Busca

Autor: admin


11:12 · 28.07.2015 / atualizado às 16:18 · 28.07.2015 por

A Motorola anunciou sua nova geração de smartphones, em evento realizado na manhã desta terça-feira (28), concomitantemente em São Paulo e em Londres. os novos aparelhos são: o novo Moto G e os novos 2 tipos de Moto X, o Style e o Play. Dessa forma, aparentemente o Moto Maxx, antigo topo de linha da empresa, deverá deixar de ser produzido.

Moto G

2 sim cards e cartao de memória de 128 Gb em uma mesma estrutura
2 sim cards e cartao de memória de 128 Gb em uma mesma estrutura

O novo Moto G tem novidades interessantes, como a câmera traseira de 13 megapixels, display de 5 polegadas e o fato de ser resistente à água IPX7 (que mantém o smartphone salvo de respingos e quedas acidentais de até 1 m de profundidade na água, durante até 30 min); além de prometer uma bateria que dure o dia inteiro.

O aparelho pode ser personalizado com as Motorola Shells, capinhas disponíveis em várias cores. Graças ao Moto Maker, estúdio de design on-line, que permite criar um smartphone único, você poderá personalizar seu celular. A novidade já está disponível no Brasil, mas por enquanto apenas para este tipo de aparelho.

Com o Moto Maker, pela primeira vez, o usuário vai montar e personalizar o smartphone do seu próprio jeito: escolher a cor da frente do aparelho, do acabamento metálico da câmera traseira e a cor da capa de trás. Além disso, poderá personalizar a memória interna, a memória RAM e escolher se prefere com ou sem TV digital. Ainda é possível incluir capinhas extras coloridas no kit e até gravar o nome do usuário ou uma mensagem na parte de trás do aparelho. Assim que a personalização estiver pronta, o Moto Maker informa a data de entrega, de acordo com as escolhas feitas.

Moto X divide-se em 2

Moto X com traseira em couro
Moto X com traseira em couro

A grande novidade do evento foi a subdivisão do Moto X em Style e Play. Ambos têm câmera traseira de 21 megapixels e dianteira de 5 megapixels; além de que agora contam com capacidade para dois SIMs independentes, além de cartão de memória. Vamos às especificações de cada um:

Moto X Play

O Moto X Play tem bateria de 3.630 mAh e duração de até 36 horas, carregador TurboPower 15 e tratamento repelente à água. Vem com câmera de 21 MP, display Full HD borda a borda de 5,5 polegadas. Processador QualcommSnapdragon octa-core de 1,7 GHz. Esta versão da família X permite trocar as capinhas – as Motorola Shells – a qualquer momento.

Moto X Style

Para quem procura um celular com excelente desempenho, design incrível e opções de acabamentos únicos, o Moto X Style é o mais indicado. Com ele, é possível escolher o que combina com o estilo do dono, entre cores vibrantes e materiais originais, incluindo o novo couro Saffiano ou madeira de verdade.

Ele possui o carregador que promete ser o mais rápido do mercado, o TurboPower 25, tela Quad HD de 5,7 polegadas, borda a borda, e som estéreo de alta qualidade. Câmera de 21 MP e câmera frontal grande-angular de 5 MP e com flash.

A nova família da Motorola. Adeus Moto Maxx
A nova família da Motorola. Adeus Moto Maxx

Preço e disponibilidade

O Moto G está disponível no mercado, incluindo o Brasil, a partir desta terça (28).

O Moto X Play estará disponível a partir de agosto no País, e o Moto X Style, a partir de setembro. Os produtos podem ser encontrados na loja oficial da Motorola.

A traseira em madeira é outra versão muito bonita
A traseira em madeira é outra versão muito bonita

Preço sugerido
Novo Moto G: R$ 899, na versão Moto G Colors Dual-Sim, 16 GB e capa extra.
Moto X Play: R$ 1.499, com 32 GB, carregador TurboPower 15 e capa extra.
O preço do Moto X Style será anunciado em breve.

11:06 · 04.09.2014 / atualizado às 11:07 · 04.09.2014 por
Microsoft apresentou os aparelhos Lumia 830, Lumia 735 e  Lumia 730 FOTO: Nokia/Divulgação
Microsoft apresentou os aparelhos Lumia 830, Lumia 735 e Lumia 730 FOTO: Nokia/Divulgação

A Microsoft anunciou três novos celulares da linha Lumia. O lançamento ocorreu na IFA, uma das maiores feiras de tecnologia do mundo e que ocorre em Berlim, nesta quinta-feira (4).

Para apresentar o Lumia 830, o Lumia 735 e o Lumia 730, a companhia invocou o mesmo mantra entoado nos últimos anos pela Nokia, fabricante pela qual a Microsoft pagou US$ 7,2 bilhões. A empresa exaltou os preços dos aparelhos e tratou por um longo período sobre as qualidades fotográficas dos seus aparelhos e apps.

Durante a apresentação, Chris Weber, vice-presidente executivo de vendas e marketing da Microsoft Devices, fez comparações diretas entre os novos aparelhos e o iPhone 5s e o Galaxy S4. Teve até imagens dos concorrentes no telão. O objetivo era mostrar como os novos aparelhos da linha Lumia entregam componentes mais sofisticados por preços mais baixos.

“Fizemos uma comparação em ambientes escuros entre o Lumia 830, o iPhone 5s e o Galaxy S4. Como vocês podem ver, é muito melhor que o iPhone. Já o Galaxy ficou tão ruim que decidimos nem colocar na apresentação”, afirmou Weber, com uma imagem ao fundo que comparava fotos tiradas pelo Lumia 830 e pelo iPhone 5s.

Selfie

O executivo também detonou a selfie tirado pela comediante Ellen DeGeneres no último mês de março, imagem que se tornou viral nas redes sociais, mas que resultou de uma ação de marketing planejada pela Samsung. “A imagem ficou famosa e dá para ver o quão ruim ela é”, disse o executivo. Ele, então, mostrou o Lumia Selfie, app que permite melhorias para as fotos tiradas com a câmera frontal.

Lumia

O modelo 830 tem design fino (8,5 milímetros) e bordas de alumínio que lembram as do iPhone 5s e do Galaxy Note 4. Tem tela de 5 polegadas, processador Snapdragon 400 de 1,2 GHz (quatro núcleos) e memória de 16 Gbytes.

A câmera de 10 megapixels conta com o menor sistema de estabilização óptica em um Lumia, o que permitiu que o aparelho emagrecesse. Na Europa, o smartphone custará 330 euros. O iPhone 5s custa 515 euros, e o Galaxy S4 440 euros.

Já os Lumia 735 e 730 têm como atrativo a câmera frontal de 5 Mpixels, que promete ser boa para selfies e videochamadas. A diferença entre eles é que o 735 se conecta à rede 4G. Esses modelos custarão 219 euros e 199 euros, na Europa, respectivamente.

Fotos melhores

Entre as melhorias de fotos no app Lumia Camera foram apresentados os seguintes recursos: maior na velocidade na ativação da câmera; vídeos em 4K com 24 fps (cada frame com resolução de 8,3 Mpixels); e simplificação de captura com flash dinâmico.

Já app Lumia Selfie permite correções físicas no rosto, como ajuste nos tons de pele, remoção de rugas, emagrecimento, clareamento dos dentes, e correções dos olhos.

As informações são da Folhapress

16:42 · 05.08.2014 / atualizado às 16:43 · 05.08.2014 por

A operadora Oi divulgou que sua rede WiFi  ultrapassou a marca de 800 mil pontos de acesso. O número representa um crescimento de 58% neste ano, se comparado aos 505 mil hotspots contabilizados em dezembro de 2013.

A rede Oi WiFi faz parte da estratégia da companhia para, com uma rede convergente, oferecer alternativa para desafogar o tráfego nas redes 3G 3 4G.

Os hotspots da rede Oi WiFi estão distribuídos em grandes redes como: Mc Donald’s, Fran’s Café e Outback, além dos principais aeroportos e shoppings, de todas as regiões do país. A rede Oi WiFi também está disponível em locais abertos em grandes cidades, como a orla e o Centro do Rio de Janeiro; o Pelourinho e o Farol da Barra, em Salvador; a Praia de Boa Viagem, em Recife; as Praias de Mucuripe e de Iracema, em Fortaleza; o Mercado Municipal de Porto Alegre; e as praças da Estação e 7 de Setembro, em Belo Horizonte.

Através de uma parceria com a Fon, os clientes da operadora também podem usufruir dos mais de 13 milhões de hotspots disponíveis em 14 países. Outros parceiros internacionais da Oi WiFi são: Boingo, Ipass e Meo WiFi, que somam mais de 4 milhões de hotspots.

Aplicativo

Para tirar proveito desses pontos de acesso, o usuário conta com o aplicativo Oi WiFi, que aponta onde a rede está disponível e descarta a necessidade de inserir login e senha depois da primeira sessão.

O app Oi WiFi está disponível gratuitamente na App Store e no Google Play para usuários de dispositivos compatíveis com a tecnologia WiFi com os sistemas operacionais iOS ou Android.

Podem usufruir do serviço gratuitamente os clientes da Oi dos seguintes planos: Banda Larga, Oi Internet Para Celular, Oi Internet Total, Oi Internet Móvel Pós, Oi Internet Móvel Pré (planos a partir de 100 MB), Oi Conta Total, Oi Galera, Oi Conta Total Smartphone, Oi Mais Conectado, Oi Fixo + Pós + Internet Móvel, Oi Conta Total Mais Conectado, Oi Smartphone, Oi Pré-Pago (acesso por 2 horas corridas/dia).

15:32 · 22.07.2014 / atualizado às 15:32 · 22.07.2014 por

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Antes mesmo de chegar ao mercado brasileiro (o que estava previsto para o segundo semestre deste ano), a linha de telefones celulares Nokia X  – os primeiros aparelhos da fabricante finlandesa com sistema Android – foi abortada. A Microsoft, que adquiriu a Nokia em setembro do ano passado, decidiu que não vai mais investir na linha que promove o sistema rival de seu Windows Phone.

 

Voltada para o segmento de baixo custo e representando uma tentativa da Nokia de recuperar mercado, a linha X era composta por três modelos (X, X+ e XL) e foi anunciada em fevereiro deste ano, no Mobile World Congress, em Barcelona (Espanha). No Brasil, a Microsoft já havia marcado o lançamento dos aparelhos para o dia 10 de junho, mas acabou adiando o evento sem maiores explicações (agora já sabemos o motivo).

 

 
Ao anunciar o fim dos Nokia X, a Microsoft informou que os dispositivos Android continuarão sendo vendidos em alguns países. Não sabemos se o Brasil está entre esses mercados. Mas, para o consumidor, adquirir um aparelho de recursos limitados (afinal, é de baixo custo) e que já nasce morto pode ser uma roubada. Mesmo que a companhia invista nesses dispositivos, ainda que por estratégia de expandir seus serviços (Bing, OneDrive, Outlook, Skype) aos mercados emergentes, a alma da linha X não é das mais encorajadoras sob o ponto de vista do consumidor. Ela mais parece uma gambiarra. São aparelhos Android, mas com uma interface similar à do Windows Phone. Para isso, o código-fonte do sistema foi modificado. Isso dificulta atualizações e ainda deve dar um trabalho extra ao processador. Por toda essa trapalhada que a Microsoft fez com essa linha, é bem melhor o usuário passar um “x” e riscar esses aparelhos de sua lista de compras.

14:47 · 17.07.2014 / atualizado às 14:56 · 17.07.2014 por

Com um investimento total de R$ 120 milhões, a empresa Ascenty Data Centers está iniciando a construção de um centro de dados em Fortaleza. A unidade será o quarto data center da empresa, e o primeiro fora de São Paulo. Segundo a companhia, este será também o primeiro data center da região Nordeste construído de acordo com as recomendações do Uptime Institute – principal autoridade internacional nesta área – para a Certificação Tier III – que atesta a segurança, a confiabilidade e a eficiência energética desse tipo de infraestrutura.

A inauguração da unidade está prevista para o segundo trimestre de 2015. “Com isso, vamos ampliar nossa capacidade e, o que é mais importante, levar para o Nordeste uma infraestrutura de alto desempenho e elevado padrão de qualidade capaz de atender às exigências de grandes clientes internacionais”, afirma Chris Torto, fundador e CEO da Ascenty Data Centers, adiantando que um desses clientes já fechou contrato para utilização do novo centro de dados de Fortaleza.

Os três outros data centers da Ascenty estão localizados no interior paulista: um em Campinas, outro em Jundiaí (que está prestes a ser inaugurado) e um terceiro em construção, no município de Hortolândia. Os data centers de Campinas e Jundiaí já receberam a Certificação Tier III.

Por meio dessa infraestrutura de data centers, a Ascenty oferece serviços de colocation, hosting gerenciado, cloud computing e serviços gerenciados para monitoramento de ambientes de tecnologia da informação (TI). A infraestrutura da empresa também inclui uma rede própria de fibra óptica, com 2 mil quilômetros de extensão.

15:43 · 26.06.2014 / atualizado às 14:33 · 19.08.2014 por

Nos dez primeiros dias da Copa do Mundo da Fifa neste ano, a operadora Oi registrou tráfego de 32 terabytes (TB) de dados nas redes de mídia e informática fornecidas pela companhia para a Fifa e utilizadas pelos cerca de 20 mil profissionais de mídia credenciados de 113 países para cobrir o evento no país. O volume de informações equivale a 9 milhões de fotos em alta resolução ou 35 milhões de fotos em resolução normal. Essa marca já supera o total de dados trafegados nas redes da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, durante toda a competição, fazendo da Copa no Brasil a mais conectada da história, com recorde de tráfego de dados.

A Oi foi selecionada pela Fifa para fornecer conexão de internet e serviços corporativos de telecomunicações nos 12 estádios e locais de transmissão para os profissionais de mídia credenciados que fazem a cobertura de imprensa e noticiam a competição para todo o mundo, além de atender a própria Fifa em suas demandas de telecomunicações.

“É impressionante ver como a Copa do Mundo progrediu como um todo e principalmente em TI. A gente tem que agradecer ao Ministério das Comunicações, que é responsável pela infraestrutura básica deste país (…). Outro parceiro fundamental foi a Oi, apoiando as atividades que vêm sendo desenvolvidas. O conhecimento que a empresa [Oi] tem do país foi importante para a entrega deste evento”, disse Dick Wiles, CEO da Match IT, a empresa que gerencia a tecnologia para a Fifa nesta Copa.

Multiconexão

A Oi já observa na Copa do Mundo de 2014 o fenômeno da multiconexão, sendo muito comum um único usuário estar conectado com dois a três dispositivos ao mesmo tempo, em função da utilização simultânea de computadores, tablets e smartphones. Assim, durante os dez primeiros dias, 152 mil dispositivos se conectaram na rede Wi-Fi exclusiva para a mídia nos 12 estádios.

A Oi também registrou expansão de tráfego na comparação com a Copa das Confederações FIFA 2013, evento para o qual também forneceu serviços. Durante todos os 15 dias da competição realizada no Brasil no ano passado, o volume de dados trafegados na rede da companhia para a mídia foi de 7 TB.

 A Copa do Mundo de 2014 também já supera em tráfego de dados outros grandes eventos esportivos internacionais, segundo informações publicadas na internet. Nos 17 dias da Olimpíada de Inverno de Sochi (2014), o tráfego total foi de cerca de 34 TB. E durante o Superbowl XLVIII (final do campeonato de futebol americano de 2014 nos EUA) foram utilizados 1,9 TB de dados. Assim, nos 10 primeiros dias de Copa, trafegaram pelas redes da Oi para a Fifa o equivalente a 1,71 Superbowl por dia.

Entre os usuários dos serviços da Oi para a mídia na Copa do Mundo da FIFA 2014 estão as principais agências de notícias e fotojornalismo do mundo; imprensa escrita e online; e TVs e rádios detentoras e licenciadas para transmissão de imagens oficiais do torneio. Os serviços de conectividade da Oi, para internet cabeada e Wi-Fi, são fornecidos nos centros de imprensa; tribunas; entorno do campo; salas de coletiva; zonas mistas; estúdios de gravação; caminhões de geração de imagens dos 12 estádios da Copa do Mundo, além do Centro Internacional de Transmissão (IBC), que já está funcionando no Riocentro.

Para atender ao público torcedor, a companhia oferece além de sua rede 3G e 4G, uma rede Wi-Fi em mais de 700 mil pontos de acesso em restaurantes como Outback, redes de fast food como Mc Donald’s, shoppings e aeroportos, além de locais abertos em grandes cidades: o Mercado Municipal de Porto Alegre; a orla e o Centro do Rio de Janeiro; o Pelourinho e o Farol da Barra, em Salvador; a Praia de Boa Viagem, em Recife; as Praia de Mucuripe e de Iracema, em Fortaleza; e as praças da Estação e 7 de Setembro, em Belo Horizonte.

 

20:08 · 11.06.2014 / atualizado às 20:11 · 11.06.2014 por

A operadora Oi, que patrocina a Copa do Mundo da FIFA 2014, anunciou o lançamento do roaming 4G para que clientes de três operadoras (China Mobile, da China, Swisscom, da Suíça, e KT, da Coreia do Sul) possam acessar a rede LTE da companhia no Brasil. Os clientes da Oi no exterior também já podem navegar na rede 4G dessas três operadoras e de outras duas: Portugal Telecom, em Portugal, e Telus, no Canadá.

Segundo a companhia, também está em fase final a negociação para oferecer roaming 4G aos clientes de “uma grande operadora dos Estados Unidos” (a empresa não revelou o nome).

A Oi já oferece outros acordos de roaming com mais de 350 operadoras em todo mundo, incluindo empresas em todos os 31 países que participam da Copa do Mundo junto com o Brasil.

Aplicativo para turistas

Para os estrangeiros que vêm ao Brasil para a Copa, a Oi está oferecendo também o aplicativo “Oi Tourist WiFi”, que dá acesso gratuito à internet em mais de 2.500 pontos selecionados de sua rede Oi WiFi. A rede sem fio está disponível em locais como pontos turísticos, restaurantes, shoppings e aeroportos.

O app, lançado em parceria com a empresa Redknee, estará disponível para download em aparelhos com sistema operacional Android e será oferecido para os turistas que optarem por usar seus celulares em roaming no Brasil, navegando na rede da Oi.

Clientes estrangeiros que não tenham um aparelho compatível com o aplicativo “Oi Tourist WiFi” também poderão experimentar gratuitamente o serviço Oi WiFi durante 15 minutos diariamente, acessando o portal www.oi.com.br. Após esse período, os usuários deverão comprar passes para continuar navegando nos mais de 700 mil pontos de acesso da rede Oi WiFi no Brasil, pagando a partir de R$ 4,90 por 1 hora de uso.

Kit

Para atender os visitantes que quiserem adquirir um chip da Oi, a companhia lançou em maio um kit com chip pré-pago, cartão de recarga no valor de R$ 30 e um código para ter acesso ilimitado por 30 dias à rede Oi WiFi. O kit, que custa R$ 40, facilita o acesso dos estrangeiros aos serviços da Oi e inclui internet ilimitada, pacote de SMS, ligações para telefones celulares e fixos da Oi e uma promoção para chamadas internacionais, pagando a tarifa de R$ 0,99 por dia.

A companhia oferece um canal de atendimento exclusivo em inglês e espanhol para ativação de chips pré-pagos e auxílio a estrangeiros, por meio de operadores bilíngues, pelo número 0800 0300 924.

O seu hotsite www.oi.com.br/visitor tem uma loja online onde os estrangeiros podem comprar o kit para turistas, realizar recarga via cartão de crédito, acompanhar o status de seus pedidos e comprar celulares.

18:20 · 11.06.2014 / atualizado às 18:20 · 11.06.2014 por

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Seleção Brasileira vai para a final da Copa do Mundo de 2014, mas perde a partida decisiva para a Alemanha. Esta é a previsão feita pela empresa desenvolvedora de games EA Sports, que simulou  as partidas da Copa em seu game “Copa do Mundo Fifa 2014”.

Segundo a simulação, os alemães vencem em um jogo acirrado, na prorrogação, por 2 a 1. O gol da vitória é do artilheiro Klose. Ainda segundo a EA Sports, a atual campeã  Espanha fica com a terceira colocação, ao vencer Portugal por 3 a 1.

No última Copa, em 2010, a simulação da EA com os times nos campos virtuais acabou coincidindo com o resultado final nos gramados reais, apontando a Espanha como campeã da partida final.

12:47 · 05.06.2014 / atualizado às 11:17 · 22.10.2014 por

A Motorola divulgou nesta quinta-feira, dia 5 de junho, que começa a oferecer no Brasil a atualização do sistema de seus aparelhos Moto X, Moto G e Moto E para o Android 4.4.3 KitKat, recém-lançado pelo Google.

Segundo a companhia, essa atualização de software traz melhorias relacionadas a estabilidade, segurança e gestão de energia, e também um discador atualizado, com nova interface e cores atuais, para melhor experiência e usabilidade.

A Motorola cita ainda outras novidades trazidas na atualização:

– Qualidade aprimorada na imagem da câmera no Moto X, com maior consistência de exposição, cores mais realistas com flash, além de melhoria nas fotos em condições de baixa luminosidade com a câmera frontal.

– Nova função de pausa na gravação de vídeos com um conveniente botão de pausa/continua no visor.

– Novo aplicativo Motorola Alerta para os usuários do Moto X e Moto G. A novidade, já existente no Moto E, ajuda a tranquilizar seus parentes e amigos, enviando mensagens periódicas com sua localização para os contatos que você escolher.

11:20 · 13.05.2014 / atualizado às 11:14 · 22.10.2014 por

Os rumores se confirmaram. A Motorola anunciou agora, em São Paulo, a chegada ao mercado brasileiro do smartphone Moto E. Mais barato que o MotoG, o aparelho custa R$ 529 e é destinado às pessoas que querem adquirir seu primeiro telefone inteligente.

O Moto E tem tela de 4,3 polegadas e já vem com a versão mais recente do sistema Android (4.4.2 – KitKat). Seu processador é dual core de 1,2 GHz, acompanhado de 1GB de memória RAM.

O aparelho tem suporte para uso de dois chips, entrada para cartão de memória e rádio FM integrado. Há ainda uma versão com TV digital, que custa R$ 599.

Novo Moto G

Além do Moto E, a Motorola anunciou também a nova versão de seu sucesso de vendas, o Moto G. O dispositivo agora tem conectividade 4G.  Seu preço é R$ 799.