Blog Polícia

Categoria: Cerco policial


23:45 · 04.09.2014 / atualizado às 10:00 · 05.09.2014 por
FOTO: Divulgação/Cotam
FOTO: Divulgação/Cotam

O Comando Tático Motorizado (Cotam) do Batalhão de Choque (BPChoque) prendeu o suspeito de matar um taxista a tiros e atear fogo no carro onde estava o corpo. O crime ocorreu na tarde da última quarta-feira (3) e a prisão ocorreu em menos de 24 horas.

Segundo informações do sargento PM Jones, a prisão ocorreu devido a denúncias e investigação do serviço reservado do Batalhão de Choque.  O suspeito de 18 anos foi detido na Rua Julia Sales, no bairro Tancredo Neves e o rapaz seria encaminhado ao 30º DP (São Cristovão) para realização do flagrante.

A patrulha responsável pela prisão foi a 4018 e a 4023, do sargento Jones e cabo Marcione. O sargento Jones ressaltou que há informações de que a vítima possuia envolvimento com o tráfico de drogas.

O taxista Francisco Reginaldo Santos Freire foi identificado por funcionários da cooperativa que trabalhava. A mulher da vítima foi avisada da morte por telefone. Ela ligou para o celular do companheiro e foi avisada, por uma mulher, que o Reginaldo foi morto e teve o corpo carbonizado.

A companheira de Reginaldo entrou em contato com a Coordenadoria Integrada de Operações (Ciops) e teve a confirmação do crime, que ocorreu no bairro Luciano Cavalcante.  Moradores ouviram oito disparos e, em seguida, a vítima buzinava pedindo socorro. Mas quando chegaram ao local, o homem estava morto.

 

21:18 · 04.09.2014 / atualizado às 21:40 · 04.09.2014 por
FOTO: Beatriz Bley
FOTO: Beatriz Bley

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) solucionou cinco crimes de morte violenta com a prisão dos suspeitos. Entre os crimes, o homicídio de motivo banal na Aldeota, onde o suspeito matou Regisvaldo Cipriano das Chagas em decorrência da vítima ter amassado o carro do autor.  O caso ocorreu há quatro anos, em 2010.

Hudson da Silva Costa foi preso no ‘Beco da Poeira’, localizado no Centro de Fortaleza. Ele trabalhava, atualmente, vendendo e comprando mercadorias usadas. De acordo com informações do direitor da DHPP, delegado Ricardo Romagnoli, o suspeito responde na Justiça por ameaça, tentativa de homicídio e homicídio. Além de um crime de trânsito.

A tentativa de homicídio que Hudson se envolveu ocorreu no ano em junho de 2008, quando o suspeito tentou matar uma pessoa no Campo do América, Meireles. De acordo com informações do suspeito, constam dois mandados de prisão em aberto.

Prisão de homicida do ‘Black Gate’

Diego Armando Clemente Peira foi preso em Beberibe na última segunda-feira (1º), por uma equipe de inspetores da DHPP. Ele possuia um mandado de prisão temporária após ser investigado pelo homicídio de João Batista Sousa da Silva. O crime ocorreu no Parque Montenegro. A vítima trabalhava no ramo de confecções e possuía uma marmitaria.

Diego e um comparsa mataram João nas proximidades de um estabelecimento conhecido como ‘Black Gate’, conforme informou a Divisão de Homicídios. A Polícia ainda acreditava na possibilidade de um latrocínio (roubo seguido de morte), pois alguns objetos foram roubados da vítima. Mas no decorrer das investigações foi apurado que os autores já conheciam a vítima e teriam problemas relacionados a dívidas.

O suspeito preso responde na Justiça por roubo e porte ilegal de arma de fogo.

Homem que matou sargento é investigado por outro homicídio

Antônio Laison Sousa Lima, o ‘Antônio Pezão’, que está recolhido no xadrez da DHPP,  pela morte do sargento da Polícia Militar Carlos Wanderley Vicente Barbosa recebeu mais um mandado de prisão preventiva. Desta vez, o caso foi referente a um homicídio que ocorreu no mês de maio, contra Francisco Jefferson Ribeiro da Silva e a motivação do crime foi a disputa pelo território de tráfico de drogas.

Pezão já estava detido, inicialmente, pela morte de um sargento da PM. O crime contra o policial ocorreu no mês de junho, um mês após da morte que está sendo investigado.

Mandados de prisão cumpridos

Já na terça-feira (2), foi preso Thiago Zeferina Costa, o ‘Quequé’, por policiais militares que deram cumprimento ao mandado de prisão preventiva da DHPP.  Ele estava no bairro Serviluz e já foi preso temporariamente pelo mesmo crime. A investigação é em decorrência da morte de André Luiz Ferreira da Silva, que ocorreu no ano passado, também no bairro Serviluz. O crime é relacionado a disputa de tráfico de drogas. Thiago responde na Justiça por dois roubos e um homicídio.

Também foi detido Marcos Edcleber Oliveira Machado, que é investigado pela morte de Maria Auxiliadora Silva Colares. A mulher foi encontrada despida e morta no interior do porta malas de um carro. O caso ocorreu na Vila Peri. O suspeito não registra antecedentes criminais.

19:13 · 06.08.2014 / atualizado às 19:13 · 06.08.2014 por

Após uma investigação da Coordenadoria Integrada de Inteligência (Coin) em parceria com a Delegacia Metropolitana de Aquiraz (DMA), três pessoas foram presas, na tarde desta quarta-feira (6), no bairro da Gruta, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), por suspeita de envolvimento com tráfico de drogas.

De acordo com a Polícia, a venda era negociada pelo telefone e a entrega era realizada via “Delivery”. As investigações da Polícia duraram mais de dois meses e culminaram na prisão de uma mulher e dois homens com uma pequena quantidade de cocaína, em um comércio de descartáveis.

A Polícia apreendeu com os suspeitos, um revolver de calibre 38, uma pequena quantidade de crack, 17 munições, e cerca de R$12 mil em dinheiro e um veículo Corolla de cor Prata.

De acordo com o delegado Tarcísio Coelho, o casal Ney Martins Melo,40 e Yara da Silva Aquino,20, são proprietário da loja e realizavam a venda dos entorpecentes através do telefone, o outro suspeito envolvido, Francisco Ernaldo de Oliveira da Silva,35, era quem fazia a entrega dos entorpecentes em domicílio no veículo Corolla.

Os três foram presos e indiciados por tráfico de drogas e Ernaldo de Oliveira deve responder também por porte ilegal de arma.

23:16 · 28.05.2014 / atualizado às 23:25 · 28.05.2014 por
Foto: divulgação
A arma roubada do policial civil na ação criminosa foi recuperada. Uma pistola calibre 380 também foi apreendida (Foto: divulgação)

Três pessoas foram detidas ontem suspeitas de envolvimento no resgate de dez presos do 18º DP (Jurema) na noite da última terça-feira. A operação da Polícia Civil teve início pela manhã e envolveu duas equipes da Delegacia de Narcóticos (Denarc), mais duas da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e uma de inspetores do 32º DP (Bom Jardim).

Os policiais realizaram as prisões na Comunidade da Paz, onde foram apreendidos crack e cocaína. A pistola do inspetor da Polícia Civil que foi roubada durante o resgate também foi recuperada, além de uma pistola 380. Duas motos foram apreendidas e levadas para o 32º DP. As equipes chegaram com os detidos por volta das 16 horas. O procedimento foi realizado pelo titular do 32º DP, delegado Rudson Rocha, que preferiu não entrar em detalhes sobre a identificação dos presos e as circunstâncias das detenções.

De acordo com informações de um inspetor que participou da operação, um dos suspeitos teve envolvimento direto na invasão da delegacia e seria responsável por homicídios na área do Bom Jardim. Os policiais também apreenderam equipamentos eletrônicos. Parentes e amigos dos detidos foram para a Delegacia e tentaram intimidar a equipe de reportagem.

A reportagem apurou que envolvidos do caso do resgate do sete presos do 19º DP (Conjunto Esperança) também foram identificados. A Polícia Civil deve divulgar durante o dia de hoje o resultado completo da operação e os respectivos processos que os suspeitos devem responder na Justiça.

Resgate

Na noite última terça-feira (27), três indivíduos invadiram o 18º DP e resgataram 10 detentos. O trio rendeu o inspetor permanente e obrigou a vítima a abrir o cadeado de uma das celas. O nervosismo teria impedido o inspetor de abrir a cela de imediato e ele foi espancado pelos bandidos, que também o ameaçaram de morte. O inspetor foi salvo pelos presos que estavam no xadrez e pediram que os comparsas não o matassem.

No dia anterior ao resgate da delegacia da Jurema, o 19º DP (Conjunto Esperança) foi invadido por uma dupla armada, que resgatou sete detentos, porém o objetivo dos suspeitos seria retirar da Delegacia Luis Carlos Freitas da Silva, preso há duas semanas com um carro clonado e uma arma de numeração raspada.

19:16 · 12.05.2014 / atualizado às 19:55 · 12.05.2014 por
Foto: VC Repórter
Foto: VC Repórter

Um detento tentou fugir do Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira (IPPOO II) no último domingo (11), período comemorativo do Dia das Mães.  O preso usou roupa feminina e peruca  para passar pelos agentes penitenciários, mas não obteve êxito devido o cadastro biométrico.

O detento aproveitou o dia de grande fluxo do presídio para tentar enganar os funcionários da unidade prisional. Não há informações sobre a maneira que o homem teve acesso aos pertences. Todo o material foi apreendido pelos agentes penitenciários.

A Secretaria de Justiça do Estado e Cidadania (Sejus) confirmou a tentativa de fuga e informou que não primeira vez que um detento tenta fugir de um presídio em meio as visitas femininas.

A Sejus ressalta que é impossível a saída de um detento disfarçado das unidades, pois a entrada e saída do local  é controlada por um cadastro biométrico que identifica o visitante.

A reportagem recebeu as imagens por meio  da ferramenta de interação do Diário do Nordeste VC Repórter no WhatsApp – número (85) 8948.8712.

 

Foto: VC Repórter
Foto: VC Repórter
01:38 · 12.05.2014 / atualizado às 01:38 · 12.05.2014 por
Policiais apreenderam armas, algemas e cheques com a dupla. FOTOS: DIVULGAÇÃO
Policiais apreenderam armas, algemas e cheques com a dupla. FOTOS: DIVULGAÇÃO

A Polícia Militar conseguiu evitar um assalto a um sítio na cidade de Horizonte, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) na noite do último domingo (11), após denúncias anônimas. Na ação, os militares prenderam um casal, portando duas escopetas calibre 12, mais de R$ 2 mil em cheques e 112 algemas de plástico. Um terceiro suspeito está foragido.

Era por volta das 21h quando a família chegava à residência. Ao adentrarem no local, foram abordados por três pessoas, sendo dois homens e uma mulher, ocupantes de um veículo Palio de cor azul. O trio estava armado e ameaçou a família com as escopetas, calibre 12.

Foi quando a Polícia recebeu o chamado, de acordo com o sub-tenente Xavier, que comandou a ação. “Estávamos em uma blitz em um local próximo, e fomos atender a ocorrência. Nos deparamos com o veículo, conforme dito pela denúncia. O trio ainda chegou a ameaçar um enfrentamento, porém, por estarem em menor número, optaram por se render”, conta, frisando que conseguiram evitar mais uma ação do bando, que já é investigado na região por ações semelhantes a sítios. Um dos homens integrantes da quadrilha conseguiu escapar.

“Ele largou um revólver calibre 38, municiado, e fugiu pelo matagal”, explicou o sub-tenente. A Polícia realizou buscas durante a noite na tentativa de localizá-lo. Até o fechamento desta edição, o suspeito permanecia foragido.

O casal que permaneceu no veículo foi preso, sendo identificados como Francisco Jarbas Teixeira de Oliveira, 27 e Antônia Juliete Pinheiro da Silva, 24. Os dois são naturais de Quixadá, no Sertão Central, e, embora estivessem juntos no mesmo carro, alegaram aos policiais que não se conheciam.

Junto com a dupla, os PM’s apreenderam duas escopetas calibre 12, quatro cartuchos de munição, mais de R$ 2 mil em cheques e 112 algemas de plástico.

As placas usadas no veículo foram clonadas de uma motocicleta, conforme dados do Sistema Nacional de Segurança Pública (Sinesp Cidadão).

Todo o material apreendido e a dupla presa foram encaminhados para a Delegacia Regional do Eusébio.

Participaram da ação policial equipes do Ronda do Quarteirão do Comando de Polícia Comunitária (CPCom) de Fortaleza, com apoio do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) e da Guarda Municipal de Horizonte.

21:50 · 02.04.2014 / atualizado às 22:17 · 02.04.2014 por
Preso Aracati
Traficante estava com 35 papelotes de cocaína, um revólver e munição (Foto: reprodução / Facebook)

Uma operação das polícias Militar e Civil de Aracati resultou na prisão de um homem na tarde desta terça-feira (1). Bergson Braga, conhecido como Berg, estava no Campo São Francisco, no Bairro de Fátima em Aracati, quando foi abordado por policiais. Ele estava com 35 papelotes de cocaína, um revólver e munição, além de embalagem para a droga e um caderninho de anotações.

Bergson Braga foi apreendido depois que postou foto na rede social facebook, com um caderno e alguns papelotes de drogas. “Foi a partir dessas fotografias que a Polícia vinha monitorando, justamente porque ele se exibia na internet”, revelou o comandante da Polícia Militar de Aracati, Major Romero Colares.

De acordo com o delegado regional de Aracati, Tony Pinheiro, a prisão foi em cumprimento de um mandado de busca apreensão que ele havia solicitado junto ao Ministério Público Estadual. “Essa integração entre as Polícias está sendo a razão do sucesso dessa e de outras operações, merecendo destaque ainda o apoio do Ministério Público”.

O comandante da Polícia Militar de Aracati, major Romero Colares, também comemorou a prisão de Berg. “É mais um traficante que tiramos de circulação. Um alívio para a Polícia e população”, ressaltou. Bergson Braga foi autuado na Delegacia Regional de Aracati por tráfico de drogas e porte ilegal de armas.

22:04 · 12.02.2014 / atualizado às 22:04 · 12.02.2014 por
O carro roubado ficou avariado depois de colidir com outros dois durante a perseguição policial FOTO: Kléber Gonçalves
O carro roubado ficou avariado depois de colidir com outros dois durante a perseguição policial por dois bairro da Zona Oeste da Capital FOTO: Kléber Gonçalves

Roubo, perseguição, tiros, acidente, dois adultos presos e um menor apreendido. Foi o que ocorreu, na manhã desta quarta-feira (12), após bandidos roubar um carro importado, na Parquelândia.  Em poder dos acusados, foi apreendido um revólver, calibre 38 com seis munições intactas.

Os acusados são João Gabriel Pereira da Silva, 18, que responde a processos por roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de arma; Pedro Ximenes Araújo, que tem passagem na Polícia por porte ilegal de arma; e um adolescente de 14 anos, que, apesar da pouca idade, tem uma vasta ficha de atos infracionais.

Por volta de 7h30, os bandidos abordaram Francisco Antônio Brito e tomaram de assalto o Corolla de placas NVE-5720. Seguiram em direção à Avenida Humberto Monte e na Avenida Sargento Hermínio se depararam com uma patrulha do Ronda do Quarteirão.  A perseguição foi iniciada.

O tenente-coronel Francisco Souto, comandante do 5ºBPM e coordenador da Área Integrada de Segurança I (AIS I), determinou que fosse montado o cerco.  No entroncamento com a Avenida Parsifal Barroso e Rua do Trilho, no bairro Álvaro Weyne, o bandido que dirigia o Corolla bateu na traseira do Siena de placas NHH-7830. O Celta OSP-2781 também foi atingido. Ninguém saiu ferido. Além da arma de fogo, foram apreendidos três telefones celulares e dinheiro roubado das vítimas de vários assalto. O adolescente foi autuado na DCA e os adultos no 7º DP (Pirambu).

21:31 · 21.01.2014 / atualizado às 21:40 · 21.01.2014 por
Capitão Bellini, do 8º BPM, recebeu os dois bandidos no 2º DP FOTO: Beatriz Bley
Capitão Bellini, do 8º BPM, recebeu os dois bandidos e a escopeta no 2º DP FOTO: Beatriz Bley

Após duas semanas de buscas sem interrupção, a Polícia prendeu, nesta terça-feira (21), o bandido que vinha praticando assaltos na Via Expressa e avenidas próxima dos bairros Mucuripe, Cocó e Aldeota, usando sempre uma espingarda de calibre 12 – escopeta – na hora de atacar motoristas e passageiros nos semáforos.

Francisco João Miguel Rodrigues da Silva, 24, que apareceu na foto divulgadas nas redes sociais empunhando a escopeta foi encontrado escondido na casa de uma tia, no Barroso (zona Sul da Capital). A espingarda estava enterrada no quintal.
Carlos Antônio Ferreira Lima, 21, acusado de fazer parte da quadrilha, também estava no local e recebeu voz de prisão. Ele tem mandado de prisão em aberto. Os dois negam participação nos assaltos, mas a Polícia afirma que as provas e indícios contra eles são contundentes.

O comandante da 1ª Companhia do 8ºBPM (Aldeota), capitão Hideraldo Bellini, informou à Reportagem que a prisão dos acusados foi resultado de várias ligações a respeito do caso recebidas pelo Tele-Denúncia 181. Na manhã de ontem, acusados foram presos por agentes da Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP), órgão do Estado-Maior da PM.

Em poder dos acusados foi encontrado, além da escopeta, um relógio Rolex, que havia sido roubado durante assalto na Via Expressa. Indagados sobre a escopeta, os dois disseram que não sabiam o paradeiro da arma. Contudo, os agentes revistaram o imóvel e terminaram encontrado-a enterrada no quintal. “Eles assaltam e também traficam drogas, viciam criança e adolescentes que moram em favelas nas proximidades da Via Expressa. Depois, esses mesmos meninos vão também assaltar pra sustentar o vício”, afirma o capitão Bellini.

O oficial do 8ºBPM frisou ainda que o assalto teve repercussão nacional, por conta da divulgação das imagens nas redes sociais e, depois, reproduzidas pela Imprensa, entretanto destacou que a divulgação da fotografia ajudou a Polícia a localizar rapidamente os envolvidos.

O assaltante Francisco João Miguel  Rodrigues da Silva, 24, é o bandido que atacava as pessoas nos carros ameaçando-as com a escopeta
O assaltante Francisco João Miguel Rodrigues da Silva, 24, é o bandido que atacava as pessoas nos carros ameaçando-as com a escopeta

O primeiro acusado preso foi o ex-presidiário Antônio Anderson Vinícius Weyne Félix, 22, que aparece na imagem assaltando ocupantes de um veículo, enquanto João Miguel, usando a escopeta, rende as vítimas que estão em outro carro.
Francisco João Miguel Rodrigues da Silva foi autuado em flagrante pela delegada Socorro Portela, titular do Distrito Policial (Meireles). “Como houve perseguição e investigação contínuas, ele foi apanhado em situação de flagrante. O outro (Carlos Antônio) já tem mandado de prisão”, lembrou o capitão Bellini.

Nos últimos dias, a PM reforçou a segurança nos bairros no entorno da Via Expressa

12:38 · 18.01.2014 / atualizado às 12:38 · 18.01.2014 por

 

Geraldo Jackson Lopes da Silva, 30, tinha uma extensa ficha de crimes no Estado de Pernambuco e no Ceará FOTO: Divulgação
Geraldo Jackson Lopes da Silva, 30, tinha uma extensa ficha de crimes no Estado de Pernambuco e no Ceará FOTO: Divulgação

Um bandido pernambucano, que estava morado no Ceará, morreu numa troca de tiros com a Polícia Militar cearense, na noite de sexta-feira, na cidade de Juazeiro do Norte, Região do Cariri, Sul do Estado (493Km de Fortaleza).
Geraldo Jackson Lopes da Silva, 30, foragido da Justiça de três Comarcas de Pernambuco, era considerado um dos bandidos mais procurados no Estado vizinho. Conforme levantamentos feitos pelo Serviço de Inteligência do 2º BPM (Juazeiro do Norte), depois que fugiu de Pernambuco, o criminoso foi morar no Cariri. Sua última residência era na Rua Juazeiro, no bairro Timbaúbas.

Por determinação do comandante do 2º BPM, tenente-coronel Wellington Alves, o Serviço Reservado passou a fazer diligências naquela cidade, pois havia informações de que o foragido havia sido o autor de crimes no Cariri, entre eles, o que vitimou um funcionário da Prefeitura de Caririaçu (466Km de Fortaleza), além da execução de dois traficantes, conhecidos por ‘Fortaleza’ (morto no bairro Frei Damião) e ‘Zóio’ (assassinado no bairro Antônio Vieira.

Com base nas informações, o Serviço de Inteligência, sob o comando do capitão PM L. Rodrigues, se dirigiu ao bairro Timbaúbas e localizou a casa onde o foragido estava morando.
Segundo Rodrigues, quando os policiais cercaram a residência, havia um veículo Celta preto, placas NQI-9667 na porta da casa, com o som em alto volume.

Quando percebeu que estava sendo cercado pelos policiais, Geraldo Jackson sacou de um revólver de calibre 38 e passou a atirar contra os militares, que reagiram. O bandido acabou sendo baleado e socorrido pela própria Polícia para o Hospital regional do Cariri, onde morreu.

Na ficha criminal dele consta que era foragido das Comarcas de Agrestina, Pesqueira e São José do Belmonte. Era acusado, entre outros crimes, de um duplo homicídio, quando matou sua ex-amante e o então atual namorado dela. Ambos foram executados a pauladas. Também era acusado da morte de um topiqueiro em Juazeiro.

Pesquisar

Blog Polícia

Blog de Polícia d Diário do Nordeste
Posts Recentes

10h09mPolícia descobre buraco cavado por presos na Delegacia de Capturas

11h09mCotam prende suspeito de atear fogo em taxista

09h09mDivisão de Homicídios prende homem que matou por ter carro amassado; mais 4 casos são solucionados

06h09mPopulares agridem suspeito de assalto no Bonsucesso; assista ao vídeo

10h09mPoliciais militares promovem campanha para vestir fardamento nas salas de aula

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs