Busca

Tag: Porto do Pecém


13:34 · 17.08.2017 / atualizado às 14:19 · 17.08.2017 por

“Tudo está dentro do cronograma que o governador [Camilo Santana] traçou”. É o que garante Danilo Serpa, presidente da Cearaportos, sobre as reuniões que ocorrem desde a última segunda (14) com os dirigentes do Porto de Roterdã, na Holanda.

Além de Danilo Serpa, o secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado, economista César Ribeiro, também participa da série de reuniões com o objetivo de viabilizar, até dezembro deste ano, a assinatura do contrato para os holandeses assumirem a gestão do Porto do Pecém e de seu complexo industrial.

Porto de Roterdã é o maior da Europa e possui cinco refinarias e 44 indústrias petroquímicas. A aproximação entre os portos já teria despertado o interesse de empresários europeus. Crédito: Helene Santos

Novo encontro no próximo mês

Em setembro, haverá, só que em Fortaleza, uma nova reunião de todas as partes envolvidas nesse processo.

Aqui na Capital cearense, uma fonte com gabinete no Palácio do Planalto revelou que “tudo se desenvolve de acordo com o que foi acertado em março durante a missão empresarial cearense a Roterdã”.

LEIA AINDA:
. Concessões são apostas para uma nova era de investimentos

Desafios jurídicos

Em março, foi assinado o Memorando de Entendimento (MoU, na sigla em inglês), que deu início ao processo de negociação da Cearáportos e da autoridade do porto holandês para firmar uma sociedade entre as duas partes. Até lá, entretanto, ainda devem ser superados “desafios jurídicos” do processo.

04:45 · 09.08.2017 / atualizado às 04:45 · 09.08.2017 por

Há um novo problema ameaçando as exportações cearenses de frutas.

Além da baixa pluviometria que reduziu bastante a produção de melão, melancia, mamão e banana aqui no Ceará,  agora é uma decisão do Ministério da Agricultura que proíbe que seus fiscais agropecuários trabalhem nos dias de sábado e domingo.

É nesses dias que costuma ocorrer a maioria dos embarques.

Um exportador de frutas disse ao blog que essa decisão causará graves prejuízos às empresas exportadoras de melão, cujos embarques para o estrangeiro alcançam o seu pique, a partir de agora e até janeiro.

Por causa disso, é provável que as exportações de frutas, que hoje são feitas pelo porto do Pecém, sejam transferidas para o porto de Natal.

Tudo parece contribuir para que o Ceará deixe de ser um dos maiores polos brasileiras de fruticultura.

Há dois anos, por causa da falta de água, empresas cearenses mudaram-se para o Rio Grande do Norte, onde o porto de Natal funciona durante todos os dias a semana.

04:32 · 31.07.2017 / atualizado às 04:32 · 31.07.2017 por

Élcio Batista, chefe do gabinete do governador do do Estado, Camilo Santana, falou a este blog sobre o que chamou de “novos parceiros do Ceará”, citando principalmente a empresa alemã Fraport, que na última sexta-feira, 28, assumiu a gestão compartilhada do Aeroporto Internacional Pinto Martins.

De acordo com Élcio Batista, os alemães da Fraport agregarão sua expertise e sua influência ao projeto do governo cearense de fazer do Pinto Martins um centro de distribuição de voos nacionais e internacionais.

Ele também falou sobre o holandês Porto de Roterdã, com cuja autoridade o Governo do Estado, por meio da Cearaportos, mantém tratativas para transferir-lhe a gestão do Porto do Pecém e do seu complexo industrial.

Élcio Batista confirmou que os entendimentos prosseguem dentro do cronograma estabelecido e que, até dezembro, será possível a assinatura do contrato para a transferência da gestão do Pecém.

“Tudo isso significará mais grandes investimentos estrangeiros no Ceará”, acrescentou.

