Busca

Categoria: inovação


08:39 · 16.04.2016 / atualizado às 08:44 · 14.04.2016 por
ValetWay
ValetWay

O InovAtiva é uma iniciativa com potencial para mudar o cenário de inovação no Brasil. É um programa gratuito de aceleração em larga escala para negócios inovadores de qualquer setor nacional, realizado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e executado pela Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI). Ciclo de Aceleração InovAtiva Brasil 2016.1 teve em sua primeira etapa 1372 propostas e selecionou 300 projetos, sendo 18 startups cearenses. Dentre elas, o aplicativo ValetWay, desenvolvido pela Verde Tecnologia. Até junho, os projetos aprovados passarão por capacitação de nível mundial em empreendedorismo inovador, por meio de cursos gratuitos e outras atividades e acesso a mentores nacionais e internacionais.

O ValetWay oferece soluções para gestão de estacionamentos e valets. Dentre os benefícios oferecidos para os clientes estão a possibilidade de registro de pertences no veículo (por lei, apenas declarados podem ser reclamados em caso de incidentes), o tempo de permanência pela identificação automática da placa do veículo e a redução no tempo de espera no caso da aplicação em valets.

14:21 · 31.03.2016 / atualizado às 14:21 · 31.03.2016 por
Cilis Benevides
Cilis Benevides

O coordenador de Inovação do Instituto Atlântico, Cilis Benevides, assumiu a coordenadoria do Centro Microsoft de Inovação (MIC – Microsoft Innovation Center) – um dos 13 do País – com a missão de elevá-lo ao que a Microsoft classifica como MIC 2.0, com prioridades no fomento à computação em nuvem e mobilidade. O gestor tem como desafio promover maior interação no segmento de atuação do MIC – estudantes do ensino médio e superior; a academia, entre pesquisadores e instituições de nível superior; governo e empresas para alavancar inovações baseadas em tecnologias da Microsoft.

O MIC é mas uma iniciativa do Instituto Atlântico em parceria com a Microsoft, explica Cilis Benevides. O coordenador observa que para cada um dos segmentos de atuação do MIC existe alinhamento direto com as inovações da Microsoft. Estas ferramentas, segundo ele, para os estudantes são importantes para conhecer; para os pesquisadores para aplicação no contexto do desenvolvimento e nas empresas para potencializar inovações.

Cilis Benevides destaca a contribuição que as ferramentas darão ao ecossistema de inovação e empreendedorismo com o acesso diferenciado às tecnologias em especial para startups e programas de aceleração. O Centro Microsoft de Inovação vai intensificar ações junto ao seu público de atuação para descobrir novas ideias e transformá-las em projetos que sejam baseados em tecnologia da Microsoft, ele informou.

Desta interação, o coordenador espera que surjam alianças e sejam geradas inovações baseadas em tecnologias da Microsoft. A ação será desenvolvida por meio de visitas técnicas às instituições de ensino, pesquisa, governo ou empresas para gerar parcerias tecnológicas e através da realização de eventos.

As redes sociais serão usadas para mobilizar os parceiros nas ações comuns, disse Cilis Benevides. Com relação ao governo, o MIC espera mobilizar o engajamento para difundir as tecnologias da Microsoft para as políticas públicas de inovação com foco em computação na nuvem e mobilidade. O próprio Instituto Atlântico acolherá estas tecnologias com iniciativas de promoção, internalização e empreendedorismo.

11:31 · 03.08.2015 / atualizado às 12:20 · 03.08.2015 por

windows10O Windows 10 chegou e, com ele, uma série de novidades. Confira abaixo nove novas funções que você pode fazer novo sistema operacional da Microsoft e que não eram possíveis no Windows 8.

1. Fixar janelas nas quinas
A partir do Windows 7, o usuário pôde arrastar janelas para os cantos da tela e separar a Área de trabalho em duas — fazendo com que dois aplicativos ocupem cada metade da tela. Com o Windows 10, agora, arrastando as janelas para os cantos superiores e inferiores, é possível separar a tela em até quatro fragmentos.

2. Gerenciar notificações
A Microsoft adicionou um novo atalho para a central de ações (substitui as Charm Bars do Windows 8) no canto inferior direito do sistema operacional. O recurso engloba a aba de notificações e vários atalhos para funções do computador. Assim, é possível integrar apps e ter acesso a alertas e interações dos softwares instalados.

3. Múltiplas áreas de trabalho
O suporte às múltiplas áreas de trabalho finalmente está disponível para todos os usuários. Agora é possível abrir uma série de ferramentas de trabalho em um desktop e deixar outro para os itens de mídia, por exemplo. Para fazer a alternância, basta pressionar “Control + Windows + Direcionais (esquerda ou direita)”.

4. Modo Tablet
As opções de desktop comum são deixadas de lado no modo tablet, surgem atalhos maiores, mais acessíveis às interfaces touchscreen, e a tela Iniciar torna-se uma versão maior do Menu Iniciar — que faz seu retorno oficialmente ao Windows 10.

5. Facilidade nas configurações
Agora acessar essas ferramentas no Windows 10 ficou fácil. Basta ir até a Central de Ações e clicar em “Configurações”.

6. Mais controle do armazenamento
Inspirado nos dispositivos portáteis, o Windows 10 permite maior controle sobre o espaço ocupado pelos dados do computador. Ao digitar “Armazenamento” no Menu Iniciar, o usuário obtém ferramentas para acesso a um menu que mostra as porções ocupadas por arquivos de mídia, sistema, aplicativos, jogos e muito mais.

7. Navegador renovado
A Microsoft trocou o Internet Explorer pelo novo navegador Edge, que traz uma renovação no design e no motor de navegação. Ele é mais rápido, estável e fácil de usar do que o antigo, mostrando-se atualizado aos novos tempos e às novas necessidades dos consumidores.

8. Apps que rodam no modo Janela
No Windows 8, havia uma série de aplicativos belíssimos, mas que não permitiam interação com outras ferramentas. Eram os apps com a “interface Metro”, que só rodavam em tela cheia. Agora, eles podem ser usados como softwares comuns no bom e velho formato “Janelas” do Windows.

9. Desbloqueio biométrico
Pela primeira vez, o Windows traz suporte nativo para o desbloqueio de computadores por meio de impressões digitais. Isso já era possível no Windows 8, mas somente com a utilização de modificações das fabricantes.

10:18 · 26.06.2015 / atualizado às 10:18 · 26.06.2015 por
Astronauta testando HoloLens
Astronauta testando HoloLens

Uma parceria entre Nasa e a Microsoft fará com que HoloLens, o óculos de realidade ampliada lançado pela empresa na última E3 (maior feira de games do mundo), seja levada para a Estação Espacial Internacional (ISS, em inglês). A iniciativa é chamada de Project Sidekick.

O objetivo dos dois parceiros é usar a realidade ampliada para dar mais detalhes de tarefas que antes os astronautas precisam fazer a base de anotações e instruções de voz da Nasa.

Primeiro a Microsoft enviará um par no próximo dia 28. Lá, ele será testado em gravidade zero para analisar o comportamento do equipamento nestas condições.

No momento seguinte, serão enviados dois pares de HoloLens para iniciar propriamente o projeto Sidekick.

YouTube Preview Image
07:44 · 04.01.2015 / atualizado às 07:49 · 31.12.2014 por

foto3O Ocean, centro de capacitação da Samsung, encerra seu primeiro ano de atividades no Brasil com excelentes resultados. Durante as sessões de treinamento, capacitação e orientação profissional, mais de 5.600 estudantes universitários, desenvolvedores e empreendedores puderam aproveitar as oportunidades tanto na sede, em Manaus, como nos eventos na unidade em São Paulo.

O programa de capacitação do Samsung Ocean é baseado em três pilares: Desenvolvimento de aplicativos móveis, Desenvolvimento de Jogos e Educação. Tem como objetivo contribuir para a criação de novas empresas (start-ups) para integrar o ecossistema brasileiro de desenvolvimento de novos softwares, aumentando a oferta de aplicações móveis e de jogos eletrônicos para o mercado regional e mundial.

No total, foram realizadas 260 sessões, entre treinamentos e palestras, voltadas para pessoas interessadas em desenvolver aplicativos para Android e Tizen, além de outros produtos da Samsung, como Smart TVs e dispositivos móveis específicos da Empresa.

O desenvolvimento de aplicativos para Android teve o maior número de participantes: 2.359, seguido pelo desenvolvimento na plataforma Tizen, com 1.124 participantes no total. As sessões voltadas para games foram procuradas com bastante interesse por conta do recente crescimento desse mercado no Brasil e, especificamente em Manaus, pela inauguração do estúdio Black River, da Empresa.

IMG_1753“O Brasil é um mercado muito importante para a Samsung e possui uma comunidade crescente de desenvolvedores de conteúdo. Nossa expectativa é fortalecer o relacionamento com essa comunidade”, afirma Fábio Croitor, diretor da área Media Solution Center da Samsung para América Latina.

Para 2015, os objetivos do Ocean são de continuar o excelente relacionamento com novos profissionais da área, provendo-lhes as ferramentas e o conhecimento necessários para transformar suas ideias em realidade e incentivando o nascimento de mais startups de tecnologia.

Parcerias

A unidade de Manaus é a segunda unidade do Ocean fora da Coreia do Sul, onde está a matriz da Samsung Electronics. Entre os parceiros do Ocean brasileiro estão universidades públicas e particulares, como USP, Unesp, Unicamp, UEA, UFAM, Cetam, Uninorte, Mackenzie, Anhanguera, Anhembi Morumbi e Faculdade Martha Falcão, e diversas empresas, como FIESP, Qualcomm, PayPal, Facebook, Google, Telefonica | Vivo, Movile, Unity, Evernote, Opusphere, Baita, SAP, Startup Brasil e Abril Plug And Play. O projeto visa desenvolver um ecossistema de profissionais aptos a usarem as ferramentas oferecidas pelos treinamentos e, a partir disso, propor soluções de conteúdos e serviços para os dispositivos da marca.