Busca

Tag: Paulo José Benevides


04:26 · 24.05.2018 / atualizado às 04:29 · 24.05.2018 por

O cantor cearense Paulo José Benevides, que há 20 dias foi aplaudido de pé no programa Domingão do Faustão, da Rede Globo, viaja nesta quinta-feira, 24, para Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Ele cantará numa grande festa judaica que será realizada no próximo dia 28, segunda-feira, numa das sinagogas de Nova Iorque.

Será uma festa beneficente promovida por banqueiros judeus nova-iorquinos.

Paulo José cantará 11 músicas, todas em hebraico.

De amanhã até domingo, ele ensaiará com a Terra Symphony Orchestra, com a qual ele gravou no ano passado um DVD em Nova Iorque, cujo conteúdo está no YouTube.

Essa orquestra acompanhará Paulo José em sua apresentação na festa judaica de Nova Iorque.

21:36 · 15.04.2018 / atualizado às 21:41 · 15.04.2018 por

Uma das atrações do programa Domingão do Faustão de hoje, 15/04, na Rede Globo, o cantor cearense Paulo José Benevides (foto do Globo Play) foi aplaudido de pé pelo auditório e abraçado e beijado pela artista Arlete Sales e pelo jornalista Alex Escobar, que também se apresentaram no quadro Ding Dong.

Paulo José cantou somente uma música acompanhado de orquestra. As demais – incluindo o tango “Por Una Cabeza”, em espanhol, e um trecho de “Caruzo”, em italiano – ele cantou à capela, sendo vibrantemente aplaudido.

Fausto Silva ficou tão entusiasmado com a apresentação de Paulo José, que pediu para ele cantar o que quisesse. E solicitou uma música em português. Aí, o artista cearense, também à capela, cantou a música” Luíza”, de Antonio Carlos Jobim e Carlos Lira. O auditório de novo pôs-se de pé e o aplaudiu demoradamente.

No final, Faustão anunciou que Paulo José era mais um cearense que estreava no seu programa.

Durante a conversa com Faustão, Paulo José foi perguntado se, quando está de volta das constantes viagens que faz ao exterior, se impressiona com a situação do Brasil nos dias de hoje. O cantor cearense, que canta profissionalmente desde os 15 anos, sendo o mais requisitado para as festas de casamento, de 15 anos e de formaturas, respondeu: “A culpa é nossa porque não sabemos votar”. Faustão criou, então, um bordão: “Não adianta reclamar, tem de saber votar”.