Busca

Categoria: Banda larga


14:38 · 11.01.2017 / atualizado às 14:38 · 11.01.2017 por

fibra óticaA Mob Telecom continua aumentando sua rede de internet via fibra óptica para cidades do interior do Ceará, entre elas está Várzea Alegre, Lavras da Mangabeira e Cedro. No final de 2016, a empresa de telecomunicações, com matriz em Fortaleza, concluiu o projeto que amplia a capacidade de banda e cobertura de fibra óptica prometendo um serviço de internet rápida.

Agora, Várzea Alegre, Lavras da Mangabeira e Cedro terão planos de 10 Mbps até 50 Mbps e com um preço menor. Antes, o cliente podia escolher entre planos de 5 mega e 10 mega pagando um valor de R$ 69,90 e R$ 89,90, respectivamente. Hoje, pagando um valor mensal de R$ 69,90 é possível ter uma internet com velocidade de 10 Mbps, para utilizar uma banda larga com 20 Mbps de velocidade o valor a ser pago é de R$ 89,90 e para ter acesso a maior velocidade disponível, a de 50 Mbps, o valor será de R$ 129,90 mensal. Segundo a Mob Telecom, a internet da empresa é de trafego ilimitado.

13:25 · 29.06.2016 / atualizado às 14:21 · 29.06.2016 por
Claudio Alvarez fala dos desafios da Multiplay no mercado local
Claudio Alvarez fala dos desafios da Multiplay no mercado local

Como parte do investimento de R$ 120 milhões da Multiplay no mercado cearense, a empresa anunciou mudanças que começam a ser implantadas ainda neste mês que se encerra amanhã, 30. São duas as principais: a entrada da fibra ótica na casa do cliente com a tecnologia FTTH e a possibilidade de oferecer internet mais rápida e estável e até 1 Giga de velocidade residencial (1 Giga de velocidade de download e 200 Mega de velocidade de upload). Com relação a opção da fibra direto na casa do cliente, o gerente geral da Multiplay, Claudio Alvarez, informou que já estão testando o serviço no bairro José Walter, em Fortaleza.

Segundo o gerente geral da Multiplay, a ideia é mudar o conceito sobre internet rápida, oferecendo, inicialmente, ao bairro Meireles, no quadrilátero compreendido entre as vias Barão de Aracati, Historiador Raimundo Girão, Barão de Studart e Moreira da Rocha, um nova experiência de consumo. “A Multiplay 1 Giga de Internet Fixa é ideal para jogos online, filmes em HD e 4K”, afirmou Alvarez que completou informando que, atualmente, 80% da base de clientes que possuem banda larga Multiplay estão compreendidos na faixa de velocidade de 12 Mbps a 50 Mbps.

Além disso, 5 novas fases de expansão estão previstas com cronograma até 2018, para que a Multiplay chegue a bairros onde ainda não atua. São eles: José Walter, Alagadiço Novo, Maraponga, Luciano Cavalcante, São João do Tauape, Amadeu Furtado, Rodolfo Teófilo, Messejana, Sapiranga, Álvaro Weyne, Vila Ellery, Jacarecanga, Monte Castelo, Jóquei Clube, Castelão, Passaré, Conjunto Ceará, Itaperi, Serrinha, Aeroporto, Jardim América e Carlito Pamplona, além de municípios de Eusébio, incluindo o Alphaville, e Maracanaú.

12:08 · 25.05.2016 / atualizado às 12:08 · 25.05.2016 por
Querem limitar sua internet
Querem limitar sua internet

O Senado Federal criou uma enquete onde quer saber, entre outras coisas, sua opinião sobre a recente polêmica do fim da banda larga ilimitada para planos fixos.

Além desta pergunta há outras como se a decisão de limitar os planos fere ou não o Marco Civil, se você acha que esta decisão dará mais lucros ou não para as empresas ou se irá dar maior prejuízo para os clientes.

Para votar, clique aqui.

05:40 · 05.05.2016 / atualizado às 07:18 · 05.05.2016 por
Querem limitar sua internet
Querem limitar sua internet

Brasileiros nos EUA, Canadá, Portugal e Inglaterra entrevistados usam banda larga fixa sem limite. Conversamos com algumas pessoas que falaram de suas experiências fora do País. Mas antes vamos falar de dados mais amplos, de pesquisa mesmo. Neste link você vai ter acesso ao material que fizemos que mostrava bem claramente a falácia de que a internet pelo mundo é notadamente limitada. Essa falácia é a base do discurso de quem quer limitar a internet brasileira.

O que não é falácia é a falta de qualidade da nossa internet. Na mesma pesquisa feita pela União Internacional de Telecomunicações (UIT), órgão da Organização das Nações Unidas (ONU), a posição da internet nacional é apenas o 61º. Abaixo, só na América, de EUA (15º), que possui um dos modelos mais competitivos do mundo, e de três países sul-americanos: Uruguai (49º), Argentina (52º) e Chile (55º).

Na Europa
Voltando a experiência de nossos entrevistados, comecemos pela Europa. Conseguimos contatos com brasileiros que moram em 3 países do velho continente: Inglaterra (Londres), Itália (Brescia), Portugal (Lisboa). Abaixo os relatos.

Portugal
Vodafone oferece planos com internet, TV a cabo, telefonia fixa e móvel a partir de 26,90 euros (com fidelização por 2 anos). Todos os planos encontrados não possuem limitação de tráfego de dados. Com relação a internet, a velocidade de download/upload é a mesma: 100 Mbps e o tráfego é ilimitado.

A MEO tem planos a partir de 53,99 euros/mês com tv a cabo, internet ilimitada (em todos os planos), telefonia fixa e móvel. O tráfego de download/upload tem velocidade de 100 Mbps. Após 24º mês cai para 50 Mbps.

“Escolhi o plano com mensalidade no valor de 12,99 euros, que me dá acesso a 2GB de tráfego. Consigo usar o 4G perfeitamente, de maneira que funciona até no metro. A qualidade do sinal é satisfatória. Quando atinjo o limite, sou informado que o plano de dados acabou e a operadora oferece-me a opção de comprar mais dados. Em casa, a operadora utilizada é a Vodafone. Meu uso de internet é, basicamente, para assistir filmes online, acessar redes sociais e e-mail. Até o momento, não enfrentei problema com a limitação de dados”, afirmou o jornalista Gledson Araújo que está estudando em Portugal.

Itália
Internet na Itália é ilimitada, segundo garante o casal youtubers brasileiros Lidiane e Marcus que tem o canal Visto e Aprovado. Na Itália (eles moram na região de Brescia), eles têm direito a uma internet de 20MB de velocidade junto a TIM, ilimitada. “Quando contratamos um pacote dão mais benefícios como um chip de celular com 1000 minutos e 2GB de internet em velocidade 4G, além de um pacote de TV com mais de 200 canais. Custa 29 euros por mês já com modem gratuito. Mais 14 euros por mês se quiser a Sky”, afirmaram.

Londres
Segundo a cearense Stephanie Eilert, em Londres, eles contrataram a Virgin Media. “Quando chegamos em 2014, a empresa foi uma indicação de amigos pelo preço e nenhuma (ou quase) burocracia na instalação. Fomos até a loja na Oxford Street, solicitamos o serviço e em uma semana a instalação foi feita”.

O pacote escolhido pela cearense engloba internet banda larga ilimitada, TV a cabo, telefone fixo e celular. “Não há limite de dados por mês e eu desconheço essa política. No início, contratamos o serviço por um ano. Mas, atualmente, pagamos o serviço mês a mês. Para cancelar, devemos comunicar a empresa com 30 dias de antecedência”, informa.

A velocidade testada do serviço, segundo ela, é de 30 Mbps para download e 0,48 Mbps para upload. “A internet é rápida, o serviço é contínuo e não há quedas na internet”, finaliza.

E nos EUA?
Segundo relatos de brasileiros que vivem naquele País, há planos limitados e ilimitados dos mais variados. Alguns com limites bem superiores e outros, não, se comparados aos planos ofertados pela Vivo. Lidiane e Marcus, que já moraram também em Orlando, na Flórida, tinham um plano ilimitado para dados da AT&T de 10 MB de velocidade. “Temos amigos em Orlando que tinham pacote com internet, telefone e TV, mas o nosso era só internet”, afirmaram – hoje eles vivem na Itália.

Canadá
Há várias empresas de internet no Canadá. As que encontramos trabalham com diversos planos de dados e combos com serviços de TV e internet juntos, aliados a planos de voz fixo e móvel.  A primeira que pesquisamos foi a Telus. Ela oferece internet a partir de 103 dólares canadenses por internet ilimitada, mais TV, telefone fixo ou móvel e velocidade de 100 MBPs de download e 20 Mbps de upload no plano mais completo. O plano mais barato cobra 73 dólares canadenses por internet ilimitada e oferece operadora de TV, telefone fixo ou móvel no pacote. Dá 15 Mbps de download e 1 MBPs para upload.

Por 40 dólares canadenses você contrata o serviço mais barato que traz 15 Mbps de velocidade com limite de 150 GB/mês. Notou que o plano mais barato desta operadora oferece um limite maior que o plano mais caro que a Vivo ia ofertar? Ah, o plano mais caro da Shaw custa 60 dólares canadenses e traz limite de dados de 450GB/mês que é suficiente para muita gente. Velocidade de 60 Mbps. Quanto é a velocidade da Vivo (ex-GVT) mesmo?

A canadense Bell oferece planos de 15 Mbps até 940 Mbps a preços que vão de 64,95 dólares canadenses até 149,95 dólares canadenses por mês. No primeiro, o limite de internet é de 75 GB/mês que pode ficar ilimitado se o cliente fizer um pacote com TV por assinatura. Aí o plano vai para 98 dólares canadenses com velocidade de download de 25 Mbps e 10 Mbps para uploads. Mas tem internet ilimitada. O pacote mais completo com TV custa 159 dólares canadenses com velocidade de download de 50 Mbps e 10 Mbps de upload. Mas, se não quiser TV, apenas internet ilimitada, há a opção do plano Gibabit Fibe por 149,95 dólares canadenses. Com velocidade de download de 940 Mbps e 100 Mbps de upload. Em todos os planos, por mais 10 dólares canadenses o cliente tem internet ilimitada.

A canadense Videotron tem planos de 32,95 dólares canadenses até 125,95 dólares canadenses. O mais barato traz 5 Mbps de velocidade de download e 1 Mbps para upload com limite de 20 GB de dados/mês. A mais cara tem 200 Mbps de velocidade de download e 30 Mbps para upload com limite de tráfego de dados de 500 GB/mês. Interessante que ele tem um analista de planos para você acertar na escolha do plano mais adequado para o seu perfil e de sua família.

Felipe Castro, analista de sistema, visitou a irmã, Carol Castro, que mora em Quebec, no Canadá, e sentiu bastante a diferença nas duas vezes que foi lá (a primeira em 2012 e a segunda em 2015). “Em Quebec, a velocidade é maior, mais fluída. A conexão não cai. Fui em 2012 e 2015. Em 2012 a minha irmã tinha internet limitada. Era de 300GB, o mínimo. Em 2015 era ilimitada. Em 2012 virou fibra ótica. Hoje ela tem 50 Mega de velocidade”.

Felipe conta que a irmã nunca teve problema de queda lá. Ela usa os serviços da Bell. “Carol tem roteador wi-fi integrado”. Felipe alerta que se a limitação acontecer mesmo no Brasil e você, por acaso, for sincronizar arquivos via nuvem de um notebook para outro que comprou, por exemplo, pode acabar com sua internet. O problema não é só assistir vídeos no YouTube e Netflix. Para finalizar, o analista de sistema informa que, além da internet ilimitada na residência da irmã, ainda há, pela cidade e em shoppings, banda larga boa suficiente para baixar arquivos pesados e fazer ligações do Canadá para o Brasil.

Como se vê, onde há internet limitada os planos ofertados são bem superiores ao máximo ofertado pelas empresas nacionais. E agora?

13:13 · 28.04.2016 / atualizado às 07:02 · 29.04.2016 por
André Figueiredo (PDT-CE) é o atual ministro das Comunicações. Foto: Agência Brasil
André Figueiredo (PDT-CE) é o atual ministro das Comunicações. Foto: Agência Brasil

Atualizada às 07h03, de 29/04

Segundo fontes escutadas pela agência Reuters, se o vice-presidente Michel Temer for empossado como presidente da República, com o possível impeachment da atual presidente Dilma Rousseff, ele poderia cortar 7 ministérios, entre eles, o das Comunicações.

A fonte não revelou mais detalhes de como seria isso, mas informou que, com os avanços dos marcos legais e as agências reguladoras, o papel do ministério ficaria restrito, basicamente a concessões.

Em caso de passar o fim do Ministério das Comunicações, o mesmo deverá ser fundido com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República.

Recentemente, o Ministério das Comunicações, depois da pressão popular grande contra a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), atuou cobrando uma postura da autarquia de maior proteção do consumidor no caso da limitação da banda larga fixa.

Entramos em contato com a assessoria de imprensa do atual ministro das Comunicações, André Figueiredo, para que ele comentasse sobre a importância de um ministério sobre o tema e o que acha da possível extinção da pasta. Até agora não recebemos retorno.

Resposta do ministro

Segundo relato da assessoria de imprensa do Ministério das Comunicações, “o ministro não vai comentar suposições. Além disso, ele não acredita que isso ocorrerá”.