Fabiano Rodrigues

Busca


Icasa pode perder atacante Lucas Gomes para o restante da Série B

Publicado em 14/10/2014 - 0:00 por | Comentar

Categorias: icasa
  • Enviar para o Kindle
Lucas será julgado na quarta (Foto: Divulgação)

Lucas será julgado na quarta (Foto: Divulgação)

Expulso na vitória sobre o ABC, após agredir o lateral Ivonaldo, o atacante Lucas Gomes pode desfalcar o Icasa até o final do Campeonato Brasileiro Série B. O jogador será julgado nesta quarta-feira pela Terceira Comissão Disciplinar do STJD, à partir das três horas da tarde, no Rio de Janeiro. Se apenado, pode pegar até 12 jogos de gancho e ficaria impossibilitado de disputar o restante da competição.

Lucas Gomes foi denunciado no art. 254-A § 1º inciso I do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que prevê pena de quatro a 12 jogos em caso de agressão física durante a partida, desferindo soco,  cotovelada, cabeçada ou golpes similares em outrem, de forma contundente ou assumindo o risco de causar dano ou lesão ao atingido.

Na súmula, o árbitro sul-matogrossense Paulo Henrique de Melo Salmazio descreveu o lance da seguinte forma: expulsei diretamente o jogador n° 10 sr. Lucas Gomes da Silva, da equipe A.D.R.C. Icasa, por agredir seu companheiro n° 02 sr. José Ivonaldo da Rocha Silva, com a bola em jogo, fora da disputa de bola, atingindo-o com uma cabeçada na altura do rosto. O
atleta agredido não revidou e não necessitou de atendimento medico e continuou na partida. O atleta agressor necessitou ser contido pelos seus companheiros de equipe e os mesmos o acompanharam ate a sua saída do campo de jogo.

 

 

Tags: , , , ,

Artilheiro do São Benedito na Fares Lopes comemora fama de “carrasco do Ceará”

Publicado em 07/10/2014 - 18:53 por | Comentar

  • Enviar para o Kindle
Jefferson Petrolina se destaca no São Benedito (Foto: Christian Alekson/CearaSC)

Jefferson Petrolina se destaca no São Benedito (Foto: Christian Alekson/CearaSC)

Ele jura que marcou três gols na goleada de 5 a 2 sobre o Ceará, que classificou o São Benedito para a inédita semifinal da Taça Fares Lopes. Na súmula, no entanto, o árbitro Carlos Custódio anotou um dos gols para o atacante Popó. O zagueiro Jefferson Petrolina lamenta o equívoco, que o colocaria como artilheiro da competição com cinco gols. “Eu fiz um gol de pênalti e dois de cabeça no jogo”, garante.

Mesmo assim, o defensor já merece destaque por uma certa coincidência: todos os gols de Jefferson Petrolina foram marcados sobre o Ceará, que disputou a Fares Lopes com uma equipe Sub-20. “Estou cobrando os pênaltis da equipe e tive a felicidade de marcar os gols, mas é apenas acaso”, explica o zagueiro sobre ter no Vovô sua única vítima. “Nada pessoal”, brinca.

Aos 28 anos, Jefferson Petrolina espera encerrar uma temporada perfeita pelo São Benedito. Campeão Cearense da Série B, o zagueiro ajudou o Azulão da Serra a voltar à elite do estado. Detalhe: não marcou nenhum gol na competição. “Sempre fiz gols na minha carreira, por onde passei, tenho essa facilidade, mas a bola não quis entrar”, justificou. Vencer a Fares Lopes seria transformar a temporada 2015 para o clube. “Disputar a elite e a Copa do Brasil seria uma alegria muito grande para todos nós”, comentou.

Jefferson, como o apelido sugere, nasceu em Petrolina e chegou ao futebol cearense ano passado, quando disputou o estadual pelo Guarani de Juazeiro. O zagueiro já vestiu outras camisas em Pernambuco e ainda sonha em jogar por uma grande equipe. Quem sabe o Ceará, sua principal vítima. “Seria maravilhoso, me disseram que tinha algumas pessoas olhando (os jogos), mas por enquanto não chegou nada”, afirmou.

