Busca

Categoria: Poluição Sonora


10:46 · 24.04.2013 / atualizado às 13:34 · 24.04.2013 por
Imagem: SXC.HU
Imagem: SXC.HU

O mundo inteiro comemora hoje o 18th Annual International Noise Awareness Day (18º Dia Anual Internacional de Sensibilização para o Ruído), criado pelo The Center for Hearing and Communication (O Centro para a Audição e Comunicação), de New York (EUA).

Criado pelo próprio Centro para a Audição e Comunicação, o Dia Internacional da Sensibilização para o Ruído consiste na realização de 60 segundos de silêncio e a promoção de diversas atividades educativas, para destacar o impacto do ruído na vida cotidiana, sempre na última quarta-feira de abril.

A campanha pretende conscientizar a população sobre o ruído e seus efeitos. Isso inclui informar sobre os efeitos do ruído na saúde, na qualidade de vida, no meio ambiente, bem como a destacar a responsabilidade de cada um em reduzir o ruído gerado pelas atividades diárias.

Quem desejar, pode cadastrar-se, tanto organizações profissionais, quanto ativistas comunitários e indivíduos ao redor do mundo, para participar de alguma forma da mobilização. O conteúdo on-line do Centro para a Audição e Comunicação tem informações e orientações para fazer parte desta importante iniciativa global.

No Brasil, a campanha é denominada Dia Internacional de Conscientização sobre o Ruído (Inad), está em sua sexta edição, comemorada hoje, 24 de abril, e conta com o apoio da Sociedade Brasileira de Acústica (Sobrac) e Academia Brasileira de Audiologia (ABA). Este um minuto de silêncio está programado para hoje, entre 14h25 e 14h26, horário de Brasília.

No País, as ações de conscientização envolvem palestras, medições de ruído e distribuição de folders explicativos, entre outras. Após a Campanha da Voz 2013, que marcou a semana do Dia Mundial da Voz (16 de abril), o objetivo agora é informar a população quanto aos malefícios gerados pela poluição sonora.

Mais Informações no Site do Inad, Perfil no Facebook ou no Site do Center for Hearing and Communication

14:31 · 09.03.2011 / atualizado às 14:31 · 09.03.2011 por

Com a sanção da “lei do paredão” em Fortaleza – que proíbe o uso dos paredões de som automotivo em logradouros públicos e locais de uso comum da população – espera-se que finalmente os habitantes da Capital Cearense possam ter a paz merecida.

 Só falta, para isso, a publicação do texto sancionado no Diário Oficial do Município (DOM). Fica a torcida, de quem tem o sossego afetado pelo barulho de quem não se contenta em ouvir sua música sozinho ou com os seus, para que efetivamente se cumpra o que determina a lei.