Fabiano Rodrigues

Busca


Árbitro de Vasco x Icasa em 2009 volta a apitar encontro dos clubes no Rio

Publicado em 19/11/2014 - 18:11 por | Comentar

Categorias: icasa
  • Enviar para o Kindle
Léo Lima e Moré disputam bola em 2009 (Foto: Arquivo/GE)

Léo Lima e Moré disputam bola em 2009 (Foto: Arquivo/GE)

Uma coincidência vai marcar o duelo entre Vasco e Icasa neste sábado. O mesmo árbitro que apitou o confronto entre as equipes em 2009, pela Copa do Brasil, vai dirigir o jogo pela Série B. Wagner Reway, do Mato Grosso, foi escalado pela comissão de arbitragem nesta quarta.

A partida de 2009 foi disputada em São Januário e era válida pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O Verdão do Cariri empatou em 1 a 1, mas acabou eliminado pela equipe carioca após sofrer uma goleada de 4 a 1 no jogo da volta, no Romeirão.

Rebaixado no Campeonato Cearense, o Icasa iniciou uma reestruturação do elenco na Copa do Brasil. Depois de eliminar a Portuguesa na primeira fase, o clube enfrentou o Confiança, na estréia do técnico Flávio Araújo. A classificação veio após uma vitória por 2 a 1, em Aracaju.

No dia 30 de abril de 2009, o Verdão do Cariri pisava pela primeira vez no Rio de Janeiro para uma partida oficial. Quase seis mil vascaínos presentes ao estádio São Januário vibraram com um gol estranho, marcado pelo goleiro icasiano Ari e atribuído pela arbitragem ao zagueiro cruzmaltino Vilson, logo aos sete minutos. Apesar disso, o time icasiano não se abateu e mostrou bom futebol. No segundo tempo, o Icasa criou boas chances e empatou aos 31 minutos. Leozinho arrancou pela direita e cruzou para Marciano, que havia entrado durante o jogo, deixar tudo igual.

Para muitos, o empate com o Vasco dentro de São Januário é visto como a maior façanha da história do Icasa. Sábado pela Série B, o empate não serve. Aliás, o time pode ser rebaixado mesmo vencendo. Mas a coincidência da arbitragem, pelo menos, faz o torcedor lembrar de um dos maiores jogos dos 51 anos do time juazeirense.

FICHA TÉCNICA

VASCO DA GAMA/RJ 1X1 ICASA

LOCAL – Estádio São Januário – Rio de Janeiro/RJ

DATA – 30 de abril de 2009

ÁRBITRO – Wagner Reway/MT

ASSISTENTES -  Lincoln Ribeiro Taques /MT e Paulo Cesar Silva Faria/MT

RENDA – R$ 72 175,00

PÚBLICO – 4 866 pagantes (5 691 presentes)

GOLS – Vilson (VAS) 07/1º e Marciano (ICA) 31/1º

VASCO

Tiago (atualmente reserva do Ceará), Paulo Sérgio, Vilson, Titi (Gian) e Ramon; Amaral, Mateus, Enrico e Alex Teixeira (Léo Lima); Rodrigo Pimpão e Elton (Alan Kardec).

Técnico:  Dorival Júnior.

ICASA

Ari, Alan, Thiago e Luiz Carlos; Marcus Vinicius (Gilberto Matuto), Guto, Panda, Esquerdinha (Dodó) e Joãozinho; Leozinho e Moré (Marciano).

Técnico: Flávio Araújo.

Tags: , , ,

Jogadores do Icasa fazem greve e travam nova queda de braço com a diretoria

Publicado em 17/11/2014 - 13:30 por | Comentar

Categorias: icasa
  • Enviar para o Kindle
Faixa

Faixa exibida pelo Icasa no início da Série B (Foto: Repordução/Premiere)

Tudo começou a partir de uma promessa. A diretoria do Icasa garantiu aos jogadores, após a vitória sobre o Ceará (31ª rodada), que pagaria os salários no dia 15 de novembro. Nesse dia, os vencimentos completariam três meses de atrasos. Aos atletas foi pedido empenho para sair da zona de rebaixamento e conquistar a Fares Lopes. O elenco cumpriu sua parte e cobrou a diretoria antes do jogo contra o América de Natal. A partir daí, a relação voltou a ficar estremecida.

