Busca

Tag: Ateliê Pistache Ganache


15:43 · 25.08.2017 / atualizado às 15:57 · 25.08.2017 por
A coleção da C&A com a Certificação Cradle to Cradle™ estará disponível em 29 lojas físicas e na loja on-line a partir de 1º de setembro, com versões feminina e masculina, em seis cores cada uma Foto: Maristela Crispim

A C&A, empresa de moda que vem oferecendo produtos e experiências que vão além do vestir, lançou, nessa quarta-feira, a sua primeira coleção circular de camisetas com certificação de nível Gold da Cradle to Cradle™.

Na ocasião, foi realizada uma mesa-redonda para debater questões como produção sustentável, os desafios da economia circular e o futuro da indústria da moda. Participaram dessa conversa o presidente da C&A, Paulo Correa; a líder da Ellen MacArthur Foundation no Brasil, Luísa Santiago; e a atriz e apresentadora Fernanda Paes Leme, com mediação da jornalista Lilian Pacce.

Participaram de mesa-redonda, no lançamento, a atriz e apresentadora Fernanda Paes Leme; o presidente da C&A, Paulo Correa; e a líder da Ellen MacArthur Foundation no Brasil, Luísa Santiago; com mediação da jornalista Lilian Pacce Foto: Maristela Crispim

Inédita na indústria da moda, a coleção é um marco para a C&A e mostrou que é possível mobilizar todos os players do mercado para desenvolver peças de forma social e ambientalmente responsáveis.

“Estamos trazendo uma história que entendemos ser um marco para o varejo de moda nacional, com o lançamento das primeiras camisetas desenhadas para serem recicladas em escala mundial. Temos a responsabilidade de liderar esse processo, já que temos o compromisso de oferecer uma moda com impacto positivo”, disse o presidente da C&A, Paulo Correa.

Paulo destacou, além da importância do pioneirismo de produzir, em escala, uma camiseta com esse conceito, que pode ser reutilizada de diversas formas no fim da sua vida útil ou simplesmente ser compostada, que a moda é uma forma de expressão pessoal que não deve ser imposta.

Dessa forma, ele ressaltou o papel de liderança num processo de transformação, que vem da dimensão filosófica da empresa familiar desde 1840: “Usar a moda para o bem é uma responsabilidade”.

Para ser mais sustentável, o futuro da moda deve ser colaborativo e construído em parceria com toda a indústria. Essa constatação é de Luísa Santiago, que também reforçou que a C&A está trazendo ao mundo coisas concretas, inspirando e de fato mostrando que é possível fazer uma economia circular regenerativa e restaurativa por princípio, que una a ideia de lucro e ganhos econômicos à de uma economia que tenha práticas positivas ao ambiente e à sociedade.

Ações como essa, especialmente quando realizadas dentro do universo da moda, têm o poder de inspirar as pessoas, pois, quando elas se tornam mais conscientes, entendem que podem contribuir para o futuro da sociedade e do meio ambiente. Do ponto de vista do consumidor, há ainda a questão da relação emocional com a peça, já que cada uma tem uma história. Mas, para Fernanda Paes Leme, o que ficam são as memórias e as peças podem ganhar novas vidas e novos significados para outras pessoas.

No evento, foram realizados workshops de customização de peças jeans, em parceria com a Malha; e de ressignificação de objetos de decoração, pelos designers do Ateliê Pistache Ganache Foto: Maristela Crispim

A preocupação da rede com a sustentabilidade também permeou a realização do evento, que contou com workshops de customização de peças de jeans, em parceria com a Malha, e de ressignificação de objetos de decoração, realizado pelos designers do Ateliê Pistache Ganache. Além disso, foram adotadas práticas para reduzir os impactos ambientais do evento: toda a emissão de carbono foi neutralizada e toda a cenografia foi pensada para que fosse evitada uma geração excessiva de resíduos.

Coleção Cradle to Cradle™

Segundo Paulo Coreia, a linha de camisetas foi produzida usando apenas materiais seguros e de forma social e ambientalmente responsável. O algodão, com certificação orgânica, por exemplo, é produzido na Índia. Além disso, houve reúso de água e foi utilizada energia renovável no processo produtivo.

O Programa de Certificação de Produtos Cradle to Cradle™ é uma forma de avaliar se os produtos e materiais são seguros para a saúde humana e para o meio ambiente. Concedida pelo Cradle to Cradle Institute, essa certificação é dividida nos níveis Basic, Bronze, Silver, Gold e Platinum.

Um dos grandes diferenciais dessa peça é que ela foi produzida, de forma que não gere excesso de resíduos e, ao fim de sua vida útil, por meio da compostagem, torne-se até mesmo nutrição para o solo.

A coleção da C&A com a Certificação Cradle to Cradle™ estará disponível em 29 lojas físicas e na loja on-line a partir de 1º de setembro, com versões feminina e masculina, em seis cores cada uma, sendo a feminina vendida a R$ 19,99 e a masculina a R$ 29,99.

Os estados que irão receber as peças C2C, serão 13 mais o Distrito Federal, sendo eles: São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Pernambuco, Paraná, Minas Gerais, Ceará, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Goiás, Santa Catarina, Alagoas e Paraíba. A do Ceará é a do Shopping Iguatemi Fortaleza.

Sobre a empresa

A C&A é uma empresa de moda que tem estado focada em propor produtos e experiências que vão além do vestir, conectando as pessoas a si mesmas e ao mundo à sua volta. Fundada em 1841 pelos irmãos Clemens e August, na Holanda, a marca abriu sua primeira loja no Brasil em 1976, em São Paulo. Hoje, a empresa está presente em todas as regiões e tem cobertura nacional, por meio de sua loja virtual.

*A Certificação Cradle to Cradle™ é uma marca licenciada pelo Cradle to Cradle Product Innovation Institute.

Mais informações: http://sustentabilidade.cea.com.br.