Busca

Categoria: Google


07:03 · 21.03.2017 / atualizado às 07:03 · 21.03.2017 por

Se você está entre os milhões de usuários do Blogger que compartilham análises sobre temas atuais, ensinam o mundo a fazer sushi ou apenas contam sobre o dia a dia, sabe o quanto é importante poder se expressar com personalidade no seu blog. Afinal, o blog não é só um espaço de compartilhamento, ele permite uma reflexão sobre quem você é e cria a imagem que quer passar para os seus leitores.

Para você se expressar com facilidade, no seu próprio estilo, o Blogger criou um novo conjunto de temas de blogs para você escolher. Cada tema usa uma variedade de cores, é totalmente personalizável e pode ser aplicado ao seu blog com apenas alguns cliques.

Esses temas não foram criados apenas para ter um visual melhor, mas também com o objetivo de funcionar muito bem. Cada um foi desenvolvido para se ajustar automaticamente a qualquer tela e ser carregado com rapidez, por isso você pode ficar tranquilo que os leitores verão seu trabalho com facilidade tanto no computador quanto no smartphone ou tablet.

Um pouco sobre os novos designs:

Contempo


O Google o indica tanto para fotos quanto para textos, o tema Contempo imprime um estilo contemporâneo e atual às muitas aventuras da vida.

Soho


Básico e simples, o Soho é uma galeria criada para mostrar suas fotos, imagens e reflexões da melhor forma, promete o Google.

Empório


Desde projetos até objetos, o Empório pode ser usado para apresentar qualquer quantidade de postagens com promessa de ser objetivo e organizado.

Notável


Para se expressar de forma concisa, o Notável é a página para impressões rápidas, histórias e muito mais.

Para conhecer todas as variações de temas e testar um novo visual no blog, visite o painel do seu blog e selecione a guia “Tema”.

Nota da redação

O que me parece é que o Blogger tenta melhorar o visual dos projetos que o usuário pode criar com novos temas tentando segurar seus clientes naquele serviço, visto que o WordPress só melhora e atrai cada vez mais usuários para aquele serviço de blogs. Será que vai conseguir?

07:21 · 02.03.2017 / atualizado às 07:21 · 02.03.2017 por

Depois de receber, em janeiro passado, um grupo de 31 startups para a 3ª turma do Launchpad Accelerator, O Google anunciou o pontapé inicial na seleção da próxima classe. Desde a última quarta-feira, 1, podem se inscrever através deste link startups de tecnologia inovadoras em estágio avançado da Índia, Indonésia, Tailândia, Vietnã, Malásia e Filipinas (todos representando a Ásia) e Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e México (todos representando a América Latina) até o dia 24 de abril de 2017.

O Google também anuncia que irá expandir o programa para países da África e da Europa pela primeira vez! A partir de agora, poderão se inscrever também:

– África: Quênia, Nigéria e África do Sul
– Europa: Polônia, República Checa e Hungria

A próxima edição do programa terá início em em 17 de julho de 2017, no Google Developers Launchpad Space, localizado em São Francisco. São duas semanas de treinamento com todas as despesas pagas.

Quais são os benefícios?
O treinamento na sede do Google inclui mentoria intensiva com mais de 20 equipes do Google e especialistas de empresas de tecnologia e Venture Capital do Vale do Silício. Os participantes recebem apoio sem equidade, créditos de produtos do Google e continuam a trabalhar em estreita colaboração com o Google em seu país de origem durante os 6 meses de duração total do programa.

O que o Google procura ao selecionar startups?
Segundo o Google, cada startup que se inscreve ao Launchpad Accelerator é considerada holisticamente e com muito cuidado. Abaixo estão as diretrizes gerais por trás do processo para ajudar o interessado a entender o que a empresa procura nos candidatos.

