Busca

Tag: IBM


14:37 · 21.02.2018 / atualizado às 14:37 · 21.02.2018 por

Nesta quarta, 21, na Conferência de Segurança de Munique, a Siemens e oito parceiros do setor assinarão a primeira Carta de Compromisso para promover a cibersegurança. Como iniciativa da Siemens, o Charter of Trust, como é chamado este documento, exige regras e normas obrigatórias para criar confiança na cibersegurança e avançar com a digitalização. Além da Siemens e da Conferência de Segurança de Munique (MSC), assinam a Carta as empresas Airbus, Allianz, Daimler Group, IBM, NXP, SGS e Deutsche Telekom. A iniciativa tem o apoio da Ministra das Relações Exteriores do Canadá e representante do G7, Chrystia Freeland, e de Elzbieta Bienkowska, Comissária da União Europeia para o Mercado Interno, Indústria, Empreendedorismo e Empresas de Pequeno e Médio Porte.

“Ter a confiança de que está garantida a segurança dos dados e dos sistemas em rede é um elemento fundamental da transformação digital”, disse o Presidente e CEO da Siemens, Joe Kaeser. “É por isso que temos que tornar o mundo digital mais seguro e mais confiável. Já é tempo de atuarmos, não apenas individualmente, mas com parceiros fortes, líderes em seus mercados. Esperamos que mais parceiros se juntem a nós para fortalecer nossa iniciativa.”

O documento identifica 10 áreas de ação em cibersegurança, onde governos e empresas devem ser mais ativos. Ele exige que a responsabilidade pela cibersegurança seja assumida pelos mais altos níveis de governos e empresas, com a criação de um ministério dedicado em cada governo e um diretor de segurança da informação nas empresas. Também exige que as empresas estabeleçam uma certificação independente e obrigatória concedida por terceiros para infraestruturas e soluções críticas, isto é, onde situações perigosas podem surgir, como veículos autônomos ou robôs do futuro, que irão interagir diretamente com humanos durante os processos de produção. No futuro, as funções de segurança e proteção de dados devem ser pré-configuradas como parte das tecnologias e regulamentos de cibersegurança devem ser incorporados aos acordos de livre comércio. Os signatários deste documento também exigem mais esforços para promover uma compreensão da cibersegurança por meio de treinamento e educação contínua, além de iniciativas internacionais.

“As redes digitais seguras são a infraestrutura crítica do nosso mundo interligado”, disse Chrystia Freeland, Ministra das Relações Exteriores do Canadá. “O Canadá apoia os esforços desses importantes atores do setor para ajudar a criar um ciberespaço mais seguro. A cibersegurança certamente será um dos focos do fórum do G7 deste ano no Canadá.” O assunto também é uma prioridade para a Conferência de Segurança de Munique. “Os governos devem assumir um papel de liderança quando se trata de regras de transação no ciberespaço”, disse Wolfgang Ischinger, Presidente da Conferência de Segurança de Munique. “Mas as empresas que estão na vanguarda e que antecipam e projetam o futuro do ciberespaço devem desenvolver e implementar os padrões. Por isso, esta Carta de Compromisso é tão importante. Com nossos parceiros, queremos promover o assunto e ajudar a definir seu conteúdo,” ele acrescentou.

No mundo digitalizado, as ameaças à cibersegurança aumentam constantemente. De acordo com o Gartner, 8,4 bilhões de dispositivos estavam conectados em rede em 2017, um aumento de 31% em relação a 2016. Em 2020, o número deverá atingir 20,4 bilhões.

07:01 · 27.07.2017 / atualizado às 13:09 · 26.07.2017 por
ICC BioLabs

O ICC BioLabs, centro de inovação do Instituto do Câncer do Ceará (ICC), firmou parceria com a IBM. Presente em mais de 170 países, a IBM opera no modelo de empresa globalmente integrada e emprega 386 mil pessoas em todo o mundo, entre cientistas, engenheiros, consultores e profissionais de vendas.

A parceria será celebrada no próximo dia 1º de agosto, com a apresentação do Global Entrepreneur Program (GEP), um programa global de incentivo ao empreendedorismo da companhia. O evento ocorrerá às 9 horas, na sede do ICC BioLabs (Rua Papi Junior, 1222 – Rodolfo Teófilo – 5º andar), com a participação do gerente de Canais Norte e Nordeste da IBM, Stenio Diniz. As inscrições são gratuitas e voltadas para estudantes, empreendedores e entusiastas da área de tecnologia e cognição automatizada.

“Dentre várias oportunidades proporcionadas pela parceria entre o ICC BioLabs e a IBM, podemos citar a disponibilização de créditos para utilizar na plataforma Blue Mix – um software de computação cognitiva capaz de proporcionar para as startups o desenvolvimento de soluções para seus produtos, focadas na melhoria da qualidade de vida do ser humano”, explica a manager do ICC Biolabs, Marília Coelho. Dessa forma, as startups associadas ao BioLabs poderão desenvolver habilidades, dimensionar o seu produto e estar conectado a uma rede de empresas e empreendedores de todo o mundo, que poderão vir a ser parceiros em seus negócios.

Apresentação do programa Global Entretreneur Program IBM
Quando: dia 1º de agosto (terça-feira)
Horário: 9 horas às 11 horas
Local: ICC Biolabs (Rua Papi Júnior, 1222 – Rodolfo Teófilo, Prédio Anexo, 5º Andar)
Inscrições: gratuitas aqui

07:42 · 29.06.2016 / atualizado às 07:42 · 29.06.2016 por

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova), irá realizar, durante o I Congresso de Gestão Pública de Fortaleza, a premiação das três equipes vencedoras do Concurso de Desenvolvimento de Aplicativos para a Cidade – Hacker Cidadão. Na ocasião, será informada a colocação de cada uma. A cerimônia será após a palestra do vice-presidente da Citinova, Vasco Furtado, sobre Inovação Tecnológica e o Projeto Dados Abertos.

Realizado em parceria com a IBM e a Universidade de Fortaleza (Unifor), o Hacker Cidadão recebeu mais de 70 propostas de soluções web e/ou aplicativos móveis com potencial para se tornar serviços de utilidade pública e contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população e a solução dos problemas urbanos. A seleção seguiu os seguintes critérios: adequação aos objetivos propostos, viabilidade, impacto na cidade, qualidade do código e da proposta tecnológica e inovação.

Os projetos tiveram como base de estudo dados da Prefeitura de Fortaleza fornecidos por diversos órgãos. Segue a lista com os três vencedores:

Equipe Caju Mobile – Projeto Agente: aplicativo que permite o acesso a informações sobre os agentes de saúde do município para garantir a segurança das residências visitadas. Base de dados usada: Diário Oficial do Município

Equipe Descarte Info – Projeto Descarte Info: aplicativo que lista os pontos de coleta de resíduos sólidos da cidade, dividindo por categoria (tipo de resíduo) e locais de doação de objetos fora de uso. Bases de dados usadas: secretarias regionais e Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma)

Equipe Canyon Technology – Projeto Unidades Médicas: aplicativo que lista os pontos de atendimento de saúde da cidade (postos, UPAs, hospitais) com as especialidades de cada um. Base da dados usada: Programa Fortaleza Dados Abertos, banco de informações gerenciado pela Citinova

Serviço
Entrega de premiação do concurso Hacker Cidadão
Data: 29/06
Local: Centro de Eventos do Ceará (sala 2)
Horário: após a palestra do vice-presidente Vasco Furtado, com início programado para as 10h20 e previsão de duração de 30 minutos

12:15 · 17.11.2014 / atualizado às 12:22 · 17.11.2014 por

Cedido para nós pelo BemMaisSeguro.com, podemos observar abaixo, no infográfico, a evolução dos celulares de 1994, quando surgiu o primeiro, até os dias atuais. Quantos destes aparelhos você já teve? Vale a pena conferir.

Crédito: BemMaisSeguro.com
Crédito: BemMaisSeguro.com
16:52 · 12.11.2014 / atualizado às 16:53 · 12.11.2014 por

windowsmicrosoftA Microsoft divulgou ter solucionado uma grave falha de segurança, descoberta em maio deste ano e presente em toda edição do seu sistema operacional para PCs desde o Windows 95.

O problema poderia permitir execução remota de programas maliciosos por um criminoso. Ele foi encontrado por pesquisadores da IBM, que alertaram a Microsoft e trabalharam em parceria com a empresa de software antes de anunciá-lo publicamente.

Segundo o boletim de segurança divulgado pela Microsoft inicialmente na semana passada e atualizado nesta terça-feira (11), “o autor de um ataque que conseguisse explorar as brechas com sucesso poderia acionar código no contexto do usuário atual; se o usuário estivesse logado como administrador da máquina, o autor do ataque poderia então instalar programas, visualizar, editar e apagar dados e criar novas contas com total controle da máquina”.

A falha foi chamada de WinShock, como relata a BBC, e ganhou nota 9,3 de dez em uma escala de severidade de bugs, o CVSS (sigla em inglês para sistema comum de notas para vulnerabilidades).

O problema ia além de computadores pessoais e estendia-se a servidores com o sistema Windows Server, segundo a rede britânica. Pesquisadores o equipararam a outras falhas graves descobertas neste ano, o Shellshock e o Heartbleed.

Fonte: FolhaPress

17:02 · 17.09.2013 / atualizado às 17:02 · 17.09.2013 por

A IBM anunciou hoje os finalistas da etapa Brasil do SmartCamp, evento anual de seu programa global de empreendedorismo, no qual as startups selecionadas apresentam soluções que podem contribuir para um planeta mais inteligente.

Durante o ano de 2013, o programa avaliou mais de 300 startups em todo Brasil e selecionou cinco finalistas, responsáveis pelo desenvolvimento de soluções de tecnologia em importantes áreas como finanças, turismo, agrobusiness e educação.

O SmartCamp será realizado no dia 3 de outubro, no Rio de Janeiro, e reunirá empreendedores, investidores e acadêmicos. Os dois vencedores do SmartCamp Brasil irão participar da final Latino Americana, no México, e concorrerão a uma vaga para competir na final mundial do programa, que acontecerá no Vale do Silício, na Califórnia, junto com as empresas vencedoras de outras partes do mundo, competindo pelo título “IBM Global Entrepreuner of the Year”.


Conheça os finalistas:


BovControl

A empresa auxilia pecuaristas na tomada de melhores decisões, através de tecnologias móveis, cloud computing e análise de big data, com inovação aberta  por meio de crowdsourcing. O produtor rural, através do painel do pecuarista, acessa relatórios on-line, preparados por algoritmos do BovControl com base nos dados coletados por celulares e tablets utilizados em campo.


Geekie

Com base no conceito de aprendizagem adaptativa,  a empresa desenvolveu tecnologia capaz de personalizar o estudo de acordo com o indivíduo e suas características. Com isso, o aluno é continuamente desafiado e incentivado levando em consideração suas capacidades, para que sua evolução seja constante. As soluções integradas são fornecidas para as escolas de acordo com as necessidades dos gestores, professores e alunos.

 

Intoo

Intoo é uma plataforma on-line que permite às pequenas e médias empresas obterem a cotação de crédito de capital de giro e antecipação de duplicatas de diversos bancos e instituições financeiras.  A plataforma é também uma importante ferramenta de inteligência de negócios e prospecção de novos clientes para os bancos e instituições financeiras.
Nativoo

A tecnologia de inteligência artificial desenvolvida organiza o conteúdo de viagens em massa disponibilizado na internet, personalizando o roteiro de acordo com as preferências dos viajantes. A plataforma cria itinerários com base na análise de centenas de possibilidades e oferece sugestões adequadas aos turistas.

 

Simbio

Simbio é uma rede viva de negócios que conecta empresas e pessoas através de um sistema de gestão simples na nuvem, gratuitamente.  O sistema cria uma rede online de negócios, que permite a otimização de transações entre seus  participantes. A ferramenta é focada nas áreas de educação, finanças e gestão administrativa.

17:11 · 21.08.2013 / atualizado às 17:11 · 21.08.2013 por

A IBM está lançando no Brasil um desafio voltado aos estudantes. O projeto “Lead with IBM – Students for a Smarter Planet” propõe aos jovens pensarem sobre questões que o mundo enfrenta atualmente e apresentarem um vídeo sobre o assunto escolhido. A iniciativa foi lançada para que os participantes tenham a oportunidade de debater sobre soluções para melhorar a vida da sociedade e construir um planeta melhor. Os estudantes ainda conhecerão mais sobre a IBM e poderão se candidatar a vagas de estágio na empresa.

Os Estados Unidos, Polônia e África já participaram desse projeto global, que chega agora ao Brasil. As inscrições estão abertas e vão até o dia 30 de setembro.

Os vídeos devem ter 2 minutos de duração, com foco na estratégia “Smarter Planet” (Planeta mais inteligente), abordando um desafio que o mundo enfrenta hoje, descrevendo o problema escolhido, as novas tendências e oportunidades da sociedade que o influenciaram na escolha, e por que essa é uma questão importante para ser resolvida. Após enviarem o vídeo, os participantes receberão um brinde e serão convidados a se candidatarem às oportunidades de estágio na IBM.

Para participar, acesse o link: http://brazil.smarterplanetchallenge.com/

 

12:43 · 26.12.2011 / atualizado às 16:47 · 26.12.2011 por

O Banco IBM, braço financeiro da IBM destinado ao financiamento de TI, expandiu o seu financiamento às pequenas e médias empresas para o segmento de tablets . A partir de R$ 15 mil s é possível adquirir os equipamentos por meio de pacotes de leasing e financiamento, alguns começando com taxas reduzidas, próximas a 0% em 12 meses, segundo informa o Banco IBM.

De acordo com estudo da IDC, esse segmento de equipamentos poderá gerar cerca de U$ 60 bilhões em oportunidade em todo o mundo até 2015. Desta forma, a disponibilidade em opções de financiamento para tablets permitirá uma estratégia de compra mais estruturada pelas empresas.

Segundo a diretora executiva do Banco IBM, Ana Zamper, as empresas estão começando a investir em novas tecnologias pensando também em mobilidade. “Temos a oportunidade de oferecer a implementação de novos dispositivos que garantam aos profissionais maior flexibilidade. Hoje, os setores mais propensos a adquirir esse tipo de solução são saúde, petrolífero e de seguros, a fim de garantir maior agilidade na execução de suas operações”, afirma a executiva em comunicado à imprensa.

Em novembro, o Banco IBM anunciou o investimento de US$ 1 bilhão para financiar projetos de tecnologia da informação para pequenas e médias empresas, por meio de seus
parceiros de negócios. A ação tem por objetivo facilitar o acesso a tecnologias avançadas pelas PMEs, que antes estavam reservadas a grandes empresas com orçamentos maiores.