Busca

Categoria: Brasil


10:59 · 08.12.2017 / atualizado às 11:15 · 07.12.2017 por

Da Coluna Comunicado, nesta sexta-feira:

O fim do ano já está aí, dobrando a esquina. Pois no próximo dia 31, em vez de trocar mensagens de otimismo, pode ter gente às voltas com o desafio de sobreviver. São produtores rurais de pequeno porte, sobretudo no Nordeste e no Norte – regiões assoladas por uma seca braba de mais de seis anos. É que, junto com 2017, termina a vigência de portaria que dá aos empreendedores, com o Programa Vendas em Balcão da Conab, acesso aos estoques de milho do governo a preços compatíveis aos do mercado atacadista local. A medida assegura preço até R$ 33,00 para a saca de 60 quilos.

A questão do milho já chegou aos parlamentos, que se dividem entre a relevância de temas políticos e o ramerrame das rotinas de fim de ano. O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), começou a articular a prorrogação da portaria com a Conab. E até se dispõe a levar o assunto ao Ministério da Agricultura.

10:46 · 07.12.2017 / atualizado às 15:47 · 04.12.2017 por

Empreendedores de diferentes estados participarão em Fortaleza (CE) de um ‘Pitch Day’ – evento para apresentação de startups. Será hoje, às 17 horas, no Hub Inovação do Banco do Nordeste (Hubine/BNB), no encerramento da primeira edição do Curso Company Creation Brasil, promovido pelo Instituto Planet, em parceria com a italiana StarBoost Academy, e com apoios da Elephant Coworking e do Hubine.

No evento, que será gratuito e aberto ao público, será apresentado o ‘Elevator Pitch’ das melhores ideias do curso, que serão avaliados por especialistas do campo da inovação, empreendedorismo e startups. Ao final, será escolhido o melhor projeto, onde o seu representante será premiado com um estágio na sede da StarBoost, em Turim (Itália), e poderá ter seu projeto financiado e implementado na Smart City Laguna, a primeira Cidade Inteligente Social do Mundo, que está sendo construída no distrito de Croatá, em São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Conforme Susanna Marchionni, presidente do Instituto Planet e diretora geral da SG Desenvolvimento – realizadora da Smart City Laguna, o curso Company Creation tem como objetivo desenvolver um negócio com o menor investimento financeiro possível. “O curso, que iniciou a primeira edição no Brasil em setembro e aconteceu durante 10 semanas, teve o envolvimento de 105 potenciais empreendedores de diferentes cidades do País, diferentes idades e diferentes conhecimentos, entre graduados, pesquisadores, empresários e startupers, a quem foram disponibilizados ferramentas e conhecimentos para começar as atividades empreendedoras”, explica.

O Company Creation Brasil, que foi realizado nas modalidades presencial, em Fortaleza (CE), e à distância, foi idealizado pelo Instituto Planet, em parceria com a StarBoost Academy, empresa italiana que deu suporte aos potenciais empresários na criação executiva de sua empresa com suas habilidades UX, software de design, gráficos e desenvolvimento. A versão brasileira foi facilitada por Daiany França, empreendedora, gestora de projetos certificada internacionalmente e co-fundadora do Instituto Esporte Mais.

“O Pitch Day do Company Creation será uma oportunidade para abordar temas de inovação e outras questões sobre o desenvolvimento do empreendedorismo e compartilhar as experiências que são desenvolvidas na Itália. Também será uma chance para as equipes de inicialização procurarem potenciais co-fundadores para desenvolver suas ideias e vivenciar a experiência de apresentar seu projeto para um grupo de investidores, mentores e empreendedores experientes”, explica Susanna Marchionni.

20:07 · 06.12.2017 / atualizado às 20:10 · 06.12.2017 por

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), se reuniu hoje com prefeitos do Ceará e confirmou a edição e publicação de portaria do Ministério da Educação autorizando a criação de quatro cursos de medicina no Estado. Antes do encontro, Eunício esteve com o secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior (SERES), Henrique Sartori, responsável por informar sobre o processo. Segundo o senador, a portaria será publicada até o próximo dia 18.

A decisão favorável ao Ceará vem após intenso trabalho de Eunício junto à presidência da República e ao MEC para que a decisão do governo, em proibir, através de decreto, a criação de novos cursos de medicina em todo o país por cinco anos.

“Essa é uma reivindicação antiga das diversas regiões do Ceará e nós não podíamos ficar de braços cruzados. Depois de muita luta e insistência, as faculdades de medicina estão confirmadas para atender a demanda de estudantes que sonham em cursar e exercer essa profissão”, disse.

Ainda a respeito das conquistas no MEC, Eunício disse que também estão assegurados os recursos para instalação dos Institutos Federais de Educação do Ceará em Lavras da Mangabeira e Mombaça.

No encontro, os prefeitos também pediram apoio do presidente do Senado para intervir junto ao Executivo Federal no sentido de buscar uma solução para a atualização do valor do Fundeb (Fundo da Educação Básica). Segundo os gestores municipais, a parcela referente ao mês de dezembro teve uma redução de 46% do valor original, o que resultará em dificuldades financeiras para as cidades neste final de ano. “Nós sabemos que o senador sempre atende os municípios do Ceará com muita atenção e por isso também viemos fazer um apelo para que esse desconto do Fundeb, de quase 50%, possa ser revertido junto à presidência da República”, solicitou a prefeita Sônia Costa, da cidade de Madalena.

Sobre o assunto, Eunício disse que reforçará a luta e fará o possível para que a medida seja revertida.

11:21 · 05.12.2017 / atualizado às 10:57 · 07.12.2017 por
A cantora e gaitista argentina Xime Monzón e o baixista Mauro Bonamico foram atrações do Canoa Blues 2017

Chegou a 3 mil pessoas o público das sessões do Festival Canoa Blues 2017 em 17 e 18 de novembro, realizado em Canos Quebrada, Aracati. O evento teve início em Fortaleza, no Estoril, Praia de Iracema, em 11.11, e foi concluído na ONG Canoa Criança, também em Canoa Quebrada, com ações de arte-educação em 29.11.

A estimativa de público foi anunciada pela Associação dos Empreendedores de Canoa Quebrada (Asdecq), que finalizou ontem (04.12) a avaliação de indicadores de ocupação de leitos nos meios de hospedagem e de participação do público.

Entre os patrocinadores e apoiadores do Canoa Blues 2017 estavam BNB, Cegás e Sebrae-CE.

14:01 · 03.12.2017 / atualizado às 14:01 · 03.12.2017 por

Do portal do jornal O Estado de S. Paulo, com texto de Luiz Maklouf de Carvalho:

A prisão foi desnecessariamente espetaculosa, como costuma e continua a acontecer: segundo a própria PF, 115 policiais foram mobilizados para prender Cancellier e outros seis professores da UFSC. No dia da prisão, a PF manchetou, em seu site, em um erro cavalar, que a Ouvidos Moucos combatia “desvio de mais de R$ 80 milhões”. Esse valor, como depois explicou a delegada Érika, sem mais aquela, era o total de repasses do Ministério da Educação para o programa de ensino a distância ao longo de dez anos, 2005 a 2015, quando Cancellier não era o reitor (só o foi a partir de maio de 2016).

No mesmo dia 14 de setembro, depois de depor na PF, o reitor, sem que até agora ninguém tenha explicado o motivo, foi levado, como se condenado, para a penitenciária de Florianópolis. Teve os pés acorrentados, as mãos algemadas, foi submetido, nu, à revista íntima, vestiu o uniforme de presidiário e ficou em uma cela na ala de segurança máxima. Cardiopata, passou mal, e foi examinado e medicado por seu cardiologista. Trinta horas depois, a pedido do advogado Hélio Rubens Brasil, uma juíza federal relaxou a prisão.

Dezoito dias depois, 2 de outubro, Cancellier se matou, com 59 anos, atirando-se do sétimo andar de um shopping de Florianópolis. “A minha morte foi decretada quando fui banido da universidade!!!”, escreveu Cancellier em um bilhete que deixou. Cinco dias antes da tragédia, o próprio reitor descreveu, em O Globo, a revolta que o dominava: “A humilhação e o vexame a que fomos submetidos há uma semana – eu e outros colegas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – não tem precedentes na história da instituição”, escreveu.

Leia a íntegra neste link.

20:52 · 24.11.2017 / atualizado às 20:58 · 24.11.2017 por

O presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (PMDB-CE), recebeu o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará, Gadyel Gonçalves, um grupo de prefeitos cearenses e o presidente da Confederação Nacional de Municípios, Paulo Roberto Ziulkoski. Na pauta do encontro, projetos de interesse municipais, como o veto 30/2017, que suspende pontos da lei 13.485/2017, que parcela e concede descontos às dívidas previdenciárias dos estados, do Distrito Federal e dos municípios.

Os prefeitos ainda pediram apoio do senador para que, junto ao governo, ele possa reforçar a luta por um crédito extra emergencial para os municípios. Os gestores solicitam aporte de R$ 4 bilhões para que as prefeituras consigam organizar suas finanças até o final do ano. Segundo o prefeito de São Benedito e presidente da Aprece, Gadyel Gonçalves, muitas prefeituras estão com dificuldade de fechar as folhas de pagamento e de pagar o 13º salário dos funcionários. Para ele, o esforço de Eunício para a derrubada do veto ao dispositivo que permitiu a redistribuição do ISS para o local do consumo, direcionando mais recursos para os municípios, sinaliza a dedicação do parlamentar em defender a pauta municipalista.

O prefeito de Mombaça (CE), Ecildo Filho, também reconheceu a atuação de Eunício a favor da pauta municipalista. Para ele, as articulações e liderança do senador cearense tem viabilizado projetos importantes para as pequenas e médias cidades.

“O senador tem ajudado muito os municípios do Ceará, tem feito um trabalho sem olhar a cor partidária, e isso reflete nos investimentos que estão chegando no Ceará. Está chegando através de um recurso para a saúde, através dos cursos de medicina, através dos Institutos Federais de Ensino, através dessa questão do ministério da Integração que tem liberado muito recurso para o Ceará. Ele é o nosso maior parceiro e maior defensor da causa municipalista”, reconheceu.

No encontro, o presidente do Congresso confirmou que os cinco cursos de medicina anunciados pelo ministério da Educação no mês de agosto, estão confirmados para serem instalados nas cidades de Iguatu, Crateús, Itapipoca, Quixadá e Russas, todas no Ceará.

Os prefeitos de todo o país participam de uma grande mobilização, em Brasília, nesta terça e quarta-feira em busca de recursos para as cidades. Além de saírem em defesa da pauta municipalista no legislativo, eles também fazem reuniões com órgãos do executivo federal e agendaram uma reunião com a presidência da República, que ocorrerá amanhã de manhã.

*** *** ***

Aliás, a mobilização dos prefeitos aliada à negociação do presidente do Congresso garantiu a derrubada do veto 30/2017, que impedia o “encontro de dívidas” dos municípios com a União.

Eunício observou que a iniciativa, na prática, permitirá que municípios com débitos com a União só paguem aquilo que exceder a dívida que a União tem com eles. “É uma medida justa e que vai possibilitar a organização financeira dos municípios para que possam investir mais e melhor em áreas como saúde e educação”, disse.

08:09 · 18.11.2017 / atualizado às 19:37 · 29.10.2017 por

Representantes da nova geração de instrumentistas argentinos, a cantora e gaitista Xime Monzon (foto) e o baixista Mauro Bonamico se apresentam hoje em Canoa Quebrada (Aracati), na programação do Festival Canoa Blues.

Xime começou na harmônica em 2006, tendo aulas com Pablo Brotzman e Adrián Jiménez. Em 2009, passou a se apresentar em shows como convidada por artistas de Blues, como o próprio Adrian Jiménez, Gabriel Gratzer e a banda Easy Babies, entre outros. Já participou de eventos e festivais no México, Brasil e países vizinhos à Argentina.

Mauro tem se destacado na cena latino-americana do Blues, firmando parcerias com nomes da Argentina e do Brasil – com ênfase especial nas regiões Sul e Sudeste – vem desenvolvendo projetos e gravações com artistas como Xime Monzon, Nico Smoljan e Flávio Guimarães.

É um dos mais respeitados baixistas argentinos entre diferentes gerações de artistas.

Eles se apresentam com a formação cearense Gumbo Blues. E o show é gratuito.

O Canoa Blues tem patrocínio do Banco do Nordeste/Governo do Brasil, Governo do Estado do Ceará/Cegás e Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

Em Fortaleza, é apoiado pela Prefeitura Municipal de Fortaleza/Secretaria de Turismo. Já em Canoa, tem apoio da Prefeitura Municipal de Aracati e Sebrae/CE.

InvestNE, Diogo Farias Microfones Artesanais, Associação dos Empreendedores de Canoa Quebrada e Conselho Comunitário de Canoa Quebrada reforçam o time de apoiadores.

09:00 · 11.11.2017 / atualizado às 19:35 · 29.10.2017 por

Duas gerações de blueseiros se encarregam de abrir hoje, em Fortaleza, a 10ª edição do festival Canoa Blues. Os shows serão no Estoril, espaço referencial da cultura local, na Praia de Iracema. E inteiramente gratuitos, começando às 17 horas.

Formação clássica da música cearense, o Íris Sativa vem atuando desde os anos 1980, com intervalos nas atividades. Retomando agora a carreira, a banda traz, entre outros nomes, o vocalista Zezé Medeiros, na foto acima(Caco de Vidro), e o baixista Marco Aurélio Holanda (Gang da Cidade).

Já a Mr. Mojo (foto), que tem o gaitista Adelmo Correa como um dos líderes apostando na soma de clássicos com composições autorais. Também integram a banda Vinicius Proietti, nos vocais e na guitarra, Eduardo Campos, no baixo, e o baterista Thell Silva.

Você lê mais sobre o Canoa Blues no site do festival: www.canoablues.com.br.

O Canoa Blues 2017 tem patrocínio do Banco do Nordeste/Governo do Brasil, Governo do Estado do Ceará/Cegás e Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

Em Fortaleza, é apoiado pela Prefeitura Municipal de Fortaleza/Secretaria de Turismo. Já em Canoa, tem apoio da Prefeitura Municipal de Aracati e Sebrae/CE.

InvestNE, Diogo Farias Microfones Artesanais, Associação dos Empreendedores de Canoa Quebrada e Conselho Comunitário de Canoa Quebrada reforçam o time de apoiadores.

 

16:52 · 10.11.2017 / atualizado às 16:53 · 10.11.2017 por

Da assessoria de Imprensa do BNB:

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Agência Nacional do Cinema (Ancine) formalizam, na próxima segunda-feira, 13, protocolo de intenções com o objetivo de estruturar parceria para o desenvolvimento do setor audiovisual.

A assinatura do documento ocorre durante a abertura do 3º Mercado Audiovisual do Nordeste (MAN), às 9 horas, na sede do Banco do Nordeste, em Fortaleza (Av. Dr. Silas Munguba, 5700). A cerimônia contará com a participação do presidente do BNB, Marcos Holanda, representantes do setor audiovisual e autoridades políticas, entre elas, o presidente do Senado, Eunício Oliveira.

Com a formalização da parceria, o Banco do Nordeste passa a ser autorizado a operar recursos financeiros do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) em todo a área de atuação do BNB (Nordeste e norte dos estados do Espírito Santo e Minas Gerais). O Fundo é voltado para o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva do audiovisual no Brasil, incluindo diversas atividades ligadas a segmentos do setor, como produção, distribuição/comercialização, exibição e infraestrutura de serviços.

MAN

O Mercado do Audiovisual do Nordeste foi lançado em 2015 durante o Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema com o intuito de unir os protagonistas do audiovisual e promover a troca de experiências e a geração de negócios. A terceira edição do MAN reunirá canais e plataformas de exibição, produtoras independentes, profissionais e instituições ligadas ao setor do audiovisual para discutir os rumos do setor nos estados do Nordeste, Norte e Centro Oeste.

Além dos paineis, debates e palestras nos dias 13 e 14, a programação é retomada nos dias 16 e 17, com apresentação dos canais sobre suas respectivas programações, públicos que atingem e tipos de produtos que pretendem comprar de produtoras independentes. No dia 18, acontecem rodadas de negócios já agendadas entre as produtoras independentes e os canais, oportunidade de compra e venda de produções audiovisuais.

10:47 · 09.11.2017 / atualizado às 10:50 · 08.11.2017 por

A vereadora Larissa Gaspar (PPL), presidenta da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Fortaleza, lança hoje, na Associação Cearense de Imprensa (ACI), às 19h, o manual “Por Uma Comunicação Pelos Direitos Humanos.

O evento é aberto ao público e visa a debater caminhos para que o exercício do jornalismo colabore para o respeito e a promoção aos direitos humanos.

A mesa de debate contará com Angela Marinho, da Agência da Notícia, um representante do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Ceará (Sindjorce), Raquel Dantas, do Coletivo Intervozes, Larissa Gaspar e mediação de Salomão de Castro, da Associação Cearense de Imprensa.

Com distribuição gratuita, o manual de 20 páginas traz dicas de abordagens para cobertura jornalística sobre temas relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes, violência contra a mulher, suicídio, e também alguns aspectos da violação de direitos humanos na grande mídia brasileira.

Além de trechos do Código de Ética, editado pela Federação Nacional dos Jornalistas Brasileiros (FENAJ), o manual tem como fontes publicações da Agência de Notícias dos Direitos da Infância (ANDI), da ONG Think Olga, do Coletivo Intervozes e da Organização Mundial da Saúde (OMS).