Busca

Categoria: inovação


08:39 · 16.04.2016 / atualizado às 08:44 · 14.04.2016 por
ValetWay
ValetWay

O InovAtiva é uma iniciativa com potencial para mudar o cenário de inovação no Brasil. É um programa gratuito de aceleração em larga escala para negócios inovadores de qualquer setor nacional, realizado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e executado pela Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI). Ciclo de Aceleração InovAtiva Brasil 2016.1 teve em sua primeira etapa 1372 propostas e selecionou 300 projetos, sendo 18 startups cearenses. Dentre elas, o aplicativo ValetWay, desenvolvido pela Verde Tecnologia. Até junho, os projetos aprovados passarão por capacitação de nível mundial em empreendedorismo inovador, por meio de cursos gratuitos e outras atividades e acesso a mentores nacionais e internacionais.

O ValetWay oferece soluções para gestão de estacionamentos e valets. Dentre os benefícios oferecidos para os clientes estão a possibilidade de registro de pertences no veículo (por lei, apenas declarados podem ser reclamados em caso de incidentes), o tempo de permanência pela identificação automática da placa do veículo e a redução no tempo de espera no caso da aplicação em valets.

14:21 · 31.03.2016 / atualizado às 14:21 · 31.03.2016 por
Cilis Benevides
Cilis Benevides

O coordenador de Inovação do Instituto Atlântico, Cilis Benevides, assumiu a coordenadoria do Centro Microsoft de Inovação (MIC – Microsoft Innovation Center) – um dos 13 do País – com a missão de elevá-lo ao que a Microsoft classifica como MIC 2.0, com prioridades no fomento à computação em nuvem e mobilidade. O gestor tem como desafio promover maior interação no segmento de atuação do MIC – estudantes do ensino médio e superior; a academia, entre pesquisadores e instituições de nível superior; governo e empresas para alavancar inovações baseadas em tecnologias da Microsoft.

O MIC é mas uma iniciativa do Instituto Atlântico em parceria com a Microsoft, explica Cilis Benevides. O coordenador observa que para cada um dos segmentos de atuação do MIC existe alinhamento direto com as inovações da Microsoft. Estas ferramentas, segundo ele, para os estudantes são importantes para conhecer; para os pesquisadores para aplicação no contexto do desenvolvimento e nas empresas para potencializar inovações.

Cilis Benevides destaca a contribuição que as ferramentas darão ao ecossistema de inovação e empreendedorismo com o acesso diferenciado às tecnologias em especial para startups e programas de aceleração. O Centro Microsoft de Inovação vai intensificar ações junto ao seu público de atuação para descobrir novas ideias e transformá-las em projetos que sejam baseados em tecnologia da Microsoft, ele informou.

Desta interação, o coordenador espera que surjam alianças e sejam geradas inovações baseadas em tecnologias da Microsoft. A ação será desenvolvida por meio de visitas técnicas às instituições de ensino, pesquisa, governo ou empresas para gerar parcerias tecnológicas e através da realização de eventos.

As redes sociais serão usadas para mobilizar os parceiros nas ações comuns, disse Cilis Benevides. Com relação ao governo, o MIC espera mobilizar o engajamento para difundir as tecnologias da Microsoft para as políticas públicas de inovação com foco em computação na nuvem e mobilidade. O próprio Instituto Atlântico acolherá estas tecnologias com iniciativas de promoção, internalização e empreendedorismo.

11:31 · 03.08.2015 / atualizado às 12:20 · 03.08.2015 por

windows10O Windows 10 chegou e, com ele, uma série de novidades. Confira abaixo nove novas funções que você pode fazer novo sistema operacional da Microsoft e que não eram possíveis no Windows 8.

1. Fixar janelas nas quinas
A partir do Windows 7, o usuário pôde arrastar janelas para os cantos da tela e separar a Área de trabalho em duas — fazendo com que dois aplicativos ocupem cada metade da tela. Com o Windows 10, agora, arrastando as janelas para os cantos superiores e inferiores, é possível separar a tela em até quatro fragmentos.

