Busca

Categoria: Gestão Ambiental


22:11 · 05.06.2016 / atualizado às 22:37 · 05.06.2016 por

gestao_Página_01
O Planeta já dá sinais de que se nós – indivíduos, empresas, governos – não mudarmos nossas atitudes, seguiremos para o nosso declínio.
Nesta edição 2016 especial de Gestão Ambiental do Dia Mundial do Meio ambiente, falamos francamente com o secretário-executivo do Observatório do Clima, Carlos Rittl.
Tratamos também do tema mitigação, mostrando a palma forrageira como uma opção viável de manter o rebanho, já que o Estado do Ceará amarga o quinto ano seguido de seca.
Também focamos experiências bem-sucedidas de Gestão Ambiental de empresas como a Esmaltec e a C. Rolim Engenharia.
Destacamos a guinada sustentável da gigante C&A, que uniu-se à National Geographic para promover o cultivo do algodão orgânico, considerando inclusive a produção do agricultores familiares do Ceará.
Por fim, tratamos de um novo investimento que já vem fazendo a diferença na gestão dos Resíduos Sólidos no Ceará, por meio da Cidade Limpa Ambiental.

Confira todas as páginas em álbum na Fan Page do Blog Gestão Ambiental no Facebook.
Aproveitem a leitura!

16:58 · 11.05.2016 / atualizado às 17:02 · 11.05.2016 por

Coluna_GestãoAmbiental

A partir desta quarta-feira, Gestão Ambiental muda o seu formato para coluna, permanecendo na contracapa do caderno de Negócios do Diário do Nordeste todas as quartas-feiras, com informações sobre o mercado da sustentabilidade, tando do ponto de vista do setor produtivo quanto do ponto de vista do consumidor. Quem tiver sugestões de notas pode enviar e-mail para gestaoambiental@diariodonordeste.com.br

16:12 · 19.12.2014 / atualizado às 16:14 · 19.12.2014 por

GESTÃO AMBIENTAL_10 ANOS

A primeira página de Gestão Ambiental foi publicada no dia 19 de dezembro de 2004, na contracapa do caderno de Negócios do Diário do Nordeste, com o objetivo de dar visibilidade ao que se faz ou o que se pode fazer, no setor produtivo, no sentido de promover uma convivência menos impactante no equilíbrio ambiental do nosso Planeta. Neste dez anos, empresas, iniciativas e ideias foram lançadas neste espaço.

No dia 28 de fevereiro de 2011 foi feita a primeira postagem no Blog Gestão Ambiental, um espaço mais dinâmico, com conexão direta com rede sociais como o Facebook, Twitter e Google +.

Nestes dez anos, temas como uso racional dos recursos naturais, conservação da biodiversidade e muitos outros têm estado presentes semanalmente na pauta do Diário do Nordeste.

Para marcar a data, desde o Dia Mundial do Meio Ambiente deste 2014 publicamos reportagens especiais. Abordamos a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), uso racional da água, Caatinga, Consumo Consciente e Gestão Ambiental de uma forma mais ampla, partindo da norma ISO 14000Sistema de Gestão Ambiental (SGA).

A página e o blog de Gestão Ambiental continuam espaços abertos para mostrar as boas iniciativas em prol de um estilo de vida que busque o Desenvolvimento Sustentável.

21:04 · 30.11.2014 / atualizado às 21:07 · 30.11.2014 por

 

PDFs_P_01

A primeira página de Gestão Ambiental foi publicada no dia 19 de dezembro de 2004, na contracapa do caderno de Negócios do Diário do Nordeste, com o objetivo de dar visibilidade ao que se faz ou o que se pode fazer, no setor produtivo, no sentido de promover uma convivência menos impactante no equilíbrio ambiental do nosso Planeta.

De lá para cá muitas empresas, iniciativas e ideias foram lançadas neste espaço. No dia 28 de fevereiro de 2011 foi feita a primeira postagem no Blog Gestão Ambiental, um espaço mais dinâmico, com conexão direta com rede sociais como o Facebook, Twitter e Google +.

Nestes dez anos, temas como uso racional dos recursos naturais, conservação da biodiversidade e muitos outros estiveram presentes semanalmente na pauta do Diário do Nordeste de forma expressiva e, para marcar a passagem deste importante momento, desde o Dia Mundial do Meio Ambiente deste 2014, estamos publicando reportagens especiais.

Começamos por abordar um assunto mais que relevante neste ano: A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), já que o mês de agosto último marcou os quatro anos da promulgação desta Lei e o fim do prazo de extinção dos lixões no País, o que, infelizmente, ainda é realidade na maior parte do território nacional. Mas continuamos de olho.

Em agosto, abordamos questões relacionadas ao uso racional da água nas suas mais diversas possibilidades. Desde a adoção de tecnologias que evitam o desperdício, chegando até o aproveitamento da água da chuva e o reúso, prática que já vem fazendo a diferença em muitas empresas, algumas que dependem quase que exclusivamente desse recurso.

No mês seguinte, setembro, tratamos de vegetação e, como vivemos em uma região dominada pelo clima semiárido, o nosso bioma, a Caatinga, esteve no centro da discussão, tendo em vista as suas riquezas, peculiaridades e também vulnerabilidades e ameças, já que, com o aquecimento global, as regiões semiáridas tendem a ser mais afetadas com o prolongamento e intensificação das estiagens, como já estamos vivenciando nestes últimos três anos.

Outubro foi o mês de tratar de um tema que diz respeito ao dia a dia de todos nós: Consumo Consciente. Se cada um parar para pensar no impacto dos seus atos sobre a saúde do Planeta, certamente chegará à conclusão que pode mudar muita coisa e fazer a diferença no conjunto. Desde o hábito de usar sacolas retornáveis até o de buscar alternativas ao transporte individual, há muito que fazer.

Neste último especial, publicado no dia 26 de novembro, tratamos de mais alguns temas importantes para avançarmos na direção de um setor produtivo mais sintonizado com a natureza que nos cerca, protege e fornece tudo o que precismos para viver como indivíduos em coletividade.

O primeiro é a certificação de produtos e empresas, atestados dessa tentativa de buscar um balanço mais ambientalmente saudável das atividades produtivas. Certificação de orgânico, FSC, Leed, Aqua e mesmo a nossa norma ISO da série 14000 – Sistema de Gestão Ambiental (SGA) não garantem tudo, mas mostram caminhos a se seguir.

Em segundo lugar, falamos de carreiras na área ambiental, desde as formações clássicas na área, como Biologia e Geografia, passando por cursos de pós-graduação lato sensu, em Gestão Ambiental, por exemplo; e stricto sensu, Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente (Prodema), para citar um; aos cursos mais novos e específicos, onde reina a Engenharia Ambiental e temos o recém-lançado Economia Ecológica. São muitas as opções para quem deseja atuar na área e o mercado de trabalho já tem demanda certa para esses profissionais.

A página e o blog de Gestão Ambiental continuam espaços abertos para mostrar as boas iniciativas em prol de um estilo de vida que busque o desenvolvimento sustentável.

08:52 · 05.06.2014 / atualizado às 09:05 · 05.06.2014 por

Negocios

Por Maristela Crispim

Hoje comemora-se o Dia Mundial do Meio Ambiente e, em dezembro, a página de Gestão Ambiental do Diário do Nordeste celebra dez anos de existência. Para marcar essas duas importantes datas, o Diário inicia, com um caderno, uma série de reportagens especiais. O primeiro tema é resíduos sólidos.

Estamos a praticamente dois meses do fim do prazo dado pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) para o fim dos lixões em nosso País e indústria, comércio, consumidores, poderes públicos, todos são chamados à responsabilidade pelo destino dado ao que se produz, comercializa e consome.

Longe de ser encarada como mais um problema, a questão dos resíduos sólidos pode e deve ser vista como oportunidade. Muitos já estão se movimentando para mudar as coisas. Mas ainda há muito a ser feito.

Reduzir a demanda por matérias-primas virgens, reaproveitar ou usar matérias-primas recicladas, reduzir a produção de resíduos, destiná-los ao reúso e reciclagem são algumas das ações.

Mas a mudança deve começar em cada um, precisa ser individual. Necessitamos ter a consciência de que o saquinho de lixo que depositamos na calçada não desaparece de forma mágica.

O caminho apontado pela Lei é a Logística Reversa, instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos ou outra destinação final ambientalmente adequada.

A boa notícia é que já temos shopping centers, supermercados empresas de eletroeletrônico, construtoras e até mesmo a Companhia Energética do Ceará (Coelce) despontando nestas ações, antes mesmo de o consumidor tomar consciência de que pode fazer algo para mudar o rumo das coisas.

Como foi dito, este caderno especial apenas dá início a uma abordagem mais aprofundada das temáticas desenvolvidas rotineiramente pela página de Gestão Ambiental. Mês a mês outros temas serão tratados de forma especial, às quartas-feiras, no caderno de Negócios.

Referência

As discussões de temas como o impacto das Mudanças Climáticas, convivência com as adversidades climáticas do Semiárido, uso sustentável da Caatinga, Desertificação e gestão de resíduos sólidos, entre outros, têm feito do Diário do Nordeste uma referência em Jornalismo Ambiental na região, com destaque nos principais prêmios nacionais de jornalismo em Sustentabilidade.

Coluna e blog

O Diário do Nordeste é um dos poucos veículos diários do País a possuir espaços específicos para o tema sustentabilidade. A coluna Mercado Verde, publicada na página de Gestão Ambiental, aponta ações sustentáveis, ou não, no meio econômico.

Da mesma forma, o blog Gestão Ambiental há três anos tem focado as questões ambientais, principalmente aquelas relacionadas à nossa realidade regional.

