Busca

Tag: PlayStation 4


08:48 · 31.05.2018 / atualizado às 08:48 · 31.05.2018 por
Game Agony

A produtora Madmind Studios apresenta o game Agony – menos na América Latina (ainda sem data definida). Ele é um jogo de Horror que foi lançado para PlayStation 4, Xbox One e PC. O preço no exterior será de US$ 39,99.

Além de participar de inúmeras listas de “Os Jogos de Terror mais esperados de 2018”, o título financiado pelo Kickstarter está preparado para desafiar os jogadores com seus ambientes brutais e malévolos. Agony lança os jogadores no meio do inferno onde eles se esforçam para permanecer vivos e resolver o enigma por trás da misteriosa Deusa Vermelha; arquiteta deste lugar de tristeza e dor, e a única entidade com conhecimento de como escapar… mas há mais na história do que parece. Assombrado por criaturas de pesadelo, os jogadores ganham a capacidade de possuir demônios e outras almas para encontrar seu caminho para fora do inferno.

Gostou do enredo? Então agora veja o trailer abaixo e prepare-se para muitos sustos:

07:19 · 15.05.2018 / atualizado às 07:24 · 15.05.2018 por
Divinity: Original Sin 2

Prepare-se para embarcar – sozinho ou em companhia de seus amigos – em uma das maiores aventuras em RPG já vistas com Divinity: Original Sin 2 Definitive Edition, o premiado RPG de Fantasia da Larian Studios.

A partir de 16 de maio, o Xbox Game Preview dará aos jogadores um acesso especial às três primeiras horas de Divinity: Original Sin 2 Definitive Edition, gratuitamente! Eles terão então a opção de liberar por completo o Primeiro Ato – aproximadamente 20 horas de aventura – por meio de aquisição do jogo. Os jogadores também serão capazes de aproveitar todo o progresso feito durante este acesso especial de preview no lançamento completo de Divinity: Original Sin 2 Definitive Edition, em agosto deste ano.

Jogadores de Xbox serão capazes de explorar um mundo com possibilidades quase infinitas, reunindo seus grupos de heróis, dominando elementos, e forjando amizades – ou rivalidades – em suas jornadas pela ascensão divina.

Para ver como o time da Larian Studios desenvolveu a experiência de console em Divinity: Original Sin 2 Definitive Edition, assista o vídeo abaixo:

Divinity: Original Sin 2 Definitive Edition estará disponível nas Américas em cópias físicas e digitais para Xbox One e PlayStation 4 em agosto deste ano.

11:04 · 10.05.2018 / atualizado às 11:04 · 10.05.2018 por

A partir desta quinta-feira, 10, os assinantes da Twitch Prime receberão novos itens de personalização do game Fortnite. O pacote Fortnite Twitch Prime #2, disponível para resgate até o dia 11 de julho de 2018, às 13h (horário de Brasília), conta com o traje Trailblazer Battle Royale, uma Mochila Decorativa True North Battle Royale, uma Picareta Tenderizer Battle Royale e um emote Freestylin’ Battle Royale.

Embora só seja possível reivindicar o loot da Twitch Prime em uma única plataforma (PC, Mac, PlayStation 4 ou Xbox One), o conteúdo será compartilhado e ficará disponível para uso no PC/console e no smartphone, desde que o usuário esteja registrado com a mesma conta da Epic em ambos os dispositivos. O conteúdo não é compartilhado entre o Xbox One e o PS4, mesmo ao usar a mesma conta da Epic.

A Twitch Prime é um serviço da plataforma que oferece a seus assinantes itens in-game, inscrição em um canal a cada 30 dias, visualizações sem anúncios entre outros benefícios. Além disso, é possível ter acesso ao Prime Video, da Amazon, sem valor adicional.

Para mais informações e para obter o pacote #2 da Twitch Prime, acesse o site da Twitch.

06:00 · 23.02.2018 / atualizado às 12:08 · 21.02.2018 por
Metal Gear Survive

A partir desta sexta-feira, 23 de fevereiro, os jogadores terão a chance de ganhar moedas SV adicionais através de um Bônus de Login Celebration que será realizado por um tempo limitado. Além disso, os jogadores podem esperar as atualizações de conteúdo planejadas no próximo mês, que incluirão novos eventos, missões cooperativas e outros recursos aprimorados.

O Metal Gear Survive começa a partir do fim do Metal Gear Solid V: Ground Zeroes. Os jogadores assumem o papel de um soldado que ajudou Big Boss a escapar quando a Mother Base foi destruída. Depois de conseguir escapar de um misterioso buraco de minhoca, o jogador acorda seis meses depois em uma organização de pesquisa secreta do governo norte-americano para ser enviado em uma missão através do mesmo buraco de minhoca do qual conseguiu fugir. Para sobreviver nesse mundo hostil, os jogadores precisarão travar batalhas com criaturas mortais e também explorar o ambiente em busca de alimento, água e outros recursos para continuarem vivos. Os materiais recolhidos podem ser usados para a construção de armas, edificações e outros artigos úteis, bem como para desenvolver um campo base, onde podem ser adicionadas instalações para cultivo de alimentos e criação de animais. Os jogadores descobrirão novas armas para combater criaturas ferozes e cenários perigosos, mas também encontrarão sistemas de defesa conhecidos, como Walker Gears e Fulton balloons.

O Metal Gear Survive mantém a linhagem de jogabilidade de Metal Gear Solid V, com uma combinação dos gêneros de furtividade e sobrevivência. Os jogadores poderão experimentar campanhas de um único jogador ou modo co-op com até quatro jogadores. No modo co-op, os jogadores podem formar equipes com os amigos ou outros jogadores ao redor do mundo e trabalhar juntos para realizar diversas missões. Existe um tema estratégico em todo o jogo, onde os jogadores precisam adotar estratégias para posicionar as unidades interceptoras (Interceptor Units) e defensivas (Defensive Units) para defender seus postos avançados com êxito, enquanto trabalham com os colegas para se defenderem de grandes hordas de inimigos.

No modo de único jogador, os gamers estarão em um mundo estranho em ruínas, onde precisarão se proteger e procurar as respostas que os ajudarão a voltar para casa. O mundo onde os jogadores entram é habitado por diversas criaturas que o governaram e dominaram. Existem muitos obstáculos que ameaçam a sobrevivência, e há uma grande ênfase na necessidade de os jogadores coletarem e consumirem alimentos e água. No Metal Gear Survive, os jogadores precisam ter cuidado, pois doenças adquiridas por meio de alimentos contaminados e ferimentos causados por animais podem prejudicar a possibilidade de sobrevivência.

Metal Gear Survive já está disponível nas Américas para PlayStation 4 e Xbox One, bem como para PC via Steam pelo preço de varejo sugerido de US$ 39,99.

06:27 · 08.02.2018 / atualizado às 12:36 · 06.02.2018 por

A Warner Bros. Interactive Entertainment lançou o DLC “A Lâmina de Galadriel”, uma expansão para a campanha de Terra-média: Sombras da Guerra, permitindo que os jogadores joguem como a assassina elfa Eltariel pela primeira vez. Conhecida por seus inimigos como a Lâmina de Galadriel, Eltariel é uma guerreira mortal a serviço da rainha dos Elfos, Galadriel, e foi enviada a Mordor para caçar os Nazgûl. A expansão traz grandes novidades ao game:

  • Utilize as Laminas Élficas de Eltariel e a Luz de Galadriel com uma série de novas habilidades e equipamentos de combate.
  • Conheça novos personagens como Pólvora, Faísca e Matador da Morte, enquanto luta contra os Nazgûl e entenda mais sobre os mistérios que assombram seus passados.
  • Ganhe oito seguidores lendários únicos que podem se juntar às suas forças na campanha da história principal adicionando novas habilidades ao Sistema Nemesis.
  • Desbloqueie uma skin de Eltariel para ser usada na campanha da história principal.

Mais novidades em Terra-média: Sombras da Guerra
Além do DLC “A Lâmina de Galadriel”, o game recebeu uma atualização gratuita que inclui:

– Melhorias no Sistema Nemesis: Capitães Orcs (inimigos ou aliados) agora podem exibir novos traços de comportamento, dando mais profundidade às interações com os jogadores, como:
– Rato de Esgoto: Orcs podem se enterrar no solo e invocar Ghuls;
– Disparo Certeiro: Arqueiros podem atirar à grandes distancias com uma mira quase impecável;
– Tremor: Ologs podem bater no chão com grande violência, causando pequenos tremores que afugentam ameaças próximas e causam grandes danos a estruturas;
– Doador de Tesouros: Seguidores agora podem trazer aos jogadores presentes e tesouros Orcs, garantindo assim mais meios de conseguir gemas e Mirian.
– Atualização do modo Fotografia: Novos filtros, molduras e estilos de foto, além de expressões para o personagem e stikers. Garantindo mais opções para os jogadores personalizarem as imagens;
– Skins: jogue como Talion ou como Eltariel na campanha principal;
– Ordens de treinamento: Os jogadores agora podem melhorar seus seguidores Orcs enquanto estiverem na guarnição com ordens de treinamento, poupando tempo e oferendo mais flexibilidade na administração de seus exércitos;
– Página de status: Um novo menu para os jogadores conferirem as suas estatísticas in-game. Essas informações incluem número e tipos de mortes de inimigos, dominações de mente e traições, fortalezas conquistadas e defendidas, peças de equipamentos coletadas e melhoradas, e muito mais;
– Opções de campo de visão: Mais modos para o jogador customizar a interface de usuário.

O DLC “A Lâmina de Galadriel” está disponível para todos os jogadores que adquiriram a Season Pass a edição ouro de Terra-média: Sombras da Guerra e também pode ser adquirida separadamente através das lojas virtuais das plataformas.

O Season Pass e a edição ouro de Terra-média: Sombras da Guerra incluem: a expansão “Tribo da Matança” (já disponível), a expansão “Tribo Marginal” (já disponível), o DLC da campanha principal “A Lâmina de Galadriel” (já disponível) e o DLC da campanha principal “A Desolação de Mordor” (que chegará em maio de 2018).

Ambientado durante os eventos que se desenrolam entre O Hobbit e O Senhor dos Anéis, Terra-média: Sombras da Guerra apresenta um rico ecossistema de missões, exploração e uma sólida sociedade Orc com diversas culturas. Os inimigos agora pertencem a tribos, que estendem sua influência de acordo com os Soberanos que governam as fortalezas espalhadas pelas regiões.

Através dos seguidores Orcs e das fortalezas, os jogadores agora têm maneiras totalmente novas de experimentar o mundo, graças às escolhas e oportunidades oferecidas pelo sistema nemesis expandido. Seja poupando, marcando, recrutando ou humilhando os adversários, todos os encontros com os capitães ou chefes serão lembrados e ajudarão a dinamizar a sociedade e os conflitos dentro de Mordor.

O game está totalmente localizado para o português brasileiro e também conta com edições físicas especiais para o Brasil disponíveis para Xbox One, Xbox Box One X, PC (Windows Store e Steam), PlayStation 4 e PlayStation 4 Pro.

06:14 · 31.01.2018 / atualizado às 07:13 · 31.01.2018 por

A missão de livrar a América dos nazistas apenas começou. Continue a luta em Os Diários da Agente Morte Silenciosa, o segundo de uma série de três pacotes DLC disponível como parte do passe de temporada As Crônicas de Liberdade. Jogue como a ex-agente e assassina da OSS, Jessica Valiant, conhecida como Agente Morte Silenciosa.

Seguindo um roteiro sinistro, Valiant se encontra nos escritórios da Paragon Pictures, o estúdio de filmes da Tinseltown transformado em máquina da propaganda nazista. Persiga, atire e esfaqueie direto das sombras na perseguição de sua presa.

Os Diários da Agente Morte Silenciosa já está disponível como parte da Digital Delux Edition de Wolfenstein II: The New Colossus, ou como parte do passe de temporada As Crônicas de Liberdade.

Uma atualização gratuita para todos os jogadores também está disponível e inclui:
– Várias otimizações e concertos de bugs
– Balanceamento de dificuldade melhorado
– Mais indicadores de direção de danos proeminentes

Wolfenstein II: The New Colossus foi lançado em 27 de outubro para PlayStation 4, Xbox One e PC, muito elogiado pela crítica e pela comunidade de jogadores, e venceu na categoria Melhor Jogo de Ação no Game Awards 2017.

08:15 · 08.01.2018 / atualizado às 12:47 · 16.01.2018 por

Testamos o game Star Wars Battlefront II da EA/DICE. Podemos dizer que o jogo reúne em uma só versão o melhor e o pior que poderíamos achar em um game. Vamos por partes, começando pelo lado bom desta história.

Ao contrário da versão anterior, Star Wars Battlefront II traz um modo campanha e ele é muito bom. Você passará boa parte deste modo sendo Iden Versio, uma ex-líder de um grupo de elite do Império Galáctico que resolve mudar de lado após entender o real objetivo dos seus ex-empregadores, digamos assim.

Ter que, como Iden, matar rebeldes e destruir instalações de seus heróis de infância não é fácil. Alegra-nos pular fora do barco do Império rapidamente.

O que achei mais bacana deste game foi ter um misto de batalhas espaciais e em terra com muita qualidade gráfica e sonora. Em vários momentos parece que você foi realmente transportado para as batalhas do mundo de Star Wars e isso é fantástico. Há também missões de infiltração, proteção ou de destruição específica de um alvo – são as mais complicadas.

O modo campanha ainda nos brinda (ou deveria brindar) com ótimas experiências com personagens icônicos de Star Wars, como a princesa Leia, Han Solo e muitos mais. Dá alguma explicação para o vazio entre o Episódio VI: O Retorno do Jedi e o Episódio VII: O Despertar da Força. Interessante.

A visão do gamer pode ser sempre em primeira ou terceira pessoa, menos com os personagens clássicos como Han ou Leia, por exemplo. Eu que detesto jogar em terceira pessoa, admito que fiquei perdido em alguns momentos com os heróis da saga. Faz parte.

Mais e mais

No modo campanha você será Iden Versio, filha de um almirante Imperial. Ela atua como líder de um esquadrão de elite (Esquadrão Inferno) que tenta derrotar os rebeldes

Além do modo Campanha, há outras boas atrações neste game. O modo Heróis versus Vilões é bem bacana. E você pode enfrentar Luke Skywalker com Darth Maul. Digo que será um duelo bem impactante, visto que Maul é bem poderoso com seu sabre duplo. Há neste modo a chance mais fácil de usar os clássicos heróis e vilões. Darth Vader está lá também, assim como o Mestre Yoda. É bem empolgante.

Mas há outros modos interessantes e que são multiplayer lá também. No Ataque Galáctico, você enfrenta até 40 pessoas ao mesmo tempo e pode usar tudo que imaginar do universo de Star Wars como veículos terrestres, naves, heróis e vilões. É bem intenso.

Por fim, também há o modo Ataque de Caças Estelares em que até 12 jogadores se enfrentam em batalhas com os efeitos dos filmes da saga que vão te fazer se sentir dentro da ação mesmo. Vale a pena se aventurar, mesmo se seu nível de coordenação motora não for lá dos melhores. Para quem gosta de simuladores de voo de guerra – que faziam sucesso nos anos 90 e começo dos anos 2000 – chegou sua vez.

Ponto negativo
E, como todos sabemos, o ponto negativo foi mesmo a inovação da EA para Star Wars Battlefront II: oferecer itens que dão vantagens aos gamers em sistema de compra de caixas. Estas caixas de loot podem ser compradas com créditos. Estas microtransações internas não é coisa nova no mercado de games, mas foi muito criticadas por fãs de Star Wars por segurar ao máximo para que o usuário consiga ter acesso a personagens como Luke Skywalker e Darth Vader. Seriam necessários quase 40 horas de jogo para desbloquear créditos suficientes para tê-los. E isso irritou demais.

Além do fato de que a EA havia colocado cristais para ajudar a diminuir este tempo. E estes itens seriam comprados com dinheiro real dentro do jogo. Para a EA, que retirou os cristais após as críticas, o objetivo de dificultar o acesso a Luke e Vader seria gerar “um sentimento de orgulho e realização” para os gamers que conseguiram liberá-los após muitas horas de jogo. Ninguém engoliu isso, não.

Vale a pena?

É possível realizar um confronto épico entre Mestre Yoda e Darth Maul

Sim, vale muito, apesar desta falha de ter que liberar Luke e Vader com muitas horas de jogo. Fãs de Star Wars estão convocados para investir horas e horas para desbloquear tudo que seja possível. Jogar e encerrar a campanha e se enfrentar nos modos online que estão bem robustos e interessantes. Certamente Star Wars Battlefront II é um item imperdível para quem ama o universo Star Wars. Dou 9 de 10 neste game sem medo.

Preço e disponibilidade
O jogo pode ser comprado a partir de R$ 199,90 para PC, Xbox One e PlayStation 4.

14:09 · 22.11.2017 / atualizado às 14:11 · 22.11.2017 por
Wolfenstein 2 The New Colossus

A Bethesda anunciou que, a partir desta quarta, 22/11, Wolfenstein II: the New Colossus terá um teste gratuito disponível. Os jogadores já podem baixar o teste gratuito no PlayStation 4 e no Xbox One e jogar por todo o primeiro nível do game. Os jogadores que escolherem por adquirir a versão completa do jogo terão o seu progresso salvo mantido.

Wolfenstein II: The New Colossus foi lançado em 27 de outubro para PlayStation 4, Xbox One e PC. Wolfenstein II também foi indicado a diversas categorias do The Game Awards, incluindo Melhor Direção de Jogo, Melhor Narrativa, Melhor Jogo de Ação e Melhor Atuação (Brian Bloom como BJ Blazkowicz).

Wolfenstein II coloca os jogadores nos Estados Unidos controlado por Nazistas, em uma missão para recrutar os mais ousados líderes da resistência. Os jogadores enfrentam Nazistas em locais como a cidadezinha de Roswell, no Novo México, uma New Orleans em quarentena, e uma Manhattan pós-nuclear. Armados com um impressionante arsenal de armas retro-futuristas, incluindo o novo Dieselkraftwerk, os jogadores podem lançar novas habilidades para atravessar legiões de soldados Nazistas avançados e über soldados neste jogo definitivo de tiro em primeira pessoa.

00:01 · 02.10.2017 / atualizado às 14:54 · 05.10.2017 por
A saída de Neymar para o PSG causou confusão no game PES 2018 e a capa mundial acabou mudando para Phillipe Coutinho. Porém a capa da edição mais completa ainda traz parte do time do Barcelona com Neymar, inclusive, mesmo após a atualização, a tela de início do game mostra Neymar com seus ex-companheiros de Barça

Por muito tempo, o jogo da Konami, Pro Evolution Soccer (PES) foi o maior game de futebol virtual do mercado de videogames. Porém, há alguns anos, a série Fifa, da Electronic Arts (EA) superou o game da empresa japonesa. Especialmente em jogabilidade e número de licenças, Fifa 18 dá um banho no PES. Porém, para tentar retomar o reinado, PES 2018 chegou apostando em uma jogabilidade incrivelmente realista e gráficos que são absurdamente perfeitos e que dão um banho no Fifa 18, pelo menos no que vimos do demo.

Realismo no jogo
O sistema Real Touch+ é a grande aposta da Konami em PES 2018. Ele faz com que a jogabilidade dê um salto de qualidade, trazendo maior realismo com domínios de bola, passes e chutes precisos ou não, a depender da pressão exercida sobre o atleta com a bola e, principalmente, devido a qualidade do jogador que está com a bola.

>>>Primeiro grande pacotes de atualizações para PES 2018 é lançado nesta quinta-feira, 5

Quanto melhor o jogador, mais ele vai se sobressair sobre o marcador, afastando aquela realidade de versões anteriores do PES onde parecia que você batia em um muro, algumas vezes e não tentava ultrapassar um adversário de “carne e osso”.

Desta forma, chega de passes automáticos, sem o realismo de uma partida de futebol. Afinal, nem toda vida você vai acertar aquele lançamento de 90 metros ou o passe final ou o chute que pode declarar sua vitória.

Há quem reclame que os goleiros estão batendo mais roupa do que o normal, outros que estão mais milagreiros. Achei a mecânica deles normal. Afinal, não é anormal um goleiro soltar a bola para o lado errado ou fazer aquela ponte magnífica que vale tanto quanto um gol.

Jogadores do Flamengo no game. Da esquerda para a direita: Réver, Muralha, Guerrero e Diego. Faltaram Diego Alves, Rodolfo, Everton Ribeiro e Geuvânio que chegaram depois. Atualização quando Konami?

Visual
Ainda no quesito realismo, nada supera a qualidade gráfica dos jogadores licenciados e importantes dos times europeus. É um banho. Nunca vi nada igual. Mesmo o Fifa tendo evoluído por demais, esta versão de PES 2018 está imbatível neste quesito. Até os torcedores do game da Konami estão superiores em perfeição aos da Electronic Arts (EA). Pela primeira vez, preciso me render neste quesito.

Porém, nem tudo são flores. Há muitos times gigantes não licenciados. Desta forma, Juventus, Real Madrid, Manchester United e Manchester City estarão com nomes genéricos e isso faz o jogo perder muito. Em termos de quantidades de licenças, o Fifa ainda dá um banho no PES e isso conta demais.

Ainda no tocante licenças, não entendo porque Flamengo e Corinthians se esforçam tanto em ficar apenas no PES. Há jogadores importantes faltando nos dois clubes, especialmente no rubro-negro carioca. Além disso, muitos jogadores do Flamengo não se parecem nada com os reais. Os nomes, ao menos, são os usados pelos atletas. Mas Juan está bem bizarro e Diego e Réver, lembram, mas não estão perfeitos como deveriam. O que mais está próximo do atleta real é Guerrero. Este lembra o atacante do Flamengo até na hora de reclamar – o gestual está perfeito!

Times licenciados como Liverpool (vermelho) e Borussia Dortmund estão perfeitos como nunca se viu

Com relação aos demais clubes brasileiros presentes no PES, há times com nomes de atletas todos corretos. Porém, no caso do Atlético Mineiro, não reconheci nenhum jogador que está lá listado. No caso dos europeus não licenciados, os nomes batem, até fisionomia é igual ou parecida, mas o nome do time e os uniformes passam é longe. Para quem gosta de coisa real, é um pecado mortal o que o PES entrega. Só por conta disso o jogo perde bastante e deveria até cobrar mais barato dos gamers.

Um fato muito positivo é termos como fazer um Campeonato Brasileiro da Série A no PES 2018 por termos lá os 20 times oficiais. Pelo menos nos nomes e uniformes, claro. Mas é bem legal. Ter Maracanã, Allianz Parque e Arena Corinthians, por exemplo, fielmente recriadas, traz uma emoção a mais para os amantes do futebol nacional.

Ligas oficiais
O PES tem o direito de duas ligas gigantes da Europa: Champions e Europa League. Porém, com muitos times com nomes e uniformes não reais, a brincadeira perde muito. O melhor é criar sua liga com os times licenciados e tentar se divertir da melhor maneira possível. Infelizmente, as grandes ligas europeias foram meio capadas com problemas de licenciamento já mencionados. E isso vai pesar, pois os gamers adoram estas ligas.

Narração

Olha lá Neymar ainda com a camisa do Barcelona. Será que nenhuma atualização vai apagar isso?

A narração e comentários do jogo poderiam ser melhores, mas é muito complicado. Isso porque não há como fazer algo em tempo real. Muitas vezes, especialmente os comentários, vão parecer muito quebrados e até fora de contexto com a realidade daquela partida. Porém, acredito que ter profissionais como Mauro Beting, nos comentários, e, principalmente, Milton Leite, na narração, foi um grande acerto. Leite consegue passar emoção e força no trabalho dele como poucos. Para mim, é o melhor profissional da narração na televisão. E só isso já é um grande acerto de PES 2018.

Online
Não sei se por conta da minha conexão ou por problemas no game, não consegui encontrar jogadores nas manhãs e noites de sábado e domingo para bater uma bolinha virtual.

Modo viciante
O mais legal em PES 2018 é mesmo o myClub que tomou o lugar da Master League como a atração principal dos gamers que gostam mais do jogo da Konami do que da série Fifa.

Neste modo, você irá buscar jogadores para reforçar seu time na busca pelo sucesso. Para isso, há os sorteios das bolas. Se for a preta, virão craques consagrados como Cristiano Ronaldo ou Messi para reforçar seu time. A bola bronze trará jogadores não tão interessantes para você.

Além disso, você será um manager, administrando tudo fora das quarto linhas como contratos e desejos de jogadores colocados em segundo plano no seu time. Administrar bem vaidades podem ser cruciais para seu time seguir crescendo.

Com um time forte e focado no objetivo, poderá, enfim, entrar em campo e fazer a diferença no campeonato, trazendo taças e fama. Quem sabe até conseguindo uma vaga na final mundial em mesmo país da final da Liga dos Campeões 2018.

Olha lá o modo viciante do myClub

Master League
Apesar do MyClub ser o novo xodó dos usuários do PES 2018, a Master League ainda está viva e tem novidades nesta versão. Agora a Master League conta com campeonatos de pré-temporada, um novo sistema de transferências, entrevistas antes do jogo e passagem pelos vestiários.

PES 2018 também apresenta os novos modos cooperativos de “2 vs. “2 e “3 vs. 3”, com suporte para convidados locais. Além disso, o tão solicitado modo com “Seleção Aleatória” retorna com conteúdo totalmente novo. Por fim, a PES League oficial também foi integrada no jogo principal.

Conclusão
Por fim, podemos dizer que PES 2018 é um show de imagens, jogabilidade, mas peca muito no número de licenças, especialmente dos gigantes europeus. Além disso, também não traz todos os times brasileiros com elencos reais ou fisionomias idênticas aos dos atletas de verdade (ao menos não como temos nos times europeus licenciados). Sem dúvida alguma, a Konami caprichou nesta edição que vai fazer um bom abalo no Fifa 18. Porém, não conseguirá, ainda, tomar o reinado do jogo da EA que deve seguir no topo por mais um ano, pelo menos.

Preço
Jogo disponível para PlayStation 4, Xbox One, PlayStation 3, Xbox360 e PC Steam a partir de R$ 152.

13:27 · 29.08.2017 / atualizado às 13:27 · 29.08.2017 por

O acesso antecipado ao beta de Destiny 2 para PC já está no ar. Todos que fizeram a pré-compra de Destiny 2 já podem começar a testar o jogo.

O beta de Destiny 2 inclui a missão inicial, “Homecoming“, bem como os modos cooperativos e competitivos. Hoje, dia 29 de agosto começará a fase de beta aberto que irá até 31 de agosto.

Destiny 2 será lançado no dia 6 de setembro para PlayStation 4 e Xbox One e estará disponível para PC em 24 de outubro via Battle.Net, o serviço online de games da Blizzard Entertainment.