Busca

Tag: Marinha do Brasil


10:17 · 08.06.2017 / atualizado às 10:29 · 08.06.2017 por
A primeira Semana do Mar é realizada por um coletivo de entidades independentes que operam, estudam ou produzem conhecimento no mar Foto: Ruver Bandeira

Por Melquíades Júnior

Hoje comemora-se o Dia Mundial dos Oceanos e a saúde do ecossistema marinho está entre os principais assuntos abordados na Primeira Semana do Mar (Semar), que acontece de 8 a 11 de junho (quinta a domingo), no Iate Clube de Fortaleza. Evento inédito no Nordeste, traz diversas palestras, oficinas e exposições com temas voltados ao mar. Serão comemorados os 20 anos de criação do Parque Estadual Marinho da Pedra da Risca do Meio, a única Unidade de Conservação (UC) marítima do Ceará.

Duas importantes palestras movimentam esta quinta-feira. O Instituto Povo do Mar, com o Projeto Limpando o Mundo, traz o tema “Educação Ambiental Marinha e os desafios no combate do ‘lixo marinho’ no litoral cearense”; e o Eco Museu do Mangue traz o tema “Conservação e Educação Ambiental do Manguezal do Rio Cocó/ Sabiaguaba”.

Durante o evento, haverá exposições de fotografias subaquáticas, peças de antiguidade náuticas, barcos de rádio controle, venda de peças de cristais resgatados do fundo do mar e o lançamento do livro “Atlas de Naufrágios do Ceará“.

A primeira Semana do Mar é realizada por um coletivo de entidades independentes que operam, estudam ou produzem conhecimento no mar, como a Operadora de Mergulho Mar do Ceará e tem o apoio da Marinha do Brasil, Universidade Federal do Ceará (UFC), Capitania dos Portos, Governo do Estado, Prefeitura de Fortaleza e o Iate Clube de Fortaleza.

A programação completa pode ser conferida no link: https://goo.gl/qVjzxz
Mais informações: 

I Semana do Mar (Semar)

Data: 8 a 11 de junho

Horário: 8h às 20h

Local: Iate Clube de Fortaleza, Av. Abolição, 4813 – Mucuripe

Entrada gratuita

09:16 · 06.01.2014 / atualizado às 09:48 · 06.01.2014 por
A Reserva Extrativista (Resex) da Prainha do Canto Verde é um dos pontos contemplados pela operação Foto: Agência Diário / Natinho Rodrigues
A Reserva Extrativista (Resex) da Prainha do Canto Verde é um dos pontos contemplados pela operação Foto: Agência Diário / Natinho Rodrigues

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), por meio das Reservas Extrativistas (Resex) do Batoque e da Prainha do Canto Verde (ambas sediadas no Ceará), estão em plena Operação Verão 2013/2014.

O objetivo desta ação conjunta, que começou no dia 18 de dezembro e segue até o dia 15 de março, é integrar e otimizar recursos humanos e materiais dos diversos órgãos públicos envolvidos para prevenção e repressão a crimes ambientais e garantia de segurança das comunidades ao longo do litoral cearense.

Além do ICMBio, participam da Operação Verão a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro, a Base Aérea de Fortaleza, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a Casa Militar do Ceará, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) e a Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza (Seuma).

Segundo a chefe em exercício das Resex do Batoque e da Prainha do Canto Verde, Mirele Almeida, as ações da operação contemplam tais unidades de conservação, principalmente na fiscalização marítima abrangendo suas áreas de pesca.

“O principal objetivo dessas ações é combater a pesca predatória, em especial a pesca da lagosta, cujo período de defeso é entre dezembro e maio”, explica a analista ambiental, acrescentando que a fiscalização tem apoio da Marinha, do Ibama, do Batalhão de Polícia Militar Ambiental e da Polícia Federal. “Além disso, também serão realizadas operações em terra com esses parceiros”, completa Mirele.

Fonte: ICMBio