04:21 · 31.07.2017 / atualizado às 04:21 · 31.07.2017 por

O Governo do Ceará foi advertido por especialistas para um fenômeno que está acontecendo no litoral do município de Caucaia, provocado pelo avanço do mar.

Esse fenômeno já causou a destruição de uma parte de imóveis existentes na praia do Icaraí, na Região Metropolitana de Fortaleza.

A destruição ainda continuará, pois o mar, naquela região, continua avançando, o que quer dizer que mais residências e até prédios de apartamentos no Icaraí poderão sofrer a ação marinha.

Mas os especialistas também revelaram que esse avanço do mar logo, logo terá fim, e aí tudo será readequado e conformado aos novos fluxos e refluxos das marés.

De acordo com uma fonte do governo do Estado, isso é provocado pelos espigões que se construíram em Fortaleza e que mudaram o movimento das ondas.

Na praia do Pecém, o fenômeno não acontece porque o porto de mesmo é “off shore”,  ou seja, construído dentro do mar, longe da praia, e ligado a ela por uma ponte que não impede o movimento das ondas, pelo contrário – preserva o que é da natureza.

Resumindo: a natureza sempre se revolta quando mexem com ela.

05:06 · 26.07.2017 / atualizado às 05:06 · 26.07.2017 por

Está havendo festa na empresa Tecer Terminais Portuários, uma das duas grandes operadoras do Porto do Pecém.

Em menos de um ano, a Tecer obteve resultados extraordinários.

Nesse período, ela sozinha movimentou 1,99 milhão toneladas de granéis sólidos  – principalmente minério de ferro, carvão mineral e escória.

Para isso, a Tecer investiu R$ 36 milhões na compra de novos e modernos equipamentos, principalmente guindastes de última geração tecnológica, que têm auxiliado no desembarque das matérias primas que abastecem a usina siderúrgica e as termelétricas instaladas no Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

11:17 · 20.07.2017 / atualizado às 11:17 · 20.07.2017 por

O blog conversou com uma fonte que acompanha muito de perto os entendimentos do Governo do Ceará, por meio da Cearaportos e da Procuradoria-Geral do Estado, com a Autoridade do Porto de Roterdã.

Dessa conversa, surgiu a boa informação de que as tratativas caminham dentro do cronograma e acenam para um final feliz.

O final feliz será a assinatura do contrato por meio do qual os holandeses de Roterdã assumirão a gestão do Porto do Pecém e de seu complexo industrial.

A mesma fonte estima que, em dezembro, por volta do Natal, o contrato será celebrado.

Este blogueiro tem 55 anos de experiência como repórter e observador do cotidiano, razão pela qual não mete sua mão nesse fogo.

Se, realmente, o contrato da Cearaportos com o Porto de Roterdã for mesmo celebrado no Natal deste ano, terá sido uma grande vitória política do governador Camilo Santana e de sua gestão.

Então, é aguardar.

04:03 · 10.07.2017 / atualizado às 04:03 · 10.07.2017 por

Uma fonte do Governo do Ceará mandou ao blog uma mensagem, na qual esclarece, e ainda dá novas informações, a respeito de uma notícia aqui divulgada sobre as negociações que vêm mantendo a Cearaportos e o Porto de Roterdã.

De acordo com essa fonte do Palácio da Abolição, as tratativas entre as duas partes prosseguem rigorosamente dentro do cronograma estabelecido pelo governador Camilo Santana, cujo desejo é de que o contrato que transferirá a gestão do Porto do Pecém para o de Roterdã seja assinado no Natal deste ano.

A mesma fonte disse que, na última reunião da equipe de Roterdã com o time do Governo cearense, o diretor-geral do porto holandês, René van der Plas, elogiou o esforço e o trabalho que  Cearaportos executa para facilitar os entendimentos.

Assim, de acordo com o mesmo informante, estão abertas todas as chances para que, em dezembro, Roterdã celebre com Pecém o tão aguardado contrato.

E para terminar: não está prevista a compra de parte do capital da Cearaportos pela empresa holandesa. Mas outras fontes do Governo admitem que os holandeses adquirirão 49% do capital da empresa cearense.

12:22 · 06.07.2017 / atualizado às 12:23 · 06.07.2017 por

Chamo sua atenção para esta informação, que é exclusiva:

As negociações do Governo do Ceará com a autoridade do Porto de Roterdã seguem aceleradas, dentro do cronograma estabelecido pelo governador Camilo Santana.

Na semana passada, reuniram-se em Fortaleza a direção do Porto de Roterdã e a direção da Cearaportos, que administra o Porto do Pecém.

Toda essa negociação é para que Roterdã assuma a gestão do Porto do Pecém e adquira, para isso, 49% do capital da Cearaportos.

O blog pode informar que, no próximo mês de setembro, estará concluída a avaliação dos ativos da Cearaportos, incluindo alguns terrenos.

Uma fonte que participa das negociações disse que está surgindo uma dificuldade no calendário estabelecido pelo governador.

Essa dificuldade é de ordem jurídica, porque o contrato a ser assinado, entre as duas partes, envolve a legislação de dois países, de dois estados, de dois municípios e duas empresas distintas.

Surgiu a ideia de contratação de um banco internacional especializado nesse tipo de negociação.

Mas para isso o Governo do Ceará terá de fazer uma licitação, o que demandará pelo menos quatro meses, causando o atraso do contrato, cuja assinatura o governador Camilo Santana deseja para o Natal deste ano.

Assim, é muito possível que a assinatura desse contrato de Roterdã com Pecém só venha a ser celebrado no meio do próximo ano.

04:29 · 26.06.2017 / atualizado às 04:29 · 26.06.2017 por

O diretor-geral do Porto de Roterdã, René van Der Plas, chegará a Fortaleza na próxima quarta-feira, 28, à noite.

No dia seguinte, 29, René terá reunião com o presidente e diretores da Cearaportos, empresa que administra o Porto do Pecém.

Será mais um encontro das duas partes, as quais se encaminham para o objetivo do Memorando de Entendimento que celebraram no último mês de março: transferir para a Autoridade do Porto de Roterdã a gestão do Porto e do Complexo Industrial do Pecém.

No mesmo dia 29, o holandês René van der Plas almoçará no Palácio da Abolição com o governador Camilo Santana, que estabeleceu o prazo de até o Natal deste ano para que seja assinado o contrato com o Porto de Roterdã.

Uma fonte do Governo do Estado do Estado disse ao blog que prosseguem normalmente, e dentro do organograma estabelecido, as tratativas em torno dos aspectos jurídicos que o contrato terá.

Dois grandes escritórios brasileiros de advocacia prestam assessoria aos dois lados.

Um escritório de S. Paulo assessora as autoridades do Governo do Ceará; um do Rio, o Porto de Roterdã.

04:12 · 21.06.2017 / atualizado às 04:12 · 21.06.2017 por

No dia 29 deste mês de junho, a quinta-feira da próxima semana, o governador Camilo Santana receberá no Palácio da Abolição o diretor-geral do Porto de Roterdã, René van Der Plas, que virá acompanhado de um time de executivos holandeses.

Essa será mais uma da série de reuniões que o Governo do Estado, por meio da Cearaportos, tem mantido com as autoridades do porto holandês.

O blog pode  informar que está absolutamente em dia o cronograma que o governador Camilo Santana estabeleceu para as tratativas em torno do projeto de fazer do Porto de Roterdã o gestor do Porto e do Complexo Industrial do Pecém.

Camilo Santana deseja que o contrato entre a Cearaportos e o Porto de Roterdã seja celebrado antes do Natal deste ano.

Entre os empresários com os quais o blog tem conversado, colhe-se a opinião de que o Porto de Roterdã é um shopping que chegará aqui com suas lojas.