08:25 · 11.11.2013 / atualizado às 08:38 · 11.11.2013 por
O Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar faz também outros reconhecimentos, como o Certificado de Qualidade Empresa 100% às empresas com frota totalmente aprovada pelo Programa Despoluir Foto: Eduardo Queiroz / Agência Diário
O Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar, faz também outros reconhecimentos, como o Certificado de Qualidade Empresa 100% às empresas com frota totalmente aprovada pelo Programa Despoluir Foto: Eduardo Queiroz / Agência Diário

Com o objetivo de reconhecer as empresas do setor de transportes de passageiros e de cargas que investem em projetos ambientais, a Federação das Empresas de Transportes Rodoviários (Cepimar) realiza, hoje (11), no 23º Batalhão de Caçadores – Batalhão Marechal Castello Branco, em Fortaleza, a entrega do Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar 2013, já em sua 11ª edição. A solenidade começa às 16 horas e conta com a presença de empresários, personalidades do setor e colaboradores das 29 empresas concorrentes ao prêmio.
O processo de avaliação, realizado de 1 de janeiro a 30 de setembro de 2013, superou as edições anteriores no número de iniciativas quanto à implantação de projetos ambientais. Nos três Estados de atuação da Cepimar, o número de inscrições teve adesão de 134,29% a mais de empresas em relação a 2012.
O Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar também confere Certificado de Qualidade Empresa 100% às empresas com frota totalmente aprovada pelo Programa Despoluir e que não tiveram nenhuma multa aplicada pelos órgãos fiscalizadores ambientais; e o Troféu Destaque Ambiental a personalidades ou instituições cujas ações contribuem para um meio ambiente saudável.
Despoluir
A Cepimar coordena o programa ambiental do transporte, o Despoluir, que tem como objetivo promover o uso racional de combustível no setor de transporte. A equipe do programa realiza aferições periódicas nos veículos das frotas das empresas do Ceará, Piauí e Maranhão. Além de orientar sobre o recebimento e armazenamento do óleo diesel e realizar palestras sobre condução segura e econômica.
Mais informações
Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar – Versão 2013 – Fortaleza
Local: 23º Batalhão de Caçadores – Batalhão Marechal Castello Branco
Data: 11 de novembro (segunda-feira)
Hora: 16h

07:17 · 10.01.2013 / atualizado às 07:17 · 10.01.2013 por

O prazo para participar do Concurso de Artigos sobre Iniciativas de Estímulo à Sustentabilidade nas Micro e Pequenas Empresas termina em 20 de janeiro. O concurso marca uma década da parceria entre o Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequena Empresa (Sebrae) e a Confederação Nacional de Municípios (CNM).

As inscrições deverão ser encaminhadas por sedex ou serviço similar. O objetivo é valorizar exemplos bem-sucedidos de políticas públicas, no âmbito dos municípios, que estimulem o desenvolvimento local e contribuam para o desenvolvimento sustentável, com distribuição da renda. O concurso também incentiva a formulação de ações para que as Micro e Pequenas Empresas – situadas ou com atuação no território do Município – utilizem-se de processos sustentáveis do ponto de vista ambiental, social e econômico.

Podem concorrer trabalhos individuais e em grupo, de candidatos vinculados à administração pública municipal de qualquer cidade brasileira, independentemente do nível de formação pessoal. Os candidatos poderão apresentar apenas um artigo sobre um dos quatro seguintes temas: Gestão Ambiental, Eficiência Energética, Resíduos Sólidos e Sustentabilidade Rural.

Serão premiados os três primeiros colocados em cada tema. O primeiro lugar receberá R$ 5 mil, enquanto o segundo colocado terá direito a R$ 3 mil e o terceiro colocado, R$ 1 mil.

O resultado do concurso será publicado nos sites da Confederação Nacional de Municípios (http://www.cnm.org.br) e do Sebrae (http://www.sebrae.com.br ) a partir de 30 de abril de 2013. A solenidade de premiação será realizada em Brasília.

Mais detalhes em: www.portaldodesenvolvimento.org.br/concurso

00:53 · 17.03.2011 / atualizado às 00:53 · 17.03.2011 por

O Sest/Senat realiza nesta sexta, dia 18 de março, das 8h às 16h30, em seu auditório, seminário sobre Gestão Ambiental de Frota (GAF). O evento é realizado em parceria com as montadoras de veículos comerciais a diesel, a Petrobrás e o Ministério Público Federal.

O objetivo do seminário é  contribuir de forma ativa com a difusão e o aperfeiçoamento das boas práticas ambientais no setor de transportes, bem como assegurar o máximo de aproveitamento possível dos veículos, em relação ao meio ambiente.

A primeira palestra tratará sobre assuntos como “Controle Ambiental e Noções sobre Meio Ambiente” e “Emissões Veiculares e Legislação”. Também  serão realizadas palestras sobre temas como Tecnologia dos Motores Diesel, Qualidade do Combustível e Identificação de Falhas, dentre outros assuntos.

À tarde serão realizadas palestras sobre os temas “Condução Econômica e Ambientalmente Responsável” e “Disposição Ambientalmente Correta de Resíduos”

O Sest/Senat fica na Rua Dona Leopoldina, 1050 – Centro. O telefone para informações é (85) 3304.4111.