Busca

Tag: Vivo


13:19 · 29.03.2018 / atualizado às 13:19 · 29.03.2018 por
Hoje, apenas a Claro abre, parcialmente, mão do roaming através de um plano onde você paga a mais e usa o seu mesmo plano em alguns países da América Foto: Georgejmclittle/Shutterstock

Apesar do Brasil ter sido signatário de um acordo com outros 18 países, durante assembleia da Citel (braço da Organização dos Estados Americanos para telecomunicações) para acabar ou reduzir os custos do roaming internacional, não parece que teremos nada disso no futuro próximo. Pelo menos não parece muito ser a vontade de operadoras de telefonia móvel, com exceção da Claro.

Oi, TIM e Vivo, procuradas pela reportagem para comentar o assunto que foi publicado no site TeleSíntense, pediram que o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), respondesse. O que chegou por e-mail foi um texto que responde de forma evasiva ao que todos querem saber: teles são contra ou a favor de acabar com o roaming. Veja a nota na íntegra abaixo:

“A Citel aprovou nesta semana uma carta de intenções para o fim ou a diminuição da tarifa do roaming internacional. Um possível fim do roaming, em um país tão grande territorialmente como o Brasil, precisaria de um estudo mais aprofundado sobre o impacto desta medida para as operadoras e para os clientes. Para que isso seja implantado, no entanto, é necessário que haja uma recomendação formal da Citel, que deve ser precedida de um processo de análise pela entidade. Caso a Comissão faça a recomendação formal, para ser adotada pelo Brasil é necessária a aprovação do Congresso Nacional Brasileiro, na forma de lei, e regulamentação posterior pela Anatel, respeitando-se o equilíbrio econômico das empresas. Somente depois de todas as etapas é que as prestadoras implementariam a medida”.

Quando perguntamos diretamente se operadoras e o sindicato delas é contra ou a favor, a resposta foi “nosso posicionamento hoje é o enviado abaixo (no caso acima, a nota)”. Eu aposto que são contra o fim do roaming.

No caso da Claro, antecipando-se a uma tendência, a operadora de origem mexicana lançou, no ano passado, o Passaporte Américas – serviço através do qual os clientes Claro Pós podem utilizar seus planos em 18 países da América como se estivessem no Brasil.

Por mais R$ 9,99 por mês (contratação anual), o cliente utiliza normalmente seu plano pós pago podem falar ilimitado com telefone do Brasil ou do país visitado e ainda a franquia de dados do plano.

O Passaporte Américas oferece cobertura nos seguintes países: Estados Unidos, México, Canadá, Argentina, Chile, Colômbia, Uruguai, Costa Rica, El Salvador, Equador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico e República Dominicana.

Já é uma boa solução, mas o ideal mesmo era o valor já está incluso no plano. Bom, pelo menos, a operadora respondeu por conta própria e se mostrou bem mais aberta quando o assunto é roaming internacional.

07:26 · 12.12.2017 / atualizado às 13:46 · 12.12.2017 por
Dois modelos de iPhone X

A Vivo quer mesmo te convencer a comprar um iPhone X aqui no Brasil. Para tanto, montou uma estratégia curiosa. Oferece parcelamento em até 21 vezes sem juros nas compras com cartão Itaucard. O iPhone X 64GB poderá ser adquirido por 21 parcelas sem juros de R$ 99,52 ou R$ 2.090 à vista, caso o cliente opte pelo plano Vivo V e escolha trocar seu iPhone 7 Plus 128GB já usado, em perfeitas condições, por um desconto de R$1.549,00 na compra do novo, por meio do Vivo Renova, programa pelo qual o usuário entrega seu aparelho antigo e ganha vantagens na aquisição de um novo. O parcelamento é válido para as compras de todos os modelos de iPhone nas lojas físicas da Vivo.

>>>Que modelo do iPhone X posso comprar no exterior?

Porém, há uma condição para este valor se concretizar: você aceitar fazer um plano que vai te custar exatos R$ 1.299,99 por mês. Isso mesmo que você leu! Mas o que oferece o tal plano? O plano Vivo V tem 200GB de internet, que podem ser compartilhados com até 8 linhas adicionais, roaming internacional, sete diárias de Vivo Travel por mês para utilização de cada linha, ligações ilimitadas para qualquer operadora local ou DDD e 1000 minutos em ligações internacionais para outros países, todo mês, além de seguro completo contra roubo e furto dos aparelhos. Para adquirir o aparelho, os clientes ainda podem trocar seus pontos do programa de relacionamento Vivo Valoriza e acumular ainda mais vantagens na aquisição do iPhone X. São muitas as vantagens, certo? Porém, mesmo assim, é um custo altíssimo para se gastar com plano de dados/voz móvel.

Valor do plano Vivo V 200GB

Neste link aqui você consegue mais detalhes do plano Vivo V e de outras opções de planos da operadora.

Entendo que a operadora considere o Vivo V um plano completo e que o cliente que vai pagar, no Brasil, por um aparelho quase proibitivo como o iPhone X, tenha um alto poder aquisitivo. Mesmo assim, o valor do plano é muito surreal. Tanto quanto o preço definido pela Apple para o smartphone dela em nosso País. Porém, quem vai decidir se isso cabe ou não no bolso é você cliente. Boa sorte!

07:45 · 05.12.2017 / atualizado às 07:45 · 05.12.2017 por
À esquerda os modelos de iPhone 8 e à direita os modelos de iPhone 8 Plus

A Vivo e a iPlace anunciam uma parceria para comercialização dos planos pós-pagos da operadora. Com o acordo, os clientes poderão já contratar um dos planos família ou individuais da operadora no momento da aquisição do iPhone.

Os planos têm valores a partir de R$ 99,99 com 4GB de internet, minutos ilimitados para qualquer operadora e Vivo Bis, que permite usar o saldo de internet restante do plano contratado por mais um mês. Nas lojas, os clientes também terão a opção de adesão ao plano Vivo Controle. O novo serviço já está disponível em 125 lojas iPlace em todo o País.

“Esta parceria com a Vivo possui como objetivo principal gerar uma experiência de compra ainda mais completa para os nossos clientes, aliando o atendimento diferenciado da iPlace às soluções de telefonia da Vivo”, afirma Matheus Mundstock, diretor geral da iPlace.

“A iPlace é a primeira rede de varejo a comercializar nossos planos pós-pagos. Esta parceria aproxima duas marcas fortes, que se diferenciam pela qualidade dos produtos e serviços ao cliente. Com ela, vamos ampliar a nossa capilaridade de pontos de venda, além de levar a facilidade e agilidade de ativação de um Vivo Pós, no momento da aquisição de um novo iPhone, disse o VP Comercial B2C da Vivo, Fabio Avellar.

14:04 · 01.11.2017 / atualizado às 14:04 · 01.11.2017 por

O serviço de internet fixa registrou 28.167.860 assinantes em setembro de 2017, aumento de 113.243 usuários (+0,40%) quando comparado a agosto, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicaçoes (Anatel). Nos últimos 12 meses, a banda larga fixa apresentou aumento de 1.575.470 usuários (+5,92%).

Nos últimos doze meses, houve aumento de usuários de banda larga fixa em todos os estados do País. Os maiores percentuais foram registrados nos estados do Rio Grande do Norte, com 54.260 novos clientes (+20,01%); Ceará com 97.977 novos usuários (+16,42%) e Maranhão com 28.920 novos clientes (+13,64%).

Outros destaques
Em termos absolutos, na comparação entre agosto e setembro deste ano, a base de assinantes de São Paulo registrou 51.877 novos clientes (+0,53%), no Paraná o aumento foi de 14.042 (+0,72%), e em Minas Gerais foram registrados 12.147 novos clientes (+0,44%).

Prestadores
A prestadora Claro liderou o crescimento no mês de setembro em comparação a agosto, a empresa registrou 51.909 assinantes (+0,60%). Outras empresas que também obtiveram crescimento em setembro foram a Sercomtel, com 8.811 novos usuários (+4,84%), e a TIM, com 6.839 novos clientes (+1,76%).

Em comparação com o ano passado, a Claro Brasil apresentou aumento de 366.971 clientes (+4,37%) na sua base de assinantes. A operadora Vivo registrou 122.366 novos clientes (+1,63 %) e a TIM mais 78.109 usuários (+24,63%).

08:32 · 05.09.2017 / atualizado às 08:32 · 05.09.2017 por
Samsung Galaxy Note 8 tenta apagar a imagem do explosivo Note 7

A Vivo criou um formulário de cadastro para os clientes que desejarem receber informações atualizadas sobre o novo smartphone da Samsung, Galaxy Note 8. Basta acessar o site da Vivo e realizar um pré-registro gratuitamente. Com esse cadastro, os interessados receberão informações em primeira mão.

Samsung Note 8

O smartphone possui a maior tela de todos os dispositivos Note. O display infinito de 6,3 polegadas Quad HD + Super Amoled promete a melhor visualização, com menos scroll.

07:13 · 19.07.2017 / atualizado às 14:27 · 20.07.2017 por

O serviço de banda larga fixa (internet fixa) contava com 27.469.555 milhões de assinantes até o final de maio deste ano, foram mais 163.398 mil clientes um aumento de 0,60%, se comparado ao mês anterior. Nos últimos doze meses, foram adicionados à rede 1.419.082 milhão de clientes (+5,45%).

Segundo dados da Anatel, no Ceará a elevação foi de 32.196 mil (+5,12%). O Estado, aliás, é o segundo do Nordeste em números absolutos de usuários de banda larga fixa com 661.379. A Bahia é o Estado com mais usuários: 826.835. Em termos nacionais, o Ceará ocupa a nona colocação entre os estados com mais gente com acesso a banda larga fixa.

Se você analisar que o Estado do Ceará tem 8.842.791, ter cerca de 13,37% ainda é pouco. Vejo que há muita dificuldade das empresas em expandir os pontos com cabos para banda larga fixa. Porém, as pequenas empresas estão crescendo e ganhando espaço nos bairros descartados pelas grandes. Talvez a questão seja também por conta dos preços dos serviços ou por conta ainda da questão da internet móvel em celulares que está melhorando a qualidade e muita gente hoje nem liga muito.

Nos demais estados, entre abril e maio deste ano, a base de assinantes de Minas Gerais aumentou 41.406 mil novos clientes (+1,55%), e no Rio Grande do Norte 27.779 mil (+9,91%). Nos últimos doze meses, houve aumento de usuários em todos os estados. Os maiores percentuais foram registrados nos estados de São Paulo, com 248.014 mil novos clientes (+2,63%); Minas Gerais com 207.821 mil (+8,28%) e Rio Grande do Sul com 135.237 mil (+8,56%).

A prestadora Vivo liderou o crescimento no mês de maio, se comparado ao mês anterior, foram mais 28.073 mil novos assinantes (+0,37%). A Tim apresentou uma elevação de 10.219 mil (+2,96%), seguida pela Sky com 6.069 mil (+1,77%).

Em comparação com abril de 2016, a Vivo teve um aumento de (+1,89%) na sua base de assinantes, foram mais 140.435 mil. A Tim registrou 57.135 mil novos clientes (+19,15%), e a operadora Claro mais 332.367 mil (+4,03%).

 

07:36 · 13.07.2017 / atualizado às 08:06 · 13.07.2017 por
Loja da Vivo no Shopping Iguatemi Fortaleza

A Vivo lançou, no último dia 12 de julho, as novas ofertas de internet para os clientes de planos Controle. A mudança vai trazer mais dados para as ofertas a partir de R$ 39,99 sem alterar os preços praticados. Todas as opções vão receber um acréscimo de 500MB na quantidade de dados disponíveis no ciclo.

“A Vivo passa a oferecer ainda mais dados ao cliente e mais autonomia para acesso à internet e serviços digitais como GoRead, Kantoo, NBA, que também fazem parte da oferta, ou um de nossos outros 80 apps à disposição dos clientes”, explica Marcio Fabbris, vice-presidente B2C da Vivo. As alterações fazem parte do processo de transformação digital liderado pela Vivo, que oferece novas experiências (que vão muito além da conectividade) aos clientes.

Novos planos
A Vivo oferece aos clientes cearenses upgrade na franquia de dados nos planos Controle a partir de R$ 39,99. Os outros benefícios das ofertas como minutos para outras operadoras e serviços digitais não sofrem alterações.

Os clientes do plano de R$ 39,99 passam de 2GB para 2,5GB de internet. Já os clientes do plano de R$ 49,99, passam de 2,5GB para 3GB para acessar a internet. E por fim, aqueles que optam pelo plano de R$ 64,99, passam a ter 3,5GB, ao invés de 3GB.

Esperança

Minha esperança é que este aumento de dados para o cliente não resulte tão cedo em aumento de preço. A próxima mudança bem que poderia ser permitir que dados que sobraram em um ciclo fossem utilizados em até 2 ciclos seguintes. Seria algo bem interessante. Que tal Vivo?

06:47 · 12.07.2017 / atualizado às 06:47 · 12.07.2017 por

Esta é a última semana de inscrições para os programas de trainee e estágio da Telefônica, que detém a marca Vivo. São 70 vagas no total: 30 vagas de trainee em São Paulo e 40 de estágio, distribuídas pelas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Os interessados têm até o dia 14 de julho para se inscreverem aqui.

Após o processo de inscrições, os currículos serão avaliados e os candidatos pré-selecionados passarão por etapas de avaliações online, dinâmica de grupo e entrevista com gestor. O programa de trainee tem duração de 18 meses e é necessário ser formado em qualquer curso de graduação com término entre julho de 2015 e julho de 2017.

Os que mais se destacarem realizarão um módulo internacional na Universidade Telefônica em Barcelona, na Espanha. O Programa de Estágio tem duração de até dois anos e os estudantes que desejam participar devem ter formação prevista entre dezembro de 2018 e dezembro de 2019 em diversas áreas.

12:24 · 05.07.2017 / atualizado às 12:24 · 05.07.2017 por
Xiaomi Mi-3

Xiaomi, que já disputou mercado com a Samsung na Ásia e agora está atrás de Vivo e Oppo, se uniu a outra ex-gigante do mercado de smarthones, a Nokia.

A Nokia já dominou o mercado nos primórdios, mas depois de sua ida para o domínio da Microsoft caiu no ostracismo.

Patentes da Nokia agora podem ser usadas pela Xiaomi, enquanto a empresa chinesa irá liberar sua experiência no mercado de smartphones para que a Nokia possa voltar a ter sucesso na fabricação de celulares.

Será que esta união poderá dar em sucesso para ambas as empresas? Ou as duas seguirão em queda no setor de smartphones? Só o tempo dirá.

07:00 · 28.06.2017 / atualizado às 11:42 · 30.06.2017 por
Aplicativo OpenSignal em ação em Nova York

A OpenSignal, empresa que, através do aplicativo homônimo (para iOS e Android) consegue analisar a internet móvel de quase 600 mil usuários ao redor do mundo – dos quais 40.717 só no Brasil -, traz o relatório de qualidade da internet móvel no Brasil entre 1 a 31 de maio de 2017 e divulgado neste dia 28 de junho.

Segundo a OpenSignal, a disponibilidade de 4G no Brasil está melhorando. No último relatório, em janeiro deste ano, nenhuma empresa conseguiu entregar uma conexão 4G aos usuários do app da OpenSignal mais de 60% do tempo. Mas nos mais recentes testes, duas operadoras superaram esta marca: TIM e Vivo tiveram índices superiores a 62%.

A Claro ainda é a líder na velocidade de 4G nos testes da OpenSignal de março a maio, com média de velocidade de download de 29,2 Mbps, uma melhoria de cerca de 2 Mbps desde o último relatório liberado em janeiro. A Vivo terminou em segundo lugar no ranking de velocidade 4G com um download médio de 20,6 Mbps, mas Oi e TIM marcaram abaixo da média global da velocidade de 4G de 16,2 Mbps, como medido no relatório do estado do LTE.

A Nextel não atendeu às métricas LTE da OpenSignal, pois oferece apenas serviços 4G em São Paulo e Rio de Janeiro, mas avaliou altamente na velocidade 3G, ficando junto a Claro no primeiro lugar na análise do 3G.

Confira os gráficos da OpenSignal para cada categoria avaliada.

Resposta das empresas

Até agora Claro, Oi e TIM responderam. Confira as notas da empresas:

Oi

“A Oi vem investindo continuamente para melhorar seus serviços e atender cada vez melhor o cliente. No ano passado, a companhia investiu R$ 4,7 bilhões, um aumento de 18% em relação ao ano anterior. A maior parte desse investimento se destina a melhorias e ampliação da sua infraestrutura de rede. Atualmente, a Oi oferece cobertura 4G em 284 cidades no Brasil e deverá chegar a 844 cidades até o final do ano, garantindo a cobertura a 72% da população urbana”.

TIM

“Os dados apresentados pela pesquisa citada refletem o esforço da TIM em oferecer seus serviços sempre com qualidade. A companhia segue na liderança em cobertura 4G, comprometida em ampliar a abrangência e a performance de sua rede em todo o Brasil. Cerca de 80% do total de investimento realizado no primeiro trimestre deste ano foi em infraestrutura, especialmente na expansão das redes 3G e 4G. O número de linhas 4G mais que dobrou no período e o tráfego de dados cresceu 62%.

Para ampliar a qualidade e alcance da rede 4G, a TIM adquiriu o direito de operar também na frequência 700 MHz após vencer um leilão promovido pela Anatel em janeiro de 2014. A medida que a operadora possa utilizar a faixa, que, com o desligamento progressivo do sinal analógico, já vem sendo adotada nos municípios liberados pela EAD, conseguirá melhorar ainda mais a experiência de uso de dados dos clientes.

Vale destacar que o resultado da pesquisa também servirá de insumo para a análise e identificação de melhorias”.​

Claro

“O 4G mais rápido do Brasil está ainda mais veloz. No mais recente estudo divulgado pela OpenSignal, a Claro continua com a rede mais rápida do Brasil e obteve velocidade média superior a medida na edição anterior, divulgada em janeiro deste ano.

A performance da rede da operadora é muito superior em termos de experiência de navegação e acesso à internet no smartphone. A velocidade média de conexão é 46% maior que a da empresa que encontra-se em segundo lugar neste indicador.

O resultado reflete os investimentos constantes no aprimoramento da rede, inclusive com o lançamento pioneiro do 4,5G no Brasil, com velocidades médias 10x superiores a do 4G.

A cobertura de rede 4G também tem evoluído. Dados divulgados recentemente pela Anatel e publicados pelo site Teleco referentes ao mês de maio já mostram a Claro entre os mais altos percentuais de população coberta pelo 4G. É um trabalho permanente e que tem acelerado com o início da liberação da nova faixa de frequência de 700 MHz em algumas regiões.

A Claro também lidera, entre as grandes operadoras, no cumprimento das metas de qualidade da Anatel no Serviço Móvel Pessoal divulgadas pela agência, demonstrando que os resultados são consistentes e reforçam o foco da empresa em ter a melhor rede e os melhores serviços.

Com internet de altíssima velocidade na palma da mão, conteúdo gigante dos aplicativos digitais inclusos no plano e ligações ilimitadas para qualquer telefone, fixo ou móvel, a Claro continua sendo a melhor opção em telefonia móvel no Brasil”.