Busca

Tag: Porto do Pecém


04:42 · 19.10.2017 / atualizado às 04:43 · 19.10.2017 por

O secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo do Ceará, César Ribeiro, revelou para empresários da indústria, com os quais se reuniu segunda-feira, 16, à noite na Fiec, que deverá ser celebrado no próximo mês de fevereiro o contrato que transferirá a gestão do Complexo Industrial e Portuário do Pecém para o Porto do Roterdã.

Haverá, pois, um atraso de dois meses, pois essa celebração estava prevista para o mês de dezembro deste ano.

César Ribeiro disse que o contrato envolve aspectos complexos que estão sendo detidamente analisados e solucionados, para o que trabalham em conjunto os maiores escritórios de advocacia do País, além da Procuradoria-Geral do Estado.

O secretário César Ribeiro também revelou que as autoridades do Porto de Roterdã conhecem o Porto do Pecém melhor do que os próprios cearenses, pelo que estão informados até dos entraves ligados à fiscalização da Receita Federal e do Ministério da Agricultura.

Ele  assegurou que, até a assinatura do contrato, todos esses entraves estarão superados.

06:47 · 12.09.2017 / atualizado às 06:47 · 12.09.2017 por

Amanhã, quarta-feira, 13/9, o Chief Executive Officer (CEO) do Porto de Roterdã, Allard Castelein, estará em Fortaleza para cumprir uma programação que inclui uma reunião com o governador do Ceará, Camilo Santana, no Palácio da Abolição, em Fortaleza.

Do almoço participarão os secretários de Desenvolvimento Econômico, César Ribeiro; do Planejamento, Maia Júnior; e da Infraestrutura, Lúcio Gomes, além do presidente da Cearaportos, Danilo Serpa.

Castelein visitará o Porto do Pecém, a ZPE e a usina siderúrgica da CSP, onde será recebido pelo seu presidente executivo, Eduardo Parente.

Será mais uma das várias reuniões, que desde março passado o Governo do Estado e o Porto de Roterdã vêm realizando no sentdo de viabilizar o projeto que prevê a transferência da gestão do Porto do Pecém para o de Roterdã. A perspectiva do governo do Estado é de que, no próximo mês de dezembro, seja assinado o contratado de transferência.

As duas partes estão acertando a parceria, que poderá dar aos holandeses de Roterdã uma participação de 49% no capital da Cearaportos.

05:18 · 11.09.2017 / atualizado às 05:18 · 11.09.2017 por

Uma informação que chega de uma fonte primária:

O Governo do Estado do Ceará e o consórcio Marquise-Ivaí, que executa as obras de mais uma ampliação do Porto do Pecém, estão conversando no sentido de que sejam superados os problemas relacionados à suspensão dos serviços.

O consórcio suspendeu os trabalhos, alegando falta de pagamento.

Mas uma fonte primária mandou para este blog a informação de que, em fevereiro, o Governo do Estado devia ao consórcio R$ 50 milhões, que estão hoje reduzidos a R$ 39 milhões com a promessa de que, neste mês de setembro, essa dívida ficará em R$ 20 milhões.

A obra tem um custo de R$ 1 bilhão; então, uma dívida de 39 milhões é pequena diante do tamanho do investimento.

A mesma fonte disse que “esse esticar da corda não deve durar mais do que 15 dias para ser resolvido”.

A conferir.

05:13 · 11.09.2017 / atualizado às 05:13 · 11.09.2017 por

Será aberto amanhã, terça-feira, 12, em Lisboa, capital de Portugal, o 10º Congresso da Associação dos Portos de Língua Portuguesa.

O evento reunirá dirigentes e operadores dos portos de Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde, entre outros portos de países cujo idioma é o português.

Pois bem: o Ceará estará presente a esse congresso por meio de duas empresas operadoras dos portos de Mucuripe e Pecém: a Tecer Terminais Portuários e a Termaco Logística.

O empresário Carlos Maia, que é sócio e diretor das duas empresas, disse ao blog que irá ao congresso para prospectar parcerias estratégicas e alianças operacionais que possibilitem o restabelecimento do tráfego marítimo direto entre os portos de Portugal e os do Ceará, interrompido na década de 90.

04:14 · 08.09.2017 / atualizado às 04:14 · 08.09.2017 por

O blog conversou com o secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo do Ceará, economista César Ribeiro.

Ele se encontra em Lisboa, capital de Portugal, onde, na companhia do presidente da Cearaportos, Danilo Serpa, reúne-se desde quarta-feira, 6, com executivos do Porto holandês de Roterdã.

Essas reuniões sequenciam os esforços das duas partes no sentido de viabilizar a celebração de um contrato que transfira para os holandeses a gestão do Porto do Pecém.

As reuniões, segundo o secretário César Ribeiro, têm sido longas e  complexas.

Uma cláusula de confidencialidade impede que o secretário transmita mais informações sobre as reuniões.

César Ribeiro voltou a dizer que o cronograma estabelecido pelo governo do Ceará está sendo cumprido, e isto significa que, em dezembro próximo, será possível a assinatura do contrato.

A conferir.

04:54 · 05.09.2017 / atualizado às 04:54 · 05.09.2017 por

No próximo mês de dezembro, os holandeses do Porto de Roterdã deverão assumir a gestão do Porto do Pecém.

Não se sabe ainda como isso será feito, nem quanto receberá o Governo do Ceará com essa troca de gestão.

É ainda incerto se o Porto de Roterdã comprará 49% do capital da Cearaportos, que é a administradora do Pecém.

O blog fala sobre isto agora, porque segunda-feira, 4, foi anunciado que a China Merchants Port Holdings, uma das maiores administradoras de portos da Ásia, comprou, por R$ 2,9 bilhões, 90% do Terminal de Contêineres do Porto de Paranaguá, no Paraná.

Trata-se de um dos maiores terminais conteneiros da América Latina.

Isto significa que os gringos estão mesmo de olho no Brasil e no continente latino-americano.

É mais investimento estrangeiro direto na economia brasileira.

05:28 · 01.09.2017 / atualizado às 05:28 · 01.09.2017 por

Há uma grande expectativa em torno da reunião que, neste mês de setembro, que hoje começa, será realizada entre autoridades do Governo do Ceará e do Porto de Roterdã.

A reunião será no dia 14, em Lisboa (Portugal).

O Governo cearense, por meio da Cearaportos, que administra o Porto do Pecém, trabalha no sentido de fechar, até o próximo mês de dezembro, um contrato que transfirará para os holandeses de Roterdã a gestão do porto e do complexo industrial de Pecém.

Uma fonte oficial, que acompanha os entendimentos entre as duas partes, revela que a reunião deste mês, assim como as anteriores, será complexa, pois desta vez tratará do valor dos ativos da Cearaportos.

A mesma fonte, porém, declarou-se otimista e apostou na certeza de que haverá um final feliz até o próximo dezembro.

A conferir.

04:58 · 23.08.2017 / atualizado às 04:58 · 23.08.2017 por

O Governo do Ceará foi convidado pela Agência Brasileira de Promoções de Exportações e Investimentos (APEX) para participar com um estande da Feira Internacional Chinesa de Investimentos e Negócios, cuja sigla em inglês é CIFIT.

A direção da Apex quer que o governo cearense exponha no seu estande a Cearaportos e seu Complexo Industrial e Portuário do Pecém e, ainda, a sua Zona de Processamento para Exportações (ZPE), dentro da qual está instalada e em plena operação a usina siderúrgica da CSP.

A Feira Chinesa será realizada de 8 a 11 do próximo mês de setembro na cidade de Xiamen, na província de Fujian.

Em Xiaren, coincidentemente, será realizada na mesma época a reunião de cúpula dos Brics, que congrega Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Depois da feira de Xiamen, a Cearaportos fará ainda – também a convite da Apex – apresentações do Porto do Pecém e de se Complexo Industrial nas cidades de Hong Kong e Cingapura.

04:22 · 21.08.2017 / atualizado às 04:22 · 21.08.2017 por

O secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado, economista César Ribeiro, e o presidente da Cearaportos, Danilo Serpa, retornaram no fim de semana da Holanda.

Eles passaram quatro dias lá, em reuniões com os dirigentes do Porto de Roterdã.

Essas reuniões sequenciaram os entendimentos que o Governo cearense mantém há um ano com os holandeses com o objetivo de tornar possível o projeto do governador Camilo Santana de transferir para o Porto de Roterdã a gestão do Porto do Pecém e do seu complexo industrial.

O secretário César Ribeiro informou ao blog que ele e seu colega Danilo Serpa estão otimistas com relação ao final feliz dos entendimentos.

Ele considerou que as reuniões têm sido complexas porque complexa é e será toda o processo.

Mas tudo está dentro do cronograma traçado pelo governador Camilo Santana, que pretende, no Natal deste ano, celebrar o contrato com o Porto de Roterdã, um dos maiores e bem mais administrados do mundo.

13:34 · 17.08.2017 / atualizado às 14:19 · 17.08.2017 por

“Tudo está dentro do cronograma que o governador [Camilo Santana] traçou”. É o que garante Danilo Serpa, presidente da Cearaportos, sobre as reuniões que ocorrem desde a última segunda (14) com os dirigentes do Porto de Roterdã, na Holanda.

Além de Danilo Serpa, o secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado, economista César Ribeiro, também participa da série de reuniões com o objetivo de viabilizar, até dezembro deste ano, a assinatura do contrato para os holandeses assumirem a gestão do Porto do Pecém e de seu complexo industrial.

Porto de Roterdã é o maior da Europa e possui cinco refinarias e 44 indústrias petroquímicas. A aproximação entre os portos já teria despertado o interesse de empresários europeus. Crédito: Helene Santos

Novo encontro no próximo mês

Em setembro, haverá, só que em Fortaleza, uma nova reunião de todas as partes envolvidas nesse processo.

Aqui na Capital cearense, uma fonte com gabinete no Palácio do Planalto revelou que “tudo se desenvolve de acordo com o que foi acertado em março durante a missão empresarial cearense a Roterdã”.

LEIA AINDA:
. Concessões são apostas para uma nova era de investimentos

Desafios jurídicos

Em março, foi assinado o Memorando de Entendimento (MoU, na sigla em inglês), que deu início ao processo de negociação da Cearáportos e da autoridade do porto holandês para firmar uma sociedade entre as duas partes. Até lá, entretanto, ainda devem ser superados “desafios jurídicos” do processo.