2. Gerenciar notificações
A Microsoft adicionou um novo atalho para a central de ações (substitui as Charm Bars do Windows 8) no canto inferior direito do sistema operacional. O recurso engloba a aba de notificações e vários atalhos para funções do computador. Assim, é possível integrar apps e ter acesso a alertas e interações dos softwares instalados.

3. Múltiplas áreas de trabalho
O suporte às múltiplas áreas de trabalho finalmente está disponível para todos os usuários. Agora é possível abrir uma série de ferramentas de trabalho em um desktop e deixar outro para os itens de mídia, por exemplo. Para fazer a alternância, basta pressionar “Control + Windows + Direcionais (esquerda ou direita)”.

4. Modo Tablet
As opções de desktop comum são deixadas de lado no modo tablet, surgem atalhos maiores, mais acessíveis às interfaces touchscreen, e a tela Iniciar torna-se uma versão maior do Menu Iniciar — que faz seu retorno oficialmente ao Windows 10.

5. Facilidade nas configurações
Agora acessar essas ferramentas no Windows 10 ficou fácil. Basta ir até a Central de Ações e clicar em “Configurações”.

6. Mais controle do armazenamento
Inspirado nos dispositivos portáteis, o Windows 10 permite maior controle sobre o espaço ocupado pelos dados do computador. Ao digitar “Armazenamento” no Menu Iniciar, o usuário obtém ferramentas para acesso a um menu que mostra as porções ocupadas por arquivos de mídia, sistema, aplicativos, jogos e muito mais.

7. Navegador renovado
A Microsoft trocou o Internet Explorer pelo novo navegador Edge, que traz uma renovação no design e no motor de navegação. Ele é mais rápido, estável e fácil de usar do que o antigo, mostrando-se atualizado aos novos tempos e às novas necessidades dos consumidores.

8. Apps que rodam no modo Janela
No Windows 8, havia uma série de aplicativos belíssimos, mas que não permitiam interação com outras ferramentas. Eram os apps com a “interface Metro”, que só rodavam em tela cheia. Agora, eles podem ser usados como softwares comuns no bom e velho formato “Janelas” do Windows.

9. Desbloqueio biométrico
Pela primeira vez, o Windows traz suporte nativo para o desbloqueio de computadores por meio de impressões digitais. Isso já era possível no Windows 8, mas somente com a utilização de modificações das fabricantes.

10:18 · 26.06.2015 / atualizado às 10:18 · 26.06.2015 por
Astronauta testando HoloLens
Astronauta testando HoloLens

Uma parceria entre Nasa e a Microsoft fará com que HoloLens, o óculos de realidade ampliada lançado pela empresa na última E3 (maior feira de games do mundo), seja levada para a Estação Espacial Internacional (ISS, em inglês). A iniciativa é chamada de Project Sidekick.

O objetivo dos dois parceiros é usar a realidade ampliada para dar mais detalhes de tarefas que antes os astronautas precisam fazer a base de anotações e instruções de voz da Nasa.

Primeiro a Microsoft enviará um par no próximo dia 28. Lá, ele será testado em gravidade zero para analisar o comportamento do equipamento nestas condições.

No momento seguinte, serão enviados dois pares de HoloLens para iniciar propriamente o projeto Sidekick.

YouTube Preview Image
07:44 · 04.01.2015 / atualizado às 07:49 · 31.12.2014 por

foto3O Ocean, centro de capacitação da Samsung, encerra seu primeiro ano de atividades no Brasil com excelentes resultados. Durante as sessões de treinamento, capacitação e orientação profissional, mais de 5.600 estudantes universitários, desenvolvedores e empreendedores puderam aproveitar as oportunidades tanto na sede, em Manaus, como nos eventos na unidade em São Paulo.

O programa de capacitação do Samsung Ocean é baseado em três pilares: Desenvolvimento de aplicativos móveis, Desenvolvimento de Jogos e Educação. Tem como objetivo contribuir para a criação de novas empresas (start-ups) para integrar o ecossistema brasileiro de desenvolvimento de novos softwares, aumentando a oferta de aplicações móveis e de jogos eletrônicos para o mercado regional e mundial.

No total, foram realizadas 260 sessões, entre treinamentos e palestras, voltadas para pessoas interessadas em desenvolver aplicativos para Android e Tizen, além de outros produtos da Samsung, como Smart TVs e dispositivos móveis específicos da Empresa.

O desenvolvimento de aplicativos para Android teve o maior número de participantes: 2.359, seguido pelo desenvolvimento na plataforma Tizen, com 1.124 participantes no total. As sessões voltadas para games foram procuradas com bastante interesse por conta do recente crescimento desse mercado no Brasil e, especificamente em Manaus, pela inauguração do estúdio Black River, da Empresa.

IMG_1753“O Brasil é um mercado muito importante para a Samsung e possui uma comunidade crescente de desenvolvedores de conteúdo. Nossa expectativa é fortalecer o relacionamento com essa comunidade”, afirma Fábio Croitor, diretor da área Media Solution Center da Samsung para América Latina.

Para 2015, os objetivos do Ocean são de continuar o excelente relacionamento com novos profissionais da área, provendo-lhes as ferramentas e o conhecimento necessários para transformar suas ideias em realidade e incentivando o nascimento de mais startups de tecnologia.

Parcerias

A unidade de Manaus é a segunda unidade do Ocean fora da Coreia do Sul, onde está a matriz da Samsung Electronics. Entre os parceiros do Ocean brasileiro estão universidades públicas e particulares, como USP, Unesp, Unicamp, UEA, UFAM, Cetam, Uninorte, Mackenzie, Anhanguera, Anhembi Morumbi e Faculdade Martha Falcão, e diversas empresas, como FIESP, Qualcomm, PayPal, Facebook, Google, Telefonica | Vivo, Movile, Unity, Evernote, Opusphere, Baita, SAP, Startup Brasil e Abril Plug And Play. O projeto visa desenvolver um ecossistema de profissionais aptos a usarem as ferramentas oferecidas pelos treinamentos e, a partir disso, propor soluções de conteúdos e serviços para os dispositivos da marca.

09:58 · 14.12.2014 / atualizado às 11:48 · 14.12.2014 por

wufUma pequena empresa do Colorado (EUA) promete colocar no pescoço do seu cachorro um pacote de componentes tecnológicos normalmente encontrados em smartphones e tablets. A WUF desenvolveu uma coleira tecnológica e está tentando viabilizá-la pelo site de financiamento coletivo de Kickstarter. O acessório conta com conexão 3G, GPS, Bluetooth, acelerômetro, microfones e caixas de som. Tudo isso, segundo a empresa, serve para aprofundar a relação com o animal e aumentar a capacidade de monitoramento sobre ele.

Com o GPS, será possível saber por onde o cachorro anda e determinar uma cerca virtual -se o animal a ultrapassá-la, o dono recebe notificações via pelo telefone. O acelerômetro poderá ser usado para detectar o nível de movimentação do bicho e detectar hábitos, como horários de sono e atividade durante o dia.

Os dados do acelerômetro são usados para que o dono receba dicas para cuidar melhor do animal, como aumentar o nível de atividade ou reduzir a alimentação. O 3G garante que o animal sempre estará conectado ao dono, mesmo quando não está em casa.

Já a unidade de Bluetooth permite que humano e cachorro se conectem quando estiverem próximos. Com ela, é possível criar uma espécie de coleira virtual e determinar, por exemplo, qual a distância máxima do dono que o cachorro pode atingir durante uma caminhada. Se o animal se afastar demais, a coleira vibra e emite comandos sonoros pelas caixas de som para que pare.

As caixas de som permitem também que o dono fale à distância com o cachorro. O microfone detecta quando o animal late, os padrões de latidos e supostas causas. O aplicativo ajudará a entender o que o cachorro tenta dizer.

A campanha da WUF termina no próximo dia 28 e tem meta de US$ 50 mil. Até a conclusão deste texto, havia atingido US$ 27.491. A previsão de entrega é novembro do ano quem.

Nota da redação

Sinceramente acho um desperdício de dinheiro alguém comprar algo assim para o cachorro. É tecnologia demais para algo que pode ser simplesmente controlado com uma coleira comum e as demais coisas com atos normais do nosso cotidiano. Eu tenho cachorro e não compraria a coleira WUF. Enfim…

WUF
META US$ 50 mil
CONTRIBUIÇÃO MÍNIMA US$ 5
CONTRIBUIÇÃO MÍNIMA PARA TER O PRODUTO US$ 100
CONTRIBUIÇÃO MÁXIMA US$ 10 mil
FIM DA CAMPANHA 28 de dezembro de 2014
ENTREGA novembro de 2015

Fonte: FolhaPress

08:40 · 10.12.2014 / atualizado às 10:05 · 08.12.2014 por

tampoesUma equipe de três engenheiros de San Diego (EUA) desenvolveu um tampão de ouvido, que permite que apenas sons importantes incomodem o sono do usuário. O projeto busca financiamento via “Kickstarter“.

O Hush tem cancelador de ruídos, como outros fones disponíveis no mercado, e pode ser útil para viajantes de avião ou para quem tem parceiros que roncam alto.

A diferença é que ele pode ser programado para que o som do despertador seja escutado, um perigo para quem decide fechar os ouvidos. O acessório se conecta via Bluetooth ao smartphone e permite ao usuário ouvir certas notificações. Além do alarme, dá para escutar quando chega um e-mail ou uma ligação importante.

O tampão também transmite sons de relaxamento, que, segundo os engenheiros, ajudam a cair no sono. Todos os recursos são comandados por um app disponível para Android e iOS. A duração da bateria, promete a equipe, é de mais de dez horas.

A meta da campanha de US$ 100 mil já foi ultrapassada ­ até a última segunda-feira (8) tinha ultrapassado US$ 449 mil. A data de entrega está marcada para junho de 2015.

HUSH
META US$ 100 mil
CONTRIBUIÇÃO MÍNIMA US$ 10
CONTRIBUIÇÃO MÍNIMA PARA TER O PRODUTO US$ 115
CONTRIBUIÇÃO MÁXIMA US$ 2.500
FIM DA CAMPANHA 22 de dezembro de 2014
ENTREGA junho de 2015

Fonte: FolhaPress

10:32 · 23.11.2014 / atualizado às 10:32 · 23.11.2014 por

dragonfuture2Que tal reunir em um só produto smartphone, tablet e notebook? Loucura? Impossível? Não para osengenheiros da Idealfuture, empresa emergente da Califórnia. Eles cansaram de viver carregando diferentes dispositivos e criaram uma espécie de canivete suíço dos eletrônicos. O Dragonfly tenta substituir smartphone, tablet e notebook. Ele conta com duas telas sensíveis ao toque de sete polegadas cada e um teclado dobrável, o que permite diferentes configurações de design. Uma das telas também é destacável e é capaz de fazer ligações telefônicas.

Além disso, o aparelho roda dois sistemas operacionais: Windows e Android, o que permite mudar de plataforma conforme as necessidades do usuário.
Mesmo com o telefone desconectado da base, é possível acessar os arquivos remotamente. A Idealfuture busca financiamento no site Indiegogo e sua meta foi superada com folga. A pedida de US$ 10 mil recebeu quase US$ 440 mil até a conclusão deste texto.

O preço baixo para um aparelho complexo pode ser o motivo do sucesso. Por US$ 400 era possível comprar o produto até 20 de novembro. As especificações mostram um produto, que se realmente for tudo isso, valerá a pena comprar. Se não vejamos: as telas têm resolução de 2.560 pixels x 1.440 pixels e a base com teclado conta com 4 Gbytes de memória, mesmo número da tela destacável (batizada de Slingshot). Base e Slingshot contam com 128 Gbytes cada de armazenamento. E a empresa inclui mais dois cartões SD de 128 Gbytes.

Com o fim do financiamento, a Idealfuture informou que o preço do Dragonfly subiu. A versão Android custa agora US$ 599 e a versão Windows US$ 799. A promessa de entrega é no primeiro semestre de 2015. E aí? Vai arriscar largar tudo pelo Dragonfly?

Dragonfly Futurefön
Preço: versão Android US$599 e versão Windows por US$ 799
Entrega: primeiro semestre de 2015

Fonte: FolhaPress

07:49 · 13.11.2014 / atualizado às 08:53 · 11.11.2014 por
Assassins Creed Unity
Assassins Creed: Unity

Os games mais cobiçados deste fim de ano como Assassin’s Creed: Unity, Far Cry 4 e The Crew terão uma nova aparência muito devido à tecnologia NVIDIA à disposição nas GPUs da linha GeForce GTX. As tecnologias GameWorks integradas ao conteúdo fornecido pela Ubisoft prometem a total imersão dos gamers nos ambientes dos jogos.

Para celebrar a parceria, a NVIDIA anuncia a promoção “Faça a sua Escolha”. Com duração até o fim do ano, os gamers que comprarem uma GPU GeForce GTX dos modelos GTX 980, GTX 970, GTX780 Ti, GTX 780 ou um notebook equipado com GeForce GTX 980M ou 970M, poderão escolher quais dos games desejam ganhar – The Crew, Far Cry 4 ou Assassin’s Creed Unity.

“A NVIDIA trabalha para estreitar parcerias com as equipes de desenvolvimento dos games para ajudar a oferecer a melhor experiência visual aos jogadores”, afirma Jean-Francois St.Amour, programador gráfico chefe da Ubisoft Montreal e acrescenta, “O apoio e o insight oferecidos são ainda mais importantes agora, já que estamos dando um passo tecnológico enorme com a nova geração de games Assassin’s Creed”.

A franquia de maior sucesso da Ubisoft lançada recentemente, o Assassin’s Creed Unity, contará com HBAO+, TXAA, PCSS e tecnologias que permitem renderizar com realidade os ambientes desse game que tem como cenário a cidade de Paris durante a Revolução Francesa.

Outra série legendária que está recebendo uma atualização tecnológica e extremamente visual é a Far Cry 4. Além de HBAO+, TXAA, PCSS e de suporte 4K aprimorado, o jogo também integra as tecnologias NVIDIA Godrays e NVIDIA HairWorks, que permitem que o jogador sinta o sol sobre o Himalaia.

Com informações do Blog da NVIDIA

14:49 · 06.11.2014 / atualizado às 14:50 · 06.11.2014 por

Hoje a Nixie foi nomeada a vencedora do grande prêmio Desafio Intel Make it Wearable, uma iniciativa global que a Intel anunciou na CES 2014 para estimular a criatividade e desafiar os inovadores a avançarem a computação pessoal usando a tecnologia Intel Edison. Assista ao replay do webcast.

nixie1º Lugar – Nixie:
Como vencedora do grande prêmio no valor de US$ 500 mil, a Nixie é a primeira câmera vestível capaz de voar e se desdobrar, voando para tirar a foto perfeita desde perspectivas únicas.

 

 

 

bionic2ª Lugar – Open Bionics:
Em segundo lugar, a Open Bionics, que recebeu um prêmio no valor de US$ 200 mil, usou a impressão e digitalização 3-D de baixo custo e alta eficiência para levar produtos personalizados para amputados por menos de US$ 1 mil.

 
glove3º Lugar – ProGlove:
Vencedora do terceiro prêmio no valor de US$ 100.000, a ProGlove está oferecendo uma invenção corporativa que busca reduzir o estresse resultante do trabalho físico, melhorar a ergonomia e reduzir os custos relacionados a erros no ambiente de trabalho.