Busca

Tag: Microsoft


10:05 · 02.02.2017 / atualizado às 10:12 · 02.02.2017 por
Sede do Google. Foto: Tobias Haase/Creative Commons

O primeiro lugar do ranking das 10 empresas mais valiosas do mundo é agora do Google. A empresa atingiu o valor de mercado de US$ 109,470 bilhões em 2017 e superou a Apple, que caiu 27% em um ano registrando US$ 107,141 bilhões (a falta de grandes inovações seria o fator principal?). O terceiro lugar ficou com a Amazon que teve amplo crescimento de 2016 para cá, 53%, chegando a US$ 106,369 bilhões e mostrou que pode, em 2018, até tomar a liderança.

Estrutura do Alphabet, a empresa que controla todas as empresas Google

A quarta colocação ficou com a AT&T, operadora norte-americana de telefonia. Ela também teve amplo crescimento (45%) e atingiu US$ 87,016 bilhões. Surpresa mesmo é que a Samsung, apesar do Note 7 explosivo, aparece com crescimento de 13% na sexta posição. Acima dos sul-coreanos está a Microsoft.

O restante da lista tem Verizon, empresa de telefonia norte-americana (+4%), Walmart (+16%), Facebook (+82%) e Banco Industrial e Comercial da China, o ICBC, com 32% de crescimento.

Em destaque os 5 primeiros do ranking

Note aí que o maior crescimento dos 10 é do Facebook. Mas ainda vai ter que melhorar um pouco mais para entrar entre os 3 primeiros.

Veja o ranking das 10 primeiras em detalhe:
1. Google: US$ 109,470 bilhões (+24%)
2. Apple: US$ 107,141 bilhões (–27%)
3. Amazon: US$ 106,369 bilhões (+53%)
4. AT&T: US$ 87,016 bilhões (+45%)
5. Microsoft: US$ 76,265 bilhões (+13%)
6. Samsung: US$ 66,219 bilhões (+13%)
7. Verizon: US$ 65,875 bilhões (+4%)
8. Walmart: US$ 62,496 bilhões (+16%)
9. Facebook: US$ 61,998 bilhões (+82%)
10. ICBC (Banco Industrial e Comercial da China): US$ 47,832 bilhões (+32%)

07:15 · 25.10.2016 / atualizado às 07:15 · 25.10.2016 por

CorelDrawX8A canadense Corel Corporation anuncia o lançamento no Brasil do CorelDRAW Home & Student X8, nova edição da suíte de design formatada especialmente para uso residencial, de estudantes ou novos artistas que buscam uma ferramenta para criação de arte, layout e edição de fotos. Disponível em português do Brasil, entre outros oito idiomas, o pacote completo inclui o premiado CorelDRAW ao lado do também conhecido Photopaint, entre outras ferramentas gráficas, e sai por R$ 599 em lojas online, redes de livrarias e revendas de produtos de informática de todo o País.

Otimizado para Windows 10, o Home & Student X8 traz ferramentas para ilustração e layout de página, apps para transformar fotos em ilustrações vetorizadas, filtros instantâneos de conteúdo, edição e efeitos especiais para imagens, inclusive em formato RAW. O pacote inclui também um utilitário de captura de tela e o novo Guia Startup Tour, com dicas, vídeos de treinamento e templates para iniciantes.

Uma novidade é o conjunto de recursos para trabalhar em múltiplos monitores, inclusive de resolução 4K, e o suporte a tablets compatíveis com a caneta Windows Real-Time Stylus, como o Microsoft Surface, e dispositivos Wacom.

“O CorelDRAW Home & Student Suíte X8 é realmente especial em relação ao custo benefício oferecido”, diz Flávio Tedesco, Gerente de Canais Corel para Brasil e América Latina. “Para criação gráfica, destinada a impressão ou web, não há nada similar no mercado nesse nível de preço. Esse produto é nossa resposta à questão da existência de algo ao mesmo tempo bom e barato. Sim, existe”.

Segundo Tedesco, uma vantagem extra que sempre encanta os usuários Corel é a inclusão na suíte das bibliotecas de imagens de alta qualidade. Nesta nova edição, são mais de 1,3 mil imagens digitais e cliparts de alta qualidade e 100 fotos em alta resolução, tudo de uso livre. Os extras incluem ainda 125 fontes tipográficos, 75 molduras, 100 preenchimentos e uma centena de modelos, criados por profissionais, para cartazes, folhetos e certificados. “É muito mais fácil do que ficar buscando imagens e fontes na web”, diz Flávio.

Disponibilidade e Preços

O CorelDRAW Home & Student Suite X8 está disponível em português do Brasil, inglês, holandês, francês, alemão, polonês, italiano, russo e espanhol, e está à venda de Norte a Sul do País pelo preço sugerido de R$ 599.

14:17 · 09.06.2016 / atualizado às 14:34 · 09.06.2016 por

Na próxima terça-feira, 14, até a quinta-feira, 16, acontece a E3, o maior evento do mercado de games, em Los Angeles/EUA. Nós antecipamos algumas novidades para vocês no vídeo abaixo. Antes, nos dias 12 e 13, acontecem as conferências como as da EA, Sony e Microsoft. No dia 14, mesma data da abertura, a Nintendo promove um evento digital para falar das novidades dela que devem se resumir ao novo Zelda. Confira:

07:19 · 03.06.2016 / atualizado às 07:19 · 03.06.2016 por

Mais de 100 milhões de cópias do “Minecraft” foram vendidas – 106.859.711, para ser mais exato. O jogo que encoraja jogadores a sonhar e construir o que quiserem usando blocos de madeira tem fãs em praticamente cada lugar do planeta. “Nós vendemos quatro cópias para pessoas na Antártica”, diz comunicado da Microsoft.

A Mojang e a Microsoft anunciou o número na terça, ressaltando que “Minecraft” nunca foi tão jogado. A cada mês, uma média de 40 milhões de jogadores de “Minecraft” estão cavando e minerando em todas as plataformas, seja nos consoles, computadores ou na Pocket Edition.

Para saber mais, confira o infográfico abaixo:

minecraf

07:58 · 03.05.2016 / atualizado às 07:58 · 03.05.2016 por

dcuniverseonline2Foi uma grande aposta, mas o que prometia ser um sucesso parece ter virado um pesadelo. O DC Universe Online chegou gratuito para os usuários do Xbox One, mas está difícil usá-lo. A quantidade de usuários entrando no serviço é tão grande que não está sendo possível aguentar todos ao mesmo tempo.

A fila de espera de usuários gratuitos chega a absurdos 240 minutos, segundo relatou o usuário Felipe Belarmino. A própria empresa está pedindo paciência para os usuários através de sua conta no Twitter.

Entramos em contato com a Microsoft para saber o posicionamento da empresa e estamos aguardando a resposta.

Mas a dúvida maior é como não previram isso?