Categoria: Acessórios


06:51 · 10.07.2019 / atualizado às 13:55 · 08.07.2019 por

Fit bands, smartwatches, fones de ouvido e até óculos inteligentes: os dispositivos wearables, ou vestíveis, são a nova fronteira dos dispositivos móveis e a categoria que mais cresce atualmente, mesmo que ainda seja limitada pelos altos preços a um mercado de nicho. A IDC Brasil, empresa de inteligência de mercado, serviços de consultoria e conferências com as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações acaba de divulgar um estudo dedicado a esta categoria. O IDC Tracker Brazil Wearables revela que no primeiro trimestre deste ano as vendas de fit bands e relógios inteligentes atingiram a marca de 87.974 unidades no Brasil, um crescimento de 51,6% em relação ao mesmo período em 2018.

Segundo Renato Meireles, analista de mercado em Mobile Phones & Devices da IDC Brasil, a categoria está ganhando maior projeção no Brasil, com grandes fabricantes investindo no lançamento de produtos no mercado nacional e consumidores mais interessados em saber e ter um wearable. “Em 2018, foram vendidas 241,3 mil unidades, o que representa um crescimento de 44,2% em comparação a 2017. O mercado está ficando mais estruturado, e os dispositivos com funções mais inteligentes estão ganhando participação em relação aos gadgets básicos, como fit bands”, comenta Meireles.

Os dispositivos mais simples, basicamente voltados ao uso para fitness e saúde (contagem de passos, monitoramento de sono), estão cada vez mais dividindo o espaço com produtos mais robustos e com especificações melhores, que oferecem funções como capacidade de baixar aplicativos de terceiros, notificação e realização de chamadas, recursos mais aprimorados como controle de glicemia e batimento cardíaco, e GPS mais preciso.

Em 2018, as vendas de dispositivos básicos corresponderam a 110,4 mil unidades, com crescimento de 7,2% em relação a 2017, enquanto os equipamentos mais inteligentes chegaram a 130,9 mil unidades, um aumento de 103,3%. No primeiro trimestre de 2019, esse movimento se confirmou, com crescimento de 19,5% no número de dispositivos básicos, com 39.360 unidades vendidas, e de 93,7% na categoria superior, com 48.614 unidades.

O fator preço tem um peso importante neste mercado, que ainda é limitado a um nicho premium. O ticket médio para os dispositivos básicos foi de R$ 1.069 no primeiro trimestre de 2019, e de R$ 2.156 para os smartwatches mais inteligentes. O alto custo é típico de novas categorias de produto, que usam componentes específicos e ainda não tem uma produção em grande escala. No caso do Brasil, esses dispositivos são importados e impactados pela carga tributária e dólar alto.

“Com a consolidação do mercado e fabricantes investindo em produtos tanto para os segmentos de entrada como premium, a tendência é de uma gradual massificação e redução do ticket médio. Enquanto no primeiro trimestre do ano passado os dispositivos wearables de marcas desconhecidas correspondiam a 44% das vendas, neste ano essa participação caiu para 4%. Os consumidores estão dando preferência a produtos com mais qualidade, garantia e suporte”, comenta Meireles.

Para todo o ano de 2019, a projeção é de um crescimento de 91% nas vendas em relação a 2018, com um volume de vendas estimado em 461,7 mil unidades, sendo 208,5 mil basic wearables e 253,2 mil dispositivos smart. “Novas marcas líderes no mercado global entrando no país e aumentando a concorrência em qualidade e preço devem contribuir para esse resultado, e trazer mais benefícios para o consumidor”, finaliza o analista da IDC Brasil.

06:12 · 08.06.2019 / atualizado às 13:39 · 06.06.2019 por

O CCleaner, produto da Piriform Software, ganhou um novo recurso, o “Easy Clean” (Limpeza Fácil) para seu principal produto, o CCleaner. O Easy Clean oferece aos usuários a mesma limpeza tradicional e um conjunto simplificado de controles que orienta o processo de limpeza, além de meios de personalizar as configurações conforme desejado.

Além de ter uma interface simples e fácil de utilizar, o recurso Easy Clean usa uma linguagem do dia a dia para garantir que os usuários compreendam quais arquivos estão sendo limpos, por exemplo, descrevendo Arquivos Temporários da Internet como “Arquivos deixados para trás, quando você visita websites”.

O Easy Clean fica ao lado da tela de limpeza original do CCleaner, agora renomeada “Custom Clean”, que será a visualização padrão do CCleaner quando for aberta pela primeira vez. Os usuários poderão optar por Easy Clean ou Custom Clean como sua tela inicial. Nenhuma mudança foi feita na familiar interface do Custom Clean, para que os usuários fiéis ainda possam ajustar a interface e adaptar suas limpezas conforme necessário.

“O CCleaner foi originalmente desenvolvido como uma solução, para que os usuários avançados de PC os mantenham. Após mais de 2,5 bilhões de downloads, o produto atinge um público muito mais amplo. Nossa pesquisa mostra que muitos usuários preferem uma limpeza mais simples e fácil de usar, cuidando do essencial. Queremos ter certeza de que todos os usuários de computadores, com qualquer nível de habilidade técnica, tenham a escolha, o controle e a confiança em como podem manter suas máquinas limpas, seguras e rápidas com apenas alguns cliques”, afirma Paul Yung, vice-presidente de produtos.

O CCleaner limpa e otimiza com segurança dispositivos em todo o mundo, para liberar espaço, limpar a navegação online e manter os PCs funcionando com o máximo desempenho. Mundialmente, ele já foi baixado mais de 2,5 bilhões de vezes. Além de limpar arquivos e dados desnecessários, o CCleaner permite que os usuários desinstalem aplicativos de maneira rápida e fácil, controlem itens de inicialização e gerenciem plugins de navegadores.

07:31 · 27.02.2019 / atualizado às 07:33 · 27.02.2019 por

Durante a Mobile World Congress (MWC) 2019, a Western Digital apresentou o cartão de memória SanDisk Extreme 1TB UHS-I microSDXC . O novo cartão apresenta mais velocidade e capacidade de captura e movimentação de grandes quantidades de fotos e vídeos de alta qualidade para smartphones, drones e câmeras de ação. Com mais espaço e velocidade, é possível criar conteúdos sem se preocupar com limitações de espaço ou longos tempos de transferência.

Os smartphones e as câmeras atuais permitem que os consumidores criem conteúdo de alta qualidade na palma de suas mãos, graças a recursos como várias lentes, modo Burst (para disparo contínuo de fotos) e resolução 4K. A Western Digital promete soluções mais avançadas para garantir que os consumidores possam capturar e compartilhar de forma confiável um momento especial ou criar conteúdo de vídeo para uso pessoal ou profissional.

“As pessoas confiam nos cartões da marca SanDisk para capturar e guardar seus momentos. Nosso objetivo é oferecer a melhor experiência possível para que os consumidores possam compartilhar o conteúdo que é importante para eles”, afirma Brian Pridgeon, diretor de marketing para produtos da marca SanDisk, da Western Digital, nos Estados Unidos.

Projetado para ajudar a movimentar vários conteúdos de alta qualidade mais rapidamente, o cartão microSD SanDisk Extreme UHS-I de 1TB atinge velocidades de até 160MB/s. Este novo cartão permite que os consumidores transfiram arquivos em quase metade do tempo em relação aos cartões microSD UHS-I padrão, vendidos atualmente no mercado. Os cartões atingem essas velocidades recordes ao aproveitar a tecnologia flash, proprietária da Western Digital. O produto também estará disponível com capacidade de 512GB e contará com a especificação A2 para iniciação e carregamento de aplicativos em velocidades elevadas.

Disponibilidade e preço

Os cartões microSD SanDisk Extreme UHS-I de 1TB e 512GB estarão disponíveis nos EUA e Europa, nos principais varejistas, em abril de 2019. Os cartões terão preço de US$ 449,99 e US $ 199,99, respectivamente. Não há informação de preço e data de disponibilidade no Brasil.

