Blog Polícia

Categoria: Prisão


13:38 · 12.08.2014 / atualizado às 19:59 · 12.08.2014 por
Policiais do Batalhão de Choque imobilizaram o suspeito e realizaram a prisão. FOTO: Divulgação
Policiais do Batalhão de Choque imobilizaram o suspeito e realizaram a prisão. FOTO: Divulgação

A funcionária de uma lanchonete foi feita refém em tentativa de assalto, na Rodoviária Engenheiro João Thomé, localizada na Av. Borges de Melo, no bairro de Fátima. O caso ocorreu por volta das 8h30min desta terça-feira (12).

De acordo com o capitão Daniel Lima, a mulher de 47 anos trabalhava quando o suspeito se aproximou e tentou realizar um assalto, mas foi cercado tomou a vítima como refém utilizando de uma faca para ameaçá-la.  A ação durou mais de 1 hora.

O capitão ainda informou que foi estabelecida uma tentativa de negociação, mas o suspeito estava perturbado e afirmava, a todo instante, que iria matar a funcionária. “Nos aproximamos e no momento que foi apontado o laser da arma de choque, que é um teaser, ele jogou a faca de sete polegadas, invadimos o local e dominamos ele” explica o oficial.

Francisco Lindomar da Silva, 47, foi preso e encaminhado ao 4º DP , no Pio XII. Depois foi encaminhado ao instituto de identificação, para que seja realizada uma identificação criminal, pois o suspeito seria foragido do Rio Grande do Norte, após cometer crimes de roubo e estupro.

A patrulha responsável pela prisão foi do Capitão Daniel Lima, cabo PM Ricardo e soldados PM Tavares e Shertany.

19:13 · 06.08.2014 / atualizado às 19:13 · 06.08.2014 por

Após uma investigação da Coordenadoria Integrada de Inteligência (Coin) em parceria com a Delegacia Metropolitana de Aquiraz (DMA), três pessoas foram presas, na tarde desta quarta-feira (6), no bairro da Gruta, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), por suspeita de envolvimento com tráfico de drogas.

De acordo com a Polícia, a venda era negociada pelo telefone e a entrega era realizada via “Delivery”. As investigações da Polícia duraram mais de dois meses e culminaram na prisão de uma mulher e dois homens com uma pequena quantidade de cocaína, em um comércio de descartáveis.

A Polícia apreendeu com os suspeitos, um revolver de calibre 38, uma pequena quantidade de crack, 17 munições, e cerca de R$12 mil em dinheiro e um veículo Corolla de cor Prata.

De acordo com o delegado Tarcísio Coelho, o casal Ney Martins Melo,40 e Yara da Silva Aquino,20, são proprietário da loja e realizavam a venda dos entorpecentes através do telefone, o outro suspeito envolvido, Francisco Ernaldo de Oliveira da Silva,35, era quem fazia a entrega dos entorpecentes em domicílio no veículo Corolla.

Os três foram presos e indiciados por tráfico de drogas e Ernaldo de Oliveira deve responder também por porte ilegal de arma.

18:01 · 29.07.2014 / atualizado às 18:01 · 29.07.2014 por

Um ex-policial militar foragido da Justiça por crimes cometidos em Alagoas e Ceará foi preso pelo Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), nas proximidades da Arena Castelão.

Marcelo Luiz Barros Seixas, 45, estava em posse de munições calibre 38. Segundo informações da Polícia, o alagoano reside em Fortaleza há 14 anos, no bairro Cajazeiras, mas viaja constantemente para outras cidades.

Em Fortaleza, o acusado responde na Justiça por ameaça e por tentativa de homicídio contra um professor no ano de 2012. O crime foi motivado por uma desavença. Ele também é investigado pela Polícia pelo envolvimento em crimes de roubos de cargas.

Já em Alagoas, Marcelo possui um mandado de prisão por um homicídio cometido em Satuba, no ano de 1997. A vitima foi a jovem Gisele Sublime dos Santos. De acordo com informações da Polícia Civil, o crime teve a participação do ex-prefeito alagoano Adalberom de Moraes Barros.

A Polícia acredita que a ação foi motivada por interesses comerciais, pois o ex-PM era segurança do ex-prefeito Adalberam. O suspeito também possui mandado de prisão por roubo a carro-forte, ainda em 1997. As investigações da Polícia identificaram que os delitos foram realizados na companhia de outros policiais militares e civis em Alagoas.

As investigações relacionadas aos delitos devem continuar em Fortaleza

16:07 · 29.07.2014 / atualizado às 18:11 · 29.07.2014 por
FOTO: Rui Nóbrega
FOTO: Rui Nóbrega

508 apenados de 25 unidades prisionais cearenses participaram do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), nesta terça-feira (29). O Encceja é uma avaliação do Ministério da Educação que oferece a jovens e adultos que não concluíram o Ensino Fundamental na idade certa a oportunidade de certificar a conclusão do nível escolar.

Entre os inscritos, 399 são da Região Metropolitana de Fortaleza e o restante do interior do Estado. O Exame permite avaliar o nível de ensino ofertado aos alunos do Ensino Fundamental do Sistema Prisional, além de garantir o diploma de certificação do ensino fundamental.

A educação prisional cearense envolve 2.824 pessoas em 64 estabelecimentos prisionais, gerenciados em uma parceria da Sejus com a Seduc. Quando ampliadas as instituições municipais, ONGs e instituições privadas, o número é de 3.139 presos estudando em todo o Estado. As atividades desenvolvidas neste âmbito foram reconhecidas pelo Conselho Nacional de Justiça.

Segundo o assessor de Educação da Sejus, Rodrigo Moraes, o exame é uma grande oportunidade para garantir o direito da pessoa privada de liberdade. Para que ele possa ser certificado e para nós avaliarmos o nível de aprendizado tanto dos internos como dos alunos do sistema penitenciário. No Estado do Ceará são 508 participantes em 25 unidades prisionais.

O diretor da CPPL III, Marcos Karbage, informa que na casa de privação funciona a escola, também com projetos de tapeçaria, fábrica de bola, de enfeites e na medida que vão surgindo os projetos a diretoria vai agregando aos 1.360 internos.

Assista ao vídeo

21:26 · 28.07.2014 / atualizado às 21:35 · 28.07.2014 por
FOTO: Rui Nóbrega
FOTO: Rui Nóbrega

Um paulista de 28 anos foi detido na comunidade da Colônia, na Barra do Ceará, depois de manter a família em cárcere privado dentro da própria residência por cerca de duas horas.

Edgar Augusto Midena permaneceu armado com uma tesoura e ameaça a sogra, a companheira e mais três crianças, inclusive um bebê. De acordo com informações do capitão Daniel Lima, as negociações duraram cerca de 30 minutos.

A motivação do conflito seria familiar e quando os policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) chegaram ao local o paulista estava desarmado e passou a negociar a liberação das vitimas com os policiais. Inicialmente, o rapaz liberou a sogra, mas após cerca de 20 minutos, se entregou aos policiais e liberou também a companheira, com o bebê de colo, e as crianças.

Edgar foi encaminhado ao 7º DP (Pirambu) por uma viatura do Gate.

Polícia foi acionada no dia anterior

No dia anterior ao incidente, uma viatura do Ronda do Quarteirão foi acionada para uma ocorrência de conflito familiar na mesma residência. Uma mulher gestante estava no local e a companheira de Edgar denunciava a ameaça. Apesar dos policiais orientarem a mulher a prestar queixa na delegacia, ela preferiu não realizar o Boletim de Ocorrência (B.O), conforme informaram os policiais da área.

Os policiais do Batalhão de Choque (BPChoque), no comando do Capitão Vasconcelos e Policiamento Ostensivo Geral (POG), no comando do major PM Alves também estiveram no apoio.

Assista ao vídeo

19:29 · 25.07.2014 / atualizado às 21:29 · 25.07.2014 por

Uma quadrilha foi presa em flagrante ao roubar uma ótica na Avenida João Pessoa, bairro Parangaba. O caso ocorreu durante a manhã desta sexta-feira (25), quando o serviço reservado do Batalhão de Choque recebeu uma denúncia com a localização da ação criminosa, conforme informou o comandante em exercício do Batalhão de Choque (BPchoque), major Martins.

Os policiais do Comando Tático Motorizado (Cotam), do BPChoque, realizaram uma campana e prenderam Paulo Henrique de Oliveira, que responde na Justiça por lesão corporal, Jeferson Henrique de Araújo, Reinaldo Vieira Gonçalves Filho, que responde na Justiça por extorsão mediante sequestro, e um adolescente de 16 anos.

O grupo de policiais militares comandados pelo capitão PM Daniel Lima, apreenderam duas armas, sendo uma pistola calibre 365 e um revólver calibre 38, com numeração raspada. A patrulha 4018 e 4020 encaminhou os suspeitos ao 25º DP (Vila União), onde foram autuados em flagrante por roubo qualificado.

Os suspeitos invadiram a ótica armados e anunciaram o assalto, eles pretendiam levar os produtos da ótica. Mais de 40 óculos, a maioria para ser entregue por encomenda, estavam dentro da bolsa dos assaltantes. Durante a ação, o bando ainda lesionou uma funcionária com ‘coronhadas de revólver’.

23:02 · 02.07.2014 / atualizado às 23:10 · 02.07.2014 por
10378001_704092319664488_1723228655491866988_n
(Foto: Divulgação/Ronda do Quarteirão)

Dois cães ajudaram a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal a apreender 42 quilos de droga nesta quarta-feira (2), em duas ocorrências diferentes, sendo o primeiro no município de Chorozinho ( a 64Km de Fortaleza) e o segundo em Acaraú (a 255Km de Fortaleza).

A primeira apreensão ocorreu no quilômetro 070, da BR-116, em Chorozinho, quando o ônibus da empresa Itapemirim que realizava o intinerário São Paulo/Fortaleza, foi abordado pelo Grupo de Operações com cães da PRF do Ceará.

O cão Jack indicou uma mala preta com azul durante a fiscalização no bagageiro inferior do veículo. A mala foi aberta e a PRF encontrou 12 bexigas com dois tabletes de maconha, todo o material envolto em saco plástico e perfume.

A bolsa estava sem identificação e foi necessário que os policiais realizassem entrevistas com cada passageiro. Um paulista de 54 anos assumiu ser o dono da mala e informou aos policiais que levaria o material para Fortaleza. Aproximadamente 30 quilos de drogas foram encaminhadas à sede da PF.

10521891_727946253929484_659419691_n
(Foto: Divulgação/PRF)

Já na localidade de ‘Chapadinha’, em Jijoca de Jericoacoara equipes do Ronda Tático, Policiamento Ostensivo Geral e Polícia Civil apreenderam 10 quilos de maconha e dois de crack utilizando uma cadela farejadoura.

De acordo com informações do comandante do Ronda do Quarteirão Acaraú, capitão PM Rafael, na ação foi utilizada uma cadela farejadora chamada ‘Sasha‘, que é treinada por um policial no quartel de Acaraú.

O delegado de Jijoca de Jericoacoara repassou aos policiais militares dois mandados de prisão para os suspeitos. Parte da droga estava enterrada e a outra estava em cima de um Cajueiro. Foram presos Valderi Silva,38, e Geovanni Nunes Sousa, 33.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

09:55 · 20.06.2014 / atualizado às 14:29 · 20.06.2014 por
Os dados de barrinha aparecem na lista dos mais procurados do Estado / FOTO: Reprodução/SSPDS
Os dados de barrinha aparecem na lista dos mais procurados do Estado / FOTO: Reprodução/SSPDS

Atualizada às 14h26min

Uma operação da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) prendeu o homem mais procurado do Estado do Ceará  por crimes de assalto e explosões a banco e sequestro. A ação ocorreu  durante a madrugada desta sexta-feira (20).

Francisco de Assis foi detido em um supermercado localizado no Passaré, quando fazia compras, portando uma pistola .40. Já na casa do criminoso, também foram apreendidas 28 capsúlas de pistola .40, mais 25 capsulas de fuzil 556 e dois carregadores para fuzil.

De acordo com informações do delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), delegado Raphael Vilarinho, “Barrinha’ se assustou com a abordagem da Polícia e tentou fugir, mas foi impedido pela equipe de policiais civis.

A Delegacia de Roubos e Furtos já investigava o suspeito e, há cerca de dois meses, obteve a informação de que ‘Irmão’ estava morando em um condomínio de classe média alta na Rua Rubens Monte, no bairro Maraponga. A Polícia também descobriu que ele possuia armas e munição, então passou a realizar campanas diárias e acompanhar a rotina do procurado.

Francisco de Assis Fernandes da Silva, 38, conhecido como ‘Barrinha’ ou ‘Irmão’ é considerado pela Polícia como o principal criminoso especializado em explosões e roubo a banco. Ele é suspeito de ter atacado a agência do Banco do Brasil do município de Milhã (301 Km de Fortaleza), em julho de 2012.

No mês de abril deste ano, “Barrinha’ ganhou liberdade devido a uma falha na Justiça e saiu pela porta da frente em uma penitenciária de Pacatuba. ‘Barrinha’ também comandado três crimes de sequestro que ocorreram nos anos de 2006 e 2007, em uma das ações criminosas um empresário do ramo de combustível. O suspeito responde na Justiça a mais de 30 processos criminais, sendo a maioria por assalto e formação de quadrilha. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e o delegado Raphael Vilarinho não entraram em detalhes sobre a prisão, pois a operação ainda não terminou.

01:38 · 12.05.2014 / atualizado às 01:38 · 12.05.2014 por
Policiais apreenderam armas, algemas e cheques com a dupla. FOTOS: DIVULGAÇÃO
Policiais apreenderam armas, algemas e cheques com a dupla. FOTOS: DIVULGAÇÃO

A Polícia Militar conseguiu evitar um assalto a um sítio na cidade de Horizonte, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) na noite do último domingo (11), após denúncias anônimas. Na ação, os militares prenderam um casal, portando duas escopetas calibre 12, mais de R$ 2 mil em cheques e 112 algemas de plástico. Um terceiro suspeito está foragido.

Era por volta das 21h quando a família chegava à residência. Ao adentrarem no local, foram abordados por três pessoas, sendo dois homens e uma mulher, ocupantes de um veículo Palio de cor azul. O trio estava armado e ameaçou a família com as escopetas, calibre 12.

Foi quando a Polícia recebeu o chamado, de acordo com o sub-tenente Xavier, que comandou a ação. “Estávamos em uma blitz em um local próximo, e fomos atender a ocorrência. Nos deparamos com o veículo, conforme dito pela denúncia. O trio ainda chegou a ameaçar um enfrentamento, porém, por estarem em menor número, optaram por se render”, conta, frisando que conseguiram evitar mais uma ação do bando, que já é investigado na região por ações semelhantes a sítios. Um dos homens integrantes da quadrilha conseguiu escapar.

“Ele largou um revólver calibre 38, municiado, e fugiu pelo matagal”, explicou o sub-tenente. A Polícia realizou buscas durante a noite na tentativa de localizá-lo. Até o fechamento desta edição, o suspeito permanecia foragido.

O casal que permaneceu no veículo foi preso, sendo identificados como Francisco Jarbas Teixeira de Oliveira, 27 e Antônia Juliete Pinheiro da Silva, 24. Os dois são naturais de Quixadá, no Sertão Central, e, embora estivessem juntos no mesmo carro, alegaram aos policiais que não se conheciam.

Junto com a dupla, os PM’s apreenderam duas escopetas calibre 12, quatro cartuchos de munição, mais de R$ 2 mil em cheques e 112 algemas de plástico.

As placas usadas no veículo foram clonadas de uma motocicleta, conforme dados do Sistema Nacional de Segurança Pública (Sinesp Cidadão).

Todo o material apreendido e a dupla presa foram encaminhados para a Delegacia Regional do Eusébio.

Participaram da ação policial equipes do Ronda do Quarteirão do Comando de Polícia Comunitária (CPCom) de Fortaleza, com apoio do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) e da Guarda Municipal de Horizonte.

18:48 · 03.04.2014 / atualizado às 23:04 · 03.04.2014 por
Foto: Kid Jr.
Titular do 32º DP, delegado Rudson Rocha, realizou a prisão/ Foto: Kid Jr.

Um pai e o filho foram detidos suspeitos de envolvimento em um duplo-homicídio no bairro Bom Jardim. A prisão ocorreu na tarde desta quinta-feira  (3), horas após encontrarem os dois corpos envoltos em sacos plástiscos. A investigação teve êxito devido um rastro de sangue encontrado no local.

Segundo informações do titular do 32º DP (Bom Jardim), delegado Rudson Rocha, os corpos de Antônio Ferreira dos Santos e Ricardo Nascimento da Silva, conhecido como ‘Zinha’ estavam na via sem roupas, na Rua Naiara Batista, localizada nas proximidades do Cemitério do Bom Jardim. A Polícia Civil percorreu cerca de 800 metros seguindo o rastro de sangue, que terminava em uma vacaria (local propício a criação de gado). “Encontramos roupas que possuiam poucos vestígios de sangue e mostramos as famílias das vítimas, que reconheceram as vestimentas como as peças usadas pelas duas vítimas na noite anterior ao crime”, explicou.

Os corpos apresentavam ferimentos causados por um instrumento corto-contundente. As investigações apontaram que as duas vítimas estavam acompanhadas do suspeito Francisco Wagner Nassau Brito e outro homem na vacaria. Todos estavam ingerindo bebidas alcoolicas e iniciaram uma discussão que terminou no assassinato de Antônio e Ricardo. Para o delegado Rudson Rocha, os corpos foram levados em um carrinho de mão ou de reciclagem.

O pai de Francisco Wagner, Francisco de Paula Nassau da Silva, proprietário da vacaria, disse à Polícia que não teve participação direta no assassinato e estava dormindo no momento da ação criminosa. Mas teria envolvimento no transporte dos corpos. Uma terceira pessoa já foi identificada e a Polícia realiza diligências para prendê-lo.

Francisco Wagner e Francisco de Paula foram autuados em flagrante no 32º DP, pelo crime de homicídio qualificado, por motivo fútil.

Pesquisar

Blog Polícia

Blog de Polícia d Diário do Nordeste
Posts Recentes

10h09mPolícia descobre buraco cavado por presos na Delegacia de Capturas

11h09mCotam prende suspeito de atear fogo em taxista

09h09mDivisão de Homicídios prende homem que matou por ter carro amassado; mais 4 casos são solucionados

06h09mPopulares agridem suspeito de assalto no Bonsucesso; assista ao vídeo

10h09mPoliciais militares promovem campanha para vestir fardamento nas salas de aula

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs