Categoria: Geral


07:08 · 14.07.2020 / atualizado às 07:57 · 14.07.2020 por
13:49 · 25.06.2020 / atualizado às 13:49 · 25.06.2020 por

Atualmente a rede da Mob Telecom tem capacidade de 2,4 Terabytes por Segundo (Tbps). Segundo Sayde Bayde, CCO da Mob, a expectativa é ampliar esta capacidade para 27 Tbps nos próximos cinco anos. “Temos como próximo passo a conclusão da implantação de mais de 5 mil km de rede metropolitana nas principais cidades com foco nas capitais em Fortaleza, Teresina, Recife e Belém nas cidades de Juazeiro do Norte e mais 25 cidades menores, e entrega das primeiras capitais estão dentro do cronograma para o final de Setembro 2020”, afirma Salim Bayde CEO da Mob. A expansão de todas as cidades previstas deve acontecer em não mais que 12 meses. Hoje, a rede do grupo cobre 14 estados.

Presença

A Mob Telecom continua firme no seu plano de expansão dos serviços de banda larga concentrada no Nordeste, a operadora conecta cidades como Fortaleza, Mossoró, Natal, João Pessoa, Recife, Maceió, Aracaju, Teresina e São Luís, usando uma rede óptica de 24 mil km. No Norte está presente na capital do Pará, Belém. Tem saídas também para Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Goiânia e Brasília.

“Apenas no ano de 2020 já foi preenchido 343 vagas e ainda temos 557 vagas abertas. Estamos trabalhando com um crescimento acelerado em 2020 e para 2021 vamos continuar expandindo de forma orgânica, mas sem fechar os olhos para possibilidades no mercado”, afirma Sayde.

“Às vezes uma pequena ou média aquisição pode acelerar o time-to-market em termos de captura de clientes e maior volume de negociações com parte ou totalidade dos investimentos que faríamos, e aí substituímos a compra de ativos ao invés de construir, estamos analisando algumas oportunidade agora mesmo”, declarou Salim.

15:07 · 10.06.2020 / atualizado às 15:07 · 10.06.2020 por

Em comunicado na página oficial do League of Legends (LoL), a Riot Games informou o adiamento da série animada Arcane. Agora ficou para 2021. O motivo alegado foi a pandemia do novo coronavírus.

“Todo o pessoal da Riot ficou muito chateado. Queríamos muito lançar a série ainda este ano, mas, mesmo que estejamos empolgados com o projeto, nossa prioridade é garantir a segurança e o bem-estar das nossas equipes e parceiros. O novo plano é lançar Arcane em 2021, então acompanhem os nossos canais para ficarem por dentro de tudo conforme a data se aproxima”, afirmou em nota o Greg “Ghostcrawler” Street, membro da equipe de desenvolvimento criativo e propriedade intelectual da Riot.

Segundo Street, as reuniões em vídeo ajuda, mas não podem substituir uma sala com todos reunidos e “toda a energia criativa fluindo”. “Além dessas questões, a produção enfrenta dificuldades técnicas em escala internacional, tornando o problema ainda mais complicado. Queremos agradecer nossos incríveis parceiros criativos da Fortiche, que continuaram fazendo todo o possível para que Arcane avançasse”, disse.

14:39 · 04.06.2020 / atualizado às 14:40 · 04.06.2020 por

Vice-campeão do processo seletivo das equipes Crown e W2 Racing, Erick Goldner será o representante oficial dos times em automobilismo virtual. Natural de Juiz de Fora e radicado em Brasília, Goldner fica com o patrocínio e o título de primeiro representante oficial de equipes da Stock Car em automobilismo virtual em virtude da desistência do campeão, Luiz Felipe Tavares, de aderir ao programa.

“Quando foi lançada a seletiva da Crown e W2, tive o cuidado de verificar com a Shell se poderia participar e eles imediatamente me incentivaram. Fico muito contente em unificar os patrocínios e ser também o primeiro representante oficial de times da Stock Car em automobilismo virtual. A seletiva está sendo um sucesso e estão aí os números de audiência para comprovar. Estou ansioso para participar de um fim de semana de evento da Stock Car e Stock Light e interagir com meus novos companheiros na pista”, afirmou Erick Goldner.

“Além de velocidade e desempenho nas corridas, o Erick Goldner mostrou profissionalismo ao, antes de ingressar na seletiva, verificar se havia algum impedimento em desfrutar do prêmio (algo que infelizmente nem todos fizeram). Por esses motivos, ele é muito bem-vindo às famílias Crown e W2 Racing e estamos ansiosos para tê-lo conosco nas pistas reais e virtuais”, disse Duda Pamplona, chefe da equipe Crown Racing.

Goldner

Vencedor das corridas em Interlagos e Daytona na plataforma iRacing, Tavares alegou compromissos anteriores para declinar da premiação oferecida pela Crown e W2 Racing.

Segundo colocado em Daytona e quarto em Interlagos, Goldner acumulou 45 pontos nas duas corridas e ficou com o vice-campeonato na base no quarto critério de desempate: maior número de voltas lideradas.

Terceiro colocado, Luizinho Gonzaga somou os mesmos 45 pontos, com rigorosamente os mesmos resultados finais de Goldner: segundo lugar em Interlagos e quarto em Daytona.

Como nenhum deles tinha poles, foi aplicado o quarto critério de desempate: maior número de voltas lideradas. E aqui prevaleceu Goldner, com as 15 voltas que passou em primeiro lugar na etapa de Daytona. Luizinho não liderou nenhuma ao longo das duas corridas.

A jornada de Daytona teve um desfecho dramático, com Goldner perdendo a vitória por pane seca a metros da bandeira quadriculada.

A resposta em audiência foi tremenda, estabelecendo um novo recorde em termos de automobilismo virtual no Brasil: foram registrados mais de 650 mil views no somatório de todos os canais de webcast, página do Canal History no Facebook, portal motorsport.com e páginas de Liga Racers AV e Virtual Challenge no Youtube.

Agora oficializado como piloto das equipes Crown e W2 Racing, Goldner acumula esse status ao de primeiro representante da Shell em automobilismo virtual. Vencedor de seletiva promovida pela maior patrocinadora do esporte a motor no Brasil em abril, ele se junta a Átila Abreu e Galid Osman como integrante oficial da Academia Shell e piloto da Crown Racing.

16:05 · 03.06.2020 / atualizado às 16:05 · 03.06.2020 por

Além do Redmi Note 9 Pro, a Xiaomi mostrou hoje, 3/6, no Brasil, com apresentação online, mais dois smartphones e um projetor.

Um dos smartphones é o Redmi Note 9. Ele tem câmera quádrupla de 48MP, um novo recurso de scanner de documentos já incluído e bateria de 5020mAh com carregamento de 18W.

Ele tem tela de 6,53 polegadas protegidas por Gorilla Glass 5 na frente.

O preço dele está em R$ 2.499 por tempo limitado, pois o preço real dele é R$ 2.699. Ele está sendo vendido no e-commerce da Xiaomi no Brasil e em 3 parceiras: Extra, Casas Bahia e Ponto Frio.

O segundo celular é o Mi Note 10 Lite. Ele tem tela Amoled curvada 3D de 6,47 polegadas com sensor de impressão digitais na tela. Bateria de 5260mAh, carregamento rápido de 30W e câmera quádrupla de 64MP com lentes ultra wide, wide e macro, por exemplo. A câmera principal traz um sensor Sony IMX686.

O Mi Note 10 Lite ainda não chega oficialmente hoje. O aparelho foi apresentado, mas a comercialização fica para um momento futuro.

Projetor

O Mi Smart Projector Mini promete alcance entre 60 polegadas até 120 polegadas com qualidade Full HD (1080p). O preço sugerido é de R$ 5.999 e é voltado para quem ter a sensação de sala de cinema em casa, promete a empresa chinesa.

07:31 · 22.05.2020 / atualizado às 07:32 · 22.05.2020 por

O Senado Federal aprovou, na última terça-feira (19/05) o início da vigência da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) para agosto de 2020, com aplicação de punições previstas às empresas somente a partir agosto de 2021.

O texto aprovado contemplou o posicionamento da Federação Assespro, na sua totalidade, associação que reúne mais de 2.500 empresas de TI em todo o País, sobre o tema. A entidade ponderou como negativa a prorrogação da vigência da LGPD inicialmente proposta pelo PL 1179/2020 (agosto de 2020) e sugeriu, como forma de facilitação da adaptação do setor empresarial à legislação, o adiamento da aplicação das punições – posicionamento incorporado pelo senador Izalci (PSDB-DF) na Emenda nº 43.

Naquela data de abril, a entidade considerou que solução encontrada pela relatora da matéria, Simone Tebet (MDB-MS), foi positiva e respaldava a importância da LGPD.

“Nosso posicionamento foi atendido integralmente. Acho que após grande mobilização da Assespro, já tínhamos um bom meio termo na aprovação do início para janeiro e penalidades em agosto 2021. Acredito, inclusive, que temos o melhor dos cenários. Cabe ao governo federal finalizar a montagem da ANPD e de seu conselho, inclusive priorizando a competência técnica, com nomes que realmente conheçam do tema e que possam ajudar o Brasil”, afirma Italo Nogueira, presidente da Assespro Nacional.

A Federação Assespro agora vai pressionar para que se tenha cuidado com relação a insegurança jurídica e vai elaborar, através do seu conselho de inteligência jurídica, documentos orientativos.

“A Lei Geral de Proteção de Dados e todas as suas regras serão cruciais para as próximas eleições, evitando que as campanhas e muitas coisas que estamos enxergando no Brasil possam continuar sem o devido acompanhamento e punições na terra sem lei das redes sociais”, alerta Italo.

09:17 · 21.05.2020 / atualizado às 12:41 · 21.05.2020 por

Através da Epic Games Store, uma loja digital concorrente do Steam (pertencente a Valve), o usuário podia baixar, até 12h (de Brasília) de hoje, 21/5/2020, o game Grand Theft Auto V (GTA V).

Agora o produto já voltou ao normal. A promoção era até 12h. O preço é R$ 34,99.

A loja dá jogos gratuitos toda semana. Logo, é bom visitá-la com frequência.

 

06:06 · 06.05.2020 / atualizado às 06:14 · 05.05.2020 por

Criada por meio de parceria entre a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a Microsoft e a Radix, está nascendo uma plataforma que une quem procura e quem oferta EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). Por meio do EPIMatch um hospital, por exemplo, poderá encontrar mais rapidamente os fornecedores que precisa para obter mascarás, luvas e outros itens essenciais para quem está na linha de frente dos serviços de saúde.

A ferramenta surge em um momento de crescente demanda por EPIs em função da pandemia de Covid-19 e reúne em um único ambiente virtual hospitais e instituições públicas que precisam de EPIs hospitalares e empresas que produzem ou importam esses itens.

O EPIMatch foi criado utilizando o Power Apps, plataforma de desenvolvimento da Microsoft baseada em nuvem e que tem como objetivo facilitar a criação de aplicações e automação de processos, entre outros recursos. A proposta do EPI Match é permitir que instituições cadastrem suas necessidades e encontrem fornecedores que possam atender à demanda. Além da doação do ambiente de Power Apps por seis meses, a Microsoft doou recursos para o desenvolvimento da solução pelo parceiro Radix.

“Neste momento, agilidade é fundamental. A solução reduz a distância e o tempo entre a compra e a venda de itens essenciais ao combate à Covid-19 como máscaras, aventais, luvas e óculos e proteção, entre outros itens”, explica Igor Calvet, presidente da ABDI.

“A tecnologia possui um papel fundamental para facilitar a comunicação e trazer mais agilidade. Em um contexto desafiador como o que vivemos, é nosso papel torná-la disponível para auxiliar nas mais diversas frentes de combate e a oferta de EPIs a profissionais de saúde sem dúvida é uma delas”, afirma Tânia Cosentino, presidente da Microsoft Brasil.

Como funciona

Para acessar a plataforma, é preciso fazer um cadastro como Demandante ou Ofertante de EPIs no site EPIMatch. O cadastro é gratuito, simples e intuitivo; e pode ser realizado por Pessoa Física ou Pessoa Jurídica.

A partir do momento em que o interessado obtém acesso ao serviço, poderá pesquisar onde há oferta ou demanda de equipamentos e quais tipos de EPIs estão cadastrados para compra ou venda. A disponibilidade pode ser identificada por região do país. A partir da localização da oferta ou da demanda, as partes entram em contato e iniciam a negociação.

A plataforma EPIMatch conta com o apoio de entidades como a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO), Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT), Associação Nacional da Indústria de Material de Segurança e Proteção ao Trabalho (ANIMASEG), Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI) e Associação Brasileira de Engenharia Clínica (ABECLIN), além de diversas instituições públicas e privadas.

Acesso gratuito à plataforma

Com o objetivo de empoderar organizações a criar aplicações de tecnologia que possam ajudar no combate ao coronavírus, a Microsoft tornou gratuita por seis meses a oferta de Power Apps, Power Automate, Power Apps portals e Power Virtual Agents para clientes nas áreas de saúde, educação, ONGs e governos.

07:19 · 13.04.2020 / atualizado às 12:53 · 06.04.2020 por
12:36 · 25.03.2020 / atualizado às 07:52 · 20.03.2020 por

Acaba de ser disponibilizada para o público em geral a assistente virtual Maia (Minha Amiga Inteligência Artificial), que tem como objetivo orientar garotas a entenderem se estão em um relacionamento abusivo. A chatbot já está disponível na página dedicada ao projeto dentro do site do Ministério Público de São Paulo (MPSP) para conversar com as usuárias de forma leve, apontando os primeiros sinais de quando um relacionamento não é saudável e oferecendo orientações de canais de ajuda caso a adolescente esteja passando por algum abuso psicológico ou físico. As dicas incluem procurar uma pessoa de confiança para se abrir, buscar ajuda psicológica de um profissional, além de recomendações para ouvidorias e Delegacias de Defesa da Mulher.

O lançamento dá sequência à campanha #NamoroLegal, um projeto iniciado em junho de 2019 pelo MPSP em parceria com a Microsoft Brasil. Idealizada por Valéria Scarance, promotora de Justiça e coordenadora do Núcleo de Gênero do MPSP, a campanha visa a chamar a atenção para um problema social cada vez maior que atinge diversas faixas etárias: a violência contra a mulher. Com a Maia, a ideia é apresentar os primeiros indícios de um relacionamento abusivo e evitar que os casos cheguem ao nível de violência física.

A iniciativa é apadrinhada pela Plan International – uma organização humanitária e de desenvolvimento não governamental e sem fins lucrativos, que promove os direitos das crianças e a igualdade para as meninas; pelo Girl Up – movimento global da Fundação ONU que treina, inspira e conecta meninas para que sejam líderes pela igualdade de gênero; e pelo Instituto AzMina – uma organização sem fins lucrativos focada em jornalismo, tecnologia e informação contra o machismo. As entidades parceiras também hospedarão a Maia em seus respectivos sites.

Um levantamento do Datafolha feito em fevereiro deste ano e encomendado pela ONG Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) para avaliar o impacto da violência contra as mulheres no Brasil, mostra que nos últimos 12 meses, 1,6 milhão de mulheres foram espancadas ou sofreram tentativa de estrangulamento no Brasil, enquanto 22 milhões (37,1%) de brasileiras passaram por algum tipo de assédio. Grande parte dessa violência acontece em casa e envolve pessoas próximas. Entre os casos de violência, 42% ocorreram no ambiente doméstico. Após sofrer algum tipo de ataque, mais da metade das mulheres (52%) não denunciou o agressor ou procurou ajuda.

“O relacionamento abusivo começa com atitudes sutis de controle, isolamento e ciúmes, muitas vezes confundidos com atos de amor. Em regra, mulheres não identificam esses atos e acreditam que têm o poder de transformar a pessoa com sua dedicação. Para mulheres adolescentes e jovens, é ainda mais difícil identificar essas relações abusivas. Por isso, criamos a campanha Namoro Legal, com dicas que podem prevenir abusos nessas relações”, explica Valéria Scarance.

A Inteligência Artificial entra no projeto como uma aliada para ajudar a esclarecer dúvidas sobre relacionamentos abusivos, fazendo a interação das perguntas feitas pelas usuárias com o conteúdo da cartilha do MPSP sobre relacionamentos abusivos – base que alimenta os diálogos da assistente virtual.

“Participar de um projeto como esse permite que coloquemos em prática compromissos importantes que temos na Microsoft como é o caso de utilizar a tecnologia como aliada na resolução de problemas da sociedade. A Inteligência Artificial pode ajudar a ampliar um diálogo tão importante como a conscientização de relacionamentos abusivos, ajudando também no empoderamento da mulher para procurar ajuda diante dessas situações”, diz Alessandra Karine, vice-presidente de Setor Público e líder de Diversidade e Inclusão da Microsoft Brasil.

O desenvolvimento da Maia foi feito em parceria com a Elo Group, consultoria especializada em tecnologia, e com a Ilhasoft, empresa focada no desenvolvimento de chatbots e soluções de comunicação – ambas colaboradoras pro bono do projeto.

Todo o processo de criação da Maia e a criação de seus diálogos foi verificado pelo AETHER (Comitê de IA e Ética em Engenharia e Pesquisa da Microsoft). Esse é um grupo responsável por avaliar iniciativas de chatbot em todo o mundo e garantir que elas estejam alinhadas às normas de segurança e ética da empresa. Além disso, em suas interações, a Maia não solicitará nenhum tipo de identificação ou dados pessoais para quem interagir com ela. A anonimização das usuárias é uma premissa do projeto, e o conteúdo das conversas não será armazenado. A assistente virtual está hospedada na plataforma de nuvem Microsoft Azure e segue as políticas de privacidade da empresa.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Na Rede

Tendências, novidades e novos produtos para quem é apaixonado por tecnologia. Comportamento digital e redes sociais também em pauta. Por Daniel Praciano.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags