Busca

Categoria: Botânica


07:00 · 27.07.2011 / atualizado às 11:04 · 26.07.2011 por
Espécies vegetais nativas, como o juazeiro (Ziziphus joazeiro), precisam ser valorizadas e preservadas Foto: Alex Pimentel

Com uma programação que envolve 115 atividades, entre palestras, simpósios, mesas-redondas, mini-cursos, oficinas, exposições, reuniões , lançamento de livros, premiações,e excursões de campo, incluindo a entrega do Prêmio Verde 2011, o 62° Congresso Nacional de Botânica (CNBOT62) vai reunir, de 7 a 12 de agosto, no Hotel Praia Centro, em Fortaleza, cerca de 3.500 participantes de diferentes Estados brasileiros e até do exterior.

Realizado pelo Curso de Ciências Biológicas (CCB) da Universidade Estadual do Ceará (Uece), o encontro tem como tema “Botânica e Desenvolvimento Sustentável”. As inscrições estão abertas e podem ser feitas, através do site: http://www.uece.br/eventos/cnbot62/ até o dia 31 de julho de 2011.

O evento é promovido anualmente pela Sociedade Botânica do Brasil (SBB) e em 2011 a realização é do Curso de Ciências Biológicas (CCB) da Uece. Para este ano serão considerados os aspectos de preservação das reservas naturais dentro da perspectiva do desenvolvimento sustentável, pois o desmatamento indiscriminado, o extrativismo predatório e o desrespeito à natureza podem acarretar no desaparecimento de plantas com grande potencial terapêutico e que ainda não foram pesquisadas sob o ponto de vista botânico, agronômico, fitoquímico ou farmacológico. Aspectos estes que se encontram agravados diante da nova realidade do aquecimento global.

Este novo cenário tem afetado o rico e diverso ambiente sul-americano, que é extraordinário, especialmente no caso do Brasil, que tem a maior diversidade biológica de plantas, animais e microrganismos do planeta, além de possuir invejável acervo de recursos naturais edafoclimáticos, hídricos e de revestimento florístico.

Estima-se que o Brasil possua cerca de 20% de toda a biodiversidade existente no Planeta, ao mesmo tempo em que contém em torno de 19% dos solos agricultáveis do mundo. Apesar de toda essa riqueza, o País é altamente dependente dos produtos exóticos, cujo atual e necessário intercâmbio do germoplasma desejado, torna-se cada vez mais difícil em face das leis de propriedade intelectual e de acesso aos recursos genéticos, já considerados em muitos países, fontes destes recursos naturais.

O Congresso deve incentivar a interação e a integração entre estudantes, especialistas, mestres e doutores dos diversos segmentos da Botânica. Os 3.500 participantes vão tratar das diferentes questões relacionadas à conservação da natureza, biodiversidade, uso sustentável e mercado de trabalho, sob a ótica do ensino, pesquisa e extensão.

Na ocasião serão abordadas todas as áreas da Botânica, com ênfase no desenvolvimento sustentável, o que amplia a participação e integração de diversos grupos de pesquisa interessados no contexto do continente sul-americano.

Para atender à grande pauta de atividades estão previstas cinco palestras magistrais, 16 simpósios, 26 mesas-redondas, 12 mini-Cursos (pré-congresso), dez reuniões satélites, 14 seções de apresentações de pôsteres, 16 seções de apresentações orais, uma assembleia da SBB (ordinária), cinco oficinas, duas exposições, seis excursões, um lançamento de plano de conservação e a entrega do Prêmio Verde 2011.

 

Fonte / contato: secretaria do CNBOT62 (85) 3101.9957 / 3101.6102

Local do evento: Hotel Praia Centro/Fábrica de Negócios

Fortaleza-CE, Avenida Monsenhor Tabosa, 740, Praia de Iracema

www.praiacentro.com.br

 

Comissão Organizadora do Congresso:

Presidente: Dr. Eliseu Marlônio Pereira de Lucena (Uece)

Vice-Presidente: Dra. Maria Arlene Pessoa da Silva (Urca)

1º Secretário: Dr. Oriel Herrera Bonilla (Uece)

2º Secretário: Dr. Fernando Antônio Souza de Aragão (Embrapa)

1ª Tesoureira: Dra. Roselita Maria de Souza Mendes (Uece)

2ª Tesoureira: M.Sc. Jeanne Barros Leal de Pontes Medeiros (Uece)

Coordenação do Comitê Científico:

Dr. Eliseu Marlônio Pereira de Lucena (Uece)

Dra. Sirleis Rodrigues Lacerda (Urca)

M.Sc. Lydia Dayanne Maia Pantoja (Uece)