

Esses voos domésticos abastecerão os voos internacionais da Air France-KLM.

Pois bem: o início a operação desse Hub da Air France-KLM-Gol colocará pressão sobre a TAP, a grande empresa aérea de Portugal, que tem voos diários ligando Fortaleza a Lisboa e de lá para dezenas e destinos europeus.

A concorrência será muito boa para os passageiros nordestinos, não só no preço das passagens, mas também nos serviços.

Pelo menos, é o que todos esperamos.

04:24 · 20.02.2018 / atualizado às 04:25 · 20.02.2018 por

Quem enganou a empresa alemã Fraport, administradora do Aeroporto Pinto Martins, de Fortaleza?

Foi a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) ou a Infraero, a antiga administradora?

É que aconteceu o seguinte: ao ganhar o leilão de privatização do Pinto Martins, a Fraport não sabia que as obras de ampliação da Estação de Passageiros do Aeroporto estavam – comoe estão – embargadas por decisão judicial.

Por mais que tenha dinheiro em caixa, por mais que queira acelerar os serviços, a Fraport nada pode fazê-lo enquanto a Justiça – e a Justiça de Brasília – não julgar um recurso impetrado pelo antigo consórcio executor da obra.

E como a Justiça no Brasil tem a velocidade da tartaruga, os alemães da Fraport temem que essa decisão demore muito tempo ainda.

São as coisas do serviço público brasileiro com as quais a Fraport terá de acostumar-se.

04:25 · 06.02.2018 / atualizado às 04:29 · 06.02.2018 por

Leitores deste blog têm enviado mensagens citando pontos do Aeroporto Pinto Martins que devem merecer uma atenção especial, e rápida, da Fraport, a empresa alemã que assumiu a gestão daquele terminal aeroportuário.

A maioria dos protestos é contra os preços cobrados pelo estacionamento de veículos: R$ 50 por dia. É muito caro.

Também chegaram reclamações contra o preço das comidas e bebidas dos bares e lanchonetes da Praça de Alimentação do Aeroporto Pinto Martins (foto).

E ainda contra os ataques noturnos das muriçocas, que assustam e irritam os turistas nacionais e estrangeiros.

As mensagens trazem, porém, um pouco de humor.

Por exemplo: uma delas diz que todas essas mazelas são “herança da Infraero”, a antiga administradora.

07:15 · 05.02.2018 / atualizado às 07:21 · 05.02.2018 por

Como este blog já disse, a alemã Fraport, que tem a gestão do Aeroporto Pinto Martins, contratou um consórcio de duas construtoras paulistas para a execução das obras de ampliação do Aeroporto Pinto Martins.

Muito bem: quatro anos atrás, pouco antes do início da Operação Lava Jato, uma obra como essa seria construída por uma das grandes empreiteiras nacionais.

Acontece que as grandes construtoras estão todas envolvidas na Lava Jato e vários dos seus donos estão na cadeia, condenados pelo crime de corrupção.

A Fraport, uma empresa muito respeitada no mundo todo, preferiu contratar construtoras brasileiras de médio porte, e não envolvidas em qualquer irregularidade, para as suas obras no Aeroporto Pinto Martins.

Aqui no Ceará, há empresas de médio porte, da construção pesada, que poderiam consorciar-se para participar das licitações públicas e privadas, tirando proveito da ausência das chamadas grandes, como Odebrecht, OAS, Andrade Gutierrez e Queiroz Galvão, por exemplo.

A hora é das medidas empreiteiras.

04:16 · 25.01.2018 / atualizado às 04:16 · 25.01.2018 por

A Fraport, empresa alemã que assumiu há um mês a gestão exclusiva do Aeroporto Internacional de Fortaleza, começa a ouvir as primeiras queixas dos seus usuários.

Uma delas diz respeito aos novos painéis de informação sobre pousos e decolagens de aviões.

Esses painéis têm letras miúdas, o que dificulta a leitura de quem vai partir e de quem está à espera de quem vai chegar.

Outra reclamação é dos jornalistas que fazem a cobertura diária do vai-e-vem no aeroporto Pinto Martins.

Eles pagam uma taxa mensal pelo direito de estacionar seus veículos no estacionamento do aeroporto.

Agora, a Fraport quer que esse pagamento seja feito por hora, o que encarecerá muito o trabalho desses profissionais da informação.

Os alemães da Fraport precisam entender algumas características do cearense, que são diferentes das características do europeu.

04:33 · 19.12.2017 / atualizado às 04:34 · 19.12.2017 por

A empresa alemã Fraport, que a partir de janeiro assumirá, sozinha, a gestão do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, já anunciou que manterá os contratos com todos os seus fornecedores e clientes.

A Fraport já sabe que os preços cobrados pelos restaurantes, lanchonetes e quiosques do Pinto Martins são os mais caros de Fortaleza e estão entre os mais caros de todos os aeroportos brasileiros.

Porém, o fornecedor do Pinto Martins que mais cobra pelo seu serviço é o do  estacionamento de veículos, cujos preços são considerados um verdadeiro assalto.

As pessoas que, por absoluta necessidade, têm de estacionar seu veículo no Aeroporto, fazem um apelo à Fraport para que reveja o contrato com essa fornecedora e a force a reduzir seus preços, que realmente são caríssimos

05:02 · 22.11.2017 / atualizado às 05:04 · 22.11.2017 por

Nesta quarta-feira, 22, às 9 horas, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, será aberto a Expolog – Exposição e Seminário Internacional de Logística, que se realiza aqui anualmente em novembro.

A Expolog deste ano é especial, porque ela coincide com fatos marcantes para a logística de transporte do Ceará.

Comecemos pela chegada da alemã Fraport, uma das maiores administradoras mundiais de aeroportos, que assumiu a gestão do Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Em seguida, veio a notícia do Hub da Air France-KLM-Gol, que começará a operar em maio do próximo ano de 2018, com três voos semanais para Amsterdam e dois para Paris.

E vem aí o Porto de Roterdã, que, se tudo der certo, e tem tudo para dar certo, assumirá a gestão do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

É por isso que a Expolog tem neste ano de 2017 um total de 79 expositores nacionais e estrangeiros e ainda a expectativa de cinco mil pessoas a visita-la – a maioria empresários, executivos, operadores de empresas do setor e autoridades dos organismos governamentais ligados à área.

Resumindo: falta só voltar a chover para que o futuro do Ceará aconteça já, já.

04:51 · 21.11.2017 / atualizado às 04:53 · 21.11.2017 por

O mês de maio do próximo ano de 2018 será marcante para o turismo do Ceará, de Fortaleza principalmente.

É quando começará a operar o Hub da Air France-KLM-Gol.

Sobre este assunto o blog pode informar que a Gol criou cinco voos no período da manhã, ligando os aeroportos de Manaus, Belém, Natal, Recife e Salvador ao aeroporto de Fortaleza e mais cinco no período da noite.

Os voos da manhã – segundo revela um consultor em transporte aéreo – deverão ser para o provável voo direto que a norte-americana Delta, parceria da Gol, criará para ligar, pelo menos uma vez por semana, o aeroporto Pinto Martins, em Fortaleza, ao de Atlanta, no Estado da Geórgia, nos Estados Unidos.

Os voos do período noturno, que virão também das mesmas cidades de origem, trarão passageiros para os voos da Air France-KLM com destino a Paris e Amsterdam.

Aliás, a venda de passagens dos voos para Paris e Amsterdam estão bombando.

04:43 · 30.10.2017 / atualizado às 04:45 · 30.10.2017 por

Para celebrar a criação do Hub da Air France-KLM-Gol no Aeroporto Internacional Pinto Martins, o governo do Ceará reúne, nesta segunda-feira, 30, às 9 horas, no pavilhão da residência oficial do governador, líderes do empresariado e da política e a mídia.

O governador Camilo Santana e os dirigentes das três empresas aéreas estarão juntos para detalhar como será a operação desse Hub. Também estarão presentes executivos da empresa alemã Fraport, que assumiu a gestão do Aeroporto Internacional de Fortaleza.

O evento é importante sob o ponto de vista da economia: incrementará o turismo cearense e abrirá novos empregos em Fortaleza.

Do ponto de vista político, o Hub da Air France-KLM-Gol é mais uma conquista do governado do Estado, o que repercutirá positivamente na campanha eleitoral de 2018.

05:07 · 24.10.2017 / atualizado às 05:10 · 24.10.2017 por

A empresa alemã Fraport, que assumiu a gestão do Aeroporto Internacional de Fortaleza, o Pinto Martins, anunciou ontem, pela voz de sua CEO no Brasil, Andreea Pal, que não será necessário construir uma segunda pista de pouso e decolagem naquele terminal.

“Pelos próximos 30 anos, isso não será necessário” – disse a executiva alemã durante entrevista coletiva que ela e outros diretores da Fraport concederam segunda-feira, 23, no Palácio da Abolição, ao lado do governador Camilo Santana e do prefeito Roberto Cláudio.

Firme e objetiva em todas as suas respostas, Andreea Pal também anunciou que, no próximo mês de fevereiro, serão iniciadas as obras de ampliação em mais 500 metros da pista de pouso e decolagem do Pinto Martins e as de ampliação da estação de passageiros.

Ela disse que, se for necessário, será demolido tudo o que já foi construído para a expansão do aeroporto. Os estudos técnicos que a Fraport fará nas fundações dos prédio é que orientarão o que será feito.

A CEO da Fraport também disse que o Aeroporto de Fortaleza poderá ter não apenas um, mas dois ou mais hubs, e confirmou que a Latam já retomou os contatos visando à instalação de seu hub. “A Latam não quer perder a chance de um hub aqui”, disse a sra. Pal.

Quanto ao hub da Air France-KLM-Gol, ela assegurou que a Fraport dará a ele todas as instalações e equipamentos necessários para a sua operação a partir de maio do próximo ano.