Tags: , ,

Jurisprudência faz Icasa rever situação de jogadores

Publicado em 07/10/2014 - 13:25 por | Comentar

Categorias: icasa
  • Enviar para o Kindle
Júnior Barros foi emprestado pelo Atlético Paranaense (Foto: Atlético/PR/Divulgação)

Júnior Barros foi emprestado pelo Atlético Paranaense (Foto: Atlético/PR/Divulgação)

O primeiro caso já será utilizado nesta terça-feira. O atacante Júnior Barros será titular do Icasa no jogo desta noite, contra o Atlético Goianiense, pelo Campeonato Brasileiro Série B. O próximo pode ser o goleiro Matheus, que teve sua contratação interrompida por força de uma possível irregularidade. Aproveitando a jurisprudência nos dois casos, o Verdão do Cariri pode ter reforços até o final do ano.

O aproveitamento de Júnior Barros aconteceu após o STJD não acatar a denúncia do Ríver/PI contra o Remo, na Série D. O jogador Danilo Lins teria ultrapassado o limite de contratos na mesma temporada e teria atuado de maneira irregular na competição. O caso é exatamente igual ao atacante icasiano, que foi até retirado da relação do jogo com o Joinville, dia 12 de setembro.

Como o STJD não acatou a denúncia oferecida pelo clube piauiense, a diretoria do Icasa resolveu consultar o órgão acerca do aproveitamento de Júnior Barros. Por este motivo, o jogador foi liberado para atuar e foi escalado pelo técnico Vladimir de Jesus.

A situação do goleiro Matheus foi despertada após o julgamento do recurso do América Mineiro. O Coelho recuperou os pontos em que o lateral Eduardo estava no banco de reservas. Como o goleiro icasiano ficou apenas no banco da Lajeadense e não jogou a Copa do Brasil, poderia disputar outra competição nacional. Se a consulta for positiva, Matheus se apresenta ao Icasa no final de semana.

Tags: , ,

FCF interdita preventivamente estádio Agenorzão, em Iguatu

Publicado em 02/10/2014 - 19:08 por | Comentar

  • Enviar para o Kindle
Árbitro foi agredido após o jogo (Foto: Reprodução/TVM Cariri)

Árbitro foi agredido após o jogo (Foto: Reprodução/TVM Cariri)

A confusão durante e após o jogo entre Iguatu x Icasa, pela Taça Fares Lopes, já sofreu a primeira consequência. A Federação Cearense de Futebol resolveu interditar o estádio Agenorzão, local da partida, após analisar o relatório do árbitro Kelson Carvalho e imagens cedidas pela imprensa. A portaria foi expedida pelo departamento de competições e divulgada no site da entidade nesta quinta-feira.

O documento resolve ainda que todo o material recolhido será enviado para o Tribunal de Justiça Desportiva do Ceará. O Azulão faz o jogo da volta da fase quartas de final em Juazeiro do Norte, neste sábado. Caso elimine o Icasa, não poderá jogar a semifinal em seu estádio.

Muitos lances polêmicos foram contestados pela torcida, diretoria e comissão técnica do Iguatu. Ao final do jogo, a arbitragem foi agredida após invasão ao gramado, como mostra a matéria veiculada na TV Verdes Mares Cariri.

Tags: ,

Presidente do Guarany de Sobral renuncia ao cargo

Publicado em 02/10/2014 - 12:56 por | Comentar

Categorias: guarany-de-sobral
  • Enviar para o Kindle
Valdenir Coelho deixa o Bugre (Foto: Luzimar de Castro)

Valdenir Coelho deixa o Bugre (Foto: Luzimar de Castro)

Após a péssima campanha no Campeonato Brasileiro Série D, que foi concluída com uma humilhante goleada de 7 a 1 para o Ríver, e os últimos resultados na Taça Fares Lopes, a pressão sobre os dirigentes do Guarany de Sobral ficou insustentável. Na manhã desta quinta-feira, o presidente Valdenir Coelho cedeu às críticas da torcida e entregou sua carta renúncia ao Conselho Deliberativo.

A saída de Valdenir Coelho aconteceu dias depois da renúncia de dois integrantes do departamento de futebol rubronegro. Os dirigentes Hermenegildo de Sousa e Felipe Ximenes deixaram seus cargos na semana passada. O diretor executivo Ricardo Pereira, que promoveu uma reformulação no elenco e também sofreu críticas, continua no cargo.

O presidente do Conselho Deliberativo, Sebastião Albuquerque, recebeu a carta renúncia e deve encaminhá-la ainda hoje à Federação Cearense de Futebol.  O vice-presidente Everaldo Sousa e Silva, conhecido como Veras, deve assumir o clube e concluir o mandato que vai até julho de 2015.

Tags: , , , , ,

Temendo punição, Icasa desfaz acordo com três jogadores

Publicado em 30/09/2014 - 17:27 por | Comentar

Categorias: icasa
  • Enviar para o Kindle
Matheus não vai defender o Icasa (Foto: Divulgação)

Matheus não vai defender o Icasa (Foto: Divulgação)

O goleiro Matheus, um dos últimos reforços do Icasa para o restante da temporada não vai se apresentar ao clube. Após uma consulta, os dirigentes icasianos descobriram que o jogador não poderia atuar pelo Verdão, pois já jogou outras duas competições nacionais este ano. Dessa forma, o acordo foi desfeito e Matheus sequer viajou até Juazeiro do Norte.

Matheus iniciou o ano atuando pela Lajeadense e participou da estréia da equipe gaúcha na Copa do Brasil. Depois foi contratado pelo Pelotas e disputou o Campeonato Brasileiro Série D. A transferência para o Icasa feriria o artigo 49 do Regulamento Geral das Competições.

Por motivos semelhantes, o Icasa não escalou outros dois jogadores. O lateral direito Alan e o atacante Júnior Barros estão treinando com o elenco a mais de 15 dias, mas não poderão atuar, pois o contrato com o time alviverde ultrapassa o limite de transferências que cada atleta pode fazer na mesma temporada. A dupla reduziu salários, vai continuar treinando e deve defender o Verdão em 2015.

O curioso é que tanto o atacante Júnior Barros quanto o goleiro Matheus receberam condição de jogo pela CBF e estão com seus nomes inscritos no BID (Boletim Informativo Diário). A documentação do Alan não foi enviada, pois já havia sido descoberta a condição do jogador. De qualquer forma, o Icasa não vai escalar os atletas.

Tags: , , ,

Atacante Lucas Gomes é punido pela diretoria do Icasa

Publicado em 29/09/2014 - 14:40 por | Comentar

Categorias: icasa
  • Enviar para o Kindle
Lucas Gomes foi expulso contra o ABC (Foto: Luís Moura/Agência Estado)

Lucas Gomes foi expulso contra o ABC (Foto: Luís Moura/Agência Estado)

Expulso na vitória sobre o ABC, o atacante Lucas Gomes foi punido pela direção do Icasa. O jogador, que foi cobrado pelos companheiros depois de perder uma chance clara de gol e reagiu discutindo com o lateral Ivonaldo, não vai receber as gratificações referentes ao empate com o Santa Cruz e ao triunfo sobre os potiguares. Além disso, Lucas Gomes terá que distribuir cestas básicas para uma instituição carente de Juazeiro do Norte.

Na reapresentação do elenco icasiano, Lucas Gomes se retratou com os companheiros e recebeu apoio dos jogadores. Destaque da equipe nas últimas rodadas, o atacante desperdiçou uma grande chance de gol aos oito minutos do segundo tempo. O preciosismo do jogador foi alvo de críticas do capitão Naylhor e de outros companheiros. Lucas Gomes discutiu asperamente com Ivonaldo e foi expulso pelo árbitro.

O atacante tem 24 anos e foi emprestado ao Verdão do Cariri pelo Londrina, clube detentor dos seus direitos federativos. Lucas Gomes é paraense de Bragança e fica no Icasa até o final do ano.

Tags: , , , ,

Icasa bate recorde no ano e ultrapassa a marca de 80 contratações

Publicado em 26/09/2014 - 13:00 por | 1 Comentário

Categorias: icasa
  • Enviar para o Kindle
Titulares na estréia da Série B não estão mais no elenco (Foto: Icasafc)

Titulares na estréia da Série B não estão mais no elenco (Foto: Icasafc)

Esta sexta-feira marca o encerramento do prazo para novas contratações tanto para o Campeonato Brasileiro Série B, quanto para a Taça Fares Lopes. Contando todos os jogadores contratados para a atual temporada, o Icasa alcançou a incrível marca de 84 contratações. “É um número alto, sem dúvida, e mostra erros de planejamento que infelizmente nós cometemos ao longo do ano”, comentou o diretor de futebol Emerson Maranhão.

No início do ano, 28 jogadores foram contratados para o Campeonato Cearense. Destes, 10 atletas deixaram o clube antes do término do estadual. Para a Série B, 15 novos reforços foram contratados e apenas o lateral direito Paulo Henrique, o volante Dodó, o atacante Henry e os zagueiros Naylhor e Gilberto continuam no Verdão.

Na parada para a Copa do Mundo, mais 15 atletas desembarcaram em Juazeiro do Norte. Dessa nova leva, sete jogadores saíram e apenas oito continuam no grupo. Ao longo da competição, outro “ajustes” foram feitos no elenco, alcançando o número de 84 contratações. Alguns jogadores deixaram o Icasa antes mesmo de entrar em campo, como o zagueiro Juliano, o volante Zé Augusto e o meia Bruninho. Confira a lista completa:

GOLEIROS – Mauro (machucado), Dionantan (dispensado), Fábio (dispensado), Madson (continua), Edson (pediu rescisão), Busatto (continua), Matheus (novo reforço) e Fernando Júnior (novo reforço);

LATERAIS – Ismael (dispensado), Douglas (dispensado), Zé Carlos (contratado pelo Ituano), Osmar (dispensado), Glaybson (dispensado), Paulo Henrique (continua), Ivonaldo (continua), Aelson (dispensado), Rodrigo Fernandes (continua), Alan (novo reforço), Zeca (continua) e Roger (novo reforço);

ZAGUEIROS – Ramon (dispensado), Leonardo (dispensado), Airton Júnior (dispensado), Brito (dispensado), Preto Costa (dispensado), Leomar (dispensado), Samuel (dispensado), Naylhor (continua), Gilberto (continua), Juliano (contratado pelo Confiança), Cleylton (devolvido ao Grêmio), Paulão (dispensado), André Felipe (dispensado), Carlinho Rech (continua), Josué (novo reforço) e Marco Tiago (novo reforço);

VOLANTES – Guídio (continua), Gustavo (dispensado), Foguinho (dispensado), Ricardo Baiano (dispensado), Jônatas (dispensado), Elanardo (dispensado), Jonatan Lima (contratado pelo Ituano), Dodó (continua), Zé Augusto (devolvido ao Guarany), Rodrigo Vitor (continua), Rodney (continua), Albano (continua), Fernando Sobral (continua), Mauri (novo reforço) e Felipe Guedes (novo reforço);

MEIAS – Diogo Barcelos (dispensado), Juninho (dispensado), Juninho Cearense (dispensado), Danilinho (dispensado), Júnior Xuxa (dispensado), Alan Mineiro (devolvido à Ferroviária), Eliomar (continua), Danilo Cintra (continua), Luiz Fernando (continua), Bruninho (dispensado) e Felipe Lima (novo reforço);

ATACANTES – Paulo César (contratado pelo Aimoré), Canga (dispensado), Bismark (continua), Wesgley (dispensado), Felipe Klein (dispensado), Sérgio Júnior (dispensado), Zulu (dispensado), Ricardinho (dispensado), Henry (continua), Bruno Nunes (dispensado), Jeorge (dispensado), Vânger (devolvido à Tombense), Núbio Flávio (continua), Lucas Gomes (continua), Neílson (continua), Thiago Miracema (dispensado), Marciel (continua), Cassiano (continua), Eric (continua), Júnior Barros (novo reforço), Nilson (novo reforço) e Diego Ferreira (novo reforço).

OBS. – Os jogadores promovidos das categorias de base ou que tinham contratos assinados durante a temporada passada não foram computados, pois o Blog contabilizou apenas os jogadores contratados para 2014.

Tags: ,

Icasa perde um goleiro e contrata outros dois

Publicado em 25/09/2014 - 21:31 por | Comentar

Categorias: icasa
  • Enviar para o Kindle
Fernando Júnior e Matheus foram contratados pelo Icasa (Foto: Divulgação)

Fernando Júnior e Matheus foram contratados pelo Icasa (Foto: Divulgação)

Sem o goleiro Edson, que pediu pra deixar o clube alegando problemas familiares, a diretoria do Icasa teve que correr pra contratar um substituto. Com um jogador para a posição já estava sendo procurado, os dirigentes acertaram como mais dois goleiros: Matheus e Fernando Júnior. Os dois se juntam ao titular Busatto e aos dois garotos da base David e Madson.

Matheus é catarinense de Concórdia e começou a carreira nas categorias de base do Internacional e do Grêmio. Depois de uma passagem pelo Novo Hamburgo, foi contratado pelo Sport Recife e passou três temporadas na equipe pernambucana. Seu último clube foi o Pelotas, onde disputou a Série D. O goleiro tem 1,92 de altura, 28 anos e já fez alguns trabalhos como modelo.

Fernando Júnior Teve boas passagens pelo Ferroviário em 2013 e 2014. Revelado pelo Grêmio, o goleiro nasceu em Toledo/PR e estava no Moto Club. Jogou ainda no Pelotas e no CFZ/RJ. Aos 24 anos, o novo reforço tem 1,93 de altura.

NOVO ATACANTE – Além dos dois goleiros, o Icasa também contratou o atacante Diego Ferreira. O jogador de 26 anos chega como uma aposta da diretoria. O novo reforço estava no Brasil de Farroupilha e foi companheiro do zagueiro Gilberto no Rio Claro.

Tags: , ,

Icasa: ainda escapa?!

Publicado em 24/09/2014 - 0:12 por | 3 Comentários

Categorias: icasa
  • Enviar para o Kindle

Não se analisa futebol apenas tendo como base os resultados dentro de campo. E este post está longe da pretensão de ensinar, muito pelo contrário, mas expor o que tenho aprendido na curiosidade de conversar com gente que verdadeiramente entende do que fala. Analisar futebol a partir de uma vitória ou de uma derrota é muito fácil. Se ganhou, tudo está certo. Se perdeu, tudo está errado. O futebol é muito mais complexo e, como tal, merece sempre uma análise muito mais profunda.

Pra começo de conversa, analisar requer estar bem informado. Não basta descrever o que está sendo visto. Afinal, todos estão vendo a mesma coisa. A ideia inicial de um comentário é fazer com que o torcedor reflita sobre um posicionamento. Que aquilo está acontecendo, todos estão vendo, mas porque está acontecendo?

Partindo desse princípio, é cruel comentar baseado apenas no resultado. Uma derrota ou uma má atuação, sempre terá uma explicação. Essa justificativa pode atenuar a situação ou até piorá-la, de acordo com as informações que vão embasar a opinião.

Tudo isso exposto, vamos analisar a atual situação do Icasa, que não vence a 10 jogos e agoniza a algumas rodadas na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro Série B. O texto está sendo postado logo após mais uma derrota do time na competição (2 a 1 para o Bragantino). Nada mais cômodo que criticar o Verdão e concordar com o pessimismo que hoje (compreensivelmente) toma conta do torcedor.

Contudo, embasado pelo trabalho que está sendo desenvolvido pelo clube; pela situação na tabela e jogos restantes; além de analisar os adversários, a situação (acreditem) não é tão ruim como parece. Senão, vejamos:

1 – O Icasa bateu todos os recordes de contratações durante uma mesma temporada. Várias delas, sequer estrearam. As muitas reformulações atrapalharam bastante. Mas é preciso aprofundar os motivos que fizeram tantas decisões serem tomadas. O clube foi vítima de vaidade de dirigentes, que resolveram dividir o elenco entre os contratados de um e os contratados de outro. Essa divisão deixou bons jogadores de fora e alguns com qualidade duvidosa em campo. Além de ter confundido a cabeça de treinadores (no plural mesmo). Os dirigentes demoraram pra tomar as decisões corretas e, principalmente, não explicaram o real motivo da saída de alguns atletas. Isso causou saudade em torcedores, que viam os “substitutos” não renderem. Indisciplina, falta de compromisso e, claro, a qualidade técnica de alguns motivaram as mudanças. Os problemas financeiros deixaram o ambiente bastante nocivo. No entanto, o momento é totalmente diferente, o clima no elenco é outro e isso é fato, contado pelos próprios jogadores remanescentes, em conversas particulares.

2 - A tão questionada qualidade do elenco é bastante relativa. É preciso lembrar que o principal atacante do time hoje, Lucas Gomes, estava na equipe desde a parada pra Copa. O volante Rodrigo Vitor está recuperando a forma física e técnica depois de também ter sido preterido pelos outros treinadores. Dois exemplos de jogadores sem “currículos”, que nunca jogaram a Série B, mas já mostraram qualidade. Convém lembrar que jogadores com “currículos”, como o atacante Zulu, não foram bem. O histórico do atleta é importante, mas não determina seu rendimento. Na Série B de 2010, Assisinho, Guto, Júnior Xuxa e cia. jamais haviam jogado a competição. No ano passado, o lateral Neílson estava na reserva de um time da Série D e arrebentou com a camisa do Verdão. Na maioria dos  casos, o ambiente é fundamental para os atletas. Alguns superam melhor as dificuldades. Outros sucumbem. Nada mais elementar. O Icasa resolveu trocar a desmotivação pela obstinação. Dentro desse raciocínio, é provável que nomes como Josué, Mauri, Felipe Guedes, Luiz Fernando, etc., passem a ocupar o lugar dos tão questionados atuais jogadores.

3 – Restam 13 jogos para o fim do Campeonato Brasileiro. Parece pouco, mas representa 1/3 da competição. Precisando conquistar cerca de 24 pontos, o Icasa ainda vai disputar 39. A tarefa, claro, é árdua, mas não é tão distante assim. A análise, aliás, precisa ser desgarrada dos resultados (afinal são 10 rodadas sem vencer) e ser preenchida por informação. A crise financeira não foi solucionada pelo clube. Mas o momento é mais favorável. A tendência é que os reforços encontrem um ambiente melhor pra trabalhar. Certamente, todos não terão rendimento pleno. Contudo, o cenário favorece boas perspectivas técnicas. Na classificação atual, América/RN e Oeste (que se enfrentam na próxima rodada e, necessariamente vão perder pontos) parecem ser os principais adversários. O Verdão ainda enfrenta ambos e recebe os paulistas no Romeirão. Claro que aproveitamento terá que melhorar nos outros jogos.

Por fim, não quero parecer o maior exemplo de otimismo do mundo. Tampouco quero nadar contra a maré. Apenas estou tentando fazer o leitor refletir. Se pegarmos a tabela de classificação sem nada do que foi exposto acima, o Icasa está fadado ao rebaixamento. Bons reforços, melhor aproveitamento e pagamentos em dia podem melhorar o cenário. Definir a prematura queda para a Série C é como a análise apressada da derrota para o Bragantino. Elogios a um primeiro tempo bom (que venceu por 1 a 0) e criticas após o jogo (porque perdeu). Nem tudo estava bem na etapa inicial, mas não se pode jogar o que de bom foi feito no lixo por conta da derrota. Analisar requer muito mais do que olhar apenas para o resultado. Falta tanta coisa pra acontecer nessa Série B que me nego a acompanhar as apressadas previsões. Afinal, exemplos de superação se confundem com a história do Icasa.

Página 1 de 6612345...102030...Última »

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999