Busca

Categoria: Mídias Sociais


08:12 · 23.02.2016 / atualizado às 08:15 · 23.02.2016 por
Xiaomi Mi5
Xiaomi Mi5

A Xiaomi, empresa de internet e hardware considerada a 2ª startup mais valiosa do mundo (segundo a Fortune), anunciará oficialmente seu novo smartphone topo de linha, o Mi 5. O evento acontecerá no dia 24 de fevereiro, às 5 horas da manhã (horário de Brasília), durante o Mobile World Congress, em Barcelona.

O lançamento do Mi 5 será transmitido ao vivo, por meio do canal oficial da Xiaomi no YouTube e também terá a cobertura feita pelo Twitter, Facebook e Instagram da empresa. Os Mi Fãs brasileiros ainda poderão acompanhar o evento pelo Periscope (@MiBrasil).

A apresentação será gravada e disponibilizada nos mesmos canais da Xiaomi algumas horas após o evento. A empresa avisará em suas redes sociais quando o vídeo estiver no ar.

13:33 · 15.07.2015 / atualizado às 13:33 · 15.07.2015 por

pewresearchEstudo do Pew Research, em associação com John S. and James L. Knight Foundation revelou que 63% dos norte-americanos que usam o Twitter (52% em 2013) e o Facebook (47% em 2013) como fontes para busca de informações.

O Twitter ainda leva vantagem sobre o Facebook, pois, ainda segundo o levantamento, a proporção de usuários que dizem seguir as últimas notícias no Twitter, por exemplo, é quase duas vezes maior que aqueles que dizem fazê-lo via Facebook (59% x 31%). E isso reforça a visão que o Twitter é o melhor para leitura e para a cobertura de notícias em tempo real.

Coincidentemente, a pesquisa chega em um momento em que as duas empresas apostam mais pesadamente em notícias. Em maio último, o Facebook lançou o projeto Instant Articles (artigos instantâneos, em uma tradução livre), um projeto experimental que permite que as empresas de mídia, com o “The New York Times“, possam publicar histórias diretamente para a plataforma do Facebook, em vez de links para seus próprios sites. Além disso, em junho, lançou nos EUA (ainda inédito recurso no Brasil), a barra lateral “Trending” para que os usuários filtrarem por tópicos apenas notícias sobre política, ciência, tecnologia, esportes ou entretenimento.

E o Twitter? Não ficou para trás. Em breve deve revelar seu “Project Lightning” (Projeto Relâmpago) que permitirá que qualquer um, usuário ou não do Twitter, possa visualizar feeds de tweets, imagens e vídeos sobre eventos ao vivo como eles acontecem, que terão curadoria por um novo grupo de pessoas que, segundo a empresa, teriam “experiência em redação de jornais”. E já foi comprado e lançado pelo Twitter este ano o aplicativo de vídeo ao vivo Periscope.

De acordo com o estudo, a conclusão é que, à medida que mais sites de redes sociais reconheçam e se adaptem ao seu papel no ambiente de notícias, cada um vai oferecer características únicas para usuários de notícias, e esses recursos podem promover mudanças no uso das notícias. Esses usos diferentes ao redor da reportagem têm implicações na forma como os americanos aprendem sobre o mundo e suas comunicações, e por quanto eles toma parte no processo democrático. Este exame de Facebook e Twitter lança luz sobre as semelhanças e diferenças entre estas duas importantes plataformas de mídia social.

Leia aqui o relatório completo.

10:06 · 14.11.2014 / atualizado às 10:10 · 14.11.2014 por

saythanksscreenshot2Que tal homenagear seus melhores amigos, parentes e esposas (maridos) ou namoradas (namorados)? O Facebook te ajuda neste fim de ano com o aplicativo Say Thanks.

O app permite que você monte um vídeo usando as fotos e mensagens trocadas com seus amigos na rede social. O formato é semelhante ao que já temos com o Look Back que foi criada no início do ano para a comemoração dos 10 anos da rede social. Desta feita, o Facebook permitiu que seu vídeo fosse compartilhado com todos os seus amigos. E aí temos o seu presente virtual de fim de ano.

Seria legal poder cutomizar o vídeo, não vi como por enquanto, mas sei que já já teremos algum oferecendo isso. Ah, é possível usar o “Say Thanks” tanto para mobile quanto para desktop.

09:30 · 25.09.2014 / atualizado às 15:14 · 24.09.2014 por

Estudo da Ipsos MediaCT mostra que 57% dos brasileiros usam o Facebook enquanto assistem TV e que para 39% dos entrevistados, a segunda tela escolhida é um dispositivo móvel. Se olharmos para o comportamento do telespectador durante o chamado horário nobre – entre 20h e meia noite –, o índice é ainda mais alto: oito em cada dez brasileiros utilizam a rede social enquanto veem televisão.

Gabriel Gontijo, pesquisador de audiências do Facebook, diz que é muito comum as pessoas comentarem na rede social enquanto assistem uma partida de futebol, uma reportagem mostrada no telejornal da noite ou mesmo o que ocorre em sua novela favorita. Para ele, esses exemplos mostram o quanto as pessoas estão conectadas ao Facebook enquanto assistem à TV.

Para as empresas, compreender esse comportamento é importante para orientar a diversificação e melhorar a estratégia de anúncios no Facebook. “Conteúdos vistos em um dispositivo móvel muitas vezes provocam ações em outros. Ou seja, os anúncios não devem se limitar a um único meio. As pessoas estão sempre conectadas e, no Facebook, todo horário é nobre”, avalia o pesquisador.

Esses e outros dados do estudo, encomendado pelo Facebook e que envolveu, além do Brasil, telespectadores na Argentina, Chile, Colômbia e México, estão infográfico abaixo:

info

10:54 · 16.09.2014 / atualizado às 10:54 · 16.09.2014 por

pollztatVocê sempre quis saber o que pensavam seus amigos no Facebook sobre variados temas? A ferramenta Pollztat, criação do desenvolvedor cearense Gilberto “Knuttz” Soares, pode te oferecer isso de forma muito intuita e divertida. “O objetivo é entretenimento. A ferramenta é muito divertida, e vai fazer o usuário descobrir que ele tem amigos nas fanpages mais absurdas do mundo. Eu descobri isto. Como foi uma coisa feita no ímpeto, a ferramenta entrou no ar em menos de cinco dias e eu não parei ainda para pensar em outras utilidades, fora a diversão, mas elas existem, é uma questão de criar o modelo”, afirmou Soares.

O maior desafio de Gilberto foi tornar o uso intuitivo, fácil e divertido. “Um amigo mandou uma mensagem via Facebook dizendo que ‘não conseguia parar de usar (a ferramenta)’, era isto que eu queria”.

A ideia do Pollztat surgiu da ampliação da ideia do Buzzfeed Brasil, replicada por Alexandre Inagaki, de quem venceria a eleição no Facebook. O que Buzzfeed propôs era entrar na página de cada candidato e ver quantos amigos curtiam cada um deles. “Achei que não valia a pena fazer uma ferramenta de uso tão pontual, com validade de algumas semanas. Então resolvi expandir, ‘abrir’ para que qualquer combinação de fanpages pudesse ser pesquisada”, disse Soares.

E antes que alguém acuse o Pollztat de não ser científico, o criador deixa claro: “queria reforçar algo que digo no “Sobre” do site que a ferramenta não é científica, seus números não devem ser levados excessivamente a sério. Vivemos dentro de bolhas de conhecimento e comportamento. Estas bolhas estão em torno de todos e cada um de nós. É normal que dentro de sua bolha, neste caso seus amigos do Facebook, os gostos sejam parecidos. Em segundo lugar uma dica: quanto mais ridícula for a pesquisa que você fizer, mais engraçado fica”. E aí? Já experimentou?