Depois de tentativas frustradas, as partes se reuniram antes do treino marcado para a manhã desta segunda-feira. A conversa durou mais de três horas e o trabalho foi adiado para à tarde. A princípio, os jogadores não tinham a intenção de fazer greve. A ideia inicial era apenas não concentrar, mas treinar na segunda e jogar contra o Paraná na terça.

Os dirigentes iniciaram a reunião se recusando a abrir mão da concentração do elenco. O próprio técnico Vladimir de Jesus se posicionou contrário à decisão dos jogadores. Enquanto isso, a diretoria justificou o atraso nos salários, atribuindo aos convênios com prefeitura de Juazeiro do Norte (300 mil reais) e governo do estado do Ceará (600 mil reais) que ainda não foram pagos. Os atletas não pareciam dispostos a entender as justificativas e o clima na reunião esquentou.

Nessa hora, o elenco ameaçou não entrar em campo. A diretoria admitiu a possibilidade de enfrentar o Paraná com os jogadores da categoria sub-20. Alguns atletas das categorias de base estiveram no Romeirão, mas também não treinaram. A queda de braço continuou e as partes não demonstraram interesse em ceder. Mais de três horas depois, ficou definido apenas que o treino acontece à tarde. O elenco deve conversar com a imprensa depois do treino. Aguardemos novos capítulos.

 

Tags:

Guarany de Sobral acerta a volta do técnico Argeu dos Santos

Publicado em 10/11/2014 - 21:24 por | Comentar

  • Enviar para o Kindle
Argeu dos Santos vai comandar o Bugre (Foto: Divulgação)

Argeu dos Santos vai comandar o Bugre (Foto: Divulgação)

O comandante do Guarany de Sobral para o Campeonato Cearense já está definido. O técnico Argeu dos Santos foi confirmado pela direção do clube e vai dirigir o Cacique do Vale pela terceira vez em menos de dois anos. “Nosso trabalho sempre foi muito bom lá (em Sobral), fomos vice-campeões cearenses ano passado e decidimos a Fares Lopes”, lembrou o treinador.

A escolha de Argeu dos Santos foi definida pela nova diretoria do Bugre. O nome, de acordo com o diretor de futebol Erivaldo Mororó, foi consenso. “Escolhemos o treinador, eu mesmo fui fechar e estamos definindo detalhes para iniciar os trabalhos”, confirmou o dirigente.

A diretoria do Guarany marcou o início da pré-temporada para o dia 10 de dezembro. Para o novo técnico, o quanto antes os trabalhos forem iniciados, melhor para a preparação da equipe. “No futebol de hoje, as equipes melhores preparadas têm maior chance de êxito”, comentou.

Sobre a formação do elenco, a diretoria garantiu que oito jogadores estão contratados, mas os nomes ainda não serão revelados. “Só quando os contratos estiverem assinados”, disse Mororó. Argeu dos Santos lembrou as dificuldades financeiras do clube, mas espera uma equipe competitiva. “Não interessa se serão jogadores aqui do estado ou de fora, o que importa é que correspondam dentro de campo”, explicou.

Tags: , , , ,

Algoz de 2010, goleiro Fábio Lima reencontra Icasa na final da Fares Lopes

Publicado em 10/11/2014 - 20:15 por | Comentar

  • Enviar para o Kindle
Fábio Lima está confiante (Foto: Divulgação)

Fábio Lima está confiante (Foto: Divulgação)

Encarar o Icasa na final da Taça Fares Lopes, no Romeirão lotado e defendendo uma vantagem conquistada no primeiro jogo. Os jogadores do Tiradentes vão experimentar essa situação na quarta-feira pela primeira vez. A única exceção é Fábio Lima. Vestindo a camisa do Horizonte, em 2010, o goleiro fechou o gol e comemorou o título da primeira edição do torneio, exatamente nessas circustâncias. “Foi uma conquista muito importante pra gente, um jogo muito difícil, mas conseguimos segurar o resultado”, lembra.

Depois de ter vencido por 2 a 0, no Domingão, o Galo do Tabuleiro se beneficiou do regulamento, que previa o gol qualificado fora de casa (diferente deste ano). Apesar da derrota por 3 a 1, o Horizonte ficou com o título. Fábio Lima foi decisivo e lembra de alguns lances do jogo. “Eu fiz algumas defesas e lembro de uma no último minuto, uma falta do Júnior Xuxa e eu consegui defender”, conta.

Fábio Lima em ação na final de 2010 (Foto: Ronaldo Déber)

Fábio Lima em ação na final de 2010 (Foto: Ronaldo Déber)

Aos 30 anos, Fábio Lima está animado com a possibilidade de conquistar a Fares Lopes pela segunda vez, mas alerta para as dificuldades. “Nós estamos preparados, mas o Icasa é uma grande equipe”, disse. O goleiro afirmou, inclusive, que o time atual é mais difícil que o de 2010. “Aquele (Icasa de 2010) era muito bom, mas eles têm uns jogadores velozes na frente, acho que é um time melhor hoje, além de nossa vantagem ser menor”, comparou.

O algoz do Icasa aproveitou a conversa com o Blog para lembrar outras qualidades do adversário da decisão da Taça Fares Lopes. “Temos uma vantagem, mas não ganhamos nada ainda, temos muito respeito pelo Icasa e pelo trabalho do Vladimir de Jesus, mas estamos prontos e sabemos que podemos sair com o título”, finalizou.

Tags: , , , ,

Contra o Náutico, Icasa tenta superar um “Dado” negativo

Publicado em 31/10/2014 - 21:27 por | Comentar

Categorias: icasa
  • Enviar para o Kindle
Dado Cavalcanti quando comandava o Icasa (Foto: Geraldo Bubniak)

Dado Cavalcanti quando comandava o Icasa (Foto: Geraldo Bubniak)

Atual treinador do Náutico, Dado Cavalcanti dirigiu o Icasa em 2011. O jovem técnico assumiu a equipe as vésperas do Campeonato Brasileiro Série B daquele ano, mas só durou sete rodadas, quando foi demitido. Neste sábado, o comandante Timbu terá seu sétimo encontro com o ex-clube e vai defender uma marca: de nunca ter perdido para o Verdão do Cariri.

O primeiro duelo contra o Icasa aconteceu antes mesmo de Dado Cavalcanti trabalhar em Juazeiro do Norte. Em 2010, o treinador estreava no comando do América de Natal e recebeu o Verdão no antigo estádio Machadão. No final, placar de 2 a 0 e vitória do Mecão.

Depois da passagem pelo Verdão, Dado comandou o Luverdense na Série C de 2012 e mais uma vez enfrentou o ex-clube. Foram duas vitórias na primeira fase da competição. No jogo de ida, em Lucas do Rio Verde, vitória por 2 a 1. Na volta, no Romeirão, novo triunfo, dessa vez pelo placar de 1 a 0.

Em 2013 Dado Cavalcanti encontrou o Icasa duas vezes comandando o Paraná Clube. No primeiro jogo goleou o Verdão em Juazeiro por 3 a 0. Na partida disputada em Curitiba, o ex-treinador alviverde não só voltou a vencer, dessa vez por 2 a 0, como impediu o acesso do adversário para a Série A.

Esse ano o duelo aconteceu na primeira rodada da Série B. Em Campinas, o Icasa estreou contra a Ponte Preta de Dado Cavalcanti. Dessa vez, o Verdão do Cariri não saiu de campo derrotado. Empate em 1 a 1, que manteve a invencibilidade do treinador nos jogos contra o alviverde juazeirense.

 

Tags: , , , , , , , ,

FCF define datas das finais da Taça Fares Lopes

Publicado em 29/10/2014 - 15:07 por | Comentar

Categorias: icasa, Taça Fares Lopes
  • Enviar para o Kindle

TroféuAs datas dos jogos decisivos da Taça Fares Lopes foram definidas pela Federação Cearense de Futebol. Com melhor campanha na competição, o Icasa vai decidir o título em Juazeiro do Norte. A primeira partida terá mando do Tiradentes e está marcada para terça-feira, dia 04, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. A decisão acontece dia 12 de novembro, no estádio Romeirão.

O campeão garante a terceira vaga cearense na Copa do Brasil 2015.

Tags: , , , ,

Depois de mais de três anos, Roberto Carlos deixa o comando técnico do Horizonte

Publicado em 29/10/2014 - 11:52 por | Comentar

  • Enviar para o Kindle
Roberto Carlos deixou o Galo (Foto: Juscelino Filho/globoesporte.com/ce)

Roberto Carlos deixou o Galo (Foto: Juscelino Filho/globoesporte.com/ce)

A precoce eliminação da Taça Fares Lopes encerrou um dos maiores ciclos de um técnico na atualidade do futebol brasileiro. Depois de ser derrotado pelo Tiradentes nos pênaltis, Roberto Carlos resolveu deixar o comando do Horizonte. O treinador encerrou um período que durava mais de três anos a frente do Galo do Tabuleiro. “Acho que não tinha mais clima pra continuar”, resumiu o comandante.

Ex-lateral direito do Ceará. Roberto Carlos encerrou a carreira de jogador no Horizonte. Depois de um período como auxiliar, assumiu a equipe em 12 de fevereiro de 2011. Ao todo, comandou o Galo do Tabuleiro em 156 jogos e teve um aproveitamento de 57,26%. Foram 75 vitórias, 43 empates e 38 derrotas. Roberto Carlos esteve a frente da comissão técnica horizontina durante três anos, sete meses e 22 dias. Nesse período, o treinador conquistou duas Taças Fares Lopes, duas Taças Padre Cícero e participou de três Copas do Brasil, encarando grandes times como Flamengo, Palmeiras e Fluminense.

“Só tenho que agradecer o tempo que passei no Horizonte, foi maravilhoso, mas tudo tem seu fim e estamos dispostos a respirar novos ares”, comentou Roberto Carlos ao Blog. De acordo com o treinador, seu futuro ainda não está definido. “Por enquanto estou apenas analisando algumas situações”, encerrou.

 

 

 

Tags: , ,

Pressionado pela oposição, Conselho Deliberativo não definiu processo eleitoral do Icasa

Publicado em 23/10/2014 - 20:53 por | Comentar

Categorias: icasa
  • Enviar para o Kindle
Paz de Lira é o atual presidente do Icasa (Foto: Daniel Ramalho/Terra)

Paz de Lira é o atual presidente do Icasa (Foto: Daniel Ramalho/Terra)

O mandato da atual diretoria do Icasa se encerra este ano. As eleições para escolha do novo presidente deveria acontecer no mês de outubro. Sem a publicação do edital, o processo eleitoral vai sofrer um atraso. De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo, Ademir Alencar, o pleito ainda está dentro do prazo. “Nós sabemos da obrigação (eleitoral) que temos, mas o estatuto nos permite utilizar esses dias para prepararmos tudo e avaliar algumas situações”, garantiu.

O presidente da Diretoria Executiva, Paz de Lira, ainda não se pronunciou sobre a possibilidade de concorrer a reeleição. No entanto, a possibilidade de prorrogação do próprio mandato está prevista no estatuto e não foi descartada pelo atual mandatário. “De fato pode sim (prorrogar o mandato), mas nós só vamos fazer o que for melhor para o Icasa”, explicou Ademir Alencar.

Conselheiros de oposição estão atentos ao processo eleitoral e duas chapas podem ser inscritas assim que o edital for publicado. O empresário Luiz José Pereira Filho e o militar Paulo Yrtonny Duarte Alencar já manifestaram o desejo de assumir a presidência do Icasa. Os dois pré-candidatos procuraram a justiça para tentar impedir a prorrogação do atual mandato e garantir a realização das eleições. “Isso é uma manobra”, resumiu Luiz José, que conta com o apoio do ex-presidente Zacarias Silva.

O Blog está acompanhando o processo eleitoral do Icasa e seguirá mantendo o torcedor informado dos últimos acontecimentos.

Tags: , , , ,

Vitória sobre o Ceará tira o Icasa da zona de rebaixamento, no returno

Publicado em 22/10/2014 - 13:55 por | 1 Comentário

Categorias: icasa
  • Enviar para o Kindle
Lucas Gomes comemora gol da vitória icasiana (Foto; Normando Sóracles/Agência Miséria)

Lucas Gomes comemora gol da vitória icasiana (Foto; Normando Sóracles/Agência Miséria)

Além de estar na incômoda zona de rebaixamento a 12 rodadas consecutivas, o Icasa também seria rebaixado contando apenas os pontos do 2º turno do Campeonato Brasileiro Série B. Mas a vitória sobre o Ceará fez o Verdão do Cariri subir posições no returno e alcançar a 15ª colocação, com 13 pontos. Após o triunfo no Romeirão, o time icasiano ultrapassou ABC e Luverdense.

A classificação da Série B apenas contando os jogos no segundo turno, apresenta algumas curiosidades. O Atlético/GO, que ocupa a quarta posição, estaria no G-4 com 21 pontos, ao lado de Ponte Preta (26), Joinville (24) e Vasco (22). Integrante do G-4, o Avaí está em sétimo lugar nesta fase. Em quinto na Série B, o Ceará divide apenas a 12ª colocação no returno com Paraná e Santa Cruz, todos com 15 pontos, o que mostra bem o momento do clube na competição.

Se a posição no returno melhorou após vencer o Vovô, o Icasa pode sair da zona de rebaixamento na classificação geral (onde realmente conta) na próxima rodada. Para isso teria que vencer a Portuguesa, no Canindé, e torcer por derrota do Oeste e tropeço do América de Natal, que também jogam fora contra Luverdense e América Mineiro, respectivamente.

 

Tags: ,

Icasa pode perder atacante Lucas Gomes para o restante da Série B

Publicado em 14/10/2014 - 0:00 por | Comentar

Categorias: icasa
  • Enviar para o Kindle
Lucas será julgado na quarta (Foto: Divulgação)

Lucas será julgado na quarta (Foto: Divulgação)

Expulso na vitória sobre o ABC, após agredir o lateral Ivonaldo, o atacante Lucas Gomes pode desfalcar o Icasa até o final do Campeonato Brasileiro Série B. O jogador será julgado nesta quarta-feira pela Terceira Comissão Disciplinar do STJD, à partir das três horas da tarde, no Rio de Janeiro. Se apenado, pode pegar até 12 jogos de gancho e ficaria impossibilitado de disputar o restante da competição.

Lucas Gomes foi denunciado no art. 254-A § 1º inciso I do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que prevê pena de quatro a 12 jogos em caso de agressão física durante a partida, desferindo soco,  cotovelada, cabeçada ou golpes similares em outrem, de forma contundente ou assumindo o risco de causar dano ou lesão ao atingido.

Na súmula, o árbitro sul-matogrossense Paulo Henrique de Melo Salmazio descreveu o lance da seguinte forma: expulsei diretamente o jogador n° 10 sr. Lucas Gomes da Silva, da equipe A.D.R.C. Icasa, por agredir seu companheiro n° 02 sr. José Ivonaldo da Rocha Silva, com a bola em jogo, fora da disputa de bola, atingindo-o com uma cabeçada na altura do rosto. O
atleta agredido não revidou e não necessitou de atendimento medico e continuou na partida. O atleta agressor necessitou ser contido pelos seus companheiros de equipe e os mesmos o acompanharam ate a sua saída do campo de jogo.

 

 

Tags: , , , ,

Página 1 de 6712345...102030...Última »

Autores

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999

teste