Categoria: Computador


10:46 · 08.07.2020 / atualizado às 14:42 · 08.07.2020 por

A Dell anunciou nesta quarta, 8, em live realizada com diretores e imprensa o novo notebook Dell XPS 13. O equipamento chega com promessa de redução de até 30% no preço e melhora na configuração. Quem comprar na pré-venda, entre 14 e 21 de julho, levará ainda 3 brindes: monitor Dell de 24 polegadas, adaptador móvel Dell USB-C e 1 ano de Premium Support Plus. O preço final do laptop inicia varia entre os modelos de R$ 8.999 até R$ 11.499.

Diego Puera, VP para consumidor final e pequenas empresas da Dell, afirmou que o novo XPS 13 será fabricado no Brasil, o que foi possível reduzir o preço mesmo com o dólar acima de R$ 5 e entregando uma máquina com configuração mais robusta. A fabricação no Brasil será em Hortolândia, em São Paulo.

A nova geração do XPS 13 estará disponível em três configurações:

  • XPS 13 com processador Intel Core i5 e tela Full HD Non touch; 512GB SSD e 8GB de memória, por R$ 8.999,00
  • XPS 13 com processador Intel Core i7 e tela Full HD Non touch; 1TB SSD e 16GB de memória, por R$ 10.499,00
  • XPS 13 com processador Intel Core i7 e tela 4K Ultra HD Touch; 1TB SSD e 16GB de memória, por R$ 11.499,00

Durante a pré-venda, os usuários que adquirirem uma das três configurações do produto também levarão de brinde os itens abaixo:

  • Monitor 24” SE2419HR, com tela Full HD (1080p) 1920 x 1080 (VGA: 60 Hz, HDMI: 75 Hz)
  • Adaptador móvel USB-C 6 em 1 da Dell | DA300
  • 1 Ano de Premium Support Plus

A promessa é que a bateria dos notebooks durem até 18 horas com 4 células de 52Wh integrado. Eles virão com teclado borda a borda, ocupando todo o espaço com teclas 9% maior e touch pad com aumento de 17%, leitor de impressão digital incorporado no teclado uma tecla sem nome (podia ter algum símbolo). Terá tela InfinityEdge de 4 lados com aumento de 6,8% 91,5% relação tela-corpo 7,8% maior e com corning Gorilla Glass 6 na tela. A tela terá 13,4 polegadas e será 1,6mm mais fina.

A memória RAM será dual channel 3733 MHz. Já o SSD de 512GB e 1TB será NVMe PCI class 40. Os processadores serão Intel Ci5 e Ci7 10ª geração com ventilador duplo, entre outras características. Iris Plus Graphics é a solução gráfica do notebook, sem placas como NVIDIA para dar maior poder ao computador e isso é uma falha grande, visto o preço do equipamento.

10:43 · 25.06.2020 / atualizado às 10:43 · 25.06.2020 por

A Samsung anuncia, nesta quinta-feira (25), o lançamento de sua nova linha de notebooks no Brasil: Samsung Books com preços de R$ 2.899 a R$ 7.199. Com isso, os novos modelos substituem as linhas Essentials e Expert. Ao todo, são oito novos notebooks.

“A linha Samsung Books possibilita aos consumidores uma experiência de alto nível, integrando soluções que otimizam a rotina e se conectam ao estilo de vida. Os novos notebooks contemplam diferentes perfis de usuários, desde os que utilizam o equipamento para ações básicas do cotidiano, como navegar pela internet, curtir as redes sociais, fazer compras online e consumir conteúdo, até os que necessitam de placas de vídeo poderosas para suportar programas de edição de imagens”, afirmou Luciano Beraldo, gerente sênior da área de notebooks da Samsung Brasil.

Com sistema operacional Windows 10 Home e processadores Intel de 10ª geração (Intel Celeron Dual-Core, Intel Core i3-10110U, Intel Core i5-10210U e Intel Core i7-10510U), prometem assegurar o desempenho para as tarefas do dia a dia. Eles vem com memória RAM que varia entre 4 GB e 16 GB (com expansão até 32 GB), além de armazenamento, que vai do disco rígido convencional a opções com SSDs de alta velocidade. Eles terão fácil acesso aos slots de memória e HD possibilitam upgrades mais rápidos e eficazes, promete a Samsung.

Os notebooks pesam, aproximadamente, 1,9 kg. A tela de 15,6 polegadas apresenta resolução HD ou Full HD, dependendo do modelo selecionado. Além disso, possui tecnologia antirreflexiva e bordas finas, para aumentar a imersão. Ele vem com sistema de áudio em alta definição.

Outro aspecto importante do design está nas teclas, que agora tem superfícies 10% maiores. O touchpad também foi aprimorado em todos os modelos, aumentando 20% em área para facilitar o uso.

Multiconectividade

A linha Samsung Books oferece diferentes tipos de solução para facilitar esta integração entre os dispositivos.

Um dos recursos para sincronização de aparelhos é o Samsung Flow. Disponível para download em diferentes sistemas operacionais, o Samsung Flow permite que a tela do smartphone seja visualizada no computador ou tablet. Para isso, segundo a assessoria de imprensa da empresa sul-coreana, basta fazer uma rápida autenticação e colocar a senha nos aparelhos pareados. Assim, é possível receber notificações dos principais aplicativos direto na tela do notebook enquanto trabalha, além de compartilhar fotos com facilidade e espelhar o display do smartphone no aparelho somente conectando os dois produtos na mesma rede e sincronizá-los por meio do aplicativo.

O Samsung DeX, por sua vez, transforma a interface do smartphone em uma interface semelhante à do notebook. Utilizando um cabo USB-C, o usuário controla aplicativos ou funções do smartphone por meio do notebook, facilitando, por exemplo, a edição de fotos e vídeos. Já para parear a tela do computador diretamente na tela de uma Smart TV da Samsung, basta conectar os produtos na mesma rede Wi-Fi e acionar o comando FN+F4 no notebook Samsung e, em “Conectar a dispositivo sem Fio”, procurar por sua TV. Caso não seja Samsung, basta utilizar um cabo HDMI.

Segurança

Além da tradicional opção de uma senha composta por números e letras para acessar o notebook, a nova linha possibilita uma maneira ainda mais prática de acesso, por meio de uma senha desenhada no touchpad. É possível, inclusive, cadastrar múltiplos usuários, ou seja, cada membro da família pode ter seu acesso individual.

A linha

Samsung Book x20

Notebooks: Book E20 e Book E30
Intel Celeron Dual-Core e Intel Core i3-10110U
Os notebooks com processador Intel Celeron Dual-Core ou Intel Core i3-10110U foram projetados com foco em tarefas básicas do dia a dia, como navegar pela internet, estudar, fazer compras online e consumir conteúdo. Assim, estão preparados para possibilitar uma navegação contínua, sem interrupções. O destaque também fica por conta das portas de Easy Upgrade, permitindo fácil acesso e upgrade tanto na memória interna HD, quando para memória RAM, tudo isto sem invalidar a garantia de fábrica.

Samsung Book x30

Notebooks: Book X20, Book X30, Book X40 e Book X45
Intel Core i5-10210U
Para quem precisa trabalhar com diversos programas abertos simultaneamente ou, mesmo nos momentos de lazer, costuma utilizar multifunções ao mesmo tempo, os modelos com Intel Core i5-10210U são capazes de oferecer uma experiência mais fluida. O Samsung Book X40 e o Samsung Book X45 contam com a placa de vídeo NVIDIA GeForce MX110 Graphics, ideal para quem trabalha com edição de imagens, seja em formato de foto ou vídeo. O notebook X45 conta com SSD de 256GB, a tecnologia de armazenamento totalmente digital que permite acesso mais rápido a arquivos salvos e maior velocidade na utilização de aplicativos.

Samsung Book x45

Notebooks: Book X50 e Book X55
Intel Core i7-10510U
Quanto maior a quantidade de núcleos do processador, mais tarefas podem ser realizadas simultaneamente, sem perda de desempenho. Desta maneira, os notebooks com Intel Core i7-10510U 10ª geração são as melhores opções para quem busca elevar o nível de performance. E, também com a placa de vídeo NVIDIA GeForce MX110 Graphics, que proporciona melhor desempenho gráfico para aplicações como jogos e softwares 3D. O notebook X55 também conta com a memória SSD em adição ao 1TB de HD. Com isto, o usuário pode armazenar seu banco de fotos, vídeos e arquivos no amplo espaço do HD e colocar os aplicativos (como o próprio Windows) no SSD para mais velocidade e agilidade na utilização do sistema.

Preço e disponibilidade

A linha Book tem preços sugeridos entre R$ 2.899,00 e R$ 7.199,00. Os primeiros modelos estarão disponíveis nos próximos dias, com distribuição e chegada ao mercado em sua totalidade ao longo das semanas seguintes.

13:19 · 23.06.2020 / atualizado às 14:08 · 23.06.2020 por

A Acer lança Enduro, sua nova linha de notebooks e tablets projetados especialmente para oferecer a durabilidade, a portabilidade e o desempenho necessários para profissionais que trabalham no campo. Socorristas e trabalhadores industriais podem optar pelo Enduro N7, enquanto produtores e mesmo amadores que fazem atividades externas vão gostar do Enduro N3, que é fino e leve. Uma série de tablets Enduro também está disponível para ambientes de varejo, armazém e manufatura. A promessa da companhia é oferecer máquinas resistentes, duráveis e de ótimo desempenho.

“Com uma força de trabalho cada vez mais moderna, cada vez mais dispositivos móveis estão sendo implementados no campo, onde estão sujeitos a condições mais severas de manuseio. A Enduro, nossa nova linha de notebooks e tablets robustos, foi criada para oferecer a nossos clientes a durabilidade e o desempenho para dar conta do trabalho”, explica Andrew Chuang, gerente geral da Rugged Computing da Acer.

Enduro N7 da Acer

O Enduro N7 da Acer é um notebook fabricado com materiais que prometem absorver o choque para oferecer a confiabilidade necessária para socorristas, trabalhadores do campo e da indústria durante o expediente. Com certificação MIL-810G e IP65, o dispositivo foi projetado para resistir a quedas de até 1,80m nos pisos mais duros e à entrada de pó e água. A certificação IP65 indica que o dispositivo não permite a entrada de poeira, e que a “água projetada por um bico (6,3 mm) contra a carcaça, vinda de qualquer direção, não surtirá nenhum efeito nocivo”.

Essa durabilidade prometida faz com que o dispositivo seja próprio para o trabalho, calor ou frio, e a tela FHD de 14” e 700 nits promete garantir excelente visibilidade em ambientes internos ou externos. Para quem tem um longo dia de trabalho, o Enduro N7 vem com duas baterias: uma bateria que pode ser trocada enquanto ele está ligado com longa duração de 10 horas e outra bateria ponte integrada.

A Acer informa que a autonomia indicada da bateria tem como base o teste em modo de produtividade MobileMark 2014 com o recurso sem fio ativado. Detalhes sobre os testes MobileMark 2014 estão disponíveis aqui. A autonomia da bateria varia conforme o modelo, configuração, aplicação, configurações de gerenciamento de energia, condições de funcionamento e recursos usados. Por fim, é notório também que a capacidade máxima das baterias diminui com o tempo e o uso.

Voltando para os lançamentos, além de conseguir resistir fisicamente a ambientes de trabalho caóticos, o Enduro N7 vem equipado com uma CPU quad-core Intel Core i5 de 8ª geração (estamos na 10ª) que promete oferecer potência suficiente para navegar tranquilamente entre diversos aplicativos diferentes e trabalhar em várias tarefas ao mesmo tempo. O Enduro N7 também tem o Trusted Platform Module (TPM) 2.0 no nível de hardware que verifica sinais de invasão durante a inicialização, além do Acer Enduro Manageability Suite (AEMS) que serve para ajudar a proteger o dispositivo enquanto também facilita a implementação de serviços ou configurações de sistema em muitos dispositivos. Um sensor de impressão digital é compatível com logins seguros através do Windows Hello.

Enduro N3 da Acer

O Enduro N3 da Acer é um notebook que promete oferecer equilíbrio entre durabilidade e portabilidade, sendo ideal para usuários que transitam entre diversos locais de trabalho diferentes, como arquitetos, inspetores de projeto, gerentes de eventos, pessoal de campos agrícolas, ou mesmo amantes de ambientes externos que curtem registrar suas aventuras.

O Enduro N3 foi projetado especialmente para ser resistente a quedas e a água, com certificações MIL-STD 810G e IP53, ao mesmo tempo mantendo uma moldura fina e leve de apenas 24,85 mm, com peso de 1,985 kg. Alguns desses recursos incluem cantos reforçados contra quedas, vidro Corning Gorilla Glass para proteger a tela contra água, e o exclusivo Aquafan resistente a água.

A certificação IP53 indica que o dispositivo é protegido contra poeira, possibilitando apenas uma entrada limitada de poeira, e que também é resistente a vaporização de água.

Essa proteção física é acrescentada a níveis premium de proteção contra ameaças cibernéticas graças a tecnologias como Discrete Trusted Platform Module, AEMS, e HDs protegidos por senha. O conjunto de ferramentas de segurança e gerenciamento garante que todo trabalho feito no dispositivo com a bateria de 13 horas de duração esteja seguro. O Enduro N3 vem com processador Intel Core i7 de 10ª geração e 32 GB de RAM DDR4, o que confere a ele um desempenho confiável, com GPU separada opcional NVIDIA GeForce MX230 e SSD de 512 GB PCle Gen3 NVMe para quem possui cargas de trabalho excepcionalmente pesadas.

AEMS

O Acer Enduro Management Suite (AEMS) é um sistema projetado para aperfeiçoar o gerenciamento de grandes quantidades de dispositivos, ajudando a manter os dispositivos existentes mais seguros e a agilizar o processo de implementação de novos equipamentos. O console do AEMS possibilita que o gerenciador interaja remotamente com os dispositivos habilitados com AEMS das seguintes maneiras:

Teclas físicas programáveis: os tablets e notebooks habilitados com AEMS incluem teclas físicas, localizadas ao lado do botão de liga/desliga, que abrem automaticamente um aplicativo designado quando pressionadas.

Controle de E/S: capacidade de habilitar/desabilitar remotamente o acesso às portas de E/S. Câmeras e leitores de códigos de barras também podem ser habilitados ou desabilitados. Nem todas as portas de E/S podem ser controladas através do console do AEMS.

Monitor do dispositivo: lista e exporta informações para todos os dispositivos sendo gerenciados, incluindo informações sobre o sistema, o hardware, o software e quaisquer hotfixes que tenham sido aplicados a cada dispositivo individual.

Implementação remota: quaisquer aplicativos necessários, mudanças no BIOS ou atualizações do Windows podem sem enviados e implementados remotamente.

Tablet

Acer Enduro T5

O Enduro T5 (ET510-51W) da Acer é um tablet com Windows, de 10”, projetado para longos períodos de trabalho em ambientes adversos. A bateria de 10 horas de duração pode ser trocada com ele ligado, prometendo uso contínuo, e um processador Intel Core m3 de 7ª geração dá a ele a potência necessária para quem trabalha com logística e manufatura.

Também vem com as certificações MIL-STD 810G e IP65, e AEMS. Acessórios como estação de acoplamento, alças para as mãos, alças para o ombro, alças de quatro pontos para os ombros, carregadores para levar no carro e suportes para o carro estão disponíveis para ampliar a funcionalidade e a mobilidade do Enduro T5.

Enduro T1

O Enduro T1 (ET110-31W) da Acer é um tablet flexível de 10”, com Windows, que pode dobrar de tamanho virando um notebook de 10,1” com o acoplamento de um teclado opcional. As certificações MIL-STD 810G4 e IP54 do dispositivo, combinadas com um processador Intel Celeron e 64 GB de espaço de armazenamento eMMC. Também é possível usar o Enduro T1 com luva.

O Enduro T1 (ET108-11A) da Acer é um tablet compacto e durável de 8”, com Android, projetado especificamente para quem trabalha no varejo, em depósitos e em fábricas. Com certificações MIL-STD 810G (os critérios do teste de areia e poeira são testados com o padrão MIL-STD 810F) e IP54, o dispositivo também conta com uma linha de acessórios opcionais e teclas programáveis que permitem adaptá-lo a uma variedade de ambientes exclusivos. Também é possível usar o Enduro T1 com luva.

Preços e disponibilidade

Ainda não existe confirmação para data de comercialização dos itens no Brasil. As especificações, preços e disponibilidade exatos variam de acordo com a região.

06:37 · 27.05.2020 / atualizado às 14:46 · 22.05.2020 por

Depois de mais que dobrarem no primeiro mês de isolamento social por conta do novo coronavírus, os ataques phishing a dispositivos móveis (smartphones e tablets) no Brasil cresceram mais 4% em abril, segundo novo levantamento da Kaspersky. O índice mostra que os golpes aplicados pela internet continuam em alta durante a pandemia. Em março, a empresa internacional de cibersegurança havia identificado um aumento de 124% desses ataques comparados ao mês anterior, sendo parte significativa deles disseminados por meio de falsas ofertas de produtos e serviços relacionados à Covid-19, especialmente via WhatsApp.

Por outro lado, o envio de malware, que havia crescido pouco mais de 18% em março, caiu 14% em abril, contabilizando os ataques contra dispositivos móveis e PCs. “A queda no índice de malware indica que os cibercriminosos estão se voltando para outras técnicas que estão dando mais retorno e que voltamos a um patamar ‘normal’ após um período de vunerabilidade gerado pela adoção massiva do home office pelas empresas. Porém os ataques de phishing se mantêm com um grande potencial de sucesso e o internauta precisa prestar atenção a esta ameaça”, alerta Thiago Marques, analista de segurança da Kaspersky no Brasil.

Confira abaixo os índices de crescimento dos golpes identificados pela Kaspersky em abril:

Ataques de phishing (MAR-ABR):

Dispositivos móveis: aumento de 4%;

Todas as plataformas: queda de 8% .

Malware (MAR-ABR)

Todas as plataformas: queda de 14%.

Para evitar ser vítima, a Kaspersky recomenda:

Suspeite sempre de links recebidos por e-mails, SMSs ou mensagens de WhatsApp, principalmente quando o endereço parece suspeito ou estranho.

Sempre verifique o endereço do site para onde foi redirecionado, endereço do link e o e-mail do remetente para garantir que são genuínos antes de clicar neles, além de verificar se o nome do link na mensagem não aponta para outro hyperlink.

Verifique se a notícia é verdadeira acessando o site oficial da empresa ou organização – ou os perfis nas redes sociais.

• Se não tiver certeza de que o site da empresa é real e seguro, não insira informações pessoais.

Use soluções de segurança confiáveis para ter uma proteção em tempo real para quaisquer tipos de ameaças e em qualquer dispositivo.

06:47 · 21.05.2020 / atualizado às 09:50 · 19.05.2020 por

A Positivo acaba de ampliar sua linha de notebooks Motion com o lançamento do Positivo Motion C, primeiro modelo resultante da parceria com a Deezer, serviço de streaming de áudio com mais de 16 milhões de usuários ativos mensais em todo o mundo. O novo laptop mantém a praticidade e excelente custo-benefício num design elegante, característicos da linha, e adiciona recursos como a tecla Deezer, que funciona como um atalho para os usuários que quiserem acessar suas músicas preferidas com um único clique. Além de tecla de YouTube para vídeos em geral e Netflix para filmes, séries e documentários.

“O Positivo Motion C é uma ótima opção para realizar atividades do dia a dia, como acessar a internet, usar aplicativos de entretenimento, assistir a vídeos e trabalhar com programas de produtividade. A parceria com a Deezer traz uma opção rápida de acessar músicas no notebook, temos certeza de que o usuário final vai curtir bastante a praticidade da nova tecla”, diz Cinthya Ermoso, gerente do produto na Positivo Tecnologia.

“Ter acesso a tudo o que é mais importante a um clique de distância é tudo o que precisamos em nosso dia a dia. Entrar com a Positivo nesse lançamento vai ao encontro de nosso objetivo: o de entregar a melhor experiência para o usuário, e temos certeza de que é isso que quem optar pelo Positivo Motion C vai encontrar”, afirma Emmanuel Cappellari, gerente de novos negócios da Deezer.

O novo Positivo Motion C pesa 1,4kg e tem 1,79cm de espessura, perfeito para usuários que estão sempre em movimento e precisam transportá-lo com segurança. Seu teclado ergonômico tem bordas mais finas e teclas largas, as de atalho para Netflix e YouTube, já presentes em modelos anteriores da linha Motion, e vem ainda com um touchpad DualPad de 5,7’’ numérico.

Para melhor experiência em entretenimento, tem tela LCD de 14’’ widescreen HD (1366 x 768) em LED e processador Intel de baixo consumo de energia, dando a segurança e mobilidade necessárias para curtir vídeos e músicas sem se preocupar com a bateria, que tem 35,5Wh e até 6 horas de autonomia. O Motion C conta ainda com armazenamento de até 1TB, IntelGraphics para imagens em alta definição e sistema operacional Windows 10 ou Linux. Já está à venda na cor cinza escuro em lojas físicas e online, além do e-commerce da Positivo pelo preço sugerido de R$ 1.499.

08:25 · 17.05.2020 / atualizado às 10:15 · 15.05.2020 por

Os últimos meses foram agitados para os fãs de Halo no PC, com Halo: The Master Chief Collection lançado em dezembro de 2019, Halo: Reach e Halo: Combat Evolved Anniversary se juntando ao seu irmão mais novo na coleção em um lançamento surpresa no dia 3 de março. A diversão continua enquanto Halo 2: Anniversary é lançado, na última quinta-feira, 14/5, como a próxima edição de Halo: The Master Chief Collection com o Xbox Game Pass, na Microsoft Store e no Steam.

Um dos jogos que mais foi importante para a história do multiplayer online, Halo 2: Anniversary é a edição remasterizada do jogo original de Halo 2, lançado ao lado de Halo: The Master Chief Collection no console em 2014. Após a vitória do Chief em Halo: Combat Evolved Anniversary, experimente o ponto crucial batalha na guerra da aliança humana para defender a Terra, onde o Chief encontra um aliado improvável em um novo mundo de Halo e luta para impedir a destruição da humanidade. Aproveite o lendário multiplayer com sete mapas multiplayer remasterizados do Halo 2: Anniversary e 25 mapas multiplayer do Halo 2 original, bem como a capacidade de alternar entre os gráficos remasterizados na edição de aniversário e os gráficos da campanha original do Halo 2.

O Halo 2: Anniversary no PC vem equipado com novos recursos, otimizações e personalizações criadas para a plataforma. O jogo parece e roda melhor do que nunca a 60 quadros por segundo (ou mais) com suporte a 4K UHD, e os jogadores podem ajustar sua experiência com uma vasta gama de opções, incluindo suporte personalizável para mouse e teclado, suporte ultra amplo, FOV personalização e muito mais.

Como todos os títulos de Halo: The Master Chief Collection no PC, os jogadores terão algumas maneiras diferentes de experimentar Halo 2: Anniversary, dependendo da plataforma de sua escolha: Xbox Game Pass, Microsoft Store e Steam.

12:22 · 08.05.2020 / atualizado às 14:13 · 08.05.2020 por

Em ação realizada ontem, 7 de maio, a Receita Federal apreendeu 402 smartphones, dez notebooks e 76 câmeras digitais, além de acessórios para uso das câmeras. Os produtos estavam no depósito de uma empresa de e-commerce, localizado na Região Metropolitana de São Paulo.

As mercadorias, importadas, não tinham comprovação de entrada regular no País. Os produtos apreendidos têm preço total estimado em mais de R$ 700 mil.

Segundo a Receita, a empresa onde estavam os produtos, usava um marketplace para a venda de seus produtos, utilizando a modalidade fulfillment, que engloba todas as operações necessárias para atender a necessidade do cliente, do recebimento à entrega do pedido.

Ainda de acordo com a Receita Federal, não foi apurada responsabilidade do marketplace, que colaborou com as diligências. “Não podemos fornecer detalhes sobre os envolvidos por conta do sigilo”, encerra a assessoria de imprensa.

06:39 · 24.04.2020 / atualizado às 07:11 · 24.04.2020 por

No mercado de consumo de tecnologia na América Latina, o segmento de smartphones será o mais afetado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), seguido por computadores pessoais e tablets. A conclusão é da IDC, empresa de inteligência de mercado, serviços de consultoria e conferências com as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações, após analisar o impacto do novo coronavírus sobre a China e a situação apresentada pelos países latino-americanos.

Segundo Paola Soriano, diretora do Programa de Consumo da IDC na América Latina, ao ajustar suas projeções para 2020 na região, a IDC considerou que as fábricas em todo o mundo estão trabalhando entre 30% e 50% de sua capacidade, situação que deve continuar até maio, afetando a produção e a distribuição de componentes para dispositivos de consumo.

As limitações de tráfego impostas pela quarentena em alguns países da América Latina prejudicaram o abastecimento de suprimentos, provocaram atrasos na cadeia logística e levaram ao fechamento ou desligamento temporário em algumas plantas produtivas da indústria de TI, causando queda nas vendas ou aumento de preço, impulsionado também pela volatilidade da taxa de câmbio. “Situação que deverá ser agravada pela contração da macroeconomia, como perda de empregos e realocação do orçamento familiar para bens de consumo básicos”, analisa a diretora da IDC.

Soriano estima que os smartphones – que concentram 51% do total de vendas em valor para o usuário final – serão os mais afetados. Antes da pandemia, a IDC projetava uma queda de 0,2%. Agora, com os últimos ajustes, a projeção de queda para o mercado de smartphones é de 10% a 15%, seguido pelo setor de PCs, que passou de uma contração prevista em 1,9% para queda de 8%, e tablets, de 9,9% para queda entre 15% e 17%, aproximadamente.

Entre os segmentos que mantêm projeções de expansão na região estão os de wearables, com média entre 15% e 19%, e de smarthome, com 13% e 16% de aumento em comparação com 2019. Segundo a IDC, há outros mercados com oportunidades, como o de comércio eletrônico, jogos, aplicativos de colaboração, nuvem e streaming, além de maior demanda para notebooks, monitores e acessórios para atender às necessidades do home office e da educação a distância.

Alma González, analista sênior de computadores pessoais e tablets da IDC para a América Latina, prevê que, apesar desse cenário, segmentos como o de tablets entre US$ 600 e US$1 mil serão mais demandados em empresas de médio porte – especialmente na área da saúde, serviços e consumo, motivados pelas aulas virtuais.

No caso de computadores pessoais, a projeção atualizada da IDC para este ano é de que cerca de 7 e 8 milhões de unidades serão colocadas no mercado consumidor, das quais aproximadamente 80% serão laptops, com mais oportunidades para modelos ultrafinos e 2 em 1.

No segmento de monitores, Diego Valer, gerente de programas, monitores e mercados emergentes da IDC América Latina, indica que a região é um dos mercados mais estáveis para esse setor. “A queda vem desde 2019 e permanecerá na mesma faixa, com uma redução de 4% no final deste ano”, prevê Valer.

Ricardo Mendoza, analista sênior de dispositivos móveis da IDC América Latina, afirma que o mercado de celular na região já é maduro e que antes da pandemia a tendência era de ligeira queda de 0,2% em relação a 2019, mas com os atrasos nas entregas e falta de componentes os índices de queda devem ser de 10% a 15% no caso de smartphones e de 12% a 17% em feature phones.

Mendoza ressalta que os países mais afetados são: México, devido a atrasos nos embarques no primeiro semestre do ano, e Brasil, devido ao fechamento parcial da produção local e falta de componentes, bem como às medidas adotadas pelos respectivos governos.

Daniel Zegarra, gerente de programa de AR / VR, Smarthome & Wearables da IDC na região, espera que o mercado de wearables mantenha o crescimento, apesar do impacto da covid-19. No caso de earwear (fones de ouvido inteligentes), que concentra 40% das vendas deste mercado, a IDC projeta um crescimento entre 20% e 26% em unidades, impulsionado pela substituição dos aparelhos auditivos tradicionais.

Os smartwatches, que em 2019 dobraram suas vendas, para este 2020 crescerão apenas entre 1% e 3% em unidades, sendo que o mercado mais afetado será o de pulseiras inteligentes (fitbands), que passará de 122% em 2019 para cerca de 4% a 8% neste ano, diz o analista.

No segmento de jogos para PC, a IDC estima vendas entre 700 e 900 mil unidades, lideradas pelos mercados do México, Brasil e Peru.

06:08 · 08.04.2020 / atualizado às 12:13 · 07.04.2020 por

A CD PROJEKT RED anuncia o concurso “Cyber-up Your PC”, que convida membros da comunidade de todo o mundo a projetar seu próprio casemod de PC inspirado no próximo jogo do estúdio, Cyberpunk 2077. As inscrições ficarão abertas até 17 de maio de 2020, às 10h (horário de Brasília), e serão julgadas por sua viabilidade, criatividade e fidelidade aos estilos de Cyberpunk 2077. Qualquer pessoa que deseje participar do concurso deve garantir que seu projeto atenda aos critérios de elegibilidade listados no site oficial do concurso antes de inscrever-se por meio do formulário on-line.

Especialistas analisarão todos os envios válidos e anunciarão os cinco melhores competidores em 29 de maio de 2020. Os projetos selecionados serão construídos por case modders profissionais e um grande vencedor será escolhido durante a competição final – realizada entre 17 e 18 de julho de 2020.

Os prêmios incluem equipamentos gamers de alta qualidade para PCs, fornecidos pela Alienware, NVIDIA e SteelSeries. O grande vencedor receberá o prêmio principal durante a final, ao vivo.

Cyberpunk 2077 será lançado em 17 de setembro de 2020 para PC, Xbox One e PlayStation 4, com a versão para o Google Stadia programada para ser lançada no mesmo ano.

13:01 · 06.04.2020 / atualizado às 13:04 · 06.04.2020 por

De janeiro a dezembro de 2019, as vendas de computadores e impressoras no Brasil cresceram 2,6% e 3,1%, respectivamente, e as de tablets caíram 7,4% na comparação com 2018. Foram vendidos 5,8 milhões de computadores, 2,4 milhões de impressoras e 3,3 milhões de tablets. Os números fazem parte dos estudos IDC Brazil PCs Tracker 2019, IDC Brazil Quarterly Hardcopy Tracker 2019 e IDC Brazil Tablets Tracker 2019, realizados pela IDC Brasil, líder em inteligência de mercado, serviços de consultoria e conferências com as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações.

Em receita, os mercados de computadores e tablets registraram aumento na comparação com 2018. A alta foi de 14,7% e 5,4%, com R$ 18,9 bilhões e R$ 2,02 bilhões, respectivamente. Já o mercado de impressoras teve queda de 1,3%, com faturamento de US$ 659 milhões.

Abaixo seguem os resultados de cada estudo:

PCs

O mercado de computadores em 2019 teve desempenho melhor do que em 2018. Dos 5,8 milhões de computadores vendidos, pouco mais de 4 milhões foram de notebooks e 1,7 milhão foi de desktops.

O setor corporativo ficou com 2,1 milhões de máquinas em 2019. Impulsionadas pela oferta de locação, as vendas de notebooks tiveram alta de 12,3%, já as de desktops sofreram queda de 3,7%. “O Device as a Service ou locação de equipamentos ganhou mais espaço em 2019 nas PMEs, nas grandes empresas e até no governo”, afirma Rodrigo Okayama Pereira, analista de mercado da IDC Brasil.

No varejo, foram vendidos 3,6 milhões de computadores no ano passado. O segundo semestre teve melhor desempenho, com 1,9 milhão de computadores contra 1,7 milhão registrados no primeiro. As vendas pela Black Friday se destacaram. Segundo Pereira, a data superou as expectativas depois de um ano que começou bem, mas viu as vendas desacelerarem com o passar dos meses. “As fabricantes mostraram que estão por dentro do comportamento do consumidor e fizeram ações que agradaram tanto no varejo online como no físico”, afirma Pereira.

Impressoras

No mercado de impressoras, a alta de 3,1% em 2019 era esperada pela IDC Brasil. As vendas de equipamentos com tanque de tinta cresceram 5,3% em relação a 2018, e os modelos cartucho de tinta, 4,5%. Dos 2,4 milhões de máquinas vendidas, 1,06 milhão foram de modelos com tanque de tinta, 838.544 foram de equipamentos com cartucho de tinta e 523.715 foram de impressoras a laser. Segundo a IDC, os modelos com cartucho foram responsáveis pela maioria das vendas ao consumidor doméstico, enquanto as impressoras a laser dominaram no setor corporativo. “Ano passado houve uma desaceleração nos projetos corporativos e por isso a queda nas vendas deste segmento. Mas ainda assim vemos o mercado de impressoras a laser ganhando espaço, principalmente com novidades, como os modelos de laser colorido, categoria que cresceu 11,6% em 2019”, revela o analista da IDC Brasil.

Tablets

Em 2019 foram vendidos 3,3 milhões de tablets, queda de 7,4% em relação a 2018. O destaque positivo ficou para as vendas de tablets com teclado destacável, que cresceram 38,6%. Segundo o analista da IDC Brasil, esse modelo é bem-vindo no mercado corporativo por ser focado em produtividade e atender profissionais de diversas áreas, como o de criação de conteúdo. No entanto, sua representatividade ainda é de apenas 2,4% no total de vendas. Um dos motivos, acredita Pereira, é o preço quatro vezes maior do que o dos tablets convencionais, que custaram, em média, R$ 602 no ano passado. Segundo a IDC Brasil, em 2019 também houve ofertas de tablets para locação, mas ainda em baixo volume, não sendo o suficiente para alavancar o setor.

No varejo, o segundo semestre de 2019 foi o mais forte em vendas de tablets, segundo a IDC Brasil, com 895.696 unidades vendidas no terceiro e 1,07 milhão de unidades no quarto trimestre. “As fabricantes lançaram produtos e se prepararam para a Black Friday. O resultado foi um quarto trimestre com desempenho melhor do que os três primeiros”, comenta.

Expectativa para 2020

No mercado de computadores e impressoras, a expectativa da IDC Brasil até agora é fechar o ano com alta de 0,6% e 2%, respectivamente. Já o mercado de tablets deve ter queda de 5,8%. Mas, segundo o analista da IDC Brasil, com a pandemia de COVID-19, esses mercados podem registrar queda de até dois dígitos. “Estamos trabalhando em conjunto com clientes e parceiros para prever cenários com os possíveis impactos da pandemia”, finaliza.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Na Rede

Tendências, novidades e novos produtos para quem é apaixonado por tecnologia. Comportamento digital e redes sociais também em pauta. Por Daniel Praciano.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags