Busca

Tag: Cid Gomes


04:20 · 04.01.2018 / atualizado às 04:20 · 04.01.2018 por

Um empresário cearense do setor industrial chamou a atenção do blog para o que denominou de efeito estratégico da provável parceria do governador Camilo Santana, do PT, e dos irmãos Cid e Ciro Ferreira Gomes, do PDT, com o senador Eunício Oliveira, do MDB.

Na opinião do empresário, o que está movendo essa parceria, neste momento, é a esperança de que o senador Eunício Oliveira use o seu prestígio e sua força de presidente do Senado e de um dos líderes nacionais do MDB para destravar projetos do Governo cearense junto ao Governo do presidente Temer.

Entre esses projetos estão a Linha Leste do Metrofor, que depende da liberação de empréstimo do BNDES; o VLT Parangaba-Mucuripe e a duplicação do IV Abel Viário de Fortaleza.

Está correta a análise do industrial.

Mas não se pode esconder o fato de que, nessa parceria, está também o oportunismo político, pois PT, MDB e PDT, juntos, representarão uma força brutal na eleição do próximo mês de outubro para governador, senador (duas vagas) e deputado federal.

07:52 · 29.12.2017 / atualizado às 08:25 · 29.12.2017 por

Raquel Dodge, procuradora-geral da República, encaminhou parecer ao Supremo Tribunal Federal na ação do ex-governador do Ceará, Cid Gomes, contra o empresário Wesley Batista, que o acusa de haver recebido propina em troca da liberação de créditos tributários para uma empresa do grupo JBS na cidade cearense de Cascavel. Cid diz que o empresário mentiu e por isto o processa.

De acordo com a Folha de São Paulo, que divulgou a informação nesta sexta-feira, 29, Raquel Dodge sugere no seu parecer que a ação impetrada por Cid Gomes – acusando Batista de haver mentido na sua delação premiada – deve continuar sendo investigada pela Justiça Federal do Ceará (primeira instância) porque o ex-governador cearense, agora sem direito a foro privilegiado – ratificou, na sua ação, a denúncia de Wesley ao informar que, nos anos de 2011, 2012 e 2013, liberou o equivalente a R$ 41 milhões em créditos tributários para o grupo JBS. Por esta razão, Raquel Dodge não viu motivos para processar Wesley, restringindo a investigação ao ex-governador.

O Grupo JBS tem uma indústria de couros em Cascavel, no litoral Leste do Ceará. Essa empresa é beneficiada pelo sistema de incentivos fiscais do Estado. Segundo contou Wesley Batista na sua delação, seu irmão Joesley foi procurado em 2010 pelo secretário Arialdo Pinho, que solicitou R$ 5 milhões para a campanha de reeleição de Cid Gomes. O pedido teria sido  atendido.

Em 2014, o secretário Arialdo, acompanhado do deputado Antonio Balhmann, novamente procurou os irmãos Batista, pedindo R$ 20 milhões para a campanha de eleição de Camilo Santana ao Governo do Estado.

Os irmãos Batista  teriam exigido, em contrapartida, a liberação do crédito tributário de R$ 110 milhões a que sua empresa de Cascavel tinha direito.  As duas partes, segundo Wesley Batista, teriam entrado em acordo:  o Governo do Estado liberou o que devia à empresa do grupo JBS e este contribuiu financeiramente para a campanha de Camilo Santana.

Em relação aos fatos de 2014, a procuradora-geral da República sugeriu no seu parecer que a investigação seja feita pelo Supremo Tribunal Federal, pois há a citação de um deputado federal, que tem direito a foro privilegiado.

Ouvido pela Folha de S. Paulo, Cid Gomes disse que sobre o assunto já se pronunciou na época em que ele veio à tona, e ainda rebateu – com dados – as acusações de Wesley Batista, a quem acusa de haver mentido, razão pela abriu processo contra ele.

05:04 · 20.10.2017 / atualizado às 05:06 · 20.10.2017 por

Uma informação que o blog apurou nos corredores da Federação das Indústrias, segunda-feira, 16, e durante a festa do Pinheiro Supermercados, na última quarta-feira, 18, no RioMar Fortaleza:

As eleições do próximo ano poderão apresentar surpresas aqui no Ceará.

Nos meios empresariais, correm as seguintes informações:

1) O governador Camilo Santana poderá trocar sua reeleição pela candidatura ao Senado Federal em uma chapa que terá Cid Gomes como candidato a governador;

2) O senador Tasso Jereissati poderá candidatar-se a governador;

3) Tanto Tasso Jereissati quanto os irmãos Ferreira Gomes tentam atrair para o seu respectivo lado o senador Eunício Oliveira e, principalmente, o tempo de tevê que o PMDB tem.

Depois de ouvir tudo isso, a impressão que ficou é a de que a política é mesmo dinâmica, mas aqui no Ceará ela é mais do que isso: é surpreendente e sem limites.

14:06 · 22.12.2016 / atualizado às 14:06 · 22.12.2016 por

Como aqui foi dito, o ex-governador Cid Gomes reuniu-se segunda-feira, 19, com um grupo de 20 empresários da indústria e da agropecuária do Ceará, com os quais conversou a respeito de temas da política e da administração pública estadual.

Pois bem: nessa mesma reunião, Cid Gomes também se pronunciou a respeito do projeto de extinção do Tribunal de Contas dos Municípios, o TCM,aprovada quarta-feira, 21, pela Assembleia Legislativa em dois turnos de votação.

Para o ex-governador, a existência de dois tribunais de contas no Estado do Ceará é um luxo que não cabe nos atuais tempos de crise.

Cid Gomes defendeu a extinção do TCM, argumentando que isso permitirá o fim dos cargos de conselheiros, que são empregos vitalícios,e o fim dos cargos de secretários, de assessores e de cargos comissionados, uma providência que resultará na economia de R$ 45 milhões por ano ao Tesouro do Estado.

Para o ex-governador Cid Gomes, o Tribunal de Contas do Estado tem competência, expertise e pessoal capazes de executar o trabalho de fiscalização que executa o TCM.

04:07 · 21.12.2016 / atualizado às 04:08 · 21.12.2016 por

tomateO ex-governador Cid Gomes revelou a este blog que está praticamente pronta a estufa que mandou construir em seu sítio, na serra da Meruoca, na qual cultivará tomates e alfaces.

Essa estufa tem 63 metros de área e toda a produção de tomate e alface que será colhida lá se destinará totalmente ao consumo da própria família de Cid Gomes.

06:17 · 11.09.2016 / atualizado às 06:17 · 11.09.2016 por

Saiu mais uma pesquisa do Datafolha sobre a eleição para prefeito de Fortaleza.

Roberto Cláudio suviu cinco pontos; o Caitão Wagner cresceu quatro pontos.

Luiziane Lins e Heitor Ferrer caíram.

Novidade: a rejeição de Roberto Cláudio reduziu-se bastante; a de Luizianne subiu. A do capitão Wagner, que era pequena, manteve-se.

Haverá segundo turno e tudo indica que nele estará Roberto Cláudio, que tenta a reeleição. Resta saber se terá como adversário o Capitão Wagner ou a ex-prefeita do PT Luizanne Lins, que sempre surpreende na reta final das campanhas.

Roberto Cláudio é apoiado pelo governador Camilo Santana e pelos irmãos Ferreira Gomes.

O Capitão Wagner tem o apoio dos senadores Tasso Jereissati e Eunício Oliveira,ambos declarados adversários de Ciro e Cid Gomes.

 

 

14:10 · 20.04.2016 / atualizado às 14:10 · 20.04.2016 por

tasso-e-eunicioEste blog esteve presente a um almoço de empresários da indústria e da agropecuária do Ceará.

Durante o evento, eles falaram sobre a consequência do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Na opinião deles, se o vice-presidente Michel Temer vier a assumir a presidência, como consequência desse processo, haverá mudança no jogo de xadrez da política do Ceará.

Segundo esses empresários, o senador Eunício Oliveira, amigo e companheiro peemedebista de Temer, será o maior beneficiado aqui com a troca do comando da República.

Outro que também será beneficiado é o senador Tasso Jereissati, do PSDB.

Os empresários comentaram que Eunício e Tasso deverão unir forças para encarar as eleições municipais de outubro deste ano, principalmente as que acontecerão em Fortaleza e Sobral, cidades em que é mais forte a influência dos irmãos Cid e Ciro Ferreira Gomes e do governador Camilo Santana, adversários dos dois.

Eis aí uma boa briga à vista.

08:23 · 09.12.2015 / atualizado às 04:00 · 10.12.2015 por

Porto do PecémUma boa notícia:

A multinacional alemã Hamburg Sud – uma das duas maiores empresas mundiais de navegação (a outra é a Maersk) – está anunciando que implantará um Hub Port no Pecém.

Hub Port é a designação de um centro de distribuição de cargas marítimas e, também, de linhas de navegação.

O ex-governador Cid Gomes disse a um grupo de empresários da indústria e da agropecuária, com o qual almoçou na última segunda-feira, 8, que a instalação desse Hub tem tudo a ver com a próxima abertura do novo Canal do Panamá, que foi alargado para permitir a passagem dos novos e gigantescos navios porta contêineres.

A ideia dos alemães da Hamburg Sud é fazer do Porto do Pecém sua base de distribuição de cargas do e para o Brasil e o Cone Sul da América do Sul.

O Hub funcionaria assim: os grandes navios de contêineres da Hamburg Sud, procedentes do Pacífico via Canal do Panamá – que podem transportar até 16 mil TEUS –  exigindo profundidade de 17 metros ou mais, o que o porto cearense oferece – atracarão no Porto do Pecém e lá farão o transbordo da carga para navios menores, que a ttransportarão até o seu destino final.

Quando o novo Canal do Panamá estiver em operação – o que está previsto para o primeiro trimestre de 2016  – a viagem marítima do Pecém até a China será reduzida em 10 dias. Hoje, ela dura quase um mês, dependendo do porto de destino.

De acordo com Cid Gomes, o governo do Ceará já foi informado dessa boa novidade, e a considerou excelente.

A CearáPortos, que administra Pecém, terá, assim, uma nova e permanente fonte de renda – os custos da estadia de navios é calculado em dólar. E são altos.

sao_goncalo_do_amarante
O complexo portuário do Pecém fica no município de São Gonçalo do Amarante
04:23 · 09.12.2015 / atualizado às 04:25 · 09.12.2015 por

CidUma informação que mistura política e economia:

O ex-governador do Ceará, Cid Gomes (foto aolado), reuniu-se em almoço, segunda-feira passada, 8/12, com empresários da indústria e da agropecuária.

Ele fez algumas revelações, e este blog cita as três que chamaram a atenção:

1) Cid Gomes será candidato a nada, pelo menos pelos próximos quatro anos;

2) Ele decidiu ser empresário e para isto dará destinação industrial a um terreno que tem em Sobral, onde, com financiamento do Banco do Nordeste, construiu alguns galpões, e num deles implantará sua unidade industrial. Para isso, aliou-se a parceiros estrangeiros.

3) Em agosto de 2016, Cid inaugurará sua indústria, que se dedicará a um ramo da atividade econômica que ele prefere manter em sigilo, por enquanto.

No fim do almoço, perguntando sobre a crise política que irriga a crise econômica, Cid Gomes disse: “O impeachment não passará”.

 

12:21 · 13.10.2015 / atualizado às 12:23 · 13.10.2015 por

cid e robertoNo último fim de semana, alguns empresários da indústria reuniram-se em um almoço informal.

Conversaram sobre a crise econômica, consideraram provável a destituição do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, reclamaram dos juros altos e da falta de crédito, e no fim abordaram a eleição do próximo prefeito de Fortaleza, em outubro de 2016.

Eles revelaram que o ex-governador Cid Gomes poderá vir a ser o candidato  do PDT, se as pesquisas de opinião pública, lá pelo mês de março, não forem favoráveis ao atual prefeito Roberto Cláudio.

É uma especulação, mas com uma diferença: ela tem na origem um fundo de verdade.

Acontece que Cid Gomes tem domicílio eleitoral em Sobral e não há mais tempo legal para mudar de endereço.