10:12 · 18.02.2019 / atualizado às 10:33 · 18.02.2019 por

Mais dois smartphones e um smartwatch da marca chinesa Xiaomi estão em processo de homologação na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Os smartphones são o Xiaomi MI 6X e o Redmi Note 6 Pro, além do relógio inteligente Huami Amazfit, segundo revelou o blog Novos Pinguins em sua ronda semanal no site de homologação da Anatel.

Relógio inteligente da Xiaomi pode chegar ao Brasil e homologado pela Anatel

Ao contrário do Pocophone F1, ainda não é possível verificar se os mesmos estão sendo homologados para a DL. Buscamos o contato com a empresa brasileira que prometeu para esta segunda-feira, 18, uma entrevista para contar os detalhes da operação.

O Xiaomi MI 6X é outro que pode estar chegando

É uma ótima notícia saber que empresas brasileiras estão se movimentando para trazer estes aparelhos chineses para o Brasil. Os celulares e relógios inteligentes têm ótima fama, com configuração robusta. O que faltava era suporte. Talvez, com empresas brasileiras no circuito, isso pare de ser uma preocupação.

09:29 · 17.02.2019 / atualizado às 09:44 · 15.02.2019 por

A Kingston, empresa mundial de produtos de memória e soluções de tecnologia, acaba de lançar a versão gerenciável do pendrive criptografado IronKey D300, o IronKey D300 Serialized Managed (D300SM), um dispositivo que tem nível avançado de criptografia compatível com as normas da GDPR (General Data Protection Regulation) e NYDFR (New York State Department of Financial Services).

Por meio dos programas IronKey EMS (Enterprise Management Services) e SafeConsole, ambos da DataLocker, o IronKey D300SM pode ser gerenciado a partir de um único local, ou seja, no caso de uso corporativo, a gestão de um ou de milhares de D300SM pode ser centralizada. Segundo a Kingston, tanto para salvamento na nuvem quanto no próprio dispositivo, o D300SM segue políticas de segurança específicas, como limite de força e repetição de senha, que permitem ao administrador desabilitar remotamente as unidades perdidas ou roubadas, além de redefinir senhas e outras facilidades.

O IronKey D300SM conta ainda com certificação FIPS 140-2 Nível 3 e usa criptografia baseada em hardware de 256 bits AES no modo XTS. O número de série único e o código de barras do IronKey D300S permitem que administradores de rede identifiquem o dispositivo sem precisar conectá-lo ao computador, apenas utilizando a leitura ou escaneamento desses códigos. O recurso simplifica e torna mais eficiente uma série de procedimentos, do acesso regular ao conteúdo do pendrive até uma auditoria física. Já o teclado virtual possibilita ao usuário inserir uma senha utilizando o mouse ao invés do teclado físico, aumentando o nível de proteção contra keyloggers, programas que monitoram as digitações dos usuários.

“O modelo gerenciável IronKey D300 completa a linha de soluções criptografadas da Kingston para empresas de todos os tamanhos”, disse Richard Kanadjian, gerente de criptografia USB da Kingston. “Este é o nosso primeiro pendrive criptografado compatível com múltiplas plataformas, o que permite aos usuários do IronKey EMS ou do SafeConsole adicionarem e implementarem facilmente o D300SM nos seus atuais fluxos de trabalho.”

O IronKey D300SM está disponível em capacidades de armazenamento que variam de 4GB a 128GB, tem garantia limitada de cinco anos e suporte técnico local gratuito.

06:08 · 10.01.2019 / atualizado às 13:25 · 08.01.2019 por

A Razer, marca mundial em estilo de vida para gamers, anuncia um conceito totalmente original de monitor gamer de 27 polegadas, o Razer Raptor. A novidade será exibida em uma versão inicial de design até 11 de janeiro na CES 2019, a maior feira de tecnologia do mundo que acontece em Las Vegas/EUA. A previsão é que as primeiras unidades do Razer Raptor sejam produzidas até o fim do ano por US$ 699.

“A Razer já trabalhou com parceiros para levar sua experiência aos monitores gamers, mas nunca havia atingido o que consideramos ser o potencial máximo. Decidimos usar as próprias mãos para acabar com essa lacuna e agora estamos muito animados para ampliar nossa presença no mercado”, disse Min-Liang Tan, confundador e CEO da Razer.

Pronto para os eSports

O Razer Raptor promete oferecer ângulos de visão mais amplos a partir de uma tela IPS com resolução WQHD IPS (2560×1440) que poderá ser calibrada de forma personalizada e biseis de apenas 2,3mm. O display contará com a tecnologia AMD Radeon FreeSync de sincronização adaptativa, tempo de reposta de 1ms com redução de Motion Blur e taxa de atualização de até 144hz, que garantem maior qualidade da imagem durante as partidas e atendem as mais altas exigências visuais de entusiastas de tecnologia e eSports.

O Razer Raptor exibirá tem suporte a 95% do padrão DCI-P3 e terá suporte a conteúdos HDR (High Dynamic Range), proporcionando tons de preto profundos e ideais para experiências visuais verdadeiramente imersivas. Já os perfis de cores serão programados no monitor de acordo com as necessidades do usuário, seja para jogar, assistir a um filme ou trabalho.

Design

Razer Raptor de 27 polegadas promete agradar aos gamers

O visual em preto fosco do Razer Raptor foi desenvolvido a partir de uma base de alumínio. Na parte traseira, uma textura que mistura tecido e metal dá um toque de elegância. Na base, uma faixa de LED com tecnologia Razer Chroma cria um efeito de luz que pode ser customizado pelo aplicativo gratuito Razer Synapse 3 e sincronizado com outros produtos com o mesmo recurso.

O Razer Raptor tem ajuste de altura e pode ser inclinado em até 90 graus, facilitando o acesso dos usuários às portas de entrada e saída. Além disso, canaletas feitas com CNC na parte de trás da base do monitor escondem os cinco cabos verdes da Razer e deixam a ambiente organizado.

Conectividade

O Razer Raptor terá várias entradas para conectar outros dispositivos, entre elas uma HDMI, uma DisplayPort, uma USB-C que pode ser usada para fonte de energia e duas USB-A 3.1.Além disso, contará com os recursos Picture-in-Picture e Picture-by-Picture, que permitem ao usuário visualizar imagens de múltiplas saídas simultaneamente.

Preço e disponibilidade

O Razer Raptor começará a ser vendido nos Estados Unidos e Canadá pelo site Razer.com até o final de 2019 por US$ 699. Ainda não há informações sobre disponibilidade e preço para o Brasil.

Especificações

• Tamanho da tela: 27 polegadas

• Resolução: WQHD (2560 x 1440p)

• Tipo de tela: IPS

• Taxa de atualização: 144 Hz

• Taxa de Resposta: 4 ms com Overdrive, 1 ms com redução do Motion Blur, 7 ms Typical

• Modos de jogo: FPS/ Racing/ MMO /Streaming

• Ângulo de visão: 178 graus (H/V)

• Proporção: 16:9

• Contraste: 1000: 1

• Brilho: até 420 nits

• Padrão de cores: 95% do DCI-P3

• HDR: Sim

• Suporte com altura ajustável: Sim, com inclinação de 90 graus para fácil acesso às portas

• Conectividade: 1 x HDMI 2.0, 1 x DP 1.4, 1 x USB-C (suporta DP1.4), 2 x USB 3.1

• Cabos inclusos: 1 x alimentação, 1 x HDMI, 1 x DisplayPort, 1 x USB-C (também suporta DP e energia), 2x USB-A 3.1

• Dimensões com o suporte: 61,3 cm de largura x de 38,8cm a 48,8cm de altura x 18,9 cm de profundidade

• Peso com o suporte: 11,5 kg

06:28 · 08.01.2019 / atualizado às 14:52 · 07.01.2019 por

A Kingston, empresa mundial de produtos de memória e soluções de tecnologia, apresentará seus próximos produtos para consumidores domésticos e corporativos durante a CES 2019, o maior evento de tecnologia do mundo, que acontece de 8 a 11 de janeiro de 2019, em Las Vegas/EUA. Em um espaço exclusivo no Hotel Venetian, a Kingston fará as seguintes demonstrações:

• Uso de SSDs NVMe M.2 de quatro canais da próxima geração para consumidores de todos os perfis.

• Apresentação de um lado pouco conhecido da empresa que desenvolve soluções embarcadas para produtos do dia-a-dia, como wearables e dispositivos IoT (Internet das Coisas)

• Uso de cartões microSD de alta durabilidade em câmeras de painel e de segurança.

• Aplicação de SSDs U.2 NVMe e SSDs SATA para data center em RAID 0 em uma estação de edição de vídeo 8K. Nos últimos anos, a Kingston tem trabalhado com a indústria cinematográfica em Hollywood para entender e atender suas necessidades de captura de conteúdo e pós-produção. Essa demonstração inclui algumas das ferramentas utilizados pelos estúdios, como:

  1. SSD DC1000M NVMe U.2: A primeira unidade de estado sólido da Kingston em formato U.2 promete desempenho cinco vezes maior que os SSDs SATA. Segundo a empresa, o produto é indicado para integradores de sistemas que projetam servidores NVMe de alto desempenho da próxima geração e matrizes de armazenamento para provedores de nuvem do nível 2, e para empresas de hospedagem que usam tanto OEM quanto servidores de caixa branca.
  2. SSDs SATA para data center 500R (DC500R) e 500M (DC500M): Enquanto o DC500R é otimizado para cargas de trabalho voltadas à leitura de dados, o DC500M é adequado para cargas de trabalho que misturam grandes volumes de leitura e gravação. As duas unidades oferecem vida útil (TBW) que promete satisfazer 80% dos requisitos de carga de trabalho do mundo e foram projetadas tendo a qualidade de serviço (QoS) como critério principal para garantir previsibilidade e consistência na entrega de IO e de latência.
13:20 · 03.01.2019 / atualizado às 07:25 · 07.01.2019 por

A Positivo Tecnologia, fabricante brasileira de computadores, celulares, acessórios e softwares educacionais, comprou 80% do capital da Accept. Com escritório em São Paulo (SP) e fábrica em Ilhéus (BA), a Accept produz e comercializa servidores, desktops e mini PCs, além de soluções de computação para desenvolvimento de aprendizado profundo e inteligência artificial.

O valor da aquisição é variável e está fundamentado na lucratividade da Accept nos próximos cinco anos. A negociação foi estruturada na forma de “Earn Out”, cláusula contratual em que o preço final de operações de compra e venda é estabelecido posteriormente.

A Accept atua há mais de 30 anos no mercado. Em 2017, registrou crescimento de 37% em termos de receita. Para a Positivo Tecnologia, a aquisição representa complementaridade no portfolio de produtos e expansão de mercado. “Ofereceremos soluções mais completas aos nossos clientes e participaremos de oportunidades em computação na nuvem, big data e inteligência artificial”, afirma o presidente da Positivo Tecnologia Hélio Rotenberg.

A Accept terá os atuais administradores nas posições de CEO (Chief Executive Officer) e COO (Chief Operating Officer), ficando a cargo da Positivo Tecnologia a indicação do novo CFO (Chief Financial Officer). A marca será mantida inicialmente, dado o reconhecimento no mercado corporativo. “Caso haja necessidade de novos modelos de negócios ou produtos, reavaliaremos o posicionamento”, explica Silvio Campos, CEO da Accept.

10:46 · 24.12.2018 / atualizado às 10:52 · 24.12.2018 por

A Active Damping Case é a capinha de smartphone pensada para aqueles que não cansam de deixar o aparelho cair. A cada queda uma nova tela ou, às vezes, uma nova compra. O projeto está no Kickstarter para financiamento coletivo.

A case consegue atenuar os prejuízos usando uma tecnologia baseada em amortecedores retráteis que são acionados com sensores de queda. Em vez de ter o impacto direto no aparelho, os amortecedores fazem o smartphone quicar. As vendas devem começar em 2019, na segunda metade do ano. O projeto esteve em desenvolvimento por quase dois anos antes de ser divulgado para o financiamento.

O time que está cuidando do projeto é pequeno, mas muito engajado em fazer dar certo. É fato que o acessório é muito volumoso, mas como vários projetos iniciais, a tendência é ser otimizado com o tempo e com a aderência do público à ideia.

“Valorizamos a mentalidade de ‘mão na massa’, com um pouco de sorte e seu apoio — estamos torcendo para que isso dê certo para nós”, segundo os desenvolvedores do projeto.

As versões disponíveis são compatíveis com iPhone 6 e 6 Plus; 6s e 6s Plus; 7 e 7 Plus; 8 e 8 Plus; X e Xs. Nada ainda para os usuários Android.

08:29 · 01.07.2018 / atualizado às 17:56 · 12.12.2018 por
Samsung Galaxy J6

A Samsung acaba de lançar um novo integrante para a linha J, uma das que mais tem destaque em vendas da marca entre consumidores brasileiros. Trata-se do Galaxy J6 que chega ao Brasil a partir de R$ 1.169,10 à vista ou R$ 1.299 em 12 parcelas de R$ 108,25 no site da própria empresa. Ele tem Chipset Cortex-A53 Samsung Exynos 7870 Octa com processador 1.6 GHz octa core, traz uma GPU Mali-T830 MP1 com 2GB de RAM e memória de 32 GB.

Tela com maior imersão
O smartphone conta com Display Infinito, que amplia a tela sem aumentar seu tamanho físico, ao diminuir a quantidade de bordas na parte frontal do aparelho. Além disso, o J6 possui tela Super AMOLED de 5.6”.

O modelo vem equipado com TV Digital. Para completar a experiência audiovisual, o smartphone conta com suporte à tecnologia Dolby Atmos que promete melhor qualidade de áudio.

Câmeras aprimoradas
Outro recurso que foi aprimorado neste último lançamento foram as câmeras. O Galaxy J6 possui câmera traseira de 13MP, com abertura de F1.9. O modelo conta, ainda, com câmera frontal de 8MP e abertura F1.9, e traz como diferencial o flash de LED ajustável com três intensidades diferentes. E, para facilitar a organização dos momentos especiais, a Galeria foi aprimorada e permite pesquisar suas imagens por tipo, pessoas, local, entre outros. O modo ‘Histórias’ relembra seus principais registros baseando-se nas datas e locais das fotos.

Experiência Samsung

Samsung Galaxy J6

O smartphone oferece recursos e vantagens para tornar a vida do usuário ainda mais prática e conveniente. Com a função “Par de Apps”, o usuário consegue escolher pares de aplicativos que serão utilizados no modo Multi-Janela. Os aplicativos escolhidos irão dividir a tela.

Para quem gosta de separar a vida profissional da pessoal, o Galaxy J6 conta com o Dual Messenger, que possibilita duplicar os aplicativos de mensagens no smartphone. Já o recurso de segurança Pasta Segura traz uma camada adicional de proteção para aplicativos, fotos e documentos importantes. Com estes dois recursos, o usuário tem a opção de usar até três contas diferentes do mesmo aplicativo.

Outra facilidade é o recurso Wi-Fi Inteligente, que ativa a conectividade automaticamente ao reconhecer uma rede utilizada anteriormente, trazendo maior praticidade, controle do uso de dados e economia de bateria.

Os usuários do Galaxy J6 têm acesso ao Samsung Health, que ajuda a controlar e monitorar atividades físicas, alimentação e qualidade do sono. Além disso, os smartphones podem ser sincronizados com os wearables da Samsung, como os smartwatches Gear Fit2 Pro, Gear Sport e Gear S3, além do fone de ouvido Gear IconX, que, entre outras funcionalidades, oferecem acompanhamento detalhado de informações nutricionais e monitoramento cardíaco.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Na Rede

Tendências, novidades e novos produtos para quem é apaixonado por tecnologia. Comportamento digital e redes sociais também em pauta. Por Daniel Praciano.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags