Busca

Categoria: Facebook


07:15 · 22.12.2017 / atualizado às 07:17 · 22.12.2017 por

Um dos 4 apps que mais estão presentes nos smartphones do Brasileiro segundo recente pesquisa divulgada no Tecno do Diário do Nordeste, o Facebook Messenger teve um ano de 2017 de muitas mudanças. Abaixo você confere 10 fatos interessantes deste ano que vai chegando ao fim para o aplicativo:

1 – Foram mais de 7 bilhões de conversas acontecendo no Messenger por dia;
2 – Em média, 260 milhões de novas conversas foram iniciadas diariamente em 2017;
3 – No ano, registramos 17 bilhões de videochamadas em tempo real – duas vezes mais que 2016;
4 – Mais de 500 bilhões de emojis foram compartilhados em 2017 – cerca de 1,7 bilhão por dia;
5 – 18 bilhões de GIFs foram compartilhados no ano;
6 – 2,5 milhões de novos grupos foram criados todos os dias;
7 – 10 é o número médio de pessoas em uma conversa em grupo;
8 – Desde que lançadas em março, mais de 11 bilhões de reações foram compartilhadas.
9 – A reação mais compartilhada em conversas de grupos é a “haha” e, em conversas individuais, o emoji com corações nos olhos;
10 – As pessoas também podem personalizar suas conversas no Messenger. O emoji mais popular para customizar conversas em grupo é o coração vermelho e a cor mais utilizada para personalizar os chats é o vermelho.
*Metodologia – Os dados de Messenger são referentes a janeiro até novembro de 2017

08:57 · 29.11.2017 / atualizado às 12:19 · 30.11.2017 por

O DFNDR Lab, laboratório de segurança digital especializado no combate ao cibercrime, identificou, somente no último mês, mais de 30 golpes que divulgam falsas vagas de emprego. Em um cenário com mais de 12 milhões de pessoas desempregadas, os golpistas utilizam essas armadilhas para levar o internauta a sites maliciosos, além de o induzir a compartilhar o golpe com amigos, fornecer seus dados pessoais e até mesmo as credenciais de acesso ao Facebook. Até o momento, mais de 300 mil pessoas curtiram ou estão seguindo essas páginas falsas na esperança de se realocarem profissionalmente.

As armadilhas se apropriam de nomes de grandes empresas, como Assaí, Coca Cola, Carrefour, entre outras, para aparentar credibilidade e enganar usuários que buscam por processos seletivos. Apenas nos últimos 30 dias, mais de 150 mil pessoas foram impedidas de cair nesse tipo de golpe pelo aplicativo de segurança digital DFNDR Security, que promete oferecer proteção em tempo real aos usuários, alertando-os se as páginas, inclusive de Facebook, são falsas ou não.

“Hackes estão se aproveitando da alta taxa de desemprego no país para chamar a atenção para falsas promessas de vagas. Na intenção de se recolar no mercado de trabalho, muitas pessoas estão se cadastrando em anúncios sem antes se certificarem sobre sua veracidade. Percebemos, ainda, que muitos brasileiros estão compartilhando seus números de celular nas páginas falsas na expectativa de aumentarem suas chances na conquista das vagas anunciadas, o que aumenta ainda mais o risco de roubo de dados e aplicação de outros golpes futuros pelos cibercriminosos”, comenta Emílio Simoni, diretor do DFNDR Lab.

Como funciona o golpe

Ao clicarem nas armadilhas, que anunciam que grandes companhias estão contratando profissionais com urgência, as vítimas deparam-se com um formulário que solicita nome completo, data de nascimento e a posição profissional que gostariam de ocupar. Dependendo do golpe, também é solicitado o telefone de contato. Em seguida, após preenchimento, as páginas solicitam que, para darem andamento ao cadastro na vaga, o usuário compartilhe o processo seletivo com amigos pelo WhatsApp. Dessa maneira, o hacker consegue impactar um grande número de pessoas em pouco tempo.

Após o compartilhamento, o usuário é induzido a se cadastrar em serviços de SMS pago – que efetuam cobranças indevidas – ou baixar apps falsos, que podem infectar o smartphone e deixá-lo vulnerável a outros tipos de crimes e/ou prejuízo financeiro.

Para evitar cair em falsas oportunidades de emprego, os especialistas do DFNDR Lab reforçam a importância das pessoas utilizarem soluções de segurança que disponibilizam uma função de bloqueio anti-phishing, como o DFNDR Security, disponível gratuitamente na Google Play, cujo sistema é capaz de analisar todas as ameaças existentes no mundo virtual e bloqueá-las instantaneamente. Além disso, é importante que o usuário crie o hábito de se certificar sobre a veracidade de qualquer informação antes de compartilhá-la com seus contatos.

Nota do Carrefour

“O Carrefour esclarece que a informação sobre vagas de emprego circulando nas redes sociais é falsa. A empresa recomenda que os usuários ignorem a mensagem, que pode conter vírus, e reforça que somente divulga suas vagas por meio dos portais Vagas.com, Catho, Curriculum.com, InfoJobs e em seu perfil oficial no LinkedIn”.

Nota do blog

Agradecemos o envio da nota pelo Carrefour. Porém, a postagem já deixa claro que são sites maliciosos com falsas promessas de emprego e que os criminosos se apropriam dos nomes das empresas para atacar os internautas. Não há informação que as empresas reais tentaram lesar os internautas.

05:02 · 04.10.2017 / atualizado às 14:06 · 03.10.2017 por

Facebook escutando o áudio do smartphone e te oferecendo anúncios na rede social? Muita teoria da conspiração, certo? Nem tanto. Segundo Eduardo Braga, especialista em segurança de TI e diretor da Morphus (empresa cearense de segurança digital), há possibilidades técnicas suficientes para o Facebook capturar nossos áudios, mas não há nada que garanta que a rede social faz isso.

Já de acordo com a rede social, jamais fizeram captura de áudios dos smartphones dos usuários. “O Facebook não utiliza o microfone do telefone das pessoas para se informar sobre anúncios ou mudar o que as pessoas veem no Feed de Notícias. Nós não escutamos as conversas das pessoas para mostrar a elas anúncios relevantes. Nós mostramos anúncios com base nos interesses das pessoas e outras informações de perfil – não com base no que elas estão falando. Nós apenas acessamos o microfone dos telefones das pessoas quando elas estão utilizando ativamente alguma ferramenta específica que requer áudio e somente quando elas autorizam a utilização, como por exemplo gravação de vídeos ou o uso de uma ferramenta opcional que apresentamos há dois anos, para incluir músicas ou outros áudios em atualizações de status”, informou porta-voz do Facebook via e-mail.

Além disso, o porta-voz informa que “a segurança e privacidade das pessoas é a nossa maior responsabilidade e está no centro de tudo que fazemos no Facebook. Temos políticas de dados e privacidade claras que dizem que tudo o que uma pessoa pública no Facebook é de propriedade dela e só ela é quem pode determinar os níveis de privacidade de suas publicações e informações na plataforma”.

Cuidados com permissões
De acordo com o Eduardo, é preciso ter cuidado também ao autorizar que novos e velhos apps tenham acesso a seu smartphone. Segundo ele, aplicações legítimas você consegue bloquear não dando permissões para os apps, como direito de acessar seus contatos, microfone e câmera, por exemplo. Mas para coisas que já estão pré-instaladas no smartphone são bem mais complicadas de evitar. Por exemplo, qual a necessidade de uma calculadora ter acesso ao seu microfone e câmeras? Pense bem antes de instalar tal aplicativo.

07:33 · 16.08.2017 / atualizado às 07:33 · 16.08.2017 por

O Facebook traz mais maneiras de capturar e compartilhar momentos com a câmera do Facebook em dispositivos iOS e Android. Confira:

– Live: Agora é possível entrar ao vivo a partir da câmera do Facebook. Quando estiver ao vivo, o seu vídeo aparecerá em Sua História para o público que escolher. Você pode entrar ao vivo apenas pelo Stories ou optar por também criar um post em sua linha do tempo. As centenas de efeitos criativos da câmera do Facebook também estão disponíveis agora para o Facebook Live.

– GIF: As pessoas poderão em breve dar vida às imagens, criando vídeos em loop de 2 segundos com a câmera do Facebook. Você pode compartilhar o conteúdo no Feed de Notícias, em Sua História ou enviar pelo Direct.

– Texto: Adicionado também uma opção para tornar as atualizações de texto mais visuais, a partir de mensagens em tela cheia que incluem um fundo colorido. Elas podem ser compartilhadas no Feed de Notícias, em Sua História ou diretamente pelo Direct.

08:11 · 14.08.2017 / atualizado às 08:11 · 14.08.2017 por
Aplicativo Colorful Balloons começa a funcionar na China

Proibido de funcionar na China, o Facebook faz de tudo para tentar entrar naquele mercado e, segundo a Folha de S.Paulo, a mais nova cartada de Mark Zuckerberg é um aplicativo chamado Colorful Balloons que, secretamente, é do Bilionário.

Balloons é uma espécie de Facebook Moments. Só que, ao invés de estar associado ao Facebook diretamente, ele está ligado ao WeChat, maior rede social da China.

O Colorful Balloons recolhe fotos dos álbuns de um smartphone e compartilha, por meio de um QR Code no WeChat as fotos dos usuários.

A questão é saber por quanto tempo este segredo vai se manter e quando cair, o que o governo chinês irá fazer com o aplicativo e com o próprio Facebook.

09:27 · 28.07.2017 / atualizado às 09:27 · 28.07.2017 por

O processo é bem simples. Para ativar ou desativar as configurações de reprodução automática de vídeos no Facebook no desktop basta seguir 3 passos. Confira:

1 – No canto superior direito do Facebook, clique em e selecione Configurações
2 – Clique em Vídeos no final do menu à esquerda
3 – Clique no menu suspenso ao lado de Reprodução automática de vídeos e selecione Desativar ou Ativar. Geralmente ele estará setado em Padrão (ativação automática dos vídeos)

Desativando os vídeos no iPhone/iPad

Primeiro, é preciso dizer que para dispositivos móveis há 2 processos diferentes para iPhone/iPad e equipamentos que usam o sistema operacional Android. Vamos começar com os equipamentos da Apple. Você pode ajustar as definições de reprodução automática do aplicativo do Facebook para Em conexões de dados móveis e Wi-Fi, Apenas em conexões Wi-Fi ou Nunca reproduzir vídeos automaticamente.

Para ajustar a configuração no seu iPhone/iPad (iOS):

1 – Abra o aplicativo do Facebook

2 – Toque em Mais

3 – Role a tela para baixo e toque em Configurações > Configurações da conta

4 – Toque em Vídeos e fotos > Reprodução automática

5 – Escolha uma opção

Observação: Se você não encontrar Vídeos e fotos nas configurações do aplicativo do Facebook no seu iPhone/iPad, experimente atualizar o aplicativo do Facebook.

Desativando os vídeos no Android

Você pode ajustar as definições de reprodução automática do aplicativo do Facebook para Em conexões de dados móveis e Wi-Fi, Apenas em conexões Wi-Fi ou Nunca reproduzir vídeos automaticamente.

Para alterar essa configuração no Android:

1 – Abra o aplicativo do Facebook

2 – Toque no ícone de 3 barras paralelas

3 – Role para baixo e toque em Configurações do aplicativo

4 – Toque em Reprodução automática

5 – Escolha uma opção

Observação: Se não conseguir visualizar as configurações de Reprodução automática no telefone Android, saia do aplicativo do Facebook. Quando entrar novamente no Facebook, a Reprodução automática deve estar visível nas Configurações do aplicativo.

 

08:01 · 23.06.2017 / atualizado às 08:01 · 23.06.2017 por

O Facebook promoveu, na última quinta-feira, 22, na cidade de Chicago (EUA), o primeiro encontro de comunidades presentes na plataforma, chamado de Facebook Communities Summit. Durante o evento, foram apresentadas novas ferramentas para ajudar na expansão e no gerenciamento dos grupos, e a nova missão do Facebook.

Mark Zuckerberg iniciou o encontro apresentando a nova missão do Facebook, que vai guiar o trabalho da empresa na próxima década: “Dar às pessoas o poder de criar comunidades e aproximar o mundo”. Zuckerberg também falou sobre o papel importante que os grupos do Facebook desempenham na comunidade e expressou sua gratidão pelas pessoas que os lideram.

Entre os anúncios estão:

Insights de Grupo: Os administradores agora terão acesso a métricas em tempo real sobre crescimento, engajamento e integrantes

Filtro para pedidos de associação: Essa nova ferramenta permitirá que os administradores ordenem e filtrem requisições por categorias como gênero e localização

Remoção de membros: administradores de grupos agora poderão remover uma pessoa e todo o conteúdo criado por ela dentro do grupo

Publicações agendadas: administradores e moderadores de grupos poderão criar publicações a qualquer momento e agendar sua publicação

Recomendações de Grupos: ainda em testes, essa ferramenta deixa que administradores recomendem outros grupos similares e relacionados aos membros de seu próprio grupo.

14:40 · 23.09.2016 / atualizado às 14:40 · 23.09.2016 por
Facebook poderá liberar enquetes para usuários do Messenger
Facebook poderá liberar enquetes para usuários do Messenger

Segundo o TechCrunch, o Facebook vai testar duas novas funcionalidades no Messenger. A primeira é um esquema de enquetes em que os usuários poderão montar e compartilhar com amigos para, digamos, escolher sobre a compra de um produto ou que lugar será melhor para o “happy hour”.

Enviar pagamentos via Messenger também está em estudo
Enviar pagamentos via Messenger também está em estudo

A outra novidade trata-se do envio de pagamentos ou dinheiro para terceiros. Funcionaria assim: ao receber uma mensagem de alguém pedindo R$ 10, por exemplo, o Facebook postaria um botão de pagamento logo após a referida mensagem com o valor exato mencionado pelo remetente.

Nota da redação

A primeira medida parece bem interessante e pode movimentar, mas a segunda é temerosa. Afinal, pessoas má intencionadas podem inserir pedidos de pagamento só para tentar pegar alguém desprevenido. Também pode ser que um amigo brincalhão queira te pregar uma peça só para te irritar. De uma forma ou de outra, não é uma boa ideia. Podemos fazer pagamentos e transferências de forma muito mais segura via serviços oficiais de internet banking.

11:02 · 25.08.2016 / atualizado às 12:18 · 25.08.2016 por
Imagem da página depois da transmissão ao vivo
Imagem da página depois da transmissão ao vivo

A Netflix transmitiu parte do que seria o primeiro episódio de Narcos no Facebook Live através de um ao vivo no perfil oficial da série. Quando estava Pablo e a esposa se reencontrando no quarto a live foi cortada e passou Pablo Escobar, interpretado por Wagner Moura, dizendo que os usuários estavam querendo roubar dele e cortou em definitivo o sinal. Neste momento já tinham 8.600 pessoas na live com 11 minutos.

A série retorna ao Netflix com a segunda temporada no dia 2 de setembro.

08:35 · 13.07.2016 / atualizado às 08:40 · 13.07.2016 por

Notei hoje que houve uma pequena reformulação dos ícones do Facebook para desktop. Gostei. Ficaram melhor trabalhadas. Abaixo recortes para você olhar como ficaram melhores.

Os retoques dados são algo bem sutil, talvez até você já tenha percebido esta atualização há algum tempo. Eu só recebi as minhas hoje.