Busca

Categoria: Felipão


21:42 · 24.05.2017 / atualizado às 21:49 · 24.05.2017 por
Cantor realizou pocket show da FM 93 nesta quarta-feira (Foto: Kleber Gonçalves)

A previsão para o lançamento da primeira produção audiovisual da nova carreira do cantor Felipão é o dia 15 de junho. O DVD foi gravado no Terminal Marítimo de Fortaleza, em abril deste ano. Participaram da gravação a bailarina Lore Improta e o sanfoneiro Dorgival Dantas. O cantor esteve nesta quarta-feira (24), realizando o “FM 93 Ao vivo”, no Sistema Verdes Mares (SVM).

O forrozeiro se prepara também para uma agenda de 30 shows em de junho. Entre as cidades estão Campina Grande (PB)Ubajara (CE).

Confira entrevista:

09:59 · 20.05.2017 / atualizado às 09:59 · 20.05.2017 por
(Foto: divulgação)
(Foto: divulgação)

Já tradicional no calendário de festas universitárias de Fortaleza, o OpenMed anunciou as atrações da próxima edição. Felipão, Taty Girl e a dupla Fran e Diego serão os responsáveis para agitar o público na calourada promovida pelos alunos de Medicina da Universidade de Fortaleza (Unifor).

A festa está marcada para o dia 15 de julho (sábado), no Clube do Médico, na Praia do Futuro.  A venda dos ingressos começa no dia 5 de junho. Os valores ainda não foram divulgados.

 

09:44 · 20.05.2017 / atualizado às 11:35 · 23.05.2017 por
(Foto: Thiago Gadelha)

O cantor Felipão faz show exclusivo no estúdio da FM 93, às 16h da próxima quarta-feira (24), no especial  ‘FM 93 ao Vivo’. A apresentação será acompanhada por 20 ouvintes previamente sorteados pela emissora.

> Primeira entrevista concedida por Felipão após o retorno ao forró

Quem não foi contemplado com o sorteio não precisa se preocupar, porque o show será transmitido ao vivo pelo site oficial da FM 93.

O “FM 93 Ao Vivo” que chega à 11ª edição. Já se apresentaram no estúdio da emissora as bandas Mastruz com Leite (com a participação de Rita de Cássia), Simone e Simaria, Wesley Safadão, Conde do Forró, Márcia Fellipe, Rainhas da Farra, Solteirões do Forró, Joelma, Solange e Aviões.

O comando da atração ficará a cargo dos locutores Leyla Diógenes e Wagner Venturini.

11:51 · 14.03.2017 / atualizado às 12:41 · 14.03.2017 por
(Foto: Thiago Gadelha)

A partir desta quinta-feira (16), o cantor Felipão inicia um tour por quatro shoppings da Capital e da Região Metropolitana para divulgar seu retorno ao forró. As visitas serão marcadas por sessões de autógrafos e distribuição de CDs.

O forrozeiro também irá apresentar algumas de suas novas músicas e terá a companhia do cantor Maynon. A meta do artista é aquecer o público para o show de retorno, agendado para o próximo dia 1° de abril, no Terminal Marítimo de Passageiros, em Fortaleza.

Confira a lista dos shoppings (datas de março):

  • Dia 16 (quinta) | 19h30 | North Shopping Jóquei
  • Dia 19 (domingo) | 17h | North Shopping Fortaleza
  • Dia 23 (quinta) | 19h30 | North Shopping Maracanaú
  • Dia 30 (quinta) | 19h30 |  Via Sul Shopping

Leia mais:

> Coluna Puxa o Fole: Maduro, mas com essência
> Com letras opressoras no histórico, Felipão promete valorizar mais as mulheres em nova fase
> Felipão lança primeiro CD com 18 canções inéditas após retorno ao forró; escute
> Cantor Felipão explica como surgiu o bordão “vagabundo”
> Totalmente renovado, Felipão relembra momentos de desequilíbrio e angústias

 

20:46 · 07.03.2017 / atualizado às 23:38 · 07.03.2017 por
Repertório trabalha dança e romantismo (Foto: Thiago Gadelha/Diário do Nordeste)

Com uma voz madura e firme, o cantor Felipão leva o típico forró eletrônico, já conhecido do forrozeiro, e muito romantismo no primeiro CD promocional. Após oito anos longe do forró, o músico lançou, nesta terça-feira (7),  o novo repertório inédito conta com 18 composições. A produção conta também com duas participações especiais, a cantora Márcia Fellipe e o cantor Romim Mata.

As letras das canções são de nomes conhecidos, dos grupos Seu Hit e a Usina de Hits. Em quatros horas o álbum obteve mais de 100 mil downloads no Portal Sua Música. Desde de janeiro deste ano, o músico vem gravando com uma grande equipe para divulgar o novo trabalho de retorno ao forró.

As composições são marcadas por letras envolvidas em conflitos dos relacionamentos amorosos. Como prometido por ele, em entrevista ao Puxa o Fole,  algumas canções trabalham bem a parte de dança, como as músicas “Dança Nova” e “Quando ela mexe“. O lado romântico de Felipão também está presente no repertório. Com uma levada bem “sertaneja”, as músicas “Será que a gente tem volta“, “Casinha na lua” e “Pra você que duvidou” marcam o novo CD.

Escute e :

22:43 · 06.03.2017 / atualizado às 22:44 · 06.03.2017 por


E foi dada a largada! O forrozeiro Felipão realizou, na noite desta segunda-feira (6),  o primeiro ensaio com os nove integrantes que irão o acompanhar na nova fase do forró. Para dar suporte durante as apresentações, os músicos Washington Rocha e Jady Sousa estarão no palco como backing vocals. Nos arranjos, o comando será de Alan Sérgio.

A banda terá os metais sob o som de Narcélio Alencar, no trombone, e no trompete Ray Costa. Na bateria, as baquetas serão de Leo Drums. A percussão terá a batida de Charlie. No teclado, o produtor Diego Lobinho.

> Coluna Puxa o Fole: Maduro, mas com essência
> Com letras opressoras no histórico, Felipão promete valorizar mais as mulheres em nova fase
> Cantor Felipão explica como surgiu o bordão “vagabundo”
>Totalmente renovado, Felipão relembra momentos de desequilíbrio e angústias

Primeiro show

Em entrevista exclusiva ao Puxa o Fole, Felipão revelou que vai gravar o primeiro DVD da volta ao forró logo no show de abertura do recomeço da carreira. A estreia do cantor acontece no dia 1º de abril.

A apresentação estava agendada para acontecer no Iate Clube de Fortaleza, e chegou até a ser anunciada como local oficial da festa, mas por conta da grande procura, o show foi alterado para o Terminal Marítimo de Passageiros da Capital cearense.

A venda de ingressos para a apresentação do forrozeiro começou nesta segunda-feira (6). Os bilhetes estão sendo vendidos nas lojas da DLT (Shoppings Rio Mar, Rio Mar Kennedy, Benfica e Iguatemi) e Loja Pahilly (Shopping Parangaba). Já na internet, os fãs podem adquirir os ingressos no site Ingressando.

Confira entrevista exclusiva com Felipão:

14:46 · 27.02.2017 / atualizado às 14:47 · 27.02.2017 por
Felipão ao lado da família (Foto: Reprodução/Instagram)

O forrozeiro Felipão optou por um Carnaval em família no lugar do agito de Carnaval como a maioria das bandas de forró e sertanejo. O local escolhido pelo cantor para receber a esposa e as duas filhas foi o Hotel-Resort Hofbräuhaus, também conhecido como “Sitio Recanto do Alemão”, situado na Estrada de Aratuba, no município de Mulungu. No instagram, na tarde desta segunda-feira (27), Felipão publicou uma foto ao lado família em uma área verde do Hotel onde está acomodado.

> Coluna Puxa o Fole: Maduro, mas com essência
> Felipão grava DVD já no primeiro show no retorno ao forró, no Terminal Marítimo
> Felipão promete valorizar mais as mulheres em nova fase
> Cantor Felipão explica como surgiu o bordão “vagabundo”

Em janeiro deste ano, o forrozeiro anunciou o retorno ao forró. Com exclusividade à coluna Puxa o Fole, Felipão revelou que o movimento de volta se deu por ele se sentir mais maduro, após a fase de oito na música gospel. Ao mesmo tempo em que houve a profissionalização do forró.

Assista entrevista:

23:17 · 21.02.2017 / atualizado às 23:20 · 21.02.2017 por
Felipão-retorno-forró-fortaleza-diario-do-nordeste
Será que Felipão vai aparecer na ação? (foto: Divulgação/Thiago Gadelha)

É isso mesmo! Os fãs do forrozeiro Felipão vão poder adesivar o carro com a nova marca do cantor em uma ação promocional, além de receber brindes. Aos que desejam participar o encontro será realizado nesta quarta-feira (22), no Imprensa Food Square, às 18h. O espaço é localizado na Avenida Desembargador Moreira – 2355, no bairro Dionisio Torres. Vale lembrar que o material de divulgação será limitado, então tem que correr e chegar primeiro.

Querem saber se o Felipão vai comparecer? A assessoria de imprensa do forrozeiro informou não saber, mas fica a expectativa. Apesar da incerteza da presença do artista vai ter muito forró. Uma banda pé de serra promete animar o público que comparecer e o estacionamento do local não será pago para os que participarem da ação.

> Com letras opressoras no histórico, Felipão promete valorizar mais as mulheres em nova fase
> Cantor Felipão explica como surgiu o bordão “vagabundo”
> Com vida totalmente renovada, Felipão relembra momentos de desequilíbrio e angústias

O cantor concendeu a primeira entrevista após anúncio do retorno ao forró à coluna Puxa o Fole. Na longa conversa exclusiva ele contou que vai gravar o primeiro DVD logo no show de abertura do recomeço da carreira. A estreia do cantor acontece no dia 1º de abril.

A apresentação estava agendada para acontecer no Iate Clube de Fortaleza, e chegou até a ser anunciada como local oficial da festa, mas por conta da grande procura, o show foi alterado para o Terminal Marítimo de Passageiros da Capital cearense. As vendas serão iniciadas no dia 06 de março nas lojas da DLT.

00:02 · 18.02.2017 / atualizado às 05:04 · 18.02.2017 por
(Foto: Thiago Gadelha)

“Gostosão” do forró durante sua primeira passagem pelo gênero, Felipão contava no seu repertório com letras opressoras com o público feminino, seja com o termo “piriguete” ou na associação da conquista da mulher ao poder aquisitivo do homem. Em entrevista exclusiva ao Puxa o Fole, o forrozeiro, que se surpreendeu com o termo “feminejo”, promete mudar essa realidade.

“As mulheres não estão tomando conta só do forró. Estão tomando conta de tudo. Eu já vinha falando isso desde o gospel. A música se renova. É um momento especial das mulheres. As músicas masculinas agora falam do valor feminino. O amor reprovado agora traz a mulher super valorizada”, avalia.

Fora do mercado há nove anos, Felipe reconhece que o cenário está totalmente renovado, e que vai se adaptar as novas tendências.

> Coluna Puxa o Fole: Maduro, mas com essência
> Felipão grava DVD já no primeiro show no retorno ao forró, no Terminal Marítimo
> Cantor Felipão explica como surgiu o bordão “vagabundo”
> Com vida totalmente renovada, Felipão relembra momentos de desequilíbrio e angústias

“Uma promessa que eu faço é que a gente vai dançar muito. A gente vai chegar chegando. O repertório está mudado. Faz parte dessa minha mudança de trazer uma linguagem que valorize mais as coisas. Não uma linguagem chula. Vamos falar do cotidiano, comportamento, relacionamentos que acabaram, a linguagem atual da moçada e valorizando a mulher. A mulher vai ter respeito e valor”, garante.

Repertório com músicas consagradas

O cantor conta ainda que, durante os shows, vai cantar os hits que marcaram época na década passada. Apesar de entrar no repertório, as canções não estarão no CD promocional que será lançado na primeira semana de março.

No novo material, Felipão traz uma composição própria, além de músicas assinadas por compositores como Seu Hit e Usina de Hits. “Precisamos chegar no palavreado e no gingado do que está funcionando”, pontua.

Os sucessos das grandes bandas também estão garantidas no repertório.  “No meu carro está rolando muito forró esses dias, está sendo muito desafiador. A pegada está diferente nesses últimos oito anos. Estou precisando acelerar de novo”, completa.

00:02 · 18.02.2017 / atualizado às 05:03 · 18.02.2017 por
Cantor mostra diz se sentir mais seguro na música(Foto: Thiago Gadelha)

Felipão surgiu na música sem pretensão. Partiu de uma brincadeira, aos 16 anos, no batuque rodeado de primos na casa da avó. E foi de repente que o paraibano de Campina Grande começou a carreira. “Vi em um anúncio de jornal um vaga para cantor em uma banda de forró. Tomei coragem e fui fazer. Aquilo mexeu comigo”, relembra o cantor em entrevista exclusiva ao Puxa o Fole, a primeira após o anúncio do retorno ao forró.

“Na época ninguém acreditava, nem eu mesmo que podia dar certo. Eu sempre fui muito teimoso. Fui e entrei na primeira banda”, diz orgulhoso. Se o cantor começou cedo na música, o fim da primeira fase no forró também aconteceu precocemente. Aos 22, Felipão, mesmo faturando R$ 1,5 milhão por mês no Forró Moral, resolveu dar uma pausa na carreira.

“Eu precisei parar. Não tenho nenhum arrependimento. Eu era muito jovem. O sucesso veio de repente,  fizemos 28 shows no primeiro mês de Forró Moral. Não paramos mais. Eu com 22 anos comecei a viver a vida de grande sucesso. Ninguém nem imaginava como chegou a isso”, conta.

> Coluna Puxa o Fole: Maduro, mas com essência
> Felipão grava DVD já no primeiro show no retorno ao forró, no Terminal Marítimo
> Com letras opressoras no histórico, Felipão promete valorizar mais as mulheres em nova fase
> Cantor Felipão explica como surgiu o bordão “vagabundo”

Desequilíbrio 

“O sucesso trouxe desequilíbrio a minha vida. Eu era ‘meninão’ e não tinha maturidade na época. Tanto eu quanto minha família não soubemos lidar com isso. No auge disso tudo eu me sentia muito vazio e muito angustiado. Eu não tinha vida. Era em cima do palco todos os dias. Comecei a beber bastante. Comecei a viver uma vida sem sentido. A minha parada foi realmente necessária para que começasse eu dar equilíbrio a minha da vida. Eu acho que essa foi a grande motivação. Eu precisava me encontrar”, revela.

O cantor comenta ainda que seu casamento “sofreu demais” com a situação que se instalava. “Eu sofria porque na época a minha esposa engravidou bem no processo disso tudo. Eu não via minha filha. Só vi ela nascer e corri para dentro do ônibus novamente. Passei a viajar muitos e muitos meses. Eu estava louco. Estava casado e não via minha esposa. Tinha uma filha e não a via. Tinha casa e não morava nela. Eu acho que depois dessa parada a gente começou a botar cada coisa no seu devido lugar”, pontua.

Religião e o encontro da maturidade

“Houve uma construção nesses oitos de maturidade. De entendimento de quem Felipão é. De entendimento que Felipão precisava, realmente, conhecer a Deus para buscar equilíbrio e voltar de maneira diferente. A gente vem com outra bagagem. Eu tenho falado que esses oito anos no gospel foi uma grande faculdade para minha vida como homem para o meu caráter e os equilíbrios que eu precisava”, ressalta o forrozeiro, que na época se converteu para a religião evangélica.

“Não é mais aquela coisa feita nas coisas. Aquela coisa amadora. Não é mais aquele jovem louco e vislumbrado para fazer sucesso. A gente volta com a intenção de fazer uma carreira de maneira diferente”, finaliza.