Busca

Número flutuante

07:01 · 12.09.2018 / atualizado às 07:03 · 11.09.2018 por

Na Coluna Comunicado, do Diário do Nordeste, nesta quarta-feira:

Vai passar pelo crivo dos deputados cearenses Vicente Arruda (PR), Genecias Noronha (SD) e Danilo Forte (PSDB), titulares na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara federal, proposta que torna variável o número de integrantes da Casa. A ideia é de que metade da representação de cada Estado seja preenchida por candidatos eleitos conforme as regras atuais do sistema proporcional – incluindo o quociente eleitoral. E a outra parte seria de candidatos que atingiram o quociente ou quem tiver recebido, pelo menos, 90% dos votos do último eleito pelo método proporcional. O interessante é que, se faltarem candidatos com os índices exigidos, a vaga não será preenchida e o Estado pode, no limite, ficar com apenas dois representantes.

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *