Blog Polícia

Categoria: DHPP


14:47 · 16.07.2014 / atualizado às 15:01 · 16.07.2014 por
FOTO: APOLLO UEZADO
FOTO: APOLLO UEZADO

A equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu nesta quarta-feira (16), um suspeito de envolvimento no assalto que vitimou uma criança de três anos. O caso ocorreu no dia 30 de junho, no bairro Antônio Bezerra, durante uma festa de aniversário.

A informação da prisão do suspeito foi confirmada pelo diretor-adjunto da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Ricardo Romagnolli. O homem chegou na sede da DHPP no início da tarde. A Polícia Civil elucidou o caso e realizou a prisão  16 dias após o crime.

No dia do assalto, a criança estava com o tio, que é policial militar. Eles foram abordados na Rua Tenente Queiroz e um dos suspeitos roubou uma motocicleta.

O veículo parou de funcionar há alguns metros do local do assalto e o mesmo suspeito efetuou  disparos, sendo  que um atingiu a criança. Ela ainda foi encaminhada ao Frotinha do Antônio Bezerra, mas não resistiu aos ferimentos.

Ainda nesta quarta-feira (16), a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS)  realiza uma coletiva às 16 horas para informar sobre a elucidação do crime e divulgar os detalhes da prisão.

18:42 · 11.07.2014 / atualizado às 21:11 · 11.07.2014 por
FOTO: Érika Fonseca
FOTO: Érika Fonseca

A Polícia Civil, através da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), prendeu o suspeito de assassinar o sargento da Polícia Militar Carlos Wanderley Vicente Barbosa, no último dia 21 de junho, no bairro Jangurussu. A prisão ocorreu durante operação de rotina que deteve outras seis pessoas envolvidas em crimes de homicídios.

O suspeito de matar o sargente foi detido, no último dia 3, em casa localizada no mesmo bairro onde ocorreu o crime. Antonio Laílson de Sousa Lima, 21, conhecido como Antônio Pezão, é investigado também pelo envolvimento com brigas de gangues e disputa pelo território de drogas na região.

Foram cumpridos outros 6 mandados de prisão por homicídios. Três desses mandados eram referentes a pessoas que já estavam detidas, cumprindo penas por outros crimes. Anaílton Vieira da Silva, 23, Lindolfo Neto Ferreira Lima, 41, e Francisco Ribeiro da Silva Filho, 21, foram informados dos mandados de prisão em aberto referentes aos crimes de homicídios onde figuram como suspeitos.

Marcos Vinicius Ferreira Costa, 23, que já responde por assalto, foi preso acusado do homicídio de Francisco Elmo Lima Cunha. O fato ocorreu na Rua Piauilinio, bairro Pici. De acordo com as investigações, a vítima era usuária de drogas e realizava pequenos furtos na região, tendo ainda dívidas com traficantes da área.

Antonio Irisvando da Costa foi preso, no último dia 7. Ele foi autuado em flagrante por roubo. Em sua residência foram encontrados vários objetos de vítimas que o reconheceram pela prática dos assaltos.

Na última quarta-feira (9), Paulo Roberto Santos de Sousa, 37, foi preso na Rua Jabuticaba, no Pequeno Mondubim. Ele estava com mandado de prisão em aberto por conta de uma condenação de um homicídio ocorrido em 2001.

23:16 · 28.05.2014 / atualizado às 23:25 · 28.05.2014 por
Foto: divulgação
A arma roubada do policial civil na ação criminosa foi recuperada. Uma pistola calibre 380 também foi apreendida (Foto: divulgação)

Três pessoas foram detidas ontem suspeitas de envolvimento no resgate de dez presos do 18º DP (Jurema) na noite da última terça-feira. A operação da Polícia Civil teve início pela manhã e envolveu duas equipes da Delegacia de Narcóticos (Denarc), mais duas da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e uma de inspetores do 32º DP (Bom Jardim).

Os policiais realizaram as prisões na Comunidade da Paz, onde foram apreendidos crack e cocaína. A pistola do inspetor da Polícia Civil que foi roubada durante o resgate também foi recuperada, além de uma pistola 380. Duas motos foram apreendidas e levadas para o 32º DP. As equipes chegaram com os detidos por volta das 16 horas. O procedimento foi realizado pelo titular do 32º DP, delegado Rudson Rocha, que preferiu não entrar em detalhes sobre a identificação dos presos e as circunstâncias das detenções.

De acordo com informações de um inspetor que participou da operação, um dos suspeitos teve envolvimento direto na invasão da delegacia e seria responsável por homicídios na área do Bom Jardim. Os policiais também apreenderam equipamentos eletrônicos. Parentes e amigos dos detidos foram para a Delegacia e tentaram intimidar a equipe de reportagem.

A reportagem apurou que envolvidos do caso do resgate do sete presos do 19º DP (Conjunto Esperança) também foram identificados. A Polícia Civil deve divulgar durante o dia de hoje o resultado completo da operação e os respectivos processos que os suspeitos devem responder na Justiça.

Resgate

Na noite última terça-feira (27), três indivíduos invadiram o 18º DP e resgataram 10 detentos. O trio rendeu o inspetor permanente e obrigou a vítima a abrir o cadeado de uma das celas. O nervosismo teria impedido o inspetor de abrir a cela de imediato e ele foi espancado pelos bandidos, que também o ameaçaram de morte. O inspetor foi salvo pelos presos que estavam no xadrez e pediram que os comparsas não o matassem.

No dia anterior ao resgate da delegacia da Jurema, o 19º DP (Conjunto Esperança) foi invadido por uma dupla armada, que resgatou sete detentos, porém o objetivo dos suspeitos seria retirar da Delegacia Luis Carlos Freitas da Silva, preso há duas semanas com um carro clonado e uma arma de numeração raspada.

17:00 · 11.04.2014 / atualizado às 17:48 · 11.04.2014 por
A vítima, Raphael Lopes, estava no banco de trás do carro e levou dois tiros durante a  tentativa de assalto. FOTO: Reprodução
A vítima, Raphael Lopes, estava no banco de trás do carro e levou dois tiros durante a tentativa de assalto. FOTO: Reprodução

O Comando Tático Motorizado (Cotam) prendeu, nesta sexta-feira (11) o 2º suspeito de  envolvimento no latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou Rafael Lopes, 27, na avenida Odilon Guimarães, em Messejana.  O crime ocorreu na madrugada do último domingo (23)

De acordo com informações do comandante do Batalhão de Choque (BPChoque), major PM Alexandre Ávila, a prisão foi realizada no começo desta tarde, pela patrulha do sargento PM Jairo.

O major ainda disse que o suspeito foi encaminhado para averiguações na Delegacia de Homicídios e Proteção á Pessoa (DHPP).  Na última terça-feira (8), Renan da Silva Sousa, 18, foi preso pela patrulha do sargento Jones, na Rua Tomás Sampaio, também na comunidade do São Miguel.

Vítima voltava de festa quando foi morta

Raphael voltava de um luau com mais quatro amigos em um automóvel Palio , quando foi surpreendido por uma barreira montada por assaltantes. As vítimas  tentaram fugir e o motorista acelerou o carro, mas a quadrilha atirou contra o veículo. Raphael foi baleado e encaminhado ao hospital Frotinha de Messejana, mas não resistiu aos ferimentos.

21:42 · 03.12.2013 / atualizado às 21:42 · 03.12.2013 por

garoto2  Subiu para 282 o número de adolescentes assassinatos, somente neste ano, na Grande Fortaleza (Capital e Região Metropolitana). Na noite de segunda-feira, no intervalo de apenas três horas e meia, três garotos foram executados em diferentes bairros da Capital cearense.

O primeiro crime foi registrado pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), por volta de 19h29, quando o menor Dênis de Brito Rodrigues, 17, foi atacado por desconhecidos na porta de casa, na Rua Bernardino de Campos, no Parque São José, e acabou sendo morto com vários tiros.
Segundo apurou a Polícia, o garoto tinha passagens pela Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), por prática de atos infracionais.

Logo em seguida, o segundo crime foi registrado às 20h20, na Rua Pedro Sampaio, bairro Quintino Cunha, na zona Oeste de Fortaleza. Na comunidade do Inferninho, bandidos mataram o adolescente Francisco Maycon Ferreira Mendes, 17. Conforme informações colhidas por policiais da 2ª Companhia do 5º Batalhão (Antônio Bezerra) e do Ronda do Quarteirão, o rapaz morava no bairro Jardim Iracema e havia recebido uma ligação em seu celular para ir até o Inferninho. Há suspeitas de que o encontro seria para tratar de tráfico de drogas, muito embora familiares não tenham confirmado tal informação.

Moradores disseram que ouviram os estampidos e, em seguida, o barulho de uma moto saindo do local acelerando em alta velocidade. Uma ambulância do Samu foi chamada ao local e quando os socorristas chegaram, constataram que o rapaz já estava morto. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) enviou uma equipe ao local e descobriu que, cerca de 10 minutos antes, outro crime havia ocorrido no mesmo bairro, quando Claudemar Rodrigues de Sousa foi morto, a tiros, na Rua Baixa dos Milagres.

A Polícia Civil agora investiga os dois casos para saber se eles têm alguma ligação.
Conforme a Perícia Forense, Maycon foi morto com três tiros, sendo um na cabeça e dois nas costas, o que indica um caso de execução sumária.

O terceiro adolescente morto na noite de segunda-feira foi identificado apenas por Marcos Cardoso, também de 17 anos.
O crime ocorreu no cruzamento das ruas São Francisco e Vitória-Régia, no Planalto Ayrton Senna, no Grande Mondubim. As suspeitas também apontam para um crime motivado pelo tráfico de entorpecentes.

22:36 · 02.12.2013 / atualizado às 22:36 · 02.12.2013 por

Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, hoje, um jovem acusado de matar uma adolescente na semana passada. A garota, identificada como Samara Freires Ribeiro, 17, foi assassinada, a tiros, na noite da última quinta-feira (28) na porta de casa, em Messejana. A mãe dela, Maria Daniela Freires da Silva, também foi baleada pelo mesmo homem, mas resistiu.  O suspeito preso trata-se de Lucas Menezes de Carvalho, 19. Ele confessou participação no crime, entretanto negou ter atirado nas vítimas.

O diretor adjunto da DHPP, delegado Ricardo Romagnoli, informou que a adolescente foi morta porque teria testemunhado vários homicídios praticados por Lucas de Carvalho e os comparsas dele. “Uma dessas vítimas seria parente da Samara”, destacou o delegado.

O homicídio ocorreu na Rua Eliziário Mendes. A mãe da adolescente foi levada ao Hospital Distrital Edmilson Barros de Oliveira, o “Frotinha” de Messejana, onde permanece internada No local de crime, os inspetores da DHPP receberam informações sobre as pessoas que praticaram o delito. No dia seguinte, os policiais civis foram informados que um dos suspeitos estaria nas proximidades da Rua Eliziário Mendes.

Os inspetores da DHPP se dirigiram a Messejana e encontraram Lucas de Carvalho, que não ofereceu resistência. Como os policiais civis estavam no encalço dos suspeitos, o acusado, de acordo com a Lei, foi autuado em flagrante.
Lucas Menezes de Carvalho foi autuado pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio. Ao falar sobre o crime, ele não declinou os nomes dos comparsas, nem quanto eram. Ricardo Romagnoli salientou que os assassinatos cometidos pelo grupo ao qual Lucas de Carvalho pertence têm relação com o tráfico de drogas no bairro.

21:49 · 26.11.2013 / atualizado às 21:49 · 26.11.2013 por

 Um jovem de 18 anos e um adolescente de 16 foram assassinados, na tarde de hoje, em um terreno baldio, no bairro Curió. De acordo com a Polícia, o imóvel que fica em local ermo, é casualmente ocupado por usuários de drogas e ladrões que vão até lá partilhar objetos dos assaltos que praticam na região.  Moradores das Ruas Chico Silvestre e Waldizar Saldanha Fontenele, ligaram para a Polícia avisando que teriam ouvido disparos de armas de fogo. Os populares denunciaram que um automóvel Corsa, de cor prata, trazia vários homens armados, que seriam os responsáveis pelas mortes.

Várias patrulhas saíram à procura do local de difícil acesso e acabaram se deparando com os cadáveres. O adolescente não teve identidade oficial confirmada. Já os familiares do jovem de 18 anos estiveram no local de crime e informaram que o nome dele era Marcos Breno. No entanto, não apresentaram documentos aos PMs.

Uma parente de Marcos Breno revelou que ele era usuário de drogas e que havia saído recentemente da cadeia, onde cumpriu pena por ter sido detido portando ilegalmente uma arma. Policiais do Ronda do Quarteirão que atenderam à ocorrência contaram que Breno já era conhecido na área por praticar roubos.

O motivo das execuções ainda não foi esclarecido. Policiais do Ronda disseram que pode ter sido uma confusão gerada na hora de mais uma partilha de roubo ou um crime encomendado. Uma equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve no local colhendo informações sobre o caso.  Em pouco mais de 24 horas, foi o segundo caso de duplo homicídio na Grande Fortaleza. Todas as vítimas tinha idades entre 16 e 20 anos. O primeiro caso, aconteceu anteontem, no Sítio Mangueiral, no Município do Eusébio. Um casal, ainda não identificado, foi morto a tiros.

21:28 · 11.11.2013 / atualizado às 21:28 · 11.11.2013 por

Policiais do Comando Tático Motorizado (Cotam), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), capturaram, hoje à tarde, um dos bandidos mais procurados da Capital. Trata-se do traficante de drogas, homicida e chefe de quadrilha Irineudo Ferreira Lima, 31, o ‘Pequeno’, acusado de comandar ataques armados com mortes no Conjunto São Miguel, em Messejana. 

O bandido foi capturado por uma patrulha do Cotam comandada pelo sargento PM Jones, quando estava escondido na casa da avó, na Rua Manuel Arruda. Ele ainda tentou fugir pelo telhado de residências vizinhas, mas estava desarmado e acabou sendo dominado. 

‘Pequeno’ estava sendo caçado pela Polícia desde o começo da tarde de sábado passado, quando teria comandado um ‘bonde’ de traficantes e assassinos da Favela da Mangueira, que invadiu a sua rival, a Favela Coqueirinho.  

O ‘bonde’, composto por 12 homens usando pistolas Ponto 40, escopetas e duas metralhadoras, ocupando dois carros e duas motocicletas, distribuiu tiros por várias ruas e vielas da Coqueirinho, na tentativa de praticar um triplo assassinato contra traficantes concorrentes. Depois de abrir fogo na favela, a quadrilha fugiu e o local foi cercado por várias patrulhas do Ronda do Quarteirão, do 16º BPM (Messejana), BPRaio e pelo BPChoque. 

No cerco, um dos comparsas de ‘Pequeno’, identificado como Amaury dos Santos de Paulo, que seria o fornecedor de armas para a quadrilha, acabou preso também pelo Cotam e encaminhado à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

12:55 · 17.10.2013 / atualizado às 13:25 · 17.10.2013 por

Entrei de férias. Mas logo no primeiro dia, recebo um telefone no celular. Do outro lado da linha, um coronel da Polícia Militar. Angustiado, ele me pergunta: Fernando, o que fazer para reduzir essa violência desmedida em Fortaleza?

 

A resposta, é simples, embora a solução demande esforço concentrado das autoridades: botar bandido na cadeia.

Se o governador Cid quiser reduzir essa violência em Fortaleza, e, de resto, em todo o Estado, precisa montar uma força-tarefa. Precisa agir.Está na hora. Como? Reúne na mesma mesa quem de direito: secretário da Segurança Pública, secretária de Justiça, procurador da Justiça, presidente do Tribunal de Justiça, Presidência da OAB, juízes das varas Criminais, do Júri, dos Entorpecentes,  das Execuções Penais e da Corregedoria dos Presídios. Chama também o controlador de disciplina, o comandante da PM, o delegado-geral da Polícia Civil, a coordenadora da Coin, o diretor da DHPP e os delegados de Roubos e Furtos e de Narcóticos.

Sentem todos na mesma mesa. De preferência, longe da Imprensa e num fim de semana.

Firmem um pacto PACTO PELA VIDA  E PELA CIDADANIA NO CEARÁ.  E cada um em sua esfera, faça o dever de casa. Investigar, identificar, prender, denunciar, decretar as prisões e mandar para a cadeia os chefões do tráfico em Fortaleza e no Ceará. Prender agentes públicos que dão suporte aos criminosos, impedir a soltura fácil daqueles  marginais que mandam matar e assaltar, transferir para os presídios federais os tubarões do tráfico (como foi feito na semana passada com o traficante Renan). E, certamente, isso terá efeito nas ruas. Do contrário, essa avalanche de assaltos e homicídios não terá fim e, certamente, os oposicionistas e oportunistas vão levar isto a palanque no próximo ano, que é de eleições.

Chefões de quadrilhas de traficantes de drogas foram presos no começo do ano pela Denarc. Mas todos, falei TODOS, estão novamente soltos. Perguntem sobre isso ao delegado da Denarc  que ele vai confirmar. E quando são soltos, comemoraram com fogos, churrasco e tiros, a soltura, por ordem da Justiça e com o aval do MP. E quando quando retornam às ruas, mandam fuzilar todos aqueles que eles acham que contribuíram para as suas prisões. E tome homicídio nas ruas da Capital.

Do começo do ano até setembro, a Grande Fortaleza registrou, nada mais, nada menos, que 1.996 assassinatos. ISSO MESMO, 1.996 HOMICÍDIOS.

Cadê o compromisso da Justiça e do Ministério Público com a sociedade?  Por que os criminosos outra vez nas ruas? reflitam.

Ao governador CID ficam as sugestões acima. Ou faz isto, ou a oposição vai deitar e rolar no próximo ano, e o cidadão cearense vai continuar à mercê da bandidagem.

 

Amanhã, darei sugestões concretas ao governador sobre o assunto

21:45 · 29.09.2013 / atualizado às 08:08 · 30.09.2013 por

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já identificou um dos bandidos envolvidos na morte do policial militar Jônathas Gonçalves Hilgenberg, 31, assassinado, a tiros, na noite de sexta-feira passada. O crime ocorreu na esquina das ruas Castro Alves e Ana Bezerra, no bairro Joaquim Távora.

O novo diretor daquela Especializada, delegado Luiz Carlos Dantas, comandou pessoalmente as primeiras investigações de campo. Dantas esteve no local do crime e coordenou o trabalho de duas equipes de inspetores e escrivães da DHPP na coleta de provas na cena do crime.

Ainda no local do assassinato, a Perícia Forense encontrou, pelo menos, 10 cápsulas de cartuchos de calibre 380. Uma pistola do mesmo calibre foi encontrada a poucos metros do corpo do PM.

Exame pericial feito no corpo do militar ainda no local do crime constatou cerca de 15 ferimentos a bala. Para a Polícia, o PM, mesmo já baleado, conseguiu sacar sua arma e trocou tiros com os criminosos. Um deles teria ficado ferido. Os assassinos fugiram do local em um Gol preto com o apoio de uma moto.

Pesquisar

Blog Polícia

Blog de Polícia d Diário do Nordeste
Posts Recentes

10h09mPolícia descobre buraco cavado por presos na Delegacia de Capturas

11h09mCotam prende suspeito de atear fogo em taxista

09h09mDivisão de Homicídios prende homem que matou por ter carro amassado; mais 4 casos são solucionados

06h09mPopulares agridem suspeito de assalto no Bonsucesso; assista ao vídeo

10h09mPoliciais militares promovem campanha para vestir fardamento nas salas de aula

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs