Busca

Tag: google


09:34 · 07.08.2018 / atualizado às 09:34 · 07.08.2018 por

O Google lançou, nesta segunda-feira, 6, o Android 9 Pie que promete colocar a inteligência artificial no centro do sistema operacional, com foco em novas experiências simples e inteligentes, junto com novas funções para promover o bem-estar digital.

Inteligência
Segundo o anúncio do Google, o Android 9 torna seu telefone mais inteligente, permitindo que ele aprenda e se adapte às suas necessidades. Seguem estas melhorias futuras:

– Bateria Adaptativa: usa o deep learning para entender os padrões de uso e priorizar a bateria para os aplicativos e serviços que importam para cada pessoa.

– Brilho Adaptativo: aprende como cada pessoa gosta de definir o controle de brilho, considerando a iluminação do ambiente ao redor, e faz isso de uma maneira eficiente em termos de consumo de energia.

– Ações nos Apps: prevê as suas próximas ações, para que você possa realizá-las de forma mais rápida. A partir de agora, se você fizer algo como conectar seus fones de ouvido, a playlist que você estava ouvindo mais cedo ficará em destaque.

– Slices traz parte da interface de usuário de um aplicativo quando você mais precisar, como a Busca do Google. Quando você pesquisa por “Lyft”, por exemplo, verá os preços da carona para casa e o tempo estimado de chegada ali mesmo. Esta função estará disponível no próximo trimestre.

Simplicidade
Segundo o Google, com o Android 9, eles procuraram colocar ênfase especial na simplicidade, tornando a interface de usuário do Android mais simples e acessível, tanto para atuais usuários quanto para o próximo bilhão de usuários Android. Confira as mudanças:

– Novo sistema de navegação: com um único e simples botão de início. Você pode deslizar para cima a partir de qualquer tela para ver os apps recém usados e acessá-los novamente com um simples toque. Se você está sempre alternando entre apps, temos uma boa notícia: a seleção inteligente de texto (que reconhece o significado do texto que você está selecionando e sugere ações relevantes) agora funciona no overview dos seus apps recentes, tornando mais fácil realizar sua próxima ação.

Mudanças pequenas, mas úteis, por toda parte: mudar a maneira como a tela inicial funciona é algo grande, mas pequenas mudanças também podem fazer uma grande diferença. O Android 9 promete trazer Configurações Rápidas redesenhadas, capturas de tela melhores, controles de volume simplificados, um botão de confirmação de rotação e uma maneira mais fácil de gerenciar notificações.

Bem-Estar Digital
De acordo com a assessoria de imprensa do Google no Brasil, a tecnologia deve nos ajudar em nossas vidas, e não nos distrair dela. “Com foco em conscientização e controle, trabalhamos muito para adicionar recursos importantes diretamente ao Android, a fim de ajudá-lo a alcançar o equilíbrio com a tecnologia que você está procurando”, diz documento da gigante da tecnologia.

Desta forma, o Google desenvolveu, com o Android 9 Pie, um painel de controle que conta como você está passando o tempo no seu dispositivo, incluindo tempo gasto em aplicativos, quantas vezes você desbloqueou o seu telefone e quantas notificações recebeu.

– App Timer permite que você limite o tempo em aplicativos. Ele vai te dizer quando estiver perto do seu tempo limite e depois deixar o ícone do app cinza para te lembrar da sua meta.

– Wind Down irá ativar a Iluminação Noturna quando escurecer, ativar a função Não Perturbe e deixar a tela em escala de cinza na hora que você decidir ir deitar para te ajudar a lembrar de dormir na hora que você quiser.

Atualmente disponível em Beta para telefones Pixel, o Bem-Estar Digital será lançado oficialmente para telefones Pixel no próximo trimestre, chegando para Android One e outros dispositivos no final deste ano.

06:25 · 31.07.2018 / atualizado às 12:48 · 30.07.2018 por

Não é de hoje que os usuários sabem dos inúmeros ataques que podem torná-los vítimas de cibercriminosos. O Android é o sistema operacional móvel mais popular, o que explica que o motivo da existência de um malware para esse sistema operacional ser o mais comum. Quando se trata da segurança dos nossos dispositivos conectados, é essencial protegê-los desde o início e estar ciente dos diferentes métodos que os criminosos usam para enganar os usuários e infectar os dispositivos.

Outra razão pela qual os usuários deste sistema operacional estão mais expostos é porque o Android permite a instalação de aplicativos de qualquer origem, não apenas da loja oficial (como no iOS). De acordo com uma investigação da Kaspersky Lab, 83% dos aplicativos do Android têm acesso aos dados confidenciais de seus proprietários, e 96% desses aplicativos podem ser iniciados sem o consentimento.

“Não podemos negar que os cibercriminosos são muito criativos e, por isso, os usuários não podem facilitarem, mesmo que indiretamente, esses golpes, fornecendo mais informações do que se deve”, alerta Thiago Marques, analista de segurança da Kaspersky Lab. “Muitos não pesquisam sobre o app e, só baixam por estar em alta. É por isso que é preciso se informar mais e mais, entender o quão pesado é aquele app e se é realmente é necessário baixa-lo”, reforça.

Desta forma, a Kaspersky Lab separou algumas dicas para que os usuários não sejam vítimas de suas próprias atitudes e evitem ao máximo caírem em golpes:

1. Como baixar um app seguro?
O Google possui um departamento inteiro dedicado a verificação de aplicativos que acabam na Google Play. Entretanto, o malware ainda consegue passar vez ou outra. Ainda assim, o risco de baixar um aplicativo infectado diretamente da loja oficial é muito menor do que de qualquer outra fonte.

2. É só baixar e pronto?

Antes de fazer o download, procure saber mais detalhes sobre a descrição do aplicativo e sobre os criadores, além de outros trabalhos que eles tenham realizado.

3. O app é nota 10. Qual o problema?

Um aplicativo com notas altas é bom, útil e provavelmente mais seguro, mesmo assim, fique atento. Uma nota alta não é tudo e as avaliações precisam parecer consistentes, escritas por pessoas de verdades e não bots, inclusive as negativas – às vezes, os cibercriminosos usam Trojans para melhorar a avaliação de aplicativos. Além disso, olhe o número de usuários – aplicativos com milhões de downloads tem menos chances de serem malware.

4. O que o seu app precisa saber sobre você?

A partir do sistema de permissões, o usuário consegue controlar o quanto de liberdade terá um aplicativo. Por exemplo, seu novo app precisa mesmo ter acesso à sua câmera? E ao seu microfone? Os perigos mais comuns envolvem a habilidade de aplicativos de roubar seus dados (localização, contatos, arquivos pessoais) e realizar certas operações como tirar fotos, gravar áudio, vídeos, enviar mensagens, entre outros. Segundo a Kaspersky Lab, aproximadamente 40% das pessoas na América Latina admitem que não verificam as permissões de seus aplicativos móveis pré-instalados em seus dispositivos Android e iOS, e 15% deles não verificam as permissões ao baixar ou instalar novos aplicativos em seus dispositivos móveis.

5. Menos é mais

Essa frase se aplica no mundo online também, já que quanto menos aplicativos o usuário tiver no seu dispositivo, menos chances de ter estragos.

6. “A última vez que atualizei…”

Quanto mais atualizado estiver o sistema operacional e as versões dos aplicativos, menos problemas de segurança o usuário enfrentará em seu dispositivo. Por isso, as atualizações devem ser regulares. “Mais do que ter a tecnologia a seu favor, os usuários precisam estar conscientes dos perigos que estão no mundo online para evitá-las e das melhores formas para se protegerem”, afirma Marques.

7. Segurança em dose dupla

A autenticação de dois fatores é um recurso oferecido por vários prestadores de serviços online que acrescentam uma camada adicional de segurança para o processo de login da conta, exigindo que o usuário forneça duas formas de autenticação. A primeira forma – em geral – é a sua senha. O segundo fator pode ser qualquer coisa, dependendo do serviço. O mais comum dos casos, é um SMS ou um código que é enviado para um e-mail.

8. Minha senha é 1234

“Não tem como os usuários garantirem segurança se não começam com uma grande proteção como uma senha forte”, reforça Marques. “Informações mais óbvias como data de nascimento, cantor favorito, entre outras que sejam fáceis de qualquer pessoa saber, não devem ser colocadas como senhas”. Por isso, para que uma senha seja segura, ela deve ser única e complexa; em particular, deve ter pelo menos 15 caracteres de comprimento e combinar letras, números e caracteres especiais – o que dificulta os cibercriminosos de adivinharem.

9. Opa, Wi-fi sem senha

Verifique se a sua conexão com a Internet é segura. Ao conectar-se a um site público utilizando uma rede Wi-Fi pública, você não possui controle direto sobre sua segurança. Portanto, use uma rede privada virtual (VPN), como o Kaspersky Secure Connection, quando tiver dúvidas sobre a segurança da rede Wi-Fi. Esta ferramenta impede a intercepção de informações, pois criptografa todos os dados enviados e recebidos na rede. É essencial não fazer compras online ou transações bancárias enquanto estiver conectado a uma rede Wi-Fi pública. Certifique-se de usar uma Rede Privada Virtual (VPN), pois todas as informações que você enviar nesta rede serão protegidas. Além disso, use ferramentas que permitem fazer compras on-line seguras e transações bancárias para PC ou Mac.

10. Preciso mais do quê?

Seja qual for o objetivo do seu download, garanta que seu dispositivo tenha uma solução de segurança confiável, como o Kaspersky Internet Security para Android. Ele permite a verificação de aplicativos, além do recurso antirroubo – que permite ao usuário ativar o alarme remotamente, fotografar o suposto ladrão, bloquear o aparelho e apagar todas as informações.

07:29 · 26.06.2018 / atualizado às 07:29 · 26.06.2018 por

A Rentcars.com – plataforma de comparação de preços e locação de veículos da América Latina – acaba de lançar seu Progressive Web App (PWA), uma tecnologia que mescla as funcionalidades de um aplicativo nativo e de um website. Esse novo modelo de desenvolvimento promete utilizar 75% menos dados e espaço do que um aplicativo e oferece uma experiência mais rápida e com mais engajamento para o usuário. A empresa é a primeira no segmento de locação de veículos a lançar essa tecnologia, em parceria com o Google no Brasil.

Com a novidade, usuários da plataforma passam a ter todas as funcionalidades do próprio aplicativo só que dentro do browser, facilitando muito sua vida, pois ele não precisa sair do navegador para ir até o app.

Outro diferencial é tentar melhorar a experiência de quem navega ao apresentar um visual muito parecido ao de um aplicativo nativo, além de permitir a interação com as funcionalidades do celular, como GPS, câmera, microfone, etc, e possibilitar que o usuário acesse algumas funcionalidades offline, como a área do cliente.

A garantia de segurança de dados é mais uma vantagem do PWA. Um dos pré-requisitos para o funcionamento da plataforma é ser https, formato que garante uma camada adicional de segurança e faz a transmissão de dados por meio de uma conexão criptografada. Já para quem acredita que o atalho de um aplicativo facilita o acesso das plataformas mais utilizadas, a tecnologia também permite essa funcionalidade. Esse ícone, ao contrário de um app nativo, não precisa ser atualizado, ou seja, ao abrir o PWA as informações são sincronizadas em tempo real.

08:47 · 22.06.2018 / atualizado às 09:11 · 22.06.2018 por
Kevin Systrom, CEO e co-fundador do Instagram fala sobre o lançamento do IG TV

O Instagram TV (IG TV) chegou. E, com ele, um concorrente de peso para o YouTube. Por falar no eterno serviço de vídeo, tentamos que os representantes brasileiros respondessem como irão atuar frente a este novo player no mercado. Resultado: não quiserem responder a nenhuma das perguntas. Lamentável!

Mas o que é o IG TV? Achei muito bacana a definição dada por um colega: é o YouTube vertical. É por aí mesmo. Até agora não sabemos, pois a equipe de imprensa do Instagram no Brasil não nos respondeu, como será na questão da monetização. Porém, os produtores de conteúdo já começaram a produzir material para a novidade, com vídeos editados assim como os do YouTube.

Achei uma ótima novidade e que vai balançar o mercado. Será ótimo para os produtores de conteúdo que podem ter ganhos financeiros, inclusive, futuramente, do próprio YouTube. Uma mudança da política de monetização da ferramenta do Google seria uma boa saída para evitar a debanda de criadores para o IG TV.

Que os jogos comecem!

13:46 · 21.05.2018 / atualizado às 13:46 · 21.05.2018 por
Moto e5 plus em vista frontal

O novo Moto e5 plus entra em pré-venda exclusiva a partir de hoje, 21 de maio, pelo site oficial da Motorola, até o dia 27, e chegará às lojas brasileiras a partir da próxima segunda-feira, dia 28. Os grandes destaques do moto e5 plus são sua tela e bateria. Ele traz uma Tela Max Vision 18:9, de 6 polegadas e bateria de 5.000 mAh. O aparelho também vem equipado com um carregador TurboPower que promete recargar veloz. O aparelho de entrada traz boas características, mas o preço de R$ 949 assusta.

Fotos

Com 12 MP, a câmera do Moto e5 plus dispõe de duas tecnologias de foco automático, que prometem tirar fotos nítidas em qualquer ambiente. Segundo a assessoria, o foco a laser detecta todos os detalhes, mesmo em ambientes pouco iluminados. Já o foco por detecção de fase (PDAF) ajuda a garantir imagens mais nítidas. A câmera frontal de 5 MP, com flash LED e modo Beauty.

Sensor

O novo Moto e5 plus tem sensor de impressão digital para ativar e desbloquear o smartphone instantaneamente e de forma segura, garante a assessoria.

Armazenamento

O lançamento conta com o desempenho do processador Snapdragon 425, com CPU quad-core de até 1,4 GHz3, mas apenas 2 GB de memória RAM. Além disso, é possível armazenar vídeos, fotos e músicas nos 16 GB de armazenamento total, que pode ser expandido até 128 GB, com um cartão microSD opcional.

Sistema operacional

O Moto e5 plus já vem com o Android Oreo. O novo sistema operacional permite visualizar dois aplicativos ao mesmo tempo, com a opção de se abrir uma tela dividida ou criar uma janela flutuante. Também possibilita manter o dispositivo e os dados protegidos contra aplicativos suspeitos com o Google Play Protect. A versão do sistema operacional permite ainda o uso de várias formas de expressão, com mais de 60 emojis. O usuário também pode usar o Google Assistente para fazer pesquisas, ligações, configurar alarmes e executar outras ações. Basta dizer “OK, Google” e, em seguida, o comando desejado.

Experiências Moto exclusivas

Uma coleção de softwares exclusivos simplifica o uso do smartphone. Entre eles, a Moto Tela proporciona uma visualização rápida de notificações e atualizações, para ver o que está acontecendo sem desbloquear o smartphone; e o Moto Ações permite experiências exclusivas, como: captura de tela do aparelho de uma maneira prática e simples; redução do tamanho da tela com um gesto, além de apenas pegar o aparelho para silenciar o toque e virá-lo para ativar o modo Não Perturbe.

Rádio FM

Em ano de Copa do Mundo, o Moto e5 plus vem com rádio FM para curtir os jogos da seleção e ficar por dentro de tudo que acontece no Mundial. Ainda é possível ouvir as rádios favoritas nos fones de ouvido ou alto-falantes.

Dual-chip inteligente

Moto e5 plus virá com rádio FM

O Moto e5 plus vem com tecnologia dual-chip para o uso de dois cartões SIM no mesmo aparelho para chamadas de voz, conexão de dados e envio de SMS. O sistema ainda promete sugerir ou selecionar automaticamente um chip para chamadas ou mensagens, com base na operadora do contato ou no histórico de uso, além de tecnologia mais rápida para a conexão de dados. Também é possível gerenciar o uso do chip com base nos contatos pessoais e profissionais, tudo automaticamente.

Preço e disponibilidade

O novo Moto e5 plus estará disponível em pré-venda exclusiva a partir de 21 de maio, na loja oficial da Motorola e nos quiosques da marca. A partir de 28 de maio, chega aos principais varejistas do País. Disponível nas cores grafite e ouro, tem preço sugerido de R$ 949.

13:16 · 06.04.2018 / atualizado às 13:18 · 06.04.2018 por

O Google acaba de divulgar a nova lista dos melhores aplicativos e jogos em Android Excellence. A coleção é atualizada a cada trimestres para reconhecer alguns dos apps e games que trazem as melhores experiências e performances na Play Store.

Nesta edição, entre os 11 jogos selecionados está o brasileiro CodyCross, que traz um novo e divertido estilo para as tradicionais palavras cruzadas. O jogo foi lançado pelo estúdio Fanatee há um ano e está disponível em Português, Inglês e Espanhol. Nos últimos 12 meses, ele teve em torno de 5 milhões de downloads e conta com jogadores em mais de 100 países.

Confira a lista completa abaixo:

Novos aplicativos Android Excellence Novos jogos Android Excellence
1.    Adobe Photoshop Lightroom CC

2.    Dashlane

3.    Holstelworld

4.    iCook

5.    Keeper Password Manager

6.    Keepsafe Photo Vault

7.    Mobisystems OfficeSuite

8.    PhotoGrid

9.    Runtastic Results

10.  Seven – 7 Minute Workout Training Challenge

11.  SoloLearn: Learn to Code for Free

12.  Tube Map

13.  WPS Office

1.                   Angry Birds 2

2.                   Azur Lane アズールレーン

3.                   CodyCross

4.                   Into the Dead 2

5.                   Little Panda Restaurant

6.                   MARVEL Contest of Champions

7.                   Orbital 1

8.                   Rooms of Doom

9.                   Sky Dancer Run

10.               Sling Kong

11.               Soul Knight

06:56 · 08.03.2018 / atualizado às 06:56 · 08.03.2018 por

O Google anunciou a primeira prévia do Android P para desenvolvedores. Ao liberar a nova versão mais cedo, o Google quer, em conjunto com a comunidade Android, criar melhorias e também dar mais tempo para que os desenvolvedores possam preparar seus aplicativos para a chegada do Android P. Segundo comunicado do Google, eles planejam muitas outras novidades durante o Google I/O de 8 a 10 de maio deste ano.

Abaixo, listamos algumas das novas funcionalidades do Android P que já podem ser testadas por desenvolvedores:

Interface de usuário mais refinada e eficiente
Para criar uma interface de usuário mais simples e refinada, o Google removeu diálogos de falhas, notificações desnecessárias. Também refez o volume, configurações e outras áreas para maior compreensão e previsibilidade. Também adiciona um ajudante de bloqueio para que os usuários possam filtrar notificações indesejadas com um único toque.

As notificações ganharam novas funções. A nova notificação MessagingStyle destaca quem enviou a mensagem e como você pode responder. Você pode ver as conversas, anexar fotos e adesivos, e até mesmo usar uma das sugestões de respostas inteligentes, tudo isso direto das notificações.

Nas notificações MessagingStyle você pode ver conversas e smart replies [esquerda] e até mesmo anexar imagens e adesivos [direita]

Além disso, o preview do Android P também promete:

  • Suporte para dispositivos de tela ponta-a-ponta com recortes no display, como visto em alguns modelos recentes
  • Mais performance e eficiência para todos os apps. Entre outras coisas, as novidades trarão um tempo de inicialização mais rápido para seus aplicativos e mais eficiência para a bateria.
  • Segurança: uma UI de autenticação de impressão digital mais consistente em apps e devices
  • Privacidade: Para melhor garantir a privacidade, o Android P bloqueia acesso ao microfone, câmera a todos os sensores do SensorManager para aplicativos inativos.
Tela com imagem de ponta-a-ponta com recorte no topo
07:28 · 20.02.2018 / atualizado às 07:38 · 20.02.2018 por
Agora só há o botão “Visitar”

Um acordo entre Google e o serviço de banco de imagens Getty Images fez a gigante retirar o botão “Ver Imagem”. Agora, para conseguir a imagem é preciso visitar o site proprietário. Além disso, há uma informação abaixo da imagem verificada no Google deixando que a foto tem direitos de imagem, tem dono.

O acordo se deu porque, em 2016, a Getty fez uma reclamação nos órgãos competentes na Europa dizendo que a função “Ver Imagem” facilitava demais a vida de quem queria pegar fotos sem dar os créditos devidos. E eles estavam bem certos ao reclamar.

Como recuperar

É possível instalar uma extensão para recuperar o botão “Ver Imagem”

Porém, nem tudo está perdido. Se você quer o botão de volta é simples. Para recuperar o botão, basta baixar a extensão “View Image” na Chrome Web Store, caso você use o Google Chrome como navegador. Ao entrar na janela de confirmação, basta clicar em “Adicionar extensão”. Feito isso, volte para a pesquisa e busque sua imagem. Pronto, o botão “Ver Imagem” estará lá novamente.

Esta situação também funciona no Opera através da instalação da extensão Install Chrome Extension e no Firefox via extensão que pode ser baixada na loja de extensões do Mozilla clicando em “+Add to Firefox”.

Só lembrando que a extensão é um produto de terceiros. Analise bem antes de instalar.

12:09 · 30.01.2018 / atualizado às 12:22 · 30.01.2018 por

Seja para se recolocar no mercado, encontrar um trabalho mais perto de casa ou porque você vai mudar de cidade, todos os dias, milhões de pessoas dão um Google para começar a busca por um novo emprego. A partir desta terça-feira, 30, o Google promete deixar essa tarefa ainda mais fácil com uma nova experiência na Busca, que reúne as vagas disponíveis em um espaço dedicado diretamente nos resultados de sua pesquisa.

Com uma taxa de 12% de desemprego no Brasil, segundo os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Google espera que esta nova experiência possa conectar pessoas a empregos. “Sabemos que alguns critérios são fundamentais, como o tempo para chegar ao trabalho ou o tamanho da jornada. As buscas podem ser simples, como “trabalhos perto de mim”, ou conter mais informações, como “emprego de advogado em São Paulo”, e os resultados disponíveis trazem uma experiência mais profunda para explorar as oportunidades, tanto em dispositivos móveis Android como no desktop”, disse Nick Zakrasek, gerente de produto da Busca do Google no blog da empresa.

Em muitas dos resultados, você terá acesso a informações extras importantes como reviews, classificações do empregador de sites confiáveis, e, se tiver feito o login, em algumas ofertas você poderá ver em quanto tempo chegaria na empresa.

Uma das formas de buscar é definir a distância no filtro, mas também é possível deixar como “qualquer lugar”, caso queira mais flexibilidade. Às vezes, são várias as oportunidades em aberto – o que leva tempo para avaliar a que tem mais a ver com o seu perfil -, para não se perder entre as vagas, você pode voltar exatamente onde parou da última vez que entrou. Além disso, há a opção de alertas para receber uma notificação por e-mail quando novas vagas forem abertas.

“Trabalhamos com diversos parceiros para trazer uma experiência completa com oportunidades de emprego – incluindo LinkedIn, Love Mondays, Empregos.com.br, OLX, Trampos.co e Vagas.com.br. Isso significa que as vagas disponibilizadas nesses sites, e muitos outros, ficarão visíveis nas suas buscas assim que elas forem postadas”, disse Zakrasek.

Para garantir que mais e mais oportunidades estejam listadas na Busca, o Google publicou um documento aberto que explica como publicar as vagas públicas usando o novo recurso – sejam de plataformas terceiras, pequenas, médias ou grandes empresas. “Lançamos essa experiência na Busca nos Estados Unidos em julho, e, desde então, houve um aumento de 60% de empregadores mostrando suas vagas na Busca”, afirmou o gerente de produto da Busca do Google.

A América Latina é o primeiro mercado fora dos Estados Unidos a receber a experiência de empregos. “No futuro, vamos adicionar novas ferramentas, filtros e mais informações para melhorar cada vez mais a experiência das pessoas em busca de uma posição no mercado de trabalho, para que este novo recurso do Google facilite e torne mais simples e efetiva a procura por um emprego”, concluiu o gestor.

Sem dúvida, a oportunidade que o Google traz ao juntar todas as informações sobre a busca de emprego na sua própria ferramenta de busca vai ajudar bastante a quem está procurando uma recolocação.

09:13 · 23.01.2018 / atualizado às 09:13 · 23.01.2018 por

O Google anuncia os 15 jogos finalistas da primeira edição do Google Play Indie Games Festival Latam, que reconhece os melhores jogos independentes na região. Entre os selecionados estão os brasileiros Mini Ini Mo, Shake Ninja, Starlit Archery Club e Westy West, além de representantes de outros 7 países: Argentina, Chile, Colômbia, Guatemala, México, Paraguai e Uruguai.

O Festival foi lançado em novembro de 2017 com o objetivo de identificar, mostrar e premiar talentos de jogos indie na América Latina. “Ficamos impressionados com a inovação e a criatividade que os desenvolvedores independentes da região têm para oferecer. Selecionar apenas 15 finalistas foi um grande desafio”, disse Daniel Trócoli, gerente de parcerias do Google Play Games para América Latina.

Todos os finalistas participarão do evento final que ocorrerá no Google Campus São Paulo, onde uma banca de jurados escolherá os 3 vencedores. O evento é gratuito e aberto ao público. Os interessados podem se inscrever por aqui.

Confira a lista completa dos finalistas:

Ekko: Occlude the void (Mad Bricks/Colômbia)

Fhacktions (Posibillian Tech/Paraguai)

Floyd´s Sticker Squad (LemonChili Games/Argentina)

Infamous Machine (Blyts/Argentina)

Iron Marines (Ironhide Game Studio/Uruguai)

KleptoCats (HyperBeard/México)

Knights (Arzola´s/México)

Lines – Physics Drawing Puzzle (Leo de Sol Apps/Chile)

Mars: Mars (Pomelo Games/Uruguai)

Mini Ini Mo – Puzzle Adventure (GILP Studio/Brasil)

Nanuleu (Selva Interactive/Guatemala)

PepeLine Adventures (Chundos Studio/México)

Shake Ninja (Overdrive/Brasil)

Starlit Archery Club (Rockhead Games/Brasil)

Westy West (Countryside Games/Brasil)