Busca

Se estivesse vivo, Leônidas da Silva estaria completando 100 anos

10:59 · 06.09.2013 / atualizado às 11:12 · 06.09.2013 por

Se estivesse vivo, Leônidas da Silva estaria completando 100 anos. Gênio e magistral. Leônidas foi Tetracampeão carioca pelo Botafogo, em 1935 e pentacampeão paulista pelo São Paulo. Para quem não sabe, o atleta brasileiro foi quem inventou o gol de bicicleta. A primeira vez que Leônidas executou essa jogada foi em 24 de abril de 1932, em uma partida entre Bonsucesso e Carioca, com vitória do Bonsucesso por 5 a 2.

da silvaaa
A mais famosa de todas, em 13 de novembro de 1948, contra o Juventus, na goleada por 8 a 0. A jogada ficou imortalizada pela mais famosa foto do jogador.

Com a camisa do Flamengo, Leônidas repetiu o feito em 1939 contra o Independiente, da Argentina. Já pelo São Paulo, Diamante Negro fez a jogada  duas vezes. A  primeira em 14 de junho de 1942, contra o Palestra Itália, na derrota por 2 a 1. E a mais famosa de todas, em 13 de novembro de 1948, contra o Juventus, na goleada por 8 a 0. A jogada ficou imortalizada pela mais famosa foto do jogador.

Na Copa do Mundo de 1938 ele também realizou a jogada, para espanto dos torcedores, e o gol foi anulado pelo juiz que desconhecia a técnica. Durante trinta anos ele viveu em uma casa para tratamento de idosos em São Paulo até falecer, em 24 de janeiro de 2004, por causa de complicações relacionadas à Mal de Alzheimer.

Diamante Negro encanta Mussolini
A Copa de 1938 ficou marcada pela difícil situação internacional, que levaria a Europa e o todo o resto do planeta à Segunda Guerra Mundial, pouco mais de um ano depois da competição. Ela contou com a participação  de 16 países. 36 seleções participaram das eliminatórias. O campeonato ocorreu na França. Como a anterior foi dividida em quatro fases: 1ª Fase, Quartas-de-finais,semifinais e final.

Jogos da 1ªfase
Suíça 1 x 1 Alemanha
Tchecoslováquia 3 x 0 Holanda
Brasil 6 x 5 Polônia
França 3 x 1 Bélgica
Hungria 6 x 0 Índias Holandesas
Cuba 3 x 3 Romênia
Itália 2 x 1 Noruega

Jogos de Desempate
Suíça 4 x 2 Alemanha
Cuba 2 x 1 Romênia

Quartas-de-finais
Hungria 2 x 0 Suíça
Suécia 8 x 0 Cuba
Itália 3 x 1 França
Brasil 1 x 1 Thecoslováquia

Jogo de desempate
Brasil 2 x 1 Thecoslováquia

Semifinais
Hungria 5 x 1 Suécia
Itália 2 x 1 Brasil

Disputa de 3º Lugar
Brasil 4 x 2 Suécia

Final
Itália 4 x 2 Hungria

Brasil na Copa
Pela primeira vez, a seleção canarinho se organizou e fez um time competente. Vencemos a favorita Polônia por 6 a 5, tido como o melhor jogo da Copa do Mundo de 1938. Pelas quartas, após partida difícil, passamos pela atual vicecampeã do mundo, a Thecoslováquia, pelo placar de 2 a 1.

Polêmica
O fato marcante da Copa foi a atuação genial de Leônidas da Silva (foto). O famoso ” Diamante Negro”! O ditador da Itália, Benito Mussolini acompanhava todos os jogos do mundial e se encantou com Leônidas. Para seus subalternos perguntava maravilhado: “Quem é esse negro?”

wc1938--final-italy-_77125
Ditador Mussolini comemora com jogadores o bicampeonato da Seleção Italiana de Futebol. Para muitos estudiosos, o fato de Leônidas não ter participado do jogo contra a Itália na semifinal, não foi obra do técnico brasileiro Ademar Pimenta, com intenção de poupá-lo para final, mas sim de Benito Mussolini!

Contra seus inimigos, Mussolini não perdia tempo em exterminá-los.  Contra Antonio Gramsci – Um apóstolo da emancipação das massas –  filósofo italiano, e contra o seu regime, Mussolini chegou a ordenar para um juiz que era necessário  colocar Gramsci na prisão com o seguinte pensamento: “Temos que impedir esse cérebro de funcionar”. Olhando Leônidas atuar deve ter pensado: “Temos que impedir esse cara de jogar”!

Para muitos estudiosos de futebol  o fato de Leônidas não ter participado do jogo contra a Itália na semifinal, não foi obra do técnico brasileiro Ademar Pimenta, com intenção de poupá-lo para final, mas sim de Benito Mussolini! No jogo, a Itália venceu o Brasil por 2 a 1 e foi disputar a final contra a Hungria.

Ficha Técnica da Copa do Mundo 1938

Campeão: Itália
Vicecampeão: Hungria
3ºlugar: Brasil
4ºlugar: Suécia

Artilheiro: Leônidas da Silva (Brasil) – 8 gols.
Melhor ataque: Hungria – 13 gols.
Melhor defesa: Noruega – 2 gols.
Pior defesa: Cuba – 12 gols.
Maior goleada: Suécia 8 x 0 Cuba.
Destaques: Leônidas da Silva (Brasil) e Piola (Itália).

Dados da Copa
Data: 04/06 a 19/06
Total de Espectadores: 483.000
Cidades-Sede e Estádios: 8
Paídes Participantes: 16
Números de Partidas: 18
Número de Gols: 84
Média de Gols/Partida: 4,67

Curiosidades

Depois da vitória italiana sobre o Brasil, o jornal “La Gazzetta dello Sport”, influenciado pela ideologia fascista, escreveu: “Saudamos o triunfo da inteligência branca italiana sobre a força bruta dos negros”. Foi a primeira Copa do Mundo transmitida por rádio para vários países do mundo.
A Itália era a única seleção com um avião à disposição para os deslocamentos dentro da França. As demais tinham de usar trem ou ônibus.

Jornalista na Copa
Leônidas não explicava nada. Quando a gente estava arregalando os olhos para ver se via, a mágica estava feita” (Mário Filho).

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *