Busca

Tag: João Amoedo


07:46 · 10.09.2018 / atualizado às 11:23 · 10.09.2018 por

Resultado da mais nova pesquisa FSB-BTG/Pactual, divulgada na manhã desta segunda-feira, 10/9:

Jair Bolsonaro, do PSL, continua em primeiro lugar, tendo saltado de 26%, na pesquisa anterior, para 30%.

Ciro Gomes, do PDT, manteve os mesmos 12% da pesquisa anterior, mas foi favorecido pela queda de Marina Silva, da Rede, que desceu de 11% para 8%.

Geraldo Alckmin, do PSDB, manteve os mesmos 8% da pesquisa anterior, empatando agora Marina Silva.

Fernando Haddad, do PT, passou de 6% para 8%, o que o coloca em terceiro lugar juntamente com Alckmin e Marina.

João Amoedo, do Partido Novo, desceu de 4% para 3%.

Hoje, à noite, deverá ser divulgada a nova pesquisa do Datafolha, que está sendo realizada ao longo desta segunda-feira.

 

17:51 · 29.08.2018 / atualizado às 18:30 · 29.08.2018 por

Para João Amoêdo, candidato do Partido Novo à Presidência da República, o Bolsa Família é um bom programa, pois se destina a transferir renda para 20% da população mais pobre do País. Mas ele disse – durante entrevista coletiva à imprensa nesta quarta-feira, aqui em Fortaleza – que é necessário criar “uma porta de saída” para o Bolsa Família.

Na entrevista, ladeado pelo técnico campeão olímpico de vôlei Bernardinho e pelo executivo cearense Geraldo Luciano, ambos apoiadores do Partido Novo, João Amoêdo fez questão de esclarecer que seu discurso liberal pede, “antes de um Estado Mínimo, um Cidadão Máximo”, para o qual devem estar voltados todos os programas, projetos e ações do Governo.

Ele também disse que o BNDES deve ser uma agência de desenvolvimento e não um banco que tem servido para beneficiar poucas empresas privilegiadas. Seu programa de governo inclui várias reformas, a primeira das quais é a da Previdência. Na sua opinião, o novo modelo previdenciário vai cortar privilégios. Se for eleito, João Amoêdo promete não usar cartão corporativo nem ocupar os palácios que tem a Presidência da República.

“Seremos um Governo de práticas nórdicas”, afirmou João Amoêdo, referindo-se aos governos da Dinamarca, da Suécia e da Noruega, onde os ministros de Estado vão se ônibus ou de metrô para o seu trabalho diário.

Amoêdo está na capital do Ceará para uma série de eventos, um dos quais é um jantar de adesão, hoje, numa casa de eventos da Avenida Senador Virgílio Távora, na Aldeota. Amanhã, às 7 horas, ele liderará uma caminhada com militantes do Partido Novo pela Avenida Beira Mar.