Busca

Tag: iMac


15:24 · 05.06.2017 / atualizado às 10:25 · 06.06.2017 por

Abertura da WWDC 2017, o evento mundial para desenvolvedores da Apple deste ano teve 16 milhões de inscritos e começou bem engraçada. Mostrou um vídeo mostrando o apocalipse que seria no mundo sem os aplicativos da Apple para ajudar no dia a dia das pessoas. Será? Foi engraçado. Hehehe.

>>>Apple anuncia “HomePod” para competir com Amazon e Google

Mas vamos ao que interessa. Vejam os destaques do evento que começou hoje e vai até a próxima sexta-feira, 9, em San Jose, na Califórnia.

Apple TV – TVOS
Tim Cook citou que na Apple TV teremos Amazon Prime Video.

Apple Watch

Novas faces do Apple Watch

Kevin Lynch mostrou o WatchOS 4 com novos mostradores que podem ser personalizados. Inclusive com um só da Siri. A Siri mostra no relógio os dados que o usuário mais precisa a depender de onde está, da hora do dia, clima etc. É um mostrador que a Apple promete ser bem dinâmico e que, toda vez que você levantar o pulso vai mostrar algo diferente e relevante.

O app Atividade dá notificações mais pessoais e informa se você está próximo de atingir uma meta, por exemplo. Há também novos desafios mensais, em vez de somente diários que poderiam ser pontos para gastar na App Store, por exemplo, mas não será isso, claro.

O app Exercícios também foi remodelado, com uma interface mais simples e intuitiva, notando, inclusive, quando você trocar o exercício ou quando parar para descansar ou beber água, por exemplo.

O watchOS 4 também passará a se comunicar com certos equipamentos de ginástica, para obter informações de máquinas de academias para aprimorar ainda mais a coleta de dados de usuários. Há fabricantes comprometidas com esse suporte, incluindo Life Fitness e TechnoGym.

O app Música está sendo redesenhado no Apple Watch, sincronizando músicas automaticamente do iPhone de acordo com o que a pessoa costuma ouvir. Músicas podem ser reproduzidas automaticamente ao iniciar Exercícios. E, finalmente, agora a reprodução pode ser controlada de dentro do próprio app Exercícios.

Novo dock que irá colocar os apps mais recentes em uma pilha. Entre eles o app News que está chegando ao watchOS, para mostrar notícias quentes ao usuário. Não disponível no Brasil.

Mac

Craig Federighi fala sobre novidades sobre MacOS a começar pelo nome macOS High Sierra. Uma das coisas interessantes é a promessa que o Safari terá bloqueio de auto play de vídeos, como o que ocorre no Facebook. O Safari também virá com um sistema de proteção inteligente para melhorar a privacidade de usuários, impedindo que sites consigam seus dados obtidos de outros via cookies. Será bem interessante verificar estes dois itens na vida real.

Outra mudança é no servidor de e-mails, o Mail, principalmente em busca de emails. O Spotlight embutido agora mostra o resultado mais relevante, em vez de somente os mais recentes.

O Fotos também virá com mais melhorias no High Sierra, para organizar mais intuitivamente fotos com filtros e também uma edição de fotos mais aprimorada. O sistema de reconhecimento de rostos também foi aprimorado, garantiu Federighi.

Sobre Realidade Virtual, Federighi falou que a Apple já está trabalhando nisso dentro do Final Cut Pro X. O SDK do Steam VR está sendo trazido ao Mac, além da Unity e da Unreal.

Developer Preview hoje, beta público no fim de junho. Para todos os usuários em alguns meses, compatível com todos os Macs compatíveis com o Sierra.

iMac

Visual do iMac Pro que chega em dezembro deste ano

O iMac terá um novo com até 32GB de RAM no de 21,5″ e até 64GB de RAM no de 27″. Processadores “Kaby Lake” da Intel de sétima geração. Armazenamentos mais rápidos, Fusion Drive padrão em todos os de 27″, SSDs até 50% mais rápido, até 2TB de capacidade. Atrás, duas portas Thunderbolt 3 com o padrão USB-C e 4 USB-A.

Os iMacs também incorporam gráficos partindo de uma Intel Iris Plus Graphics 640 com 64MB de eDRAM. Também tem AMD Radeon Pro 555 e 560 com até 4GB de VRAM, padrão em todos os iMacs Retina 4K de 21,5″. No modelo de 27″, há a Radeon Pro 570, 575 e 580 com até 8GB de VRAM.

Os computadores vão de US$ 1.099 a US$ 1.799, com o modelo 4K começando em US$ 1.299. Todos com processadores “Kaby Lake”, SSDs mais rápidos e gráficos padrão mais rápidos do que o MacBook Pro de 15″.

Do MacBook de 12″ ao de 15″ os preços são US$ 1.299 a US$ 2.399. O MacBook Pro de 13″ começará em US$ 1.299 agora.

Haverá um O iMac Pro que começará a partir de US$ 4.999. Serão 4 portas Thunderbolt 3, além de USB-A.
SSDs de até 4TB com 3GB/s. Disponível somente em dezembro.

iOS 11

Apple Pay com novidades

Sincronização de conversas no Mensagens via iCloud. Além disso, o Apple Pay é integrado ao Mensagens, facilitando a transferência de dinheiro entre pessoas. Autenticado de forma segura pelo Touch ID.

Falando em Siri, que até agora não mostrou a qualidade propagada, ela fará algumas traduções como ajudar a traduzir um menu de restaurante ou fazer um pedido, por exemplo. Mas nada em português e nem tão cedo, infelizmente.

No iOS 11, o Modo Retrato está sendo aprimorado para fotos com baixa iluminação, mais estabilização e HDR. Compressão do tamanho das fotos sem perder a qualidade. A promessa é que as imagens sejam com ótima qualidade, mas metade do tamanho ocupado no dispositivo. Além disso, o app Fotos ficou mais inteligente, garante a Apple. Ele reconhece mais coisas e traz edição de Live Fotos com recursos especiais.

O visual da Central de Controle foi todo redesenhado e deixa de usar várias páginas. Trabalha com uma nova organização, animações e sliders. Foi bem interessante, pois ficou muito mais fluido e bonito, além de organizado. Foi uma bola dentro.

O que acompanhamos do evento nos pareceu nem todas as coisas fantásticas. Está reduzindo a quantidade de grandes inovações da Apple a cada evento. Preocupante.

11:00 · 18.01.2017 / atualizado às 08:28 · 18.08.2017 por
Novo MacBook da Apple tem garantia mundial
Novo MacBook da Apple tem garantia mundial

É uma dúvida comum. Eletrônicos em geral, mas computadores, em especial. O preço, mesmo com dólar na casa dos R$ 3,22 (na cotação deste momento em que fechamos a postagem), muitas vezes vale a pena se pensarmos na opção à vista e não no parcelamento – aquele valor que sempre cabe no bolso. Porém, a dúvida maior: e se der problema depois, como eu vou fazer?

>>>Onde comprar iPhone com segurança no exterior

Consultamos as assessorias de algumas das principais marcas de computadores que trabalham no Brasil também para saber como funciona. Vamos aos casos.

Apple

A marca Apple tem garantia mundial para seus computadores (iMac, Macbook Air, MacBook Pro, MacBook, Mac Pro e Mac Mini). O cliente pode comprar o produto e terá direito a 1 ano de suporte no país de destino. Porém, a garantia estendida, o AppleCare Protection Plan, não poderá ser comprado para ampliar o tempo de cobertura aqui no Brasil, por exemplo. Se você acha que voltará aos EUA ou outro país estrangeiro com certa frequência, então vale a compra do Apple Care Protection Plan, pois você pode levar a máquina para ser corrigido o problema no país da compra da máquina no estrangeiro. Para tanto, terá que comprar o Apple Care Protection Plan no exterior.

Lenovo

Segundo a assessoria de imprensa brasileira da Lenovo “a garantia internacional varia de acordo com a marca e modelo do equipamento Lenovo. Mais informações sobre a garantia internacional podem ser encontradas em nosso site e seguindo os passos dentro do nosso suporte é possível checar a garantia de acordo com o equipamento e compra realizada”.

Dell

Segundo a assessoria brasileira da Dell, para receber serviço de suporte ou acionar a garantia de um equipamento adquirido fora do Brasil, o cliente precisa fazer a transferência da garantia conforme este link. O contrato de garantia básico da Dell Brasil pode ser encontrado aqui.

Transferência  de garantia ou a propriedade de um produto da Dell
Se você tiver adquirido ou obtido um produto Dell, novo, usado ou levado para outro país recentemente, precisará preencher a transferência de garantia e propriedade (ou simplesmente transferência de garantia) para receber os serviços de suporte da garantia. Geralmente, o processo de transferência leva até 10 dias úteis, mas as transferências internacionais podem levar até 15 dias úteis. Por isso, é bom transferir a garantia antes que o suporte seja realmente necessário.

Contratos de serviço intransferíveis
Os contratos de Devolução para o depósito, Complete Care, Mesmo dia e Somente peças nem sempre estão disponíveis para transferência fora da região de cobertura adquirida; consulte seu contrato adquirido para obter mais informações.

Os contratos de impressoras, monitores independentes, projetores e TVs nem sempre estão disponíveis para transferência internacional; consulte seu contrato de cliente para verificar a cobertura e a disponibilidade.

Lembrando que todo cliente da Dell pode fazer a transferência de propriedade. Já quanto ao atendimento vai depender se o modelo do equipamento foi ou está sendo fabricado em determinado país. Caso a máquina nunca tenha sido produzida podem existir limitações no serviço.

Acer

Entramos em contato, mas, até a finalização desta postagem, não tivemos retorno.

HP

A HP se posicionou com a seguinte declaração:

“Para produtos importados a política é de que se o produto não foi introduzido e comercializada no Brasil, a orientação é que o cliente busque pelo suporte no país de origem do equipamento, uma vez que a empresa não dispõe de peças e partes para realizar o reparo. A Garantia Global será válida desde que o país em que o cliente está buscando o suporte tenha comercializado aquele modelo de produto”.

Entramos em contato novamente perguntando em que local podemos verificar que produtos já foram ou estão sendo comercializados pela HP no Brasil. Aguardando retorno.

Samsung

Para a linha de notebooks, a Samsung possui uma política de garantia própria para cada país, que depende das orientações e especificidades locais. No caso do Brasil, temos garantia de um ano para todo o portfólio, sendo a política de trocas e/ou reparo exclusivamente em território nacional.

Além da garantia, a companhia oferece um serviço exclusivo para clientes durante toda a vida útil dos notebooks: o S-Service, gratuito e personalizado. Com ele, os consumidores têm à disposição assistência técnica para toda a linha de notebooks, por telefone ou chat online. De segunda à sábado, é possível tirar dúvidas ou solicitar suporte técnico especializado via conexão remota com toda a segurança para o usuário.

Se a pessoa quiser mesmo fazer o reparo da máquina comprada no exterior ela pode pedir um orçamento na assistência técnica Samsung.

Conclusão

É preciso verificar mais que o preço, a marca e a configuração da máquina desejada. A questão do suporte após a compra deve ser bem analisado pelo interessado para depois não ter nenhum problema posterior. Neste caso, ponto para a Apple onde é comprar, usar e, em caso de problema, consultar o suporte nacional. Acer e HP não responderam e Dell e Lenovo possuem algumas restrições, mas têm preços bem mais interessantes que a Apple.

Logo, para ter um final feliz, analise todos os aspectos dos contratos de garantia de suporte. Eles estão nesta matéria nos links acima.

Depois disso, é escolher a máquina ideal e boa sorte!

07:36 · 02.01.2015 / atualizado às 07:36 · 02.01.2015 por
O iMac de 21,5″ de 1,4GHzsaiu de R$ 6.199,00	para R$ 6.799,00. Um reajuste de	9,7%
O iMac de 21,5″ de 1,4GHz saiu de R$ 6.199,00 para R$ 6.799,00. Um reajuste de 9,7%

Os preços dos produtos da loja online da Apple no Brasil já havia sofrido reajuste no segundo semestre do ano passado. Mas parece que não foi o bastante. Segundo levantamento do site MacMagazine, a loja online da Apple Brasil iniciou 2015 com preços novos, todos para o alto e avante.

O produto que subiu menos foi o Mac Pro quad-core que antes custava R$ 16.999,00 e agora sai por R$ 17.999,00. Um reajuste de 5,9%. Quem teve o preço mais carregado na virada do ano foi o iPhone 5s de 16GB que saiu de R$ 2.199,00 para R$ 2.499,00, um reajuste de 13,6%. Com o mesmo valor do produto é possível comprar o Moto Maxx, da Motorola que tem 3GB de RAM e armazenamento de 64 GB e já já receberá o novo sistema operacional Android, o Lollipop. Ou seja, um total absurdo por parte da Apple.

Os produtos que sofreram o aumento foram: iPhones 6, iPhones 5s, iMacs, Macs mini e Macs Pro. Além da questão dos impostos a variação do dólar poderia explicar, de certo modo, a crescente no preço dos produtos da Apple aqui no Brasil.

Infelizmente, está praticamente inviável adquirir os produtos da maçã aqui no Brasil. Ficou artigo de luxo e bote luxo nisso. Por mais que a marca tem muita qualidade e um pós-venda excelente, é complicado militar a favor depois de tantos aumentos em tão curto período de tempo. Agora, mais do que nunca, comprar produtos da Apple só vale no exterior, mesmo com os impostos que pagamos na entrada. Lembrando que se você trouxer apenas um celular da marca não paga imposto algum.

15:43 · 16.10.2014 / atualizado às 16:00 · 16.10.2014 por
iMac com tela de retina de 5K
iMac com tela de retina de 5K

Atualizado às 15h56

O novo iMac vem com 27 polegadas, com 5120×2880 pixels e uma tela de retina de 5K, maior novidade do modelo. Ele terá 8GB de RAM e Fusion Drive de 1TB. iMacs ganham Thunderbolt 2, Fusion Drive mais rápido, gráficos AMD Radeon R9 (dois modelos diferentes).  Detalhando a configuração dele:

  • Intel Core i5 quad core de 3,5GHz
  • Turbo Boost de até 3,9GHz
  • 8GB de memória (duas de 4GB)
  • Fusion Drive de 1TB
  • AMD Radeon R9 M290X com 2GB de memória de vídeo

O iMac com tela Retina começa em US$2.500 nos EUA. A linha anterior continua a partir de US$1.100. Desta forma, nada de tela Retina no modelo menor.

No Brasil custa R$ 13.999.

Mac Mini
O visual do Mac Mini continua o mesmo, upgrade interno. Ele começava em US$600 lá fora, agora baixa para US$500. E a nova versão tem processadores Intel Core i5 dual core de 1,4GHz,  4GB de memória, disco rígido de 500GB, Intel HD Graphics 5000 e OS X Yosemite na versão inicial. Mas pode chegar até a configuração de Intel Core i5 dual core de 2,8GHz, 8GB de memória, Fusion Drive de 1TB, Intel Iris Graphics e OS X Yosemite.

Aqui custa a partir de R$ 2.799.

Mac Mini
Mac Mini
09:22 · 29.09.2014 / atualizado às 14:54 · 25.09.2014 por

Tão importante quanto a escolha das peças do computador é o sistema operacional que a máquina irá rodar. Responsável pela interface gráfica e pela compatibilidade com as diversas aplicações, o OS também serve para integrar e garantir o bom funcionamento de todos os componentes do computador. Conheça os principais sistemas operacionais disponíveis no mercado e saiba qual escolher.

OS X

OS X Yosemite será lançado em outubro
OS X Yosemite será lançado em outubro

Considerado o sistema operacional com a interface gráfica mais bonita, o OS X é exclusivo para computadores da Apple. Entre as vantagens de ter uma máquina com o sistema da ‘Maçã’ está a segurança, mesmo não sendo 100% eficaz. O OS X tem uma quantidade menor de pragas direcionadas ao sistema, muito por causa da quantidade inferior de máquinas rodando OS X, se comparados com o Windows. Outra vantagem está na estabilidade. É difícil usuários de Mac reclamarem de travamentos ou crash de sistema, ainda mais se a máquina estiver com um SSD.

Entre as desvantagens está justamente a exclusividade para produtos da Apple. Como sabemos, por conta do preço Macbooks e iMacs ainda estão fora da realidade de muitos brasileiros. Não se compra um computador Apple atual e novo por menos de R$ 4 mil.

A incompatibilidade com Flash pode ser um problema, já que muitos sites e jogos ainda utilizam a tecnologia. Outra desvantagem está no preço de manutenção. Para resolver algum problema no sistema, técnicos cobram quase o dobro do que se fosse uma máquina com Windows. Além disso, fazer upgrade ou adicionar periféricos pode se tornar uma verdadeira luta, já que o sistema só aceita peças e componentes exclusivos.

Apesar das desvantagens, o OS X é considerado o melhor sistema operacional para quem trabalha com design, edição de vídeo e edição de áudio. Além disso, a nova atualização Yosemite permite uma maior integração com iGadgets. Será possível até mesmo atender e fazer chamadas direto no Mac.

Linux

Linux
Linux

Considerado o melhor sistema para entusiastas, o Linux é perfeito para quem não quer gastar muito. Uma das principais vantagens está justamente em ser leve e capaz de rodar em máquinas com configurações baratinhas. Como é Open Source, para quem tiver um pouco de noção de programação, facilmente conseguirá fazer adaptações. Além disso, existem poucos vírus que afetem a plataforma.

Já as principais desvantagens estão na incompatibilidade de jogos e componentes. Se você decidir instalar o Linux em uma máquina com Windows, pode ser que encontre dificuldade em encontrar drives compatíveis com o Linux. Além disso, os principais jogos atuais são exclusivos para o sistema da Microsoft.

Se você é um usuário pouco experiente, talvez o Linux não seja a melhor opção já que sua interface gráfica e usabilidade não são tão intuitivas. Agora se você já tem conhecimento de software ou está disposto a aprender a usar o sistema do Pinguim não se arrependerá. Vale ressaltar ainda que existem várias distribuições do sistema operacional, sendo o Ubuntu e Kurumin as mais comuns.

Windows

Tela do Windows 8
Tela do Windows 8

O sistema mais utilizado do mundo é também o preferido de muita gente, principalmente, por conta de ser um dos mais fáceis de usar. Porém, devido a sua grande utilização é um dos mais visados pelos hackers mal-intencionados.

A grande vantagem está na sua compatibilidade tanto de programas quanto de componentes, como peças e periféricos. Não tem nada melhor do que conectar um mouse ou placa de vídeo e o sistema reconhecê-los automaticamente, muitas vezes não precisando nem mesmo instalar drivers. Outro ponto positivo está na otimização para jogos. Muitos títulos atuais são exclusivos para Windows, tornando o sistema da Microsoft o preferido de gamers.

Uma das desvantagens está no preço. A versão mais atual Windows 8.1 custa mais de R$ 400. Isso favorece a pirataria e, consequentemente, muitas máquinas ficam sem atualizações e vulneráveis a ataques. Outro fator a ser considerado está nas pragas virtuais direcionadas ao sistema operacional. Excluindo sistemas móveis, estima-se que mais de 99% dos malwares são para sistemas Windows. Por isso, é essencial um bom antivírus.

Expostas as vantagens e desvantagens, para você, leitor, qual é o melhor sistema operacional?

Fonte: PSafe