Busca

Categoria: Aplicativos


07:38 · 08.09.2017 / atualizado às 07:38 · 08.09.2017 por
Novo feed do Google promete mais inteligência

O Google anuncia uma nova experiência no feed do aplicativo do Google para os usuários no Brasil – um feed localizado que permite que as pessoas se mantenham atualizadas sobre os assuntos que mais as interessam.

Feed inteligente 
O feed vai aparecer como uma aba no aplicativo do Google para Android e para iOS, e será possível ver destaques do esporte, as principais notícias, vídeos interessantes, novas músicas, etc. – e não será apenas baseado nas interações com o Google, mas também no que acontece na região e no mundo. É possível esconder o tópico que não for relevante.

Seguir assuntos favoritos
Agora, dá para seguir assuntos diretamente dos resultados da Busca, com um botão “Seguir” próximo a alguns tipos de pesquisas – incluindo filmes, times de futebol, artistas e outros. Ao seguir, o usuário receberá atualizações e notícias sobre aquele assunto no feed.

Contextos mais amplos 
Com a nova experiência, é possível verificar os fatos das fontes de notícias e ver outras informações relevantes sobre um determinado assunto.

O novo feed chegou nos Estados Unidos em julho e, a desde ontem, 7, começou a ficar disponível para os demais países.

08:00 · 31.08.2017 / atualizado às 12:30 · 31.08.2017 por

Depois de 2 meses de uso do aplicativo Meu Desconto, dos supermercados Extra e Pão de Açúcar, posso dizer que o app tem muito mais pontos positivos do que negativos. Ele realmente rastreou perfeitamente meus hábitos de consumo e vem me oferecendo produtos de acordo com que eu compro no mercantil. Porém, além de ofertar isso ele também dá sugestões de novos produtos que, com os descontos, acabo testando.

Mas, como nem tudo são flores, notei que cerca de 20% a 30% dos produtos na minha lista de descontos oferecidos pelo aplicativo andavam faltando. Motivado por esta dúvida, entrei em contato com a assessoria do Extra/Pão de Açúcar aqui em Fortaleza que fez a ponte com a empresa nacional para nos esclarecer sobre a razão deste sumiço de alguns produtos.

Segundo nota enviada por e-mail, eles afirma que, por ser o aplicativo uma iniciativa inédita e pioneira no varejo brasileiro, o mesmo está se adaptando e por isso surgem problemas como o citado por mim. “Além disso, em razão do sucesso da iniciativa, está ocorrendo uma alta procura pelos produtos ofertados pelo Meu Desconto, o que pode ocasionar falhas pontuais de abastecimento em determinadas lojas e datas. Sendo assim, o Extra lamenta qualquer inconveniente causado ao cliente e reforça que vem trabalhando para identificar tais desabastecimentos o mais rápido possível e agilizar para que novas entregas sejam feitas em suas unidades, minimizando assim, qualquer impacto causado ao cliente”.

Este erro da falta do produto anunciado no aplicativo aconteceu comigo algumas vezes

No caso, a falha não foi bem pontual, visto que se repetiu por 3 semanas seguidas. E como todo o sistema é (ou deveria ser) digital, monitorar os estoques e os produtos que estão nas gôndolas deveria ser uma tarefa mais simples.

Claro, a iniciativa do aplicativo de descontos é muito oportuna, não só no atual momento do Brasil. Porém, reparos, ajustes, devem estar sempre sendo feitos. E acredito que o grupo que controla os apps do Extra e Pão de Açúcar estão cientes disso.

Então, para resumir, acho que vale a pena baixar os apps, pois os descontos, que podem ser significativos em alguns produtos e bem tímidos em outros, no final das compras vão sim ajudar a economizar algum dinheiro. Só acho que o Grupo Pão de Açúcar (GPA) deveria analisar a possibilidade de ampliar alguns descontos e incluir mais produtos na lista dos clientes. As sugestões de produtos novos também poderiam ser “engordadas”.

Sucesso inicial
Agora vamos aos números que mostram que, apesar das falhas aqui citadas, os apps estão tendo sucesso junto aos brasileiros. O Meu Desconto, funcionalidade dos aplicativos Pão de Açúcar Mais e Clube Extra, tem uma base de 13 milhões de clientes cadastrados nos dois programas.

Os clientes recebem ofertas em produtos que ele já compra, além de itens que ele pode vir a gostar (estas últimas criadas com base em algoritmos especializados). As ofertas são inseridas pela própria indústria, por meio de uma plataforma, que os conecta diretamente aos clientes de acordo com suas estratégias próprias de marketing e vendas.

Segundo o grupo GPA, que controla Extra e Pão de Açúcar, desde que foi lançado, em 29 de julho, o Meu Desconto foi o grande responsável pela crescente procura pelos apps dos programas de fidelidade, superando as expectativas do Grupo. “Foram mais de 2,1 milhões downloads em menos de dois meses. Isso provocou um aumento de 6% nos clientes fidelidade do Pão de Açúcar e de 6% do Extra, que passaram a representar na venda mensal de cada rede varejista, 78% e 43% respectivamente (para comparação, há um ano – em julho de 2016 – esses números eram de 69% no Pão de Açúcar e 37% no Extra). Os aplicativos também estiveram entre os 10 mais baixados em todo o país no período, chegando ao 3º lugar na Apple Store brasileira – um feito inédito no varejo alimentar nacional”, informa nota enviada para a redação.

“Para que o Meu Desconto fosse um sucesso, seria necessário que os clientes aderissem ao hábito de entrar periodicamente no aplicativo para consultar suas ofertas e ativar as que mais o interessavam. Acreditávamos no sucesso da iniciativa, mas os números superaram qualquer expectativa inicial. Isso prova que as pessoas buscam ofertas relevantes e estão cada vez mais abertas ao uso da tecnologia. O varejo precisava apresentar uma iniciativa disruptiva como esta”, explica Renato Camargo, Gerente de Fidelidade do GPA.

Para finalizar, a nota enviada pela assessoria de imprensa do Grupo GPA informou que o Meu Desconto é uma forma diferente de oferecer descontos, pois elimina a necessidade de cupons e folhetos impressos, concentrando as ofertas no celular. “E ainda é algo totalmente personalizado, ou seja, as ofertas variam dependendo do perfil de cada cliente fidelidade”, complementam.

Realmente o Meu Desconto foi uma ideia muito boa e que deve seguir evoluindo para trazer ainda mais benefícios para os clientes não só durante a atual crise, mas por longos anos. E que possa servir de estímulo para outras redes, não só de supermercados, para adotar a prática dos cupons de descontos que só vão fidelizar ainda mais os clientes.

Mais publicidade interna até

O que noto quando estou nas lojas do Extra e Pão de Açúcar é que muitos clientes não sabem nem que existem o Pão de Açúcar Mais e Clube Extra, quanto mais o aplicativo Meu Desconto. Falta mais publicidade interna nas lojas. Folhetos, caixas falando sobre esta “novidade”, anúncios de alto falante e mais publicidade em veículos de imprensa e mídias sociais. Divulgar esta novidade é importante. Muito mais que esta campanha das facas mega caras que o Pão de Açúcar está fazendo, por exemplo.

08:49 · 15.08.2017 / atualizado às 08:51 · 15.08.2017 por
Sarahah

Com a febre do aplicativo Sarahah no Brasil, que permite que usuários enviem mensagens anônimas para usuários inscritos, a Kaspersky Lab relembra como é importante ler o contrato de licença antes de instalar um novo app em seu dispositivo. De acordo com a pesquisa “Você é um especialista em cibernética?”, da empresa, uma parte significativa dos usuários de smartphones brasileiros instalam aplicativos em seus dispositivos sem entender quais são as possíveis consequências desse ato.

A pesquisa revela também que quase 40% dos consumidores brasileiros não ligam para o contrato de licença do aplicativo ao instalá-lo no celular, sendo que quase 15% não leem as mensagens de instalação desses programas. Ou seja, os usuários clicam em “avançar” e “aceito” sem saber o compromisso que está assumindo – é como assinar um contrato sem ler suas cláusulas. Quando os usuários não leem os contratos de licença, nem as mensagens durante o processo de instalação, eles não têm conhecimento do contrato que estão aceitando.

Alguns apps podem ainda afetar a privacidade do usuário, iniciar a instalação de outros programas ou até alterar a configuração do sistema operacional de um smartphone de maneira legal, pois o usuário autorizou (sem saber) estes acessos durante o processo de instalação.

“É muito comum que os usuários baixem aplicativos sem observar se estão permitindo que os desenvolvedores tenham acesso a mais informações do que deveriam. Quando for instalar algum aplicativo em seu dispositivo, é importante entender quais informações foram solicitadas, se é realmente necessária para o aplicativo e o que pode ser feito com tal informação”, explica Thiago Marques, analista de segurança da Kaspersky Lab.

Pensando nisso, a Kaspersky Lab separou algumas dicas para você baixar e utilizar aplicativos com segurança em seu celular:

1. Faça download de fontes confiáveis: Os dispositivos móveis também são usados para distração, na qual baixamos jogos inofensivos para passar o tempo. É importante somente baixar apps de fontes confiáveis ou de lojas oficiais, como Google Play e Apple App Store.

2. Sempre cheque a privacidade do aplicativo: é importante ler atentamente as condições e informações ao utilizar apps de jogos e testes. Como você pode compartilhar informações de seus amigos quando você concorda em sincronizar sua lista de amigos, os apps também podem dividir suas informações. Certifique-se de alterar as configurações para controlar as categorias de informações que as pessoas podem ter acesso.

3. Verifique a lista de permissões que o app solicita: Não clique em “avançar” durante a instalação sem verificar o que está aceitando. Alguns aplicativos podem ser usados como um gancho para obter permissão para acessar informações confidenciais de usuários e outras pessoas – como contatos, mensagens privadas, localização, etc., para fins comerciais.

4. Tenha uma senha forte e única: nunca crie uma senha fácil de ser adivinhada, como datas de aniversário, lugar de nascimento, nome do pais, etc. Dados como esse são fáceis de serem encontros na internet, como Facebook. Para ter uma senha forte, combine letras, números e símbolos.

5. Proteja seu dispositivo: Use uma solução de segurança para proteger seu smartphone ou tablet contra ameaças virtuais, como o Kaspersky Security for Android. Ele promete proteção contra apps e sites fraudulentos, mantendo a privacidade do usuário graças aos recursos como filtro de texto e chamada antirroubo. Segundo a assessoria da empresa russa, o software garantirá a segurança dos dados do usuário se dispositivo for perdido ou roubado.

12:47 · 20.07.2017 / atualizado às 13:02 · 20.07.2017 por
Cena do game Full Throttle

O clássico jogo para PC Full Throttle está de volta (depois de 22 anos), mas agora para a plataforma iOS, ou seja, para iPhones e iPads. Por US$ 4,99 você pode baixá-lo e alternar entre versão clássica ou remasterizada do game que foi relançado pela Double Fine Productions.

O jogo foi lançado em 1995 pela LucasArts. É uma aventura clássica de Tim Schafer que tem como personagem principal Ben Throttle, o líder brigão da gangue de motoqueiros Polecats.

No Game, Throttle se mete em uma confusão das grandes com direito até a massacres e, claro, muitas motos potentes.

Quem prefere jogar no computador, o game está disponível no Steam para MacOS e PC Windows por R$ 27,99. Também está disponível, desde abril deste ano, para PlayStation 4 e PS Vita.

Full Throttle foi um dos clássicos dos anos 90 e marcou época junto com outros sucessos como The Dig, Doom, Duke Nukem 3D, SimCity e Age of Empires.

 

 

07:38 · 09.06.2017 / atualizado às 07:38 · 09.06.2017 por

A Evernote anuncia Francie Strong como nova VP Global de Comunicação. A executiva passa a ser a responsável pelo desenvolvimento de estratégias de comunicação da Evernote em todo o mundo, liderança do time de Relações Públicas da empresa. Além disso, a executiva será responsável tanto pela comunicação dos funcionários no Headquarter da Evernote quanto nos outros escritórios da empresa.

Francie é formada em Economia pela Universidade de Califórnia em Santa Bárbara e tem mais de 15 anos de experiência no mercado de marketing digital, além de especialidade nas áreas de Crescimento e Aquisição, Métricas e Mídias Sociais. Em sua trajetória atuou como SVP de Estratégia Digital na Publicis, passando pelo Skype como Diretora de Marketing Global e, mais recentemente, ocupou o cargo de Diretora Global de Marketing Consumer no Twitter.

Com mais de 200 milhões de usuários espalhados pelo mundo, o Evernote é um aplicativo por meio do qual pessoas e equipes podem capturar, nutrir e compartilhar ideias em qualquer formato. Está disponível em todas as plataformas para computador, celular ou na web.

12:24 · 02.05.2016 / atualizado às 12:48 · 02.05.2016 por

whatsappEnquanto o WhatsApp tenta desbloquear seu serviço no Brasil, confira 10 opções para usar:

Skype
O aplicativo de vídeo e mensagens de textos foi comprado pela Microsoft e segue forte. Ele tem opções para notebook/PC, mas também para Android, iOS (iPhone/iPad), Windows Phone, BlackBerry e Xbox.

Messenger
O aplicativo virou, inclusive, produto separado pelo Facebook no ambiente mobile. Ele ainda está junto ao Facebook para desktop.

É gratuito e disponível para também Android, iOS (iPhone/iPad) e Windows Phone.

Hangouts
É o sistema do Google. Muito bom, mas pouco usado pelo público geral. Pode funcionar para conferências.

Pode ser para desktop, iOS e Android. Tem tanto um site dedicado como vem “acoplado” aos serviços deo Gmail e Google+.

Telegram
O serviço está presente tanto no Windows Phone, iOS quanto no Android e serve para enviar mensagens que, por muito tempo, eram bem mais seguras que o WhatsApp. As mensagens do Telegram não ficam armazenadas nos servidores da empresa. Ele é gratuito.

Viber
Disponível para Android, iOS, Windows Phone, Windows 8, BlackBerry, Symbian (Nokia) e versão para desktop, ele funciona para troca de mensagens e ainda para criar grupos para amigos ou participar de grupos de famosos.

KaKaoTalk
No aplicativo é possível trocar mensagens de texto, voz, imagens, nota de áudio, compartilhar eventos e contatos. O programa sincroniza os números da agenda telefônica do usuário e os adiciona automaticamente a lista do app, porém ele não é muito popular o Brasil.

Line
O software concede a oportunidade de trocar mensagens de voz e de texto, essa ultima com simpáticos stickers exclusivos. O diferencial em relação aos outros aplicativos é a plataforma QR-Code acoplada ao app. Um ponto negativo é o fato de ele não mostrar quando um amigo está on-line.

Kik Messenger
O app oferece troca de mensagens de texto, voz e imagens instantaneamente. Versátil e acessível, ele está disponível para Android, IOS, Windows Phone, Symbian e Blackberry. No entanto, não é possível fazer chamadas de voz ou vídeo conferência com o programa.

WeChat
Além da trocar mensagens de texto, imagens, chamadas de voz e de vídeo, é possível passar o tempo com jogos disponíveis na plataforma. Boa pedida para quem quer conhecer gente nova, o programa tem a função “Olhar ao Redor”, que localiza pessoas próximas. Apesar da plataforma leve, ele pode travar durante as chamadas.

GroupMe
Este é o aplicativo para quem curte juntar os amigos em uma grande conversa. Ele sincroniza contatos da agenda para ajudar o usuário a criar grupos. Por meio dele não é possível abrir um bate-papo individual.

Com informações da FolhaPress

08:50 · 28.04.2016 / atualizado às 08:50 · 28.04.2016 por

snapchatSegundo o TechTudo, devido ao fracasso de soluções de compra dentro do aplicativo Snapchat, como os filtros para selfies e o replay de snaps, a empresa estaria trabalhando em anúncios dentro do app.

A prática não seria inédita, visto que aplicativos gratuitos e sem compra dentro do app, como o Instagram, já fazem isso.

A nova atualização que retirou a compra de replays de snaps também permite agora que você faça Face Swap, que é a troca de rostos com imagens que estejam salvas em seu rolo de câmera. Antes só era possível fazer se duas pessoas estivessem na frente da câmera.

10:08 · 26.04.2016 / atualizado às 10:08 · 26.04.2016 por

snapchatCom a popularização do Snapchat nos smartphones acabou que gerou uma dúvida? Por que os vídeos feitos e/ou recebidos em smartphones Android parece pior? Não há explicação oficial da empresa, mas tudo indica que o aplicativo para iPhones foi melhor pensando do que para Androids.

O app para iPhone reproduz vídeos com melhor qualidade. Há sites que ensinam como melhorar a qualidade dos vídeos no Android, mas não consegui achar esta opção na aba “Avançado”.

E não adianta apelar para um smartphone Android mais robusto como os tops da Samsung ou da LG, não tem jeito. É o aplicativo mesmo que vai deixar seu vídeo ruim.

No caso da foto, há um truque: faça a foto com flash e depois suba individualmente para cada amigo que te segue no Snapchat. Não funciona subindo no “Minha história”. Boa sorte!

07:30 · 23.03.2016 / atualizado às 07:30 · 23.03.2016 por

filemakergoA FileMaker, subsidiária da Apple com operações no mercado de software, alcançou 2 milhões de downloads do FileMaker Go, sistema para rodar, acessar e interagir com aplicativos corporativos via iPhone e iPad. Segundo a empresa, foram baixadas 2 milhões de cópias do aplicativo FileMaker Go para iPad e iPhone, até meados de março, da iTunes App Store.

“É um número impressionante que reitera a cada vez maior popularidade de nossa plataforma de desenvolvimento de APPs customizados para iPad, iPhone, Mac, Windows e web”, diz Ann Monroe, vice presidente mundial de Marketing da FileMaker. “Na medida em que o mundo se torna fundamentalmente mobile, as empresas estão buscando novos recursos para agilizar negócios e ampliar a interatividade entre suas equipes e o mercado por meio de dispositivos móveis”.

Com o FileMaker Go, o usuário pode se conectar a dados corporativos de qualquer lugar, compartilhando informações com colegas de trabalho mesmo quando um ou vários deles estão em trânsito. Uma vantagem extra é que os apps móveis personalizados oferecem exatamente a mesma capacidade daqueles que funcionam nos computadores da empresa, de forma que tarefas como verificar disponibilidade de peças no estoque, criar pedidos e faturá-los, modificar textos ou liberar campanhas, entre outros exemplos, podem ser feitas da rua a qualquer momento – e sem dor de cabeça.

07:10 · 22.12.2015 / atualizado às 14:12 · 18.12.2015 por
Spotify
Spotify

Você tem a sensação de que o ano passou rápido demais? E ainda por cima você nem teve tempo de programar passeios, viagens e até o menu do Natal com a família? Pois então fique tranquilo que preparamos uma lista de aplicativos que vai te ajudar a correr atrás do prejuízo e deixar tudo pronto para as festas e o merecido descanso, sem gastar muito. Vale para quem vai viajar e deixou para se programar de última hora, mas também para quem vai ficar em casa e quer aproveitar esse período para relaxar.

Spotify – Para quem vai viajar, seja de carro, ônibus ou avião; para quem vai curtir em casa; para as festas com a galera ou com a família, não importa, o Spotify é o aplicativo para fazer a melhor trilha sonora. São milhares de faixas e você pode adaptar sua playlist de acordo com a ocasião. Não vai faltar músicas para o agito na praia ou na reunião familiar.

Waze – Quem prefere viajar de carro, pode ter o Waze como um ótimo aliado. Além de te ajudar com o caminho para você não se perder, o app é um mapa vivo, que se ajusta em tempo real, te mostrando a melhor rota de acordo com o tráfego, acidentes e problemas na via.

Airbnb – O plano é passar o Natal e Ano Novo com a galera? Baixe o aplicativo do Airbnb, que está disponível para Android e iOS, e vai te ajudar a encontrar uma casa ou apartamento por qualquer faixa de preço. São mais de 34 mil cidades e 190 países disponíveis na plataforma, o que facilita para que você encontre o melhor custo/benefício para sua hospedagem. Mas cuidado. Verifique a avaliação do anunciante antes de fechar.

Foursquare – Quer conhecer um local novo, mas não teve tempo de pesquisar sobre os principais pontos turísticos? Use o Fourquare, que te ajuda a encontrar opções de acordo com o seu perfil e dá dicas dos principais passeios e atrações da cidade que vai visitar.

Uber – Para quem não tem carro e quer aproveitar esse momento de pausa do trabalho para passear pela cidade ou até para pequenas viagens para destinos litorâneos e do interior, com comodidade e sem gastar muito, pode aproveitar o Uber. O app é um serviço de transporte semelhante ao taxi tradicional, mas com muito mais conforto e preços acessíveis.

Hellofood – Você vai ficar em casa, mas estará de folga e não quer nem pensar em ir para a cozinha nesses dias de merecido descanso? O hellofood é uma boa pedida. Dá para aproveitar os milhares de restaurantes cadastrados no aplicativo e receber sua refeição no conforto do lar.