Busca

Tag: FHC


03:54 · 19.06.2017 / atualizado às 03:54 · 19.06.2017 por

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso voltou à cena política, e voltou em alto estilo.

FHC está sugerindo ao presidente Michel Temer – envolvido nas delações premiadas na Lava Jato – que faça um gesto de grandeza e antecipe a realização das eleições gerais, previstas pela Constituição para o próximo ano de 2018.

Para os que sabem ler as mensagens de Fernando Henrique Cardoso, o que ele quer mesmo é retornar ao Palácio do Planalto, onde viveu durante 8 anos.

FHC é um animal político, que tem um olho neste Brasil de cegos.

Ele está a enxergar um vazio de lideranças políticas.

Lula, que sempre foi e é o seu grande adversário, está, juntamente com o PT, envolvido também nas delações da Lava Jato.

FHC mirou no espelho, amou o que viu e se projetou, descobrindo-se que, mesmo aos 85 anos de idade, tem a chance de governar outra vez o Brasil, sendo aquele salvador da Pátria que a sociedade está procurando.

Se essa estratégia vai dar certo, ninguém sabe, pois será necessário combinar com os russos das urnas.

04:59 · 17.05.2016 / atualizado às 11:11 · 18.05.2016 por

michelzinhoO presidente interino Michel Temer deu entrevista ao programa Fantástico, da TV Globo. Foi no domingo passado, dia 15/5.

Entre outras coisas, Temer disse que não teme ser impopular com as medidas que ele promete tomar para consertar as contas públicas do País, todas deterioradas.

Michel Temer disse ainda que não será candidato à reeleição, em 2018.

Cabe aqui uma pergunta: você, caro leitor, acredita no que dizem os políticos?

O que foi que o presidente Fernando Henrique propôs logo após ser eleito presidente da República?

Propôs a emenda de sua própria reeleição, que foi aprovada à custa da compra devotos, como se noticiou e se provou na época.

Quando Temer diz que não será candidato à reeleição, ele está repetindo o mesmo discurso de seus antecessores.

O poder é encantador: ele encanta qualquer um, e a história está ai para provar.

Assim, vamos dar tempo ao tempo para ver se o que disse Temer domingo passado, 15 de maio de 2016, será verdadeiro em outubro de 2018, se ele ficar no cargo definitivamente, ou seja, se o provesso de impeachment da presidente Dilma for aprovado pelo Senado.

04:47 · 16.05.2016 / atualizado às 04:47 · 16.05.2016 por

Luiz Pontes, ex-senador cearense pelo PSDB e integrante da cúpula dirigente do partido no Ceará, entende que não é necessário ocupar um , dois ou três ministérios para atrair verbas federais para as obras estruturantes do Estado.

Ele lembra que, no governo FHC, Tasso Jereissati recusou ministérios epreferiu, tirando proveito de sua amizade pessoal com o Chefe do Governo, atrair recursos da União para a o Porto do Pecém, o Aeroporto Pinto Martins, o Linhão de Tucuruí e o açude Castanhão, obras importantes que foram construídas com dinheiro federal.

Na opiniçao de Luiz Pontes, o senador Eunício Oliveira (PMDB) agiu corretamente ao recusar convite para ser ministro do novo governo, preferindo – como amigo pessoal do presidente inerino Michel Temer – usar seu prestígio para garantir que não faltem recursos para as obras de infraestrutura do Ceará, como a ampliação do Porto do Pecém, do Aeroporto Pinto Martins, do Metrofor, do Cointurão das Águas e do Projeto São Francisco de Integração de Bacias.

 

15:08 · 17.08.2015 / atualizado às 15:10 · 17.08.2015 por

duplaFernando Henrique Cardoso, o FHC, principal estrela do PSDB, jogou metanol na fogueira da crise.

Foi nesta segunda-feira, 17/08, menos de 24 horas depois das manifestações que, nas principais capitais e grandes cidades do País, mobilizaram centenas de milhares de pessoas contra o governo da presidente Dilma.

FHC não escolheu palavras: disse – em uma rede social – que o governo Dilma Rousseff, embora legal, é ilegítimo”.

E, textualmente, escreveu: “Se a própria presidente não for capaz do gesto de grandeza (renúncia ou a voz franca de que errou, e sabe apontar os caminhos da recuperação nacional), assistiremos à desarticulação crescente do governo”.

É praticamente uma declaração de guerra à presidente e ao seu partido, o PT, que lutam a todo custo para livrar-se da ameaça do impeachment, algo que o empresariado não quer, tendo em vista que a providência agravaria a crise econômica e financeira, que já é grave, e motivaria uma convulsão social de consequências incalculáveis.

Quando todos pensavam que viria do octogenário FHC uma palavra de tranquilidade, de quem tem cabelos brancos, o ex-presidente tucano põe lenha na fogueira da crise.

Agora, é esperar pelas manifestações a favor de Dilma, previstas para a próxima sexta-feira.

06:14 · 21.03.2015 / atualizado às 06:14 · 21.03.2015 por

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi à tevê para dizer que o Brasil perdeu, entre 2004 e 2008, grandes oportunidades.

Mas foi FHC quem perdeu a grande oportunidade de mudar o Brasil em 1995, ao trocar as reformas de que o País precisa até hoje pelo caro projeto de sua reeleição.

04:52 · 12.10.2014 / atualizado às 04:52 · 12.10.2014 por

Opinião do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, na palestra que pronunciou para empresários cearenses, no dia 29 de setembro, no La Maison, em Fortaleza:

“Não me preocupa a economia uma vez que ela oscila assim mesmo, aqui e em todo o mundo. O que me preocupa de verdade são outras coisas”.

E citou “a violência urbana que cresceu e a qualidade da educação, que caiu”.

04:31 · 08.10.2014 / atualizado às 04:31 · 08.10.2014 por

Foi infeliz, muito infeliz,  o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso ao dizer que o PT “cresceu nos grotões” e “tem o voto dos menos informados”.

Como no primeiro turno a presidente Dilma Roussef ganhou nas regiões Norte e Nordeste, as mais pobre do País,e como seu candidato Aécio Neves venceu no rico Sudeste, será FHC um preconceituoso, um anti-nordestino?

04:43 · 07.10.2014 / atualizado às 04:43 · 07.10.2014 por

Qualquer que seja o próximo presidente da República, o eleito, ou a reeleita, terá de correr atrás do apoio do PMDB velho de guerra, sem o qual não terá condições de governar, nem de propor as chamadas reformas de base de que o País precisa para crescer sustentavelmente nas áreas econômica e social.

A propósito: quando o tucano FHC se  tornou presidente, teve de aceitar a indicação do peemedebista paraense Jáder Barbalho, que foi nomeado ministro da Reforma Agrária.

04:22 · 23.09.2014 / atualizado às 04:22 · 23.09.2014 por

Custa R$ 250 o ingresso para a palestra que segunda-feira, 29, o ex-presidente FHC proferirá no Brasil em Debate, uma promoção dos parceiros Sinduscon-CE e Coopercon-CE.

Mais de 800 ingressos já foram vendidos.

A palestra será no Coliseum La Maison

09:15 · 14.09.2014 / atualizado às 09:15 · 14.09.2014 por

Quase 800 ingressos já foram vendidos para a palestra que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pronunciará no dia 29 no Brasil em Debate – ciclo de palestras promovido conjuntamente pelo Sinduscon e pela Coopercon.

A lotação máxima permitida será de 1 mil pessoas.

FHC falará – muito naturalmente – sobre política, mas abordará as questões atuais da economia e os desafios do futuro Presidente da República.