Busca

TCB 2018 reúne 276 competidores para definir os melhores atletas de CrossFit do País

13:42 · 08.09.2018 / atualizado às 13:44 · 08.09.2018 por
Foto: TCB/Reprodução

Faltam cinco dias para a elite do CrossFit brasileiro iniciar a corrida para definir os melhores atletas do País na modalidade. A 9ª edição do Torneio CrossFit Brasil (TCB) ocorre de 13 a 16 de setembro em Sorocaba, São Paulo, reunindo 276 atletas, homens e mulheres, em seis categorias. Serão distribuídos mais de R$100 mil em premiações.

Neste ano, as novidades são uma nova categoria Master, a 35-39 anos, e a inédita disputa por times (quartetos mistos do mesmo box). Permanecem ainda as categorias Elite, Teen, 40-44 anos e 45+. Os melhores atletas conquistaram as vagas nas cinco Super Seletivas, em junho e julho.

Competidores

Na elite masculina, Anderon Primo tentará o tetracampeonato. Contudo, em seu encalço, estarão Pablo Chalfun, primeiro brasileiro na elite do CrossFit Games; André Sanches, bronze no TCB 2017 e na Latin America Regional; Francisco Javier, o “Chiquinho“, outro tricampeão brasileiro; Lucas da Rosa, vice-campeão do TCB 2017; e os fenômenos Gui Malheiros, que entrou na maioridade após ser o 2º melhor teen nos CrossFit Games 2017, e Vitor Caetano, vencedor geral das Super Seletivas.

Entre as mulheres, a tetracampeã Anita Pravatti abre caminho para outra vencedora. Ela não participará do Torneio porque se recupera de lesão no ombro, que, segundo ela, estava comprometendo o movimento dos braços. Luana Soares, atual vice-campeã do TCB, terá concorrência de Vivi Aiello, melhor brasileira na Latin America Regional, e da cearense Renata Pimentel, 11ª colocada nos CrossFit Games 2018 na categoria Master 35-39 anos.

Os vencedores levarão para casa o troféu do TCB e um cheque de R$ 10 mil. A organização e produção do TCB 2018 é da ETA! Eventos, com supervisão técnica da CrossFit Brasil. Prepara… 3, 2, 1!

História

O TCB foi realizado pela primeira vez em 2010, na Crossfit Brasil, primeiro box do País instalado pelo paulistano Joel Fridman, no ano anterior. Em 2012, o evento já teve aspecto mais profissional, num ginásio poliesportivo, e reuniu 120 atletas inscritos.

No ano seguinte, foi necessário nivelar os atletas brasileiros a partir do resultado no Open. O Torneio contou com 75 atletas e foi visto por mais de 4 mil espectadores. Em 2014, um novo formato trouxe 8 Seletivas regionais. Em 2016, a Categoria Master estreia no Torneio. No ano passado, a categoria Teen ganhou seu próprio espaço.

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *