Busca

Categoria: Corporativo


07:22 · 22.03.2017 / atualizado às 07:22 · 22.03.2017 por

Chegam ao mercado brasileiro este mês os primeiros reflexos concretos da recente aquisição da unidade de negócios Mindjet MindManager, plataforma de criação de “mapas mentais” da alemã Spigit, pela Corel Corporation, companhia controlada pelo bilionário fundo de private equity Vector Capital.

Segundo Flávio Tedesco, principal executivo da área Comercial da Corel no Brasil, a companhia está trabalhando na consolidação de novos canais de distribuição e revendas do MindManager para agregá-los a uma base que atualmente soma mais de 800 pontos comerciais no País. “Nosso objetivo é integrar nossos parceiros à linha MindManager, facilitando o acesso a novos mercados e ao suporte pré e pós-venda. Vamos dar ao canal Corel um novo portfólio de produtos de alto valor agregado, com vários pontos de sinergia em relação às soluções já distribuídas para desenvolvimento de novos negócios”, diz Tedesco.

MindManager é uma plataforma de software de negócios para brainstorming e resolução criativa de projetos, otimizando organização e comunicação visual de ideias e informações complexas. Ela soma mais de 2,5 milhões de usuários e 4,5 mil clientes corporativos, incluindo 83% das empresas listadas no ranking Fortune 100.

“O MindManager é baseado em vetores para gerenciar informações estruturadas. O CorelDraw, nosso programa de desenho vetorial, é similar em sua habilidade de gestão de informações não estruturadas e criativas. É notável a semelhança entre as ferramentas e funcionalidade dos dois softwares. Há muitas oportunidades de fertilizar as capacidades do MindManager com o CorelDraw e vice-versa “, diz Patrick Nichols, CEO mundial da Corel.

Para Flávio Tedesco, essa “fertilização” forma a coluna vertebral da estratégia de consolidação que a empresa passa a desenvolver no Brasil.

De acordo com ele, a intenção é certificar novos parceiros para a comercialização, treinamento e consultoria para as duas marcas – em especial nas áreas de high business em mercados críticos como o financeiro, de tecnologia, energia e infraestrutura. Com mais de 100 milhões de usuários ativos no mundo, a Corel quer localizar novas sinergias entre as famílias de software que desenvolve a partir da visão do mercado. Para tanto, a companhia já conta com a parceria da distribuidora Boxware, sediada em São Paulo. Com uma carteira em torno de 500 revendas no País, a Boxware já atuava como distribuidor Corel e MindManager e passa agora a ser a primeira distribuidora da marca no Brasil a integrar e disponibilizar as duas linhas aos revendedores.

“É uma grata surpresa. O Mind Manager é um produto consagrado mas pouco difundido, que certamente ganhará mais adeptos agora a bordo da Corel”, diz o empresário Rodrigo Villar, um dos diretores da distribuidora. “Com a aquisição, a expectativa é de um aumento de 100% no volume de vendas até o final do ano”.

07:40 · 06.11.2014 / atualizado às 13:42 · 04.11.2014 por

A Oi anuncia o lançamento da solução Oi Smart Office para o mercado de grandes corporações e pequenas e médias empresas. A companhia apresenta a nova solução que visa atender as necessidades de empresas que querem implementar a gestão do trabalho remoto de colaboradores.

Segundo a assessoria, o Oi Smart Office oferece controle de jornada e produtividade do colaborador em trabalho remoto, inclusive com uso de biometria, atendendo plenamente o estabelecido na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). A solução é amparada pela conectividade à internet, com redundância em 3G ou 4G, e também oferece conexão segura entre o ambiente residencial e a rede corporativa, comunicação unificada (chat, voz, vídeo, conferência e compartilhamento de documentos) e aplicações corporativas em cloud como e-mail e sharepoint.

O serviço Oi Smart Office conta com atendimento unificado e integrado e é cobrado numa fatura única. Segundo a consultoria Top Employers Institute, 14% das empresas brasileiras têm programas formais de home office, modelo que vem crescendo no país. De 2013 para 2014, a gestão do trabalho remoto cresceu cerca de 130%, segundo a consultoria.