Autor: Tecno


12:17 · 20.09.2019 / atualizado às 12:18 · 20.09.2019 por

Os meses de abril, maio e junho de 2019 foram atípicos para o mercado brasileiro de celulares. É o que revela o IDC Brazil Mobile Phone Tracker Q2/2019, estudo da IDC Brasil, empresa de inteligência de mercado, serviços de consultoria e conferências com as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações. No período, foram vendidos 852 mil unidades de feature phones, os celulares mais simples do mercado, crescimento de 34% em relação ao segundo trimestre de 2018, movimento que não acontecia desde o terceiro trimestre de 2016, quando o cenário econômico fez o consumidor buscar celulares mais baratos e registrou aumento de 48%. Quanto ao mercado de smartphones também registrou alta de 6,2%, com 12,1 milhões de unidades vendidas, superando as previsões que indicavam queda de 6%.

Segundo Renato Meireles, analista de Mobile Phones & Devices da IDC Brasil, o surpreendente resultado das vendas de feature phones foi impulsionado pela entrada de um novo sistema operacional para a categoria, o KaiOS. O KaiOS deixou os feature phones inteligentes e passou a atender o consumidor que prefere modelos mais simples e fáceis de usar, mas que também quer usar os aplicativos que já fazem parte da rotina do brasileiro. Com as inovações, o preço do celular aumentou 4% e passou a custar, em média, R$ 132. A receita também cresceu e no segundo trimestre de 2019 foi de R$ 112, 7 milhões, 39,3% maior que no mesmo período do ano passado.

Já o aumento no segmento de smartphones aconteceu pela renovação do portfólio de algumas fabricantes. “O consumidor encontrou aparelhos com recursos novos, especificações bem diferenciadas e atributos muito esperados nos últimos meses”, informa o analista da IDC Brasil. Ele lembra que a entrada de novas fabricantes no País também marcou o período. O preço médio ficou em torno de R$ 1.252, o que resultou em um faturamento de R$ 15,1 bilhão, 15,6% a mais do que o segundo trimestre de 2018.

Para o terceiro trimestre deste ano, a previsão da IDC Brasil para o mercado de feature phones é de alta de 31,4%. Os smartphones, pelo contrário, deverão ter queda de 1%, devido ao alto estoque nos canais. Segundo Meireles as fabricantes deverão ofertar smartphones com preços mais baixos – no segundo trimestre o preço médio subiu 8,9% – e o varejo deve fazer promoções para estimular o consumo e baixar os estoques.

Com os resultados do estudo Mobile Phone Tracker Q2/2019, a IDC Brasil reviu suas expectativas para 2019, e a previsão para o mercado de feature phones passou de um crescimento de apenas 0,4% para 26,1%, com 3,2 milhões de celulares vendidos. Já o mercado de smartphones deve fechar o ano com vendas de 45 milhões de aparelhos, queda de 1,3%, pouco melhor do que o saldo negativo de 2,4% inicialmente projetado.

07:36 · 20.09.2019 / atualizado às 07:38 · 20.09.2019 por

A Huawei apresentou, nesta quinta, 19, em Munique, na Alemanha, seu smartwatch de próxima geração, o Huawei Watch GT 2, nos tamanhos 46 mm e 42 mm, com o chip proprietário da empresa, o Kirin A1. Prometendo uma duração de bateria elevada devido à capacidade de consumo de energia extremamente baixa do chip, segundo promessa dos chineses, o Watch GT 2 também é o primeiro smartwatch da Huawei com uma tela de vidro 3D all-in-one, criando uma exibição ampla e sem limites. Além disso, o novo smartwatch oferece mais modos esportivos com programas mais avançados, bem como adiciona funcionalidades de chamada e reprodução de música por Bluetooth, aprimora os recursos de monitoramento e gerenciamento de saúde e fitness, e oferece maior cuidado em detalhes meticulosos para quem gosta de esporte e busca por qualidade de vida. Com os preços de 229 euros (42mm) e 249 euros (46mm), os novos relógios não tem previsão de quando ou se vão chegar ao Brasil. Isso, pelo menos, oficialmente, visto que há muitas pequenas empresas que importam e consumidores que compram direto de sites chineses tais produtos.

Chipset proprietário

Acima: série de 42mm do Huawei Watch GT 2. Abaixo: série de 46mm do Huawei Watch GT 2

O Huawei Watch GT 2 é equipado com o chipset Kirin A1, da Huawei, para tentar melhorar a vida útil da bateria. O chipset Kirin A1 integra uma unidade de processamento Bluetooth, uma unidade de processamento de áudio, um processador de aplicativo de consumo de energia extremamente baixo e uma unidade de gerenciamento de energia separada. O processador de aplicativos usa o Cortex-M7 para obter um consumo de energia de 10uA/MHz, muito abaixo da média da indústria de 30uA/MHZ, garantem os chineses.

No uso diário, o Huawei Watch GT 2 de 46mm pode operar continuamente por até duas semanas, com o monitor inteligente de frequência cardíaca e as funções de notificação de chamadas ligadas e uso semanal de até 30 minutos de chamadas Bluetooth; até 30 minutos de reprodução de música; até 90 minutos de exercício e usando o modo de sono científico à noite. No modo clássico, o Huawei Watch GT 2 de 42mm pode operar continuamente por até uma semana. Ambas as séries de relógios melhoraram bastante a vida da bateria no modo esportivo rastreado por GPS. A série de 46 mm atinge a duração da bateria de 30 horas no modo esportivo rastreado por GPS, enquanto a série de 42 mm atinge 15 horas.

Design de vidro

Huawei Watch GT 2

Herdando o visual clássico da geração anterior, o Watch GT 2 melhorou ainda mais a estética com um design de tela completo e sem bordas. A superfície de vidro 3D all-in-one permite uma aparência mais ampla. O visor da série de 46mm adota técnicas de escultura chanfrada e processamento de pedras preciosas para criar um vidro curvado 3D e aplica entalhe individual, criando pontos côncavos no mostrador para uma aparência mais vívida. Tratado com vários processos, o mostrador curvo da série de 42 mm tem apenas 9,4 mm de espessura e é decorado com uma estrutura metálica extremamente fina e moderna.

O Huawei Watch GT 2 da série de 46mm também é equipado com uma tela sensível ao toque de precisão AMOLED HD de 1,39 polegadas com resolução de tela de 454×454 pixels, gama de cores mais ampla e design ultrafino superior às telas de LCD, obtendo cores de tela mais completas e maior contraste.

Novo monitoramento

Huawei Watch GT 2

Os entusiastas do esporte querem monitoramento profissional de dados esportivos e uma experiência completa em seus smartwatches. O Huawei Watch GT 2 da série de 46mm se conecta ao telefone celular Huawei via Bluetooth e suporta chamadas Bluetooth em até 150 metros. O relógio também suporta a funcionalidade de agenda telefônica, para que você possa salvar as informações de contato de seus amigos e procurá-las facilmente. Ao mesmo tempo, o relógio vem com uma capacidade de armazenamento grande, para até 500 músicas mp3. Você pode gerenciar e ouvir músicas facilmente enquanto se exercita.

No modo esportivo, o Huawei Watch GT 2 é compatível com 15 esportes, incluindo oito esportes ao ar livre (corrida, caminhada, escalada, trilha, corrida em trilha, ciclismo, natação em águas abertas, triatlo) e sete esportes indoor (caminhada, corrida, ciclismo, natação, treinamento livre, máquina elíptica, remo seco). Para esses 15 modos esportivos, o relógio fornece monitoramento completo de aproximadamente 190 tipos de dados. O relógio fornece análise de dados pré-exercício direcionada para diferentes esportes, análise de registro de dados durante o exercício e aconselhamento profissional posteriormente, garante a Huawei.

Gestão da saúde

Huawei Watch GT 2

No campo de dispositivos vestíveis inteligentes, a Huawei está empenhada em ajudar os consumidores a gerenciar melhor a sua própria saúde.

Em termos de monitoramento da frequência cardíaca, o Huawei Watch GT 2 ajuda a monitorar bradicardia e insuficiência cardíaca. A menos que esteja no modo esportivo, o usuário será notificado se a frequência cardíaca estiver acima de 100 bpm ou abaixo de 50 bpm por mais de 10 minutos. Os usuários também podem visualizar os dados no aplicativo Huawei Sports and Health para observar sua saúde em tempo real.

Além do monitoramento da frequência cardíaca, o monitoramento do sono é outra função que os usuários gostam. A má qualidade do sono tornou-se um problema para muitos. O Huawei TruSleep 2.0 monitora a qualidade do sono, a frequência cardíaca em tempo real, a qualidade da respiração no sono e usa a análise de big data para avaliar a qualidade do sono. Ele combina a tecnologia de inteligência artificial da Huawei para analisar os problemas de sono e fornece sugestões de melhoria do sono, além de serviços e relatórios personalizados para ajudar os usuários a melhorar a qualidade do sono.

O Huawei Watch GT 2 também vem com a tecnologia autodesenvolvida Huawei TruRelax, que ajuda os usuários a aliviar o estresse, registrando valores de variabilidade da frequência cardíaca e fornecendo feedback sobre o índice de estresse do usuário. Além disso, ele também possui um alerta de sedentarismo, que lembra o usuário de se levantar e se movimentar após um certo tempo. Em ocasiões especiais, o alerta pode ser desativado. Você também pode registrar o número de passos que você dá todos os dias, as calorias queimadas e o número de vezes que você se levanta. O Huawei Watch GT 2 fornece aos consumidores informações sobre o estado físico durante todo o dia para ajudá-los a desenvolver hábitos e estilos de vida saudáveis.

06:52 · 20.09.2019 / atualizado às 07:05 · 20.09.2019 por

Durante evento em Berlim, na Alemanha, a Huami anunciou seu novo Amazfit X. Embora este produto só será lançado em 2020, Wang Huang, fundador, presidente e CEO da Huami, explicou como ele será e algumas especificações técnicas como a tela curva flexível de 92°. Essa nova tela curva de 2,07 polegadas, que está sendo testada atualmente, mostrou resultados impressionantes em laboratório, como 100% de saturação de cor NTSC e tela com brilho de 430 nits.

A tela de resolução de 326 ppi HD também vem com uma bateria de lítio curva e uma placa-mãe de 3 seções conectada através do FPC para se ajustar ao corpo curvo do relógio. A tecnologia e o processo para dobrar o vidro são tão complexos que devem ser aquecidos a 700 °C. Além disso, este relógio não terá botões físicos para criar um corpo liso de uma peça só; em vez disso, será equipado com botões ocultos sensíveis à pressão que respondem ao toque.

Finalmente, a bateria de 220 mAh do dispositivo durará cerca de 7 dias, promete a Huami. O corpo curvo se encaixará no pulso em uma posição muito mais confortável. A curvatura também fornece uma tela maior, cerca de 244% maior do que outros dispositivos usáveis com tamanhos semelhantes, permitindo que o usuário navegue por mais informações.

Mais recursos e funções do Amazfit X estarão disponíveis no futuro assim que o produto estiver mais próximo de seu lançamento em 2020. O preço não foi relevado ainda.

06:09 · 20.09.2019 / atualizado às 14:01 · 17.09.2019 por

O Lens Studio acaba de ganhar novos recursos, incluindo seis templates, 14 Landmarkers (pontos turísticos ao redor do mundo) e outras ferramentas que aumentam as possibilidades de um número ainda maior de criadores, de ilustradores 2D a desenvolvedores de artes sofisticadas para os usuários do Snapchat.

Os seis novos templates chegam para complementar os mais de 40 já existentes. São eles:

· Face In Video: transforme as selfies em um vídeo;

· Portrait Particles: inclua efeitos personalizados de ambientação atrás da cabeça do usuário. Perfeito para sua próxima festa!

· Countdown: crie lentes que permitem incluir contagem regressiva em datas específicas, além acessórios de celebração como óculos e chapéus em 3D;

· Skeletal: capture imagens em 2D de cabeças, pescoços, ombros, cotovelos e mãos e inclua efeitos nas articulações.

· Hair colour: modifique a cor dos cabelos com novos tons e estilos, da raiz às pontas.

· Makeup: use e abuse da Realidade Aumentada para adicionar batom, sombra, blush e outras makes indispensáveis à sua selfie.

Suporte para criadores

Para os criadores de lentes que baixam o Lens Studio pela primeira vez, a Snap oferece um novo guia interativo que ensina o passo a passo do processo para que até quem nunca usou a ferramenta antes possa criar sem dificuldade. O app para desktops também ganhou uma tela de entrada que destaca os novos templates e recursos, além de exibir as lentes favoritas da comunidade. Novas perguntas e respostas e resoluções de problemas foram adicionadas à Knowledge Base, a biblioteca de informações de suporte. E os Lens Studio Templates também foram disponibilizados no GitHub – os criadores podem adicionar os seus, assim, todo mundo pode fazer uma busca por “lens-studio”, descobrir e se inspirar com as criações da comunidade Snap.

Lens Studio

“A Snap sempre acreditou no poder da Realidade Aumentada – mas, por mais que esta tecnologia tenha evoluído, por muito tempo ela permaneceu inacessível para os criadores. Dessa necessidade nasceu o Lens Studio. É por meio da ferramenta e, mais especificamente, da biblioteca de modelos, que a Snap faz com que a criação de lentes esteja acessível para todos os interessados. O propósito é oferecer aos Snapchatters as experiências mais diversas e relevantes em lentes e expandir o processo criativo das pessoas, seja qual for seu nível de habilidade. Maquiadores, designers, ilustradores, animadores, estudantes e até marcas podem tirar vantagem de seus recursos”, garante comunicado da Snap.

A empresa acredita que o sucesso da Realidade Aumentada depende de uma comunidade de criadores vibrante e diversificada. Por isso, eles prometem seguir investindo sempre em buscar maneiras de dar mais visibilidade ao trabalho dos profissionais por meio de sua plataforma.

A comunidade Lens Studio é apoiada por meio de uma série de programas, incluindo o Official Lens Creator, realização de workshops, oportunidades de parcerias e muitos outros. Para garantir a visibilidade dessas criações, as lentes podem ser encontradas no Lens Explorer do Snap, por meio do menu em carrossel, e no Lens Creator Profiles, um recurso que, além de permitir aos Snapchatters descobrir novos criadores, ainda permite a esses criadores obter informações sobre a audiência, de estatísticas dos Stories e alcance das lentes até dados demográficos de usos e preferências.

Mais de 500 mil lentes foram criadas pela comunidade Lens Studio, e essas lentes já foram usadas mais de 15 bilhões de vezes pelos Snapchatters (fonte: Snap Q2 2019 Earnings Slides).

13:08 · 19.09.2019 / atualizado às 13:08 · 19.09.2019 por

Nesta quarta, 18 de setembro, o Instagram anunciou uma nova política no Instagram e Facebook, focada em conteúdo de produtos para perda de peso e determinados procedimentos estéticos. A partir de agora, quando a rede social toma conhecimento desse tipo de conteúdo, poderá tomar as seguintes medidas:

Restringir o conteúdo: se uma publicação promover o uso de determinados produtos para perda de peso ou procedimentos estéticos incentivando a compra ou incluindo preços, iremos restringi-la para que usuários menores de 18 anos não vejam essa publicação.

Remover o conteúdo: publicações que prometem resultados milagrosos relacionados a determinados produtos de dieta ou perda de peso, contendo uma oferta comercial como um código de desconto, não serão mais permitidas pelas Diretrizes da Comunidade e serão removidas do Instagram.

“Nossas políticas de publicidade nunca permitiram a promoção desses produtos e agora estamos dando mais um passo para também considerar a tendência crescente de marketing de influenciadores e conteúdo orgânico”, garante nota do Instagram.

“Queremos manter um ambiente positivo para todos no Instagram, e essa nova política faz parte do nosso trabalho contínuo para reduzir a pressão que as pessoas podem sentir às vezes, quando se deparam com alguns conteúdos nas redes sociais. Trabalhamos em conjunto com especialistas para garantir que essa mudança tenha um impacto positivo em nossa comunidade de mais de 1 bilhão de pessoas, e para assegurar que o Instagram continue sendo uma plataforma para livre expressão e discussão”, afirmou Emma Collins, gerente de Políticas Públicas do Instagram.

08:14 · 19.09.2019 / atualizado às 08:15 · 19.09.2019 por

A interação humana com celulares e smartphones cresce exponencialmente e a carga da bateria dos dispositivos, em muitas situações, pode ser classificada como item de primeira necessidade. Não é exagero. Por conta disso, o Fórum Clóvis Beviláqua (FCB) disponibiliza duas estações de carregamento de baterias de celular para o público. Ao todo, 4 mil pessoas, entre colaboradores e usuários do sistema de justiça, circulam diariamente no local.

Localizadas nos blocos A e B do Fórum – no corredor térreo da farmácia e agências bancárias e no corredor térreo da Central de Atendimento Judicial (CAJ), cada estação conta com quatro sofás e uma mesa de centro onde estão instaladas duas torres de energia, com cinco tomadas bivolt e duas entradas USB.

Equipamento para recarregar o celular no Fórum Clóvis Beviláqua. Foto: Divulgação

“O objetivo é trazer conveniência e conforto para os usuários e, dessa forma, reforçar nossa visão de oferecer um serviço humanizado”, destaca Pedro Sampaio, diretor-executivo da Área Administrativa do FCB.

06:47 · 19.09.2019 / atualizado às 14:01 · 17.09.2019 por

A Acer apresenta modelos da linha Aspire 3 com processadores AMD Ryzen. A promessa é que os novos equipamentos são ideais tanto para uso doméstico quanto corporativo. “Ampliamos a nossa linha Aspire 3 com processadores AMD Ryzen que são ideais para quem busca alta performance durante as tarefas do dia a dia”, conta Anderson Kanno, Diretor Sênior da Acer Brasil. Os notebooks começam em R$ 2.999,00.

Confira detalhes das novidades da linha Aspire 3 da Acer:

Acer Aspire 3 com AMD Ryzen 3

O Acer Aspire 3 com o processador AMD Ryzen 3 Dual Core possui memória RAM de 4GB, HD de 1TB, placa de video Radeon Vega 3 com memória compartilhada. O notebook conta ainda com uma tela de 15.6” HD (1366 X 720) com tecnologia Acer CineCrystal. O equipamento possui ainda entrada HDMI, USB 3.0, porta Ethernet (RJ-45) e leitor de cartão SD. A promessa é de bateria que dura até 7 horas longe da tomada.

O Acer Aspire 3 com AMD Ryzen 3 está disponível na cor preta (A315-41-R790) e pode ser adquirido na Acer Store e nas lojas físicas e online dos varejistas parceiros de todo o Brasil.

Acer Aspire 3 com AMD Ryzen 5

Com processador AMD Ryzen 5 Quad Core, o Aspire 3 traz ainda uma placa de vídeo (GPU) AMD Radeon com 2GB de memória dedicada, 8GB de memória RAM, além de teclado em português padrão ABNT com teclado numérico dedicado. A tela de 15.6” HD (1366 X 720) possui a tecnologia Acer BluelightShield, que reduz a emissão de luz azul em até 54%. Com armazenamento de 1 TB, o Aspire 3 possui ainda entrada HDMI, USB 3.0, porta Ethernet (RJ-45) e leitor de cartão SD.

O Acer Aspire 3 com AMD Ryzen 5 está disponível na cores preta (A315-41-R87Z) e cinza (A315-41-R2MH) e pode ser adquirido na Acer Store e nas lojas físicas e online dos varejistas parceiros de todo o Brasil.

07:22 · 18.09.2019 / atualizado às 07:24 · 18.09.2019 por

Um estudo do Twitter traz insights sobre o perfil, hábitos de consumo e interações da Geração Z, composta pelos nascidos entre 1994 e 2009, que utilizam a plataforma no Brasil. Para 73% dos entrevistados, o celular é o dispositivo mais importante para acessar a internet – e é bastante usado como complemento da televisão. Enquanto assistem à TV, eles usam o aparelho para conferir redes sociais, trocar mensagens com amigos, jogar games, buscar informações sobre o que estão assistindo e comentar sobre séries.

Conforme as respostas coletadas, o estudo conclui que o Twitter é humor, informação, comunidade e tendência – essa nova geração usa a plataforma para acompanhar eventos ao vivo, compartilhar assuntos do dia a dia e interagir com marcas.

Confira abaixo o infográfico gerado pelo estudo:

05:57 · 18.09.2019 / atualizado às 14:01 · 17.09.2019 por

A Warner Bros. Interactive Entertainment, a TT Games, o Lego Group e a Universal Games e Digital Platforms anunciam, na última terça, 17, que o game mais vendido de 2015, Lego Jurassic World, agora está disponível para o Nintendo Switch. O jogo também suporta o modo portátil e será compatível com o Nintendo Switch Lite.

Desenvolvido pela TT Games e publicado pela Warner Bros. Interactive Entertainment, Lego Jurassic World abrange mais de duas décadas da épica franquia Jurassic World da Universal Pictures e da Amblin Entertainment. Reimaginado em Lego e contado com o humor característico da TT Games, o jogo repleto de ação inclui aventuras e recria cenas dos filmes Jurassic Park, O Mundo Perdido: Jurassic Park, Jurassic Park III e Jurassic World, permitindo que os fãs aproveitem a oportunidade de explorar completamente as extensas Isla Nublar e Isla Sorna.

“Lego Jurassic World é um dos nossos jogos Lego mais populares de todos os tempos e temos o prazer de trazê-lo para uma nova geração de jogadores no Nintendo Switch”, disse Jonathan Smith, chefe de produção e diretor estratégico da TT Games. “Jogadores de todas as idades poderão reviver as aventuras maravilhosas e emocionantes dos filmes, agora com toda a flexibilidade que o Switch oferece”.

O enredo

Os jogadores vão assumir os papéis de personagens do cinema, como o Dr. Ian Malcolm, o Dr. Henry Wu, Claire Dearing, Owen Grady e outros, ao longo de 20 níveis de história em uma missão para coletar âmbar precioso contendo DNA de dinossauro. Utilizando o DNA coletado é possível criar dinossauros completamente originais com o Dino Customizer, misturando e combinando cores, partes do corpo e habilidades, ou podem seguir os passos gigantes dos dinossauros Lego e jogar como essas feras pré-históricas. O jogo também já está disponível para Xbox One e PlayStation 4.

Lego Jurassic World para Nintendo Switch chega com os três pacotes de DLC lançados anteriormente:

– Jurassic World DLC Pack: Dá aos jogadores acesso a seis novos personagens, dois novos veículos, a unidade de resposta Jurassic, o Jurassic World Shuttle e muito mais.

– Pacote de Trilogia Jurassic Park # 1: Concede acesso a três personagens e um veículo, incluindo Dino Handler, Eric Kirby e Paul Kirby, e o Animal Control Vehicle.

– Jurassic Park Trilogy Pack #2: Fornece acesso a três personagens e um veículo, incluindo o Piloto de Helicóptero de Jurassic Park, Lex e Tim Murphy, e o conversível do Dr. Ian Malcolm.

13:32 · 17.09.2019 / atualizado às 13:32 · 17.09.2019 por

O mercado brasileiro de computadores cresceu 0,3% no segundo trimestre de 2019, de acordo com o IDC Brazil PCsTracker Q2/2019, estudo da IDC Brasil, empresa de inteligência de mercado, serviços de consultoria e conferências com as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações. No período, foram vendidas 1,448 milhão de máquinas, o que gerou uma receita de R$ 4,1 bilhões, crescimento de 12% em relação ao segundo trimestre de 2018.

“O PIB teve alta de 0,4% no segundo trimestre na comparação com o primeiro trimestre, e de 1% em relação ao mesmo período de 2018. Apesar da alta maior do que era esperado, a recuperação econômica segue lenta, a cautela continua ditando o ritmo das compras nas empresas e dos consumidores domésticos, e os índices de crescimento nas vendas de computadores equilibrados com a economia”, diz Wellington La Falce, analista de mercado da IDC Brasil.

O mercado corporativo, por exemplo, teve alta de 2% no segundo trimestre de 2019, com vendas de 536 mil máquinas, sendo 290 mil desktops e 246 mil notebooks. Segundo La Falce, o setor bancário e o de manufatura contribuíram bastante para esse movimento.

No varejo, o crescimento em relação ao segundo trimestre do ano passado foi menor – apenas 0,5% -, mas bastante positivo em relação aos três primeiros meses de 2019, que tinha sofrido queda de 8%. Entre abril, maio e junho deste ano foram vendidos 912 mil computadores, sendo 141 mil desktops, aumento de 12% em relação ao segundo trimestre de 2018, e 771 mil notebooks, queda de 1%. “O mercado gamer já vinha se mostrando importante desde o ano passado e ficou ainda maior este ano, ajudando o segmento de computadores de mesa a crescer”, explica o analista da IDC. Em termos de preços, os desktops ficaram 14% mais caros e os notebooks 8%, levando os preços médios para, respectivamente, R$ 2.150 e R$ 2.670. “O dólar aumentou bastante e travou o consumo, que já vinha sendo prejudicado pelos preços altos desde o segundo semestre do ano passado”, diz La Falce.

Para o segundo semestre de 2019, a projeção da IDC Brasil para o mercado de desktops é de crescimento de 6% e vendas de 350 mil máquinas a mais do que em 2018. Já os notebooks, devem sofrer uma pequena retração no semestre, com a venda de 15 mil máquinas a menos.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Na Rede

Tendências, novidades e novos produtos para quem é apaixonado por tecnologia. Comportamento digital e redes sociais também em pauta. Por Daniel Praciano.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags