Busca

00:31 · 09.04.2018 / atualizado às 13:37 · 06.04.2018 por

Oi pessoal. Entro de férias nesta segunda-feira, 9. Voltamos dia 9 de maio. O blog não será atualizado neste período. Até o retorno.

13:16 · 06.04.2018 / atualizado às 13:18 · 06.04.2018 por

O Google acaba de divulgar a nova lista dos melhores aplicativos e jogos em Android Excellence. A coleção é atualizada a cada trimestres para reconhecer alguns dos apps e games que trazem as melhores experiências e performances na Play Store.

Nesta edição, entre os 11 jogos selecionados está o brasileiro CodyCross, que traz um novo e divertido estilo para as tradicionais palavras cruzadas. O jogo foi lançado pelo estúdio Fanatee há um ano e está disponível em Português, Inglês e Espanhol. Nos últimos 12 meses, ele teve em torno de 5 milhões de downloads e conta com jogadores em mais de 100 países.

Confira a lista completa abaixo:

Novos aplicativos Android Excellence Novos jogos Android Excellence
1.    Adobe Photoshop Lightroom CC

2.    Dashlane

3.    Holstelworld

4.    iCook

5.    Keeper Password Manager

6.    Keepsafe Photo Vault

7.    Mobisystems OfficeSuite

8.    PhotoGrid

9.    Runtastic Results

10.  Seven – 7 Minute Workout Training Challenge

11.  SoloLearn: Learn to Code for Free

12.  Tube Map

13.  WPS Office

1.                   Angry Birds 2

2.                   Azur Lane アズールレーン

3.                   CodyCross

4.                   Into the Dead 2

5.                   Little Panda Restaurant

6.                   MARVEL Contest of Champions

7.                   Orbital 1

8.                   Rooms of Doom

9.                   Sky Dancer Run

10.               Sling Kong

11.               Soul Knight

07:20 · 04.04.2018 / atualizado às 07:20 · 04.04.2018 por
Motorola Moto G G5S XT1792 32GB

Um levantamento feito pelo Zoom, site e app comparador de preços e produtos, revela os smartphones mais buscados em março. A liderança do ranking continua sendo do smartphone Motorola Moto G G5S XT1792 32GB 16 MP 2 Chips Android 7.1 (Nougat) 3G 4G Wi-Fi, aparelho que pode ser encontrado a partir de R$ 764,15 e varia de preço em 90%, o que corresponde à maior oscilação da lista.

No segundo lugar do pódio está mais um aparelho da Motorola: o smartphone Motorola Moto G G5S Plus XT1802 TV Digital 32GB 13,0 MP 2 Chips Android 7.1 (Nougat) 3G 4G Wi-Fi, modelo que custa entre R$ 999,99 e R$ 1.499,00. Já em terceiro lugar aparece o Samsung Galaxy J7 Prime , com a terceira maior variação do ranking (86%).

Já entre os aparelhos da Samsung, que ocupam cinco das dez posições do levantamento, só um dos produtos varia de preço em menos de 50%, que é o Galaxy S8, encontrado a partir de R$ 2.639,12.

“O consumidor deve ficar sempre muito atento aos preços de smartphones, e pesquisar muito antes de concluir a compra. Esse mercado está sempre recebendo novidades e isso acaba gerando oscilações nos preços dos produtos dessa categoria’’ comenta Thiago Rocha, especialista de produtos do Zoom.

No ranking, entre os 10 mais buscados, todos usam sistema operacional Android e apenas um é diferente da dupla Motorola-Samsung: um LG. A Apple não aparece em momento algum no ranking com seu iPhone.

Confira abaixo o top 10:

07:19 · 03.04.2018 / atualizado às 07:19 · 03.04.2018 por

A empresa brasileira de segurança e privacidade para usuários Android, a PSafe acaba de chegar ao mundo iOS com o lançamento do dfndr vpn, o primeiro aplicativo para o sistema operacional da Apple. Após quatro anos atuando com foco em Android, a companhia está expandindo sua estratégia de negócios no Brasil e também nos Estados Unidos, país onde mais de 40% dos usuários de smartphone utilizam iPhone.

“Iniciamos esta semana uma nova fase em nossa operação com o objetivo de posicionar a PSafe como referência em segurança e privacidade para todo o mercado de smartphones. Nossa missão é que cada vez mais pessoas se sintam seguras para acessar a internet e tenham suas informações pessoais protegidas de ciberataques, que podem impactar usuários de qualquer sistema operacional”, afirma Marco DeMello, CEO e fundador da empresa. “Até o final de 2019, esperamos ter alcançado mais de 5 milhões de usuários do sistema iOS com este produto”, completa o executivo.

Por meio do serviço de VPN, sigla em inglês para “Rede Virtual Privada”, o usuário pode se conectar a qualquer rede, incluindo Wi-Fi públicas, com promessa de criptografia completa dos seus dados, garantindo a privacidade das informações pessoais trocadas. O IP (protocolo de internet), a identidade e a localização do usuário ficarão invisíveis e protegidos contra hackers em qualquer lugar do mundo. Segundo o executivo, isso acontece porque o dfndr vpn impede que alguém observe ou rastreie o que o usuário faz na internet para protegê-lo.

“Os constantes vazamentos de dados e fotos pessoais e os recentes casos de uso indevido de informações de usuários deixam clara a necessidade urgente e ainda muito pouco discutida que é preciso garantir sua proteção na internet. Com o dfndr vpn oferecemos uma conexão que é como um túnel, por meio do qual garantimos a privacidade total do usuário durante toda a transmissão de informações, desde a saída até a chegada de dados”, explica Emilio Simoni, diretor do dfndr lab – laboratório de cibersegurança da PSafe.

O dfndr vpn para iOS já está disponível na App Store para iPhone e iPad com iOS 10 ou superior e pode ser baixado gratuitamente. O usuário também pode testar o serviço com dados ilimitados – versão premium – por sete dias sem custo. Após esse período, é disponibilizado ao usuário a opção de assinar a versão premium do aplicativo a partir de R$ 13,15 (valor da mensalidade no plano anual).

13:19 · 29.03.2018 / atualizado às 13:19 · 29.03.2018 por
Hoje, apenas a Claro abre, parcialmente, mão do roaming através de um plano onde você paga a mais e usa o seu mesmo plano em alguns países da América Foto: Georgejmclittle/Shutterstock

Apesar do Brasil ter sido signatário de um acordo com outros 18 países, durante assembleia da Citel (braço da Organização dos Estados Americanos para telecomunicações) para acabar ou reduzir os custos do roaming internacional, não parece que teremos nada disso no futuro próximo. Pelo menos não parece muito ser a vontade de operadoras de telefonia móvel, com exceção da Claro.

Oi, TIM e Vivo, procuradas pela reportagem para comentar o assunto que foi publicado no site TeleSíntense, pediram que o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), respondesse. O que chegou por e-mail foi um texto que responde de forma evasiva ao que todos querem saber: teles são contra ou a favor de acabar com o roaming. Veja a nota na íntegra abaixo:

“A Citel aprovou nesta semana uma carta de intenções para o fim ou a diminuição da tarifa do roaming internacional. Um possível fim do roaming, em um país tão grande territorialmente como o Brasil, precisaria de um estudo mais aprofundado sobre o impacto desta medida para as operadoras e para os clientes. Para que isso seja implantado, no entanto, é necessário que haja uma recomendação formal da Citel, que deve ser precedida de um processo de análise pela entidade. Caso a Comissão faça a recomendação formal, para ser adotada pelo Brasil é necessária a aprovação do Congresso Nacional Brasileiro, na forma de lei, e regulamentação posterior pela Anatel, respeitando-se o equilíbrio econômico das empresas. Somente depois de todas as etapas é que as prestadoras implementariam a medida”.

Quando perguntamos diretamente se operadoras e o sindicato delas é contra ou a favor, a resposta foi “nosso posicionamento hoje é o enviado abaixo (no caso acima, a nota)”. Eu aposto que são contra o fim do roaming.

No caso da Claro, antecipando-se a uma tendência, a operadora de origem mexicana lançou, no ano passado, o Passaporte Américas – serviço através do qual os clientes Claro Pós podem utilizar seus planos em 18 países da América como se estivessem no Brasil.

Por mais R$ 9,99 por mês (contratação anual), o cliente utiliza normalmente seu plano pós pago podem falar ilimitado com telefone do Brasil ou do país visitado e ainda a franquia de dados do plano.

O Passaporte Américas oferece cobertura nos seguintes países: Estados Unidos, México, Canadá, Argentina, Chile, Colômbia, Uruguai, Costa Rica, El Salvador, Equador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico e República Dominicana.

Já é uma boa solução, mas o ideal mesmo era o valor já está incluso no plano. Bom, pelo menos, a operadora respondeu por conta própria e se mostrou bem mais aberta quando o assunto é roaming internacional.

08:05 · 29.03.2018 / atualizado às 08:12 · 29.03.2018 por
Atari Flashback 8

Quem curte videogames certamente se lembra do Atari, um dos maiores fenômenos da indústria do entretenimento. O videogame que popularizou os jogos eletrônicos e virou febre em todo o mundo voltou ao mercado brasileiro no ano passado pelas mãos da Tectoy, que agora lança duas versões: o Atari Flashback 8, no clássico design de mesa, e o Atari Fashback Portátil, que pode ser transportado facilmente e usado em qualquer lugar. Os dois novos modelos de Atari podem ser adquiridos no site da Tectoy, pelos preços sugeridos de R$ 499 e R$ 479, respectivamente.

Os jogos populares da Activision, como Pitfall e River Raid, estão de volta nestes novos videogames. Uma pena que o Enduro ainda não está. No total, são 105 games já instalados no console tradicional e 70 títulos no portátil. Lista completa dos games aqui.

Além dos jogos da Activision, vemos títulos como TAITO e Space Invaders no Atari Flashback 8. O console de mesa vem com dois joysticks com fio e saída de áudio e vídeo para conectar à TV.  A embalagem do videogame vem com selo comemorativo de 40 anos do Atari 2600.

Já o console portátil é a primeira versão móvel lançada da marca Flashback pela Tectoy. Fácil de carregar e recheado de grandes clássicos, como PAC-MAN, da Bandai Namco, o videogame ainda conta com uma tela LCD de 2.8” e entrada para SD card (não incluso), possibilitando aumentar ainda mais a quantidade de títulos compatíveis com o produto.

Atari Portátil

Tanto o Atari Flashback 8 quanto o Atari Flashback Portátil são produzidos na fábrica da Tectoy em Manaus. Reitero que é realmente uma pena que o game Enduro, uma das marcas do Atari tradicional, não esteja nesta versão, mas entendendo que é uma limitação que deve ser mais técnica do que da vontade da TecToy.

Já com relação aos preços, bem, aí podemos conversar um pouco mais. Digamos que eles não são lá muito convidativos. Se você for aos EUA e procurar em farmácias ou em redes como Target ou Walmart poderá encontrar a versão Atari Flashback 8 por apenas US$ 40,40 e a versão portátil por US$ 36,99. Na cotação do dia e do horário de fechamento desta postagem, ou seja, R$ 3,44, os videogames sairiam por, respectivamente, R$ 138,97 e R$ 127,24 (valores arredondados). Ou seja, se você é fã mesmo, melhor seria esperar uma viagem para as terras do Tio Sam, para comprar o seu Atari por lá. A versão Gold do Atari Flashback, com controles sem fio, custa, nos EUA, US$ 65,99, ou seja, convertendo para Reais, ficaria R$  227,00

13:58 · 28.03.2018 / atualizado às 14:29 · 28.03.2018 por
Depois dos Kindles e do marketplace, o passo lógico seguinte realmente seria ter uma estrutura própria de comercialização de produtos

Apesar do rumor, a Amazon não estaria negociando a compra do grupo Via Varejo. Quem informa, através de release publicado no site da Nasdaq (a bolsa de valores dos EUA), é o grupo francês Casino, controlador do Grupo Pão de Açúcar onde está inserido o Via Varejo. O Via Varejo inclui Extra e Casas Bahia e tem grande força no e-commerce brasileiro, além de possuir mais de 900 lojas físicas e 26 centros de distribuição pelo País.

Se a Amazon compra a Via Varejo, essa entraria com muita força no mercado nacional de e-commerce e poderia chegar com grandes promoções.

O rumor surgiu depois que Casino e Amazon fizeram acordo, lá na França, para distribuição de alimentos. Como desde 2016, segundo a Reuters, o Via Varejo está à venda, aí começaram as notícias que a Amazon poderia estar chegando a um acordo de compra.

A assessoria de imprensa da Amazon no Brasil informou que não fala de rumores, mas nos enviou o link da Nasdaq, meio que dizendo: “É tudo mentira. São só rumores!”. Tudo parece ser mesmo apenas uma grande vontade do mercado nacional de ter a gigante Amazon fazendo parte do nosso e-commerce. Porém, acredito que é questão de tempo para isso acontecer, com ou sem o Grupo Via Varejo como parte da Amazon.

A assessoria brasileira do Grupo Via Varejo disse que não irá comentar o assunto.

09:54 · 28.03.2018 / atualizado às 09:54 · 28.03.2018 por
Banda larga com crescimento no Brasil. Foto: Anatel/Divulgação

Segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o Brasil tem 29,33 milhões de contratos de banda larga fixa ativos em fevereiro de 2018. Isso significa um aumento de 2,33 milhões (+8,64%) em 12 meses. Na comparação com janeiro deste ano, o crescimento foi de 41,62 mil contratos (+ 0,14%).

Em 12 meses, os provedores regionais foram responsáveis por mais de dois terços do aumento da banda larga fixa no País, segundo a Agência. Os provedores regionais saíram de 3,05 milhões de contratos para 4,67 milhões (+53,19%). Além deles, a Sercomtel (empresa de telecomunicações com sede em Londrina/PR e que opera com telefonia fixa, móvel e banda larga) teve o maior crescimento percentual, mais 78,44 mil contratos (+46,74%), e a TIM, mais 87,13 mil (+25,97%). A Oi apresentou queda de 176,52 mil contratos (-2,75%).

A Sercomtel, com mais 30,51 mil contratos ativos (+14,14%), foi o grupo com o maior crescimento percentual em fevereiro de 2018 comparado a janeiro, seguida da TIM, mais 4,95 mil (+ 1,19%), e da Algar Telecom, mais 3,61 mil (+0,66%). Nesse período, os provedores regionais tiveram redução de 32,56 mil contratos (-0,69%).

Estados e Distrito Federal
Em 12 meses, o Estado de São Paulo registrou mais 500,25 mil novos contratos de banda larga fixa (+5,21), seguido de Minas Gerais, mais 296,55 mil (+11,30%), e Paraná, mais 237,44 mil (+12,7%). Em termos percentuais, os maiores crescimentos ocorreram no Maranhão, mais 54,86 mil (+24,66%), Ceará, mais 135,22 mil (+22,35%), e Rio Grande do Norte, mais 61,04 mil (+21,54%). Todos os estados brasileiros mais o Distrito Federal apresentaram crescimento no período.

O Estado de São Paulo, mais 45,12 mil contratos de banda larga fixa (+0,45%), o Paraná, mais 33,05 mil (+1,59%) e Santa Catarina, mais 12,62 mil (+0,93%) lideraram o aumento da banda larga fixa na comparação de fevereiro de 2018 com janeiro. Em termos percentuais, a liderança ficou com Rondônia, mais 4,58 mil (+2,97%), Amapá, mais 1,80 mil (+2,84%) e Pará, mais 6,96 mil (+1,93%). Nove estados tiveram diminuição, o Rio Grande do Sul, menos 12,13 mil (-0,66%), apresentou a maior redução absoluta e o Rio de Janeiro, menos 60,30 mil (-1,88), a maior redução percentual.

02:57 · 26.03.2018 / atualizado às 07:38 · 26.03.2018 por
Marco Delgado quando do lançamento da NET em Fortaleza

Se você está pensando em migrar para a NET o que te impede é uma extensão do serviço para seu bairro ou cidade, pode esquecer. Não há previsão da companhia fazer isso por enquanto. Quem garante é Marco Delgado, diretor de operações da operadora no Ceará. “Não haverá expansão de novos bairros em Fortaleza, mas extensão de redes em novos prédios naquele bairro ou rua onde já estamos”, afirmou o executivo. Segundo ele, a medida se dá devido ao cenário político/econômico do País, pois construir redes de fibra ótica do zero requer muito investimento. “E o retorno é muito demorado, leva de 6 a 10 anos. Temos que explorar as áreas cabeadas que temos hoje, para rentabilizar nosso negócio. Quanto mais assinantes você têm mais equipamentos e infraestrutura você precisa ter. E isso precisa de mais investimento”, disse.

Com relação ao avanço de provedores considerados médios ou pequenos com banda larga pelo Interior – fruto também do Cinturão Digital -, o executivo da NET afirma que acompanha o movimento da concorrência. “Estamos acompanhando estas empresas como Mob Telecom e Brisanet. Respeitamos todas elas, mas esse negócio de internet banda larga elas crescem mais nas cidades onde não estamos. Até porque entrar em Fortaleza é super concorrido. A minha grande vantagem em relação aos demais é o combo. Estas concorrentes, tirando a Brisanet, elas não têm TV por assinatura. Temos até o Combo Multi que oferece internet móvel da Claro com plano em dobro. E isso torna a situação mais completa para o usuário. Porque quando você analisa, você paga várias contas de muitos serviços e acaba saindo mais caro que nossos combos”, afirmou Delgado.

Com relação se essa demora em investir em outras áreas não deixa a NET preocupada com o futuro, Delgado disse que a Net não tem medo de entrar no mercado hoje da Brisanet, por exemplo. “Quando, em outubro de 2013, entramos em Fortaleza, já haviam outros concorrentes de peso aqui e mesmo assim entramos. Temos sede da Embratel em Juazeiro e Sobral e se recebermos sinal verde do México vamos entrar”.

TV 4K

Uma das grandes novidades da NET em 2018 chega durante a Copa do Mundo 2018. Segundo Delgado, todos os jogos da Copa serão transmitidos com tecnologia 4K. Quem tiver uma TV com a tecnologia poderá acompanhar os jogos do Mundial da Rússia com esta tecnologia. Em 2014, a NET transmitiu 3 jogos em 4K e o resultado agradou bastante.

Outro serviço que a NET vai trazer para os assinantes no Estado, em breve, é um que está com nome provisório de Catchup TV. Ele já funciona em testes em São Paulo e Rio de Janeiro. Com ele, o sistema salva os últimos 7 dias de programação inteiro da Net para o usuário assistir novamente.

07:49 · 25.03.2018 / atualizado às 13:56 · 24.03.2018 por
Família Galaxy J7

A família Galaxy J foi reconhecida, pelo segundo ano consecutivo, como a linha de smartphones mais vendida do Brasil, segundo levantamento da IDC com levantamento feito no quarto semestre do ano passado. A linha J representa 42% dos aparelhos comercializados no Brasil em 2017, segundo dados da IDC.

Confira abaixo diferenciações entre os aparelhos da vasta linha Galaxy J da Samsung:

Linha Galaxy J Pro
Os Galaxy J7 Pro, J5 Pro e J2 Pro são smartphones tem recurso Dual Messenger, que permite duplicar de forma simples e rápida os aplicativos de mensagem instantânea, possibilitando separar as informações e conversas pessoais das profissionais. Além disso, os J5 Pro e J7 Pro contam com tela Super AMOLED. A Samsung também expandiu, recentemente, os aparelhos compatíveis com o Samsung Pay, serviço de pagamento móvel simples e seguro, e estes modelos permitem aos usuários realizar transações móveis com muito mais facilidade, apenas aproximando os smartphones da máquina de pagamento.

Linha Galaxy J Prime
O J5 Prime tem uma câmera frontal de 5MP desenvolvida especialmente para selfies com recursos como o modo Selfie Panorâmica, que permite incluir ainda mais amigos nas fotos. O aparelho tem acabamento em metal escovado. O J7 Prime tem design ultrafino. O smartphone possui 8MP na câmera frontal, flash LED e lente com abertura f1.9, que possibilita registrar imagens com maior nitidez. Já o Galaxy J2 Prime também traz recursos para fotos, com câmera frontal de 5MP e flash LED, bem como início rápido da câmera, bastando apertar o botão Início duas vezes. O maior diferencial do J2 Prime é o receptor de sinal de TV digital. Ele tem tela sAMOLED de 5”.

Galaxy J7 Neo
O Galaxy J7 Neo conta com o recurso TV Digital HD. Ele tem display Super AMOLED de 5,5”. Com câmera traseira de 13MP e abertura f1.9, e frontal de 5MP com flash LED, a promessa é que o usuário consiga fotos mais nítidas e brilhantes.