Busca

Tag: Copa do Mundo


13:01 · 06.07.2018 / atualizado às 04:08 · 07.07.2018 por

Daqui a pouco tempo, quando estiver terminado o jogo Brasil x Bélgica, saberemos quem tem razão: os que defendem que Tite é o melhor técnico da Seleção brasileira em todos os tempos. Ou se ele foi apenas mais um.

A pouco mais de duas horas do jogo das quartas-de-final da Copa do Mundo da Rússia, os brasileiros estamos entusiasmados com a perspectiuva de ganharmos dos belgas.

Isso seria ótimo, pois nos colocaria na semi-final do torneio esportivo mais importante do mundo.

Mas surge a pergunta: e os belgas? Vão nos entregar a rapadura?

Não, os belgas têm à sua frente a chance de passar à semi-final da Copa, o que a incluiria entre as quatro melhores do mundo.

Para o Brasil, que já ganhou cinco das 21 Copas do Mundo, o jogo contra a Bélgica é a oportunidade de consolidar sua liderabça em um esporte que exige técnica, individualismo e coletivismo.

Então, aguardemos. Depois do jogo, nós nos encontraremos.

18:07 · 24.06.2018 / atualizado às 18:14 · 24.06.2018 por

Nesta Copa do Mundo 2018, o melhor é torcer pela seleção dos outros. Para começar, não há sofrimento nem histeria. O coração bate compassadamente e a pressão arterial não passa dos 12×8. Ontem, tudo foi tranquilo, até quando a Colômbia goleou a Polônia.

Quando, porém, entra em campo a seleção verde amarela do Brasil, tudo muda. Para os que, como este blogueiro, são cardiopatas, alguns cuidados preventivos têm de ser tomados, como a ingestão de uma dose de qualquer coisa, que pode ser uma caipirinha de cachaça com suco de laranja misturados com adoçante. Ou um comprimido de 10 miligramas de miosan. Tudo para tranquilizar os nervos.

Foi assim no jogo de estréia contra a Suíça – um empate com gosto de derrota – e foi também na vitória diante da Costa Rica, com dois gols nos descontos, emoção que pode matar o torcedor. E será assim no jogo da próxima quinta-feira contra a Sérvia, que joga  melhor do que a equipe costarriquenha.

A seleção de Tite encaminha-se, de acordo com os prognósticos, para um reencontro com os mesmos alemães dos 7×1. Se passar em 1º lugar para as oitavas-de-final, Neymar terá pela frente o segundo colocado do grupo onde deverá estar a Alemanha de Neur, Kross, Muller e companhia.

Mas, antes de tudo, será necessário vencer os sérvios, tarefa complicada mas muito possível. O Brasil e os brasileiros têm sofrido muito com a corrupção e com os maus governos que desde 2006 decepcionam e tornam difícil a sua vida.

O futebol costumava ser a válvula de escape desse sofrimento. Costumava.

Na Copa do Mundo de 2014, jogando em casa, a seleção foi humilhantemente derrotada pelos alemães por 7×1 nas semi-finais e pelos holandeses por 3×0 na disputa do terceiro lugar.

O Brasil jogou bem o segundo tempo contra a Costa Rica. Mas precisará jogar mais contra a Sérvia e melhor ainda daí para a frente.

Resumindo: o sonho do hexa é possível. Do mesmo jeito que será possível, na eleição de outubro, cassar a elite política de hoje – corrupta e incompetente – por uma outra, novinha, de ficha limpa.

Será que Deus nos dará essa dupla alegria?

04:13 · 18.06.2018 / atualizado às 04:13 · 18.06.2018 por

Há um bom resumo da primeira rodada da fase de grupos da Copa do Mundo de Futebol, que está sendo muito disputada na Rússia.

O português Cristiano Ronaldo mostrou por que é o melhor jogador do mundo: fez trêsgols contra a Espanha.

O argentino Lionel Messi, que disputa com Cristiano Ronaldo o lugar de melhor do  mundo, mais uma vez decepcionou com a camisa da seleção de seu País: perdeu um pênalti.

E o brasileiro Neymar Jr, que tenta a todo custo ser, um dia, o melhor do mundo, pintou os cabelos. E só.

04:44 · 16.07.2014 / atualizado às 04:44 · 16.07.2014 por

De um empresário cearense de médio porte, ontem, 16, na hora do almoço, depois de ler tudo sobre o que a mídia nacional e mundial falou sobre a Copa:

“A presidente Dilma Roussef tem razão. O Brasil fez mesmo a Copa das Copas”.

04:41 · 08.07.2014 / atualizado às 04:41 · 08.07.2014 por

Secretária Especial da PMF para a Copa do Mundo, Patrícia Macedo revela alguns números impressionantes dos dois eventos, incluído o Fan Fest:

283 mil torcedores utilizaram ônibus para chegar à Arena Castelão nos dias de jogos;

40 mil pessoas com mobilidade reduzida foram atendidas;

Nos Postos Médicos Avançados do Castelão e da Fan Fest atenderam-se 954 pessoas, com 39 remoções;

100 catadores contratados pela PMF coletaram, no Castelão e na Fan Fest, 37 toneladas de lixo reciclável;

622.385 pessoas compareceram aos seis jogos e ao Fan Fest, que prosseguirá até domingo;

280 voluntários atuaram no Castelão, na Fan Fest, nos bolsões de estacionamento e no Aeroporto.

Fechando a conta: foi um sucesso.

05:22 · 06.07.2014 / atualizado às 05:22 · 06.07.2014 por

Da organização da Copa do Mundo em Fortaleza ficaram alguns bons legados.

Um é este: é possível – como ficou provado – manter limpa toda a esplanada do estádio antes, durante e depois dos jogos.

É só contratar = como fez a Fifa – catadores para coletar latinhas de cerveja, copos de plástico e outros lixos que são jogados ao chão.

 

04:32 · 03.07.2014 / atualizado às 04:32 · 03.07.2014 por

Joedir Balmonte, um sorridente carioca de 85 anos, negociou com a Fifa:

Ele trocou um ingresso da Copa do Mundo de 1950 por três do jogo final da Copa 2014.

A Fifa vai expor a relíquia guardada por mais de 60 anos por Joedir no Museu do Futebol, em sua sede na Suíça.

Moral da história: guarde seu ingresso da Copa 2014. Daqui a 60 anos, ele valerá três.

04:21 · 03.07.2014 / atualizado às 04:21 · 03.07.2014 por

Nunca antes na história da hotelaria de Fortaleza houve um mês de junho tão financeiramente excelente quanto o que passou.

A Copa do Mundo – que amaçou ser ruim para eles – foi o máximo em lucratividade.

E neste julho a reunião dos BRICS fechará a conta.

05:23 · 30.06.2014 / atualizado às 05:23 · 30.06.2014 por

Ao redor da Arena Castelão, em Fortaleza, um time de catadores de lixo, contratado pela organização da Copa do Mundo, recolhe antes, durante e depois dos jogos tudo o que é jogado ao chão.

Eis um bom legado da Copa, que deve ser aproveitado pela empresa que administra o Castelão.

04:56 · 29.06.2014 / atualizado às 04:56 · 29.06.2014 por

Foi um sufoco,  mas a seleção brasileira classificou-se para as quartas de final da Copa do Mundo. Nos pênaltis. graças a duas defesas do goleiro Júlio César, que já havia operado um milagre no último minuto da prorrogação. O time de Felipão mostrou falhas na defesa, no meio de campo e no ataque. Esses erros precisarão de ser corrigidos para o jogo da próxima sexta-feira, na Arena Castelão, em Fortaleza, diante da seleção da Colômbia, que, como o Chile, desmoraliza táticas e conceitos antigos e apresenta uma versão moderna do famoso carrossel holandês de 1974.

Na defesa, os dois laterais – Daniel Alves, na direita, e Marcelo, na esquerda – foram, no jogo de ontem, a avenida pela qual  desfilaram a velocidade e a versatilidade dos jogadores do Chile.

Os colombianos têm um jogador diferenciado, James, autor dos dois gols na vitória sobre o Uruguai, um dos quais já é apontado como o mais bonito desta Copa.

Bem, a Copa prossegue hoje. Aqui em Fortaleza, a Holanda e o México fazem, às 13 horas,  sol a pino, um jogo interessante para o qual todos os ingressos foram vendidos ou dados de presente a patrocinadores.