Busca

Tag: WCT


21:47 · 18.07.2017 / atualizado às 21:47 · 18.07.2017 por

O campeão mundial de 2014 ganhou as duas baterias que disputou no mar clássico da terça-feira em Supertubes e ameaça de tubarões paralisou a competição no fim do dia na África do Sul

Gabriel Medina-J-Bay 2017-Foto-Pierre Tostee

Em mais um dia de mar clássico em Supertubes, com direitas perfeitas de 6-8 pés, os melhores surfistas do mundo tiraram mais quatro notas 10 no Corona Open J-Bay na África do Sul. A terça-feira começou com derrota de Adriano de Souza, que estava na briga fase a fase pela liderança do ranking em Jeffreys Bay. Mas, Gabriel Medina ganhou a segunda bateria do dia e depois foi o primeiro a conquistar classificação direta para as quartas de final. Além dele, Filipe Toledo é o outro único brasileiro que continua na disputa do título e sua bateria foi suspensa pela presença de tubarões na área do campeonato. O confronto com o sul-africano Jordy Smith, que estava na frente, acabou sendo interrompido e voltará ao mar na quarta-feira, com a primeira chamada as 7h15 na África do Sul, 2h15 da madrugada em Brasília.

(mais…)

21:11 · 17.07.2017 / atualizado às 21:11 · 17.07.2017 por
Filipe Toledo-J-Bay 2017-Foto-Pierre Tostee

O brasileiro Filipe Toledo comandou o espetáculo no mar clássico da segunda-feira na África do Sul, surfando um tubaço incrível em Supertubes que arrancou a primeira nota 10 do Corona Open J-Bay. Ele agora é o recordista absoluto do campeonato, pois superou a nota 9,93 do tubo de Gabriel Medina no sábado e aumentou o maior placar do havaiano John John Florence também no primeiro dia, de 19,37 para 19,63 pontos de 20 possíveis.

(mais…)

18:30 · 16.07.2017 / atualizado às 18:41 · 16.07.2017 por

Matt Wilkinson e Jordy Smith venceram os primeiros duelos do dia e a competição foi suspensa pela inconsistência das ondas antes das baterias dos seis brasileiros na segunda fase

Matt Wilkinson-J-Bay 2017-Kelly Cestari

O domingo amanheceu com ondas de 3-5 pés em Supertubes, com expectativa de melhorarem durante o dia, no entanto as boas condições se deterioraram rapidamente e a segunda fase do Corona Open J-Bay foi suspensa após a segunda bateria do dia na África do Sul. Os surfistas já haviam encontrado dificuldades para surfar nas duas primeiras, mas o sul-africano Jordy Smith e o australiano Matt Wilkinson venceram e seguem na disputa fase a fase pela lycra amarela do Jeep WSL Leader em Jeffreys Bay. O outro concorrente, Owen Wright, está na bateria que acabou ficando para a segunda-feira, às 7h15 na África do Sul (2h15 da madrugada em Brasilia), assim como as dos seis brasileiros que perderam na primeira fase.

(mais…)

06:53 · 16.07.2017 / atualizado às 06:53 · 16.07.2017 por

*Com previsão de recomeço para as 08H00 deste domingo o evento deverá retornar com as baterias do Round 3 

No sábado Gabriel Medina ganhou a maior nota com Adriano de Souza e Italo Ferreira também passando direto para a terceira fase na etapa sul-africana da World Surf League

Gabriel Medina-J-Bay 2017-Foto-Pierre Tostee

O início do Corona Open J-Bay vinha sendo adiado desde quarta-feira e no sábado finalmente chegou um swell mais consistente com séries de 4-6 pés em Supertubes para dar a largada na etapa sul-africana do World Surf League Championship Tour.

(mais…)

15:32 · 13.07.2017 / atualizado às 15:32 · 13.07.2017 por

Vídeo apresenta sessão de treinos de Gabriel Medina e Wiggolly Dantas em Maresias-SP para a etapa de J-Bay do Mundial WSL

Afiados para J-Bay-Fotoframe-Imagens e Edição-Aleko Stergiou

Antes de embarcar para a África do Sul, Gabriel Medina recebeu seu amigo Wiggolly Dantas para uma sessão especial de treinos nas ondas de Maresias.

Os dois mostraram que estão afiados para o Corona Open J-Bay, a sexta etapa do Champioship Tour, da World Surf League (WSL), disputada nas clássicas direitas de Jeffreys Bay.

(mais…)

11:35 · 13.07.2017 / atualizado às 11:35 · 13.07.2017 por

Mineirinho aguarda início da 6ª parada do Dream Tour da WSL com o foco fixo em repetir a vitória de 2012 na África do Sul

Adriano de Souza-Foto-Kelly Cestari

A janela da etapa de J-Bay da WSL foi aberta oficialmente nesta quarta-feira (12), mas não houve competição, uma vez que a previsão do tempo aponta para uma ótima condição para a prática do surf a partir da sexta-feira (14), com as ondas podendo chegar a 2,5 metros de face.

Com isso, os atletas têm de conter a ansiedade e aguardar com paciência, como é o caso de Adriano de Souza. Terceiro no ranking mundial e com uma vitória nas ondas sul-africanas em 2012, quando a etapa contava pelo WQS, Mineirinho segue sua rotina de treinos enquanto a competição não começa já avaliando seus primeiros adversários, o compatriota Jadson André e o português Frederico Morais na terceira bateria do Round 1.

(mais…)

19:21 · 07.07.2017 / atualizado às 19:22 · 07.07.2017 por

Miguel Pupo e Willian Cardoso também passaram suas baterias na sexta-feira e seguem na disputa do título do QS 10000 Ballito Pro apresentado pela Billabong em KwaZulu-Natal

Jessé Mendes-Ballito 2017-Foto-Kelly Cestari

Cearenses Heitor Alves e Michael Rodrigues são barrados nas oitavas e terminam na nona colocação

O Brasil segue firme na busca pela terceira vitória consecutiva nas etapas da “perna sul-africana” do WSL Qualifying Series. Alex Ribeiro ganhou as duas anteriores, o QS 3000 de Durban e o QS 1000 de Cape Town. Agora, a disputa é pelo título do evento mais importante da temporada e três brasileiros passaram para as quartas de final do QS 10000 Ballito Pro apresentado pela Billabong em KwaZulu-Natal. O líder do ranking e já com vaga confirmada no CT 2018 por antecipação, Jessé Mendes, foi o primeiro a se classificar. O segundo foi o também paulista Miguel Pupo e o terceiro o catarinense Willian Cardoso, que entrou no grupo dos dez indicados pelo QS para completar a elite dos top-34 da World Surf League.

(mais…)

10:52 · 15.06.2017 / atualizado às 10:52 · 15.06.2017 por

Connor O´Leary foi o vice-campeão na final australiana do Outerknown Fiji Pro e os brasileiros Italo Ferreira e Ian Gouveia ficaram em nono lugar perdendo os primeiros duelos da quinta-feira

Connor O’leary e Matt Wilkinson-OK Fiji Pro 2017-Foto-Kelly Cestari

O australiano Matt Wilkinson conquistou o título do Outerknown Fiji Pro, conseguindo o único resultado possível para tirar a lycra amarela do Jeep WSL Leader do havaiano John John Florence. A decisão na quinta-feira de boas ondas de 6 pés em Cloudbreak, foi contra um estreante na elite desse ano, Connor O´Leary, que barrou o também australiano Joel Parkinson nas semifinais. O campeão mundial dividiu a terceira posição com o taitiano Michel Bourez. Já os brasileiros Italo Ferreira e Ian Gouveia ficaram em nono lugar, perdendo os primeiros duelos do último dia do quinto desafio do World Surf League Championship Tour em Fiji.

(mais…)

12:09 · 14.06.2017 / atualizado às 12:09 · 14.06.2017 por

O potiguar Italo Ferreira e o pernambucano Ian Gouveia perderam a primeira chance de classificação na quarta-feira e terão outra na última repescagem do Outerknown Fiji Pro

Ítalo Ferreira-OK Fiji Pro 2017-Foto-Kelly Cestari

Os brasileiros perderam na quarta-feira de ondas irregulares de 3-5 pés em Cloudbreak, mas terão uma segunda chance de classificação para as quartas de final do Outerknown Fiji Pro. O potiguar Italo Ferreira disputa a primeira repescagem com o australiano Julian Wilson e o pernambucano Ian Gouveia entra na segunda com o italiano Leonardo Fioravanti. Essa quinta fase ainda teve uma chamada para as 14h30, mas as previsões indicam melhores ondas para os próximos dias, então ficou para as 7h00 da quinta-feira em Fiji, 16h00 da quarta-feira no fuso horário de Brasília.

(mais…)

12:20 · 13.06.2017 / atualizado às 12:46 · 13.06.2017 por

Adriano de Souza perdeu a chance de assumir a liderança isolada do ranking na bateria que fechou a terça-feira sem tubos em Cloudbreak e Wiggolly Dantas caiu na penúltima do dia

Adriano de SouzaFiji 2017-Foto-Ed Sloane

As ondas finalmente reapareceram em Cloudbreak para a continuação do Outerknown Fiji Pro depois de uma semana de espera na ilha de Tavarua. A terça-feira foi um dia sem tubos, só de manobras, com as séries de 4-5 pés variando bastante a cada momento e provocando grandes surpresas nas oito baterias que restavam para fechar a terceira fase. Os ponteiros do ranking foram eliminados e Adriano de Souza teve a chance de tirar a lycra amarela do Jeep WSL Leader de John John Florence na última bateria do dia. Ele chegou perto disso em sua última onda, mas faltou meio pontinho para superar o australiano Stu Kennedy.

(mais…)