Busca

Tag: Projeto Limpando o Mundo


10:17 · 08.06.2017 / atualizado às 10:29 · 08.06.2017 por
A primeira Semana do Mar é realizada por um coletivo de entidades independentes que operam, estudam ou produzem conhecimento no mar Foto: Ruver Bandeira

Por Melquíades Júnior

Hoje comemora-se o Dia Mundial dos Oceanos e a saúde do ecossistema marinho está entre os principais assuntos abordados na Primeira Semana do Mar (Semar), que acontece de 8 a 11 de junho (quinta a domingo), no Iate Clube de Fortaleza. Evento inédito no Nordeste, traz diversas palestras, oficinas e exposições com temas voltados ao mar. Serão comemorados os 20 anos de criação do Parque Estadual Marinho da Pedra da Risca do Meio, a única Unidade de Conservação (UC) marítima do Ceará.

Duas importantes palestras movimentam esta quinta-feira. O Instituto Povo do Mar, com o Projeto Limpando o Mundo, traz o tema “Educação Ambiental Marinha e os desafios no combate do ‘lixo marinho’ no litoral cearense”; e o Eco Museu do Mangue traz o tema “Conservação e Educação Ambiental do Manguezal do Rio Cocó/ Sabiaguaba”.

Durante o evento, haverá exposições de fotografias subaquáticas, peças de antiguidade náuticas, barcos de rádio controle, venda de peças de cristais resgatados do fundo do mar e o lançamento do livro “Atlas de Naufrágios do Ceará“.

A primeira Semana do Mar é realizada por um coletivo de entidades independentes que operam, estudam ou produzem conhecimento no mar, como a Operadora de Mergulho Mar do Ceará e tem o apoio da Marinha do Brasil, Universidade Federal do Ceará (UFC), Capitania dos Portos, Governo do Estado, Prefeitura de Fortaleza e o Iate Clube de Fortaleza.

A programação completa pode ser conferida no link: https://goo.gl/qVjzxz
Mais informações: 

I Semana do Mar (Semar)

Data: 8 a 11 de junho

Horário: 8h às 20h

Local: Iate Clube de Fortaleza, Av. Abolição, 4813 – Mucuripe

Entrada gratuita

13:54 · 19.09.2014 / atualizado às 13:54 · 19.09.2014 por

 

As ações de limpeza têm se ampliado com o Projeto Limpando o Mundo, da Aquasis Foto: Helosa Araújo / Agência Diário
As ações de limpeza têm se ampliado com o Projeto Limpando o Mundo, da Aquasis Foto: Helosa Araújo / Agência Diário

Amanhã, 20 de setembro, no Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias, diversas ações no litoral do Ceará e nas lagoas de Fortaleza chamam a população a colaborar, não apenas na limpeza, mas para não poluir nossos recursos hídricos. O fato de deixar qualquer lixinho cair no chão contribui para a queda na qualidade das águas dos nossos recursos hídricos e para afetar a vida aquática porque “as águas sempre correm para o mar”.

Confira, a seguir, toda a programação de amanhã, procure se engajar, divulgar ou simplesmente pensar melhor no assunto. Os benefícios dessa mudança de atitude virão para todos nós.

Projeto Limpando o Mundo

Com o o objetivo de prevenir milhares de toneladas de lixo de irem para o oceano, no fim da década de 1980 foi realizada, pela primeira vez, a ação “Clean Up The World”, em Sydney, Austrália, quando mais de 40 mil voluntários auxiliaram na remoção de dejetos da costa australiana.

O projeto ganhou o mundo e é realizado em diversos países e cidades, incluindo Fortaleza, onde as Organizações Não Governamentais (ONGs) Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis) e Instituto Povo do Mar (Ipom), o Serviço Social do Comércio (Sesc-CE) e a surfwear Greenish executam a tradução da iniciativa australiana, no Projeto Limpando o Mundo.

Visando a mobilização e sensibilização das pessoas e a soma dos esforços dos diversos projetos comprometidos com o meio ambiente, o Projeto promove o Dia Mundial de Limpeza de Praias, todos os anos no terceiro sábado de setembro.

Para esse dia 20, o Limpando o Mundo articulou parcerias com mais de 20 instituições e, durante esta terceira semana de setembro, realiza limpeza em praias de Fortaleza, Caucaia, Aquiraz, Cascavel, Aracati e Icapuí. Estima-se a participação de pelo menos 500 voluntários nos diversos grupos de limpeza. Nos pontos de concentração estão sendo distribuídos kits de limpeza para os participantes e passadas orientações de segurança ao lidar com o lixo.

Todo o lixo coletado pelo projeto é separado para reciclagem, catalogado e descartado corretamente. Os números do total de lixo removido das praias será divulgado em nota pelo projeto nos dias seguintes.

Quem se interessar em ajudar, basta ir até as praias divulgadas na página do Facebook do projeto (Limpando o Mundo/ Ceará) ou levar um saco plástico e coletar o lixo que puder na visita à praia / barraca favorita.

Abaixo segue uma lista com todas as praias e pontos de encontro de voluntários onde ocorrerão as limpezas:

Fortaleza

Barra do Ceará – Albertu’s restaurante

Praia de Iracema – Calçadão do Estoril

Titanzinho – Sede Associação Comunitária / IPOM

Praia do Futuro – Barraca Vila Galé

Rio Pacoti (sabiaguaba) – Eco Museu do Mangue

Caucaia

Cumbuco – Escola do Cumbuco

Tabuba – Lago do Kite Surf

Icarai – Barraca Waikiki

Aracati

Canoa Quebrada – Sede Recicriança

Quixaba – Barraca Marisol

Icapuí

Praia das Quitérias – Sede Força Jovem Atravessando Fronteiras

Cascavel

Caponga – Projeto Surf Escola

Mutirão nas lagoas

Uma data para chamar a atenção da importância do cuidado com os recursos hídricos da Cidade. Esse é o objetivo do Dia Nacional de Limpeza de Praias, Rios, Lagos e Lagoas que a Prefeitura de Fortaleza celebrará, amanhã, a partir das 9 horas, com um mutirão em seis lagoas urbanas: Urubu, Papicu, Porangabussu, Parangaba, Maraponga e Messejana. O ponto de encontro será na Lagoa da Parangaba.

O Dia Nacional de Limpeza de Praias, Rios, Lagos e Lagoas foi instituído durante a conferência ambiental Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento (Eco-92), pela Rede Nacional de Educadores Ambientais, a ser realizado no terceiro sábado de setembro, anualmente.

A ONG Aquasis é parceira da gestão municipal nessa atividade, por meio do projeto Limpando o Mundo. Juntas, população, organizações da sociedade civil e a Prefeitura de Fortaleza, limparão também algumas praias (confira relação abaixo).

A iniciativa é coordenada pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), com o apoio da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), Secretarias Regionais, Empresa Municipal de Limpeza e Urbanização (Emlurb) e Ecofor Ambiental.

Locais de limpeza

Lagoas

– Urubu (Regional I)

– Papicu (Regional II)

– Porangabussu (Regional III)

– Parangaba (Regional IV)

– Maraponga (Regional V)

– Messejana (Regional VI)

Praias (pontos de encontro)

– Barra do Ceará – Restaurante do Alberto

– Praia de Iracema (Estoril)

– Titanzinho (Associação Comunitária/ Ipon)

– Praia do Futuro (Aldeia Surf School/ Vila Galé)

– Sabiaguaba (Ecomuseu do Mangue)

Ações privadas

A Solar Coca-Cola realizará mais uma vez o Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias, neste sábado, das 8h30 às 11h30, um mutirão de educação ambiental para recolher lixo e conscientizar os banhistas sobre a importância de manter praias e rios limpos, a partir de uma caminhada de aproximadamente 2 km.

No ano passado, o evento recolheu quase uma tonelada de lixo. Neste ano, a ação será realizada na Praia do Meireles, na Avenida Beira-Mar, saindo do Clube Atlético Náutico Cearense até a Volta da Jurema. A expectativa é que o evento envolva cerca de 350 voluntários.

A ação também promove a responsabilidade social, pois todos os resíduos recolhidos são separados e destinados às cooperativas de catadores. Neste ano, a beneficiada será a Sociedade Comunitária de Reciclagem de Lixo do Pirambu (Socrelp), que também participa do mutirão de coleta.

Coordenado mundialmente desde 1986 pela ONG americana The Ocean Conservancy, o Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias é um dos mais bem sucedidos eventos que envolvem voluntários do mundo. Em torno de 40 milhões de pessoas de 125 países são mobilizadas em prol da ação.

A Coca-Cola apoia a ação desde 1994, como parte das iniciativas do programa Coletivo Reciclagem, do Instituto Coca-Cola Brasil. A Solar Coca-Cola vai realizar ações nas regiões em que atua (Nordeste, Mato Grosso, parte de Tocantins e de Goiás) limpando rios, praias e lagoas das principais cidades em que está presente.

Funcionários da Posco E&C Brasil realizam a 2ª Ação Voluntária de Limpeza de Praias e Ruas do Cumbuco, entre as 8 e 11 horas. O evento pretende reunir mais de 150 voluntários coreanos e brasileiros, além de moradores do Cumbuco.

O encontro será na Escola Municipal Helena de Aguiar Dias, onde os voluntários serão orientados e receberão o material para a ação – que é uma parceria com diversas associações do Cumbuco, como a Colônia dos Pescadores, Associação Comunitária do Cumbuco (ASCC) e Instituto de Formação de Empreendedores e Educadores (IFEE). A parceria entre a Posco E&C Brasil e as associações do Cumbuco acontece desde janeiro de 2014, e a primeira ação voluntária para a limpeza das praias locais aconteceu em maio deste ano.

A Energia Pecém e a Eneva, realizam, em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São Gonçalo do Amarante, a Campanha Praia Limpa Taíba, uma ação para recolher o lixo da praia na localidade. Mais do que promover esse mutirão de limpeza, a termelétrica pretende chamar a atenção da comunidade para a importância de manter as praias limpas e não jogar lixo na areia. Na oportunidade, estudantes do município, pescadores, moradores e colaboradores da Energia Pecém e outras empresas parceiras na iniciativa irão receber da usina os materiais necessários para entrarem em ação na limpeza da beira-mar.

 

20:56 · 21.09.2013 / atualizado às 20:56 · 21.09.2013 por

1292928_506350666117402_1595540331_o

Hoje foi comemorado o Dia Mundial de Limpeza de Praias, dia de não apenas ajudar a limpar a sujeira que nós mesmos permitimos que fosse parar em nossas praias, mas de refletir sobre o nosso comportamento, o nosso consumo, enfim, de pensar que não estamos a sós no mundo e que nossos atos têm consequências.

No Ceará já existe uma turma bem bacana engajada em fazer a diferença pela manutenção da beleza das nossas praias, pela vida marinha, pela nossa saúde, pelo nosso alimento.

O Projeto Limpando o Mundo está visitando as comunidades dos municípios de Fortaleza e Caucaia, realizando cadastro de voluntários e instituições, organizando e formando os grupos de voluntários para as ações de monitoramento e remoção do lixo das praias, rios e mangues.

No fim será apresentado o “Diagnóstico do LIXO Marinho” com um banco de dados de imagens e estatística para ajudar nas estratégias e busca de soluções para um dos maiores problemas ambientais do Planeta que vem afetando e impactando todos os oceanos e as zonas costeiras.

No projeto inclui uma série de ações de Educação Ambiental com encontros, oficinas e rodas de diálogos com informações sobre a biodiversidade marinha, conservação e a importância da coleta seletiva nas grandes cidades, gerando uma rede de multiplicadores e atentos à nova Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

O projeto também utiliza diversas linguagens das artes. Os primeiros resultados são duas canções compostas por jovens voluntários do projeto. Há também um movimento de cultura popular com percussão, capoeira, raps, artistas plásticos e outros.

O Dia Mundial de Limpeza de Praias é realizado ocorre todos os anos no terceiro sábado do mês de setembro desde 1989. Os primeiros esforços para realização dessa iniciativa aconteceram na Austrália e nos Estados Unidos, por meio da organização Ocean Conservancy. No Ceará, desde 1994, a Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis) vem mantendo também esta bandeira e trabalho.

Organizações governamentais e não-governamentais, juntamente com a sociedade civil organizada, se propõem a ações de limpezas de praias (remoção de resíduos sólidos nas faixas litorâneas) e ações educativas focadas nas consequências da poluição marinha nos ecossistemas e na vida humana e no destino correto dos resíduos sólidos.

O Projeto Limpando o Mundo atua com 27 grupos, em 25 localidades de sete municípios do Ceará (Trairi, Paracuru, Caucaia, Fortaleza, Aracati, Beberibe e Icapuí), com mais de 540 voluntários cadastrados na ação. Hoje, eles participaram de atividades de limpeza de praia pela manhã.

Os resíduos sólidos removidos serão destinados a centro de recicladores como a Sociedade Comunitária de Reciclagem de Lixo do Pirambu (Socrelp) e o Movimento Emaús, parceiros do projeto e com um grande papel na sociedade nos processos de reciclagem e coleta seletiva.

O Projeto Limpando o Mundo é coordenado pela Aquasis e o Instituto Povo do Mar (Ipom), com o apoio do Serviço Social do Comércio do Ceará (Sesc-CE) e Cuca Che Guevara, patrocinado pela Greenish.

08:47 · 21.07.2013 / atualizado às 08:47 · 21.07.2013 por

LimpandooMundo

Por Maristela Crispim

Hoje é domingo, dia de praia! O que você acha de ir curtir aquele solzinho, banho de mar e tropeçar em lixo? Caso a resposta seja negativa, que tal colaborar para que nossas praias fiquem cada vez mais limpas, atraentes e para que o lixo que nós produzimos não interfira nos ecossistemas marinhos? É só não jogar nada fora do cesto de lixo e (por que não?) por no lixo aquilo que encontrar na areia da praia. Um pequeno gesto que pode fazer toda a diferença.

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) já tem um grupo fazendo um pouco mais que isso. Hoje, 21 de Julho, cerca de 20 voluntários do Projeto Limpando o Mundo, desenvolverão ações educativas entre os visitantes da Colônia Ecológica do Sesc de Iparana, em Caucaia. O projeto é idealizado pela Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos(Aquasis), Instituto Povos do Mar (Ipom) e Greenish, patrocinador oficial, e apoiado pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) e Cuca Che Guevara.

O dia faz parte de um cronograma de ações educativas voltadas para sensibilização da sociedade para a conservação e proteção dos ecossistemas costeiros frente aos impactos e à poluição dos resíduos sólidos na Zona Costeira do Ceará.

Juaci Oliveira, coordenador geral do Projeto, destaca que, atualmente, milhares de toneladas de resíduos sólidos (plástico, isopor, metal, vidro e tecidos) são descartadas de forma errada nas cidades, entrando direta ou indiretamente nos ecossistemas aquáticos, como manguezais, praias e oceanos, acarretando impactos econômicos, sociais e ambientais para a vida de vários organismos marinhos, desde o plâncton (animais microscópicos) às grandes baleias.

Para sensibilizar os visitantes do Sesc de Iparana, uma exposição lúdica com material recolhido das ações dos voluntários do litoral dos municípios de Caucaia e Fortaleza foi montada no local. Junto com a exposição, haverá pinturas e atividades culturais com os “Batuqueiros do Mar”, jovens do projeto Brigada da Natureza que, com músicas temáticas e ao som dos tambores, irão puxar cortejos e brincadeiras com o público presente.

Ainda de acordo com Juaci, o “Limpando o Mundo” é um projeto que tem como missão mobilizar as comunidades de Fortaleza e Caucaia para a proteção e conservação de ecossistemas marinhos através da sensibilização e conscientização dos problemas que a poluição marinha traz ao nosso Planeta.

A Coordenação do Projeto Limpando o Mundo, conta também com a participação ativa das seguintes entidades e/ou grupos envolvidos direta ou indiretamente: Revista Ceará Surf, Surfistas Ambientais do Pacheco, Brigada da Natureza, Jovens do Cuca da Barra e moradores.

14:25 · 21.06.2013 / atualizado às 15:44 · 21.06.2013 por
Os surfistas aproveitam a data para agir e conscientizar sobre a importância da conservação da biodiversidade dos oceanos Foto: Natinho Rodrigues / Agência Diário
Os surfistas aproveitam a data para agir e conscientizar sobre a importância da conservação da biodiversidade dos oceanos Foto: Natinho Rodrigues / Agência Diário

Em homenagem ao Dia Internacional do Surf, a Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis) e o Instituto Povo do Mar (Ipom), com o apoio do Serviço Social do Comércio do Ceará (Sesc-CE) e Cuca Che Guevara, realiza, neste sábado (22), a primeira ação coletiva do Projeto Limpando o Mundo. A programação conta com atividades culturais, esportivas e de limpeza das praias de Pacheco, Iparana e Praia de Iracema pelos voluntários do projeto.

Lançado no dia 4 de junho deste ano, o Projeto Limpando o Mundo tem duração de 12 meses e visa formar uma rede de 400 jovens voluntários que serão capacitados, sensibilizados e informados sobre a Conservação da Biodiversidade, Biologia Marinha e Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). A iniciativa acontecerá em 20 localidades do Ceará, começando pelo litoral de Iparana, em Caucaia, até a praia de Abreulândia, localizada no município de Aquiraz.

Durante as ações, os participantes irão atuar como pesquisadores e guardiões da praia, detectando quais tipos de resíduos são encontrados no mar e quais as suas consequências para o litoral e a vida dos mamíferos aquáticos. No fim do projeto será apresentado o “Diagnóstico do Lixo Marinho”, com um banco de dados estatísticos e de imagens sobre os resíduos encontrados nessas regiões.

Dia Internacional do Surf é comemorado anualmente da época do solstício de verão no Hemisfério Norte (21 de junho). Idealizado pela Associação Europeia dos Esportes com Pranchas (EuroSIMA) e apoiado pela Federação Europeia de Surf (ESF), Surfers Against Sewage (SAS), Surfrider Foundation e Ecosurfi no Brasil, o Dia Internacional do Surf (DIS) celebra o cuidado com a natureza, a cultura e o estilo de vida da comunidade do surf.

Organizado pela primeira vez em 2004 na Europa e América do Norte, é realizado no Brasil desde 2008, e já mobilizou atividades em várias partes da costa brasileira, sempre coletivamente por empresas, ONGs e associações de surf.

Além do Brasil, participam do Dia Internacional do Surf (DIS) países como Argentina, Áustria, Austrália, Canadá, Inglaterra, França, Itália, Marrocos, Noruega, Portugal, Ilhas Reunião, Escócia, Senegal, Eslovênia, Espanha, Suíça, Holanda, Venezuela, entre outros.

Reúne surfistas, artistas, alunos de escolas públicas e particulares, escoteiros, estudantes universitários e moradores locais para uma grande celebração em prol das praias, dos oceanos e da cultura surf.

Sugere que todos os participantes vivam intensamente a data com atividades esportivas, culturais, ambientais e sociais, sendo esse um momento para a comunidade do surf mostrar o seu respeito as praia e aos oceanos.

Qualquer instituição voluntariamente pode inscrever atividades para ser realizada no Dia Internacional do Surf. Neste ano as ações acontecem em sete Estados brasileiros: Ceará, Paraíba, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Florianópolis e Rio Grande do Sul.

No Ceará, as praias de Caucaia e Fortaleza terão a primeira ação coletiva do projeto “Limpando o Mundo”, com patrocínio da Greenish.

Programação

Dia 22/6

5h às 18h – Campanha: “Eu surfo por um oceano e praias protegidas”

Surfistas do Ceará são convidados, pelas mídias sociais do projeto “Limpando o Mundo”, para registrar uma foto do seu dia de surf em prol dos oceanos e a Biodiversidade Marinha. Para participar, basta postar a imagem na página: https://www.facebook.com/pages/Limpando-O-Mundo-CEARÁ

07h30 às 12hBUS SURF – Grande Circular Linha SURF de Fortaleza

Sai da Escola Aldeia Surf (Praia do Futuro, no Vila Galé). Vai percorrer a orla de Fortaleza,  pelos principais picos de surf  (Praias: Futuro, Titanzinho, Iracema, Leste-oeste e Boca da Barra). No trajeto será desenvolvida uma roda de conversa de fatos da história do surf na Capital e a importância da conservação da zona costeira. O roteiro encerra com uma entrega de flores no Estuário do Rio Ceará.

8h às 12hTreino de Surf e Limpeza de Praias com os voluntários do Projeto Limpando o Mundo

Região 1 – Caucaia

Icaraí, Praia Bela – Concentração de voluntários em frente ao restaurante Line

Praia de Iparana e Pacheco – Concentração de voluntários próximo ao espigão do Sesc

Região 2 – Município de Fortaleza

Praia de Iracema, entre a Ponte dos Ingleses e a Ponte Metálica – Concentração dos Voluntários na Ponte dos Ingleses

16h às 19hAtividades educativas – “Projeto Limpando o Mundo e a Cultura”

Local: Ponte dos Ingleses.

Exposição de Fotos

Telão com filmes de surf

Saudação ao Oceano no pôr do sol da Ponte Metálica

Roda de diálogos com convidados – O Surf e a sustentabilidade no Ceará desafios e Conquistas

19h às 21h30Caucaia Cine Surf – “Projeto Limpando o Mundo e a Cultura Surf”

Local: em frente à loja Intersurf (próximo ao restaurante Line, Praia do Icaraí)

Apresentação de filmes “Caçadores da Pororoca e dos novos atletas profissionais do Ceará” (Ícaro Lopes, Diego Mendes, Paulo Barros). Presença dos surfistas Isaias Silva, Artur Silva, Flavio Nunes entre outros convidados. Será realizada uma roda de diálogo “O Surf e a sustentabilidade no Ceará Desafios e Conquistas”, com convidados, onde serão abordadas questões culturais, profissionais, sociais, ambientais e econômicas para a sustentabilidade e conservação do planeta, diante dos desafios da sociedade humana do século XXI

Fonte: Aquasis