Todas as startups no programa devem:

– Ser uma startup tecnológica
– Ter foco no seu mercado local
– Ter provado product-market fit (além da fase de idealização)
– Ser baseada em algum destes países:
o Ásia: Índia, Indonésia, Tailândia, Vietnã, Malásia e Filipinas.
o América Latina: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e México
o África: Quênia, Nigéria e África do Sul
o Europa: Polônia, República Checa e Hungria

Além disso, segundo a assessoria brasileira do Google, a empresa está interessada em que tipo de startup você é. Também consideram:

– O problema que você está tentando resolver. Como você cria valor para os usuários? Como você enfrenta um verdadeiro desafio para sua cidade, país ou região?
– A sua equipe de gestão tem uma mentalidade de liderança e a vontade de se tornar um influenciador?
– Você vai compartilhar o que você aprender no Vale do Silício para beneficiar outras startups do seu ecossistema local?

14:56 · 01.03.2017 / atualizado às 14:56 · 01.03.2017 por

Cristos Goodrow, VP de engenharia do YouTube, publicou, no blog do YouTube, um texto agradecendo a toda a comunidade pela marca de 1 bilhão de horas de vídeos assistidos no YouTube. Ele fez várias comparações, deixando claro que o número é um marco muito importante para a empresa e, por que não, para os usuários da rede.  A marca foi fechada no final do ano passado, ou seja, já foi ultrapassada.

É importante verificar que o anúncio vem um dia depois que o YouTube inicia sua nova empreitada: o canal por assinatura via internet. Por US$ 35 você terá dezenas de canais que você pode assistir ao vivo ou gravar a programação e, claro, tudo pela internet. Já está em testes em algumas cidades dos EUA e não tem previsão de chegar ao Brasil, mas é algo que vai mexer com o mercado no mundo todo.

Aonde vamos chegar? Quando esta revolução vai acabar? Não sabemos. Mas vamos surfando nela e aproveitando as vantagens que este novo mundo está nos proporcionando.

10:05 · 02.02.2017 / atualizado às 10:12 · 02.02.2017 por
Sede do Google. Foto: Tobias Haase/Creative Commons

O primeiro lugar do ranking das 10 empresas mais valiosas do mundo é agora do Google. A empresa atingiu o valor de mercado de US$ 109,470 bilhões em 2017 e superou a Apple, que caiu 27% em um ano registrando US$ 107,141 bilhões (a falta de grandes inovações seria o fator principal?). O terceiro lugar ficou com a Amazon que teve amplo crescimento de 2016 para cá, 53%, chegando a US$ 106,369 bilhões e mostrou que pode, em 2018, até tomar a liderança.

Estrutura do Alphabet, a empresa que controla todas as empresas Google

A quarta colocação ficou com a AT&T, operadora norte-americana de telefonia. Ela também teve amplo crescimento (45%) e atingiu US$ 87,016 bilhões. Surpresa mesmo é que a Samsung, apesar do Note 7 explosivo, aparece com crescimento de 13% na sexta posição. Acima dos sul-coreanos está a Microsoft.

O restante da lista tem Verizon, empresa de telefonia norte-americana (+4%), Walmart (+16%), Facebook (+82%) e Banco Industrial e Comercial da China, o ICBC, com 32% de crescimento.

Em destaque os 5 primeiros do ranking

Note aí que o maior crescimento dos 10 é do Facebook. Mas ainda vai ter que melhorar um pouco mais para entrar entre os 3 primeiros.

Veja o ranking das 10 primeiras em detalhe:
1. Google: US$ 109,470 bilhões (+24%)
2. Apple: US$ 107,141 bilhões (–27%)
3. Amazon: US$ 106,369 bilhões (+53%)
4. AT&T: US$ 87,016 bilhões (+45%)
5. Microsoft: US$ 76,265 bilhões (+13%)
6. Samsung: US$ 66,219 bilhões (+13%)
7. Verizon: US$ 65,875 bilhões (+4%)
8. Walmart: US$ 62,496 bilhões (+16%)
9. Facebook: US$ 61,998 bilhões (+82%)
10. ICBC (Banco Industrial e Comercial da China): US$ 47,832 bilhões (+32%)

10:02 · 25.01.2017 / atualizado às 10:19 · 25.01.2017 por
O Zenfone 3 Zoom já foi visto na CES 2017
O Zenfone 3 Zoom já foi visto na CES 2017

Os amigos da NZN fizeram um ranking dos 9 smartphones que eles acreditam que vão ser os destaques de 2017. Nós fizemos algumas modificações com nossas apostas pessoais já inseridas nele. Mudou pouca coisa. Quer saber mais? Leia abaixo:

1º lugar – iPhone 8 ou 7s
Com a previsão de lançamento para o terceiro ou quarto trimestre do ano, o novo smartphone da Apple está envolto em muita especulação. Até o momento, a expectativa é que o novo modelo traga bastante ousadia para o mercado, como por exemplo um aparelho com tela praticamente sem bordas, assim como o S8 e o Xiaomi Mi MIX, e sem botão Home na parte da frente. Além disso, também especula-se que o novo aparelho irá permitir carregamento sem fio.

2º lugar – Samsung Galaxy S8
O segundo lugar fica com o próximo modelo da Samsung, o Galaxy S8, que trará para o mercado um aparelho com a face frontal toda ocupada pela tela. Já existe uma expectativa de que o aparelho será um dos mais potentes do mercado, com chips Snapdragon e Exynos atuais, bastante memória RAM e boa GPU.

3º lugar – Google Pixel 2
No terceiro lugar está o Google Pixel 2. Mesmo o mercado ainda não sabendo quase nada sobre o novo aparelho, a expectativa é que ele poderá vir com certificação IP67 (à prova de água e poeira) e revisão de design para diminuir as bordas em volta da tela. Além disso, também é provável que o próximo Pixel possua a melhor câmera já vista em um celular.

4º lugar – Nokia 6
O Nokia 6, fabricado pela HMD Global, chegará ao mercado com uma tela de 5,5 polegadas (resolução Full HD), o chipset Snapdragon 420 e 4 GB de memória RAM como alguns de seus atrativos. Mesmo o aparelho sendo, atualmente, exclusivo para o mercado chinês, há possibilidade do dispositivo ser lançado em outras regiões do planeta em breve.

5º lugar – Moto Z2
Ao trazer para o mercado um smartphone com 20 novos módulos para os clientes, hardware de ponta e design arrojado, o Moto Z2 chega com a promessa de que os módulos que servem hoje nesses celulares servirão também nas próximas gerações. Ou seja, quem entrou nessa “plataforma” em 2016 não terá que adquirir novos acessórios em 2017. Agora é aguardar.

6º lugar – LG G6
Mesmo com o lançamento fraco do modelo G5 na América Latina, a expectativa é que o LG G6 chegue ao mercado como um produto seguro, com um ótimo hardware e com um conceito repensado sobre o smartphone.

7º lugar – Galaxy Note 8
Mesmo sem nenhum rumor sobre o lançamento do próximo smartphone da linha Note da Samsung, há muita expectativa para a substituição do Note 7, o smartphone com o maior histórico de explosões que se tem notícia. Caso isso aconteça esse ano, espera-se que o aparelho tenha um hardware melhor do que Galaxy S8 e que traga recursos inovadores para os usuários mais hardcore.

8º lugar – Asus Zenfone 3 Zoom
O aparelho foi muito bem avaliado pelos especialistas na última CES, em Las Vegas, no começo deste ano. Possui um zoom óptico parrudo e parece ser um modelo que une as boas características do atual Zenfone 3 com o modelo Zenfone Zoom lançado em abril do ano passado. O Zoom foi um modelo que tinham uma ótima câmera, mas no geral acabou não tendo o destaque esperado.

9º lugar – Moto G5
Com expectativa para o lançamento acontecer no segundo semestre do ano, o Moto G5, modelo intermediário de uma linha construída pela Motorola e herdada pela Lenovo, deve chegar ao mercado com um design diferente